Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador entrevista. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador entrevista. Mostrar todas as postagens

Entrevistamos os desenvolvedores do Stoq, um programa de gestão comercial grátis disponível para Linux

Nenhum comentário

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Hoje você vai conhecer melhor o Stoq, um ERP grátis e de código aberto que você pode usar no Linux para gerenciar toda a sua empresa.

Programa para gestão comercial grátis - Stoq




O Stoq pode ser uma ótima solução para você que é micro, pequeno e até mesmo, médio, empresário. Você pode gerenciar toda da sua loja através dele, incluindo gerenciamento de estoque, vendas e até mesmo emissão de notas fiscais. O mais interessante disso tudo é que o Stoq é gratuito, ou seja, você não precisa gastar recursos da sua empresa para utilizá-lo e ainda pode rodá-lo em alguma distribuição Linux, para evitar ainda mais gastos, ficar dentro da legalidade e melhorar a segurança.



A entrevista foi feita com Cainã D'ajuda, membro da equipe do Stoq, você pode saber mais sobre o programa consultando os seguintes links:


Nos links acima você consegue fazer o download, tanto do programa, quanto do código fonte, além de ter acesso à versão com suporte pago do Stoq, caso você deseje.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mulheres no Linux - Entrevistamos Barbara Tostes

Nenhum comentário

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

A presença feminina no mundo Linux não chega a ser uma raridade, mas comumente as garotas que gostam de utilizar o sistema não costumam se fazer presentes em grupos de discussão nas redes sociais, pelo menos não de forma muito intensa, o que é realmente uma pena. Para incentivar que mais mulheres entrem para o mundo da informática e para o mundo Linux é que nós falamos com uma das grandes representantes desta atitude participativa, que na minha opinião deveria ser copiada por toda mulher que gosta de tecnologia, envolvendo Linux e Sofware Open Source ou não, que é a Barbara Tostes.

Diolinux Entrevista Barbara Tostes




Eu tive o prazer de conhecer a nossa convidada para a entrevista de hoje na última Latinoware, evento o qual eu documentei em vídeo e também tive a oportunidade de palestrar, inclusive, você pode assistir a minha palestra completa aqui.

Além de representar as mulheres no mundo Linux, a Barbara também é proprietária de um gráfica que utiliza software livre para os trabalhos de design e impressão. Na entrevista ela tirou várias dúvidas sobre a profissão e respondeu várias perguntas que os nossos leitores deixaram na nossa fan page. Confira agora e se inspire para realizar as atividades da sua vida:



Confira as informações da descrição do vídeo diretamente no YouTube.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




O que o Blender pode fazer por um profissional da área de 3D?

Nenhum comentário

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Ahh o Blender! Que software magnífico! Tão completo e "diferente" (no bom sentido), que eu mesmo apanho pra utilizar. O Blender é um daqueles programas que muita gente sabe que é poderoso (às vezes não sabe o quanto), mas que muitas vezes é tido como coplicado e acaba não recebendo as devidas atenções, então o blog Diolinux traz até você o Cícero Moraes, um dos maiores profissionais na área de 3D do Brasil, que é alguém que usa o Blender de maneira primorosa para o seu trabalho.

Tudo sobre o Blender 3D





Para tentar desmistificar o Blender, pelo menos um pouco, é  que nós convidamos o Cícero para um bate-papo. O Blender é um programa muito complicado de categorizar, visto que ele pode servir para finalidades bem diversas, dentre elas certamente um dos maiores destaques é a modelagem 3D, porém, ela não é a única boa feature do programa, além disso, podemos destacar também a engine gráfica para desenvolvimento de jogos, edição de vídeo e composição.

Confira abaixo a nossa entrevista com o Cícero e veja o case de sucesso e o potencial do Blender para o mercado 3D.



Você pode consultar os links e endereços comentados na entrevista logo abaixo;

E-book: https://goo.gl/z0730K

Blender Brasil Facebook: https://goo.gl/P59gwZ

http://www.blendernation.com/

https://blenderartists.org/forum/

https://www.blender.org/

https://www.facebook.com/ciceromoraes3d

http://www.ciceromoraes.com.br/blog

Blender Velvets: https://goo.gl/DbgLhG

PhotoGIMP: https://goo.gl/BRhHIo

Sintel: https://goo.gl/Evx9Js

Até a próxima!_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Live Linux e Open Source - Entrevista ao canal JMS

Nenhum comentário

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Vamos bater um papo sobre Linux? Quero convidar você para conferir a gravação de uma live que rolou neste sábado passado, se você estava ligado nas redes sociais aqui do blog deve ter ficado sabendo dela, se não ficou, agora é a sua chance! Nessa live eu compartilhei algumas informações sobre o universo Linux para um público novo, o evento aconteceu no canal do Jefferson Meneses, confira:

Bate papo com Jefferson Menezes




Nesta sábado eu tive a oportunidade de participar de um quadro do Canal JMS (Jefferson Meneses)  onde ele entrevista YouTubers; foi a nossa oportunidade para falar um pouco sobre Linux e tecnologias de código aberto fora do nosso círculo de pessoas padrão, uma experiência muito interessante.

No vídeo falamos sobre o Linux no Desktop, nos celulares, tiramos dúvidas dos inscritos e seguidores (especialmente os do canal do Jefferson), sobre os mais variados assuntos; falamos sobre o YouTube, dando dicas para quem está pensando em criar um canal; erros mais comuns e sugestões sobre como divulgar o conteúdo.


O Canal do Jefferson é focado em ajudar novos usuários de tecnologia, cheio de dicas relacionadas a dispositivos móveis, redes sociais e internet de maneira geral, vale a pena conhecer caso você ainda não tenha visto.

Vou deixar alguns links aqui para que você possa acompanhar, tanto o trabalho do Jefferson, como o nosso, afinal, eu sei que muitos dos leitores aqui do blog não tem o hábito de acompanhar o Diolinux no YouTube também, onde o conteúdo é bem diferenciado, ainda que ele seja mesclado frequentemente com o o conteúdo aqui do blog:
Inscreva-se no canal do Jefferson: http://bit.ly/jeffersonmeneses
Canal de Vlogs do Jefferson: http://bit.ly/JeffersonVlogs
Para quem não conhecia ainda o canal do Diolinux, ou não tinha hábito de acompanhar, basta clicar no botão abaixo:

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Linus Torvalds quer o Linux dominando o Desktop

Nenhum comentário

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Linus Torvalds é o criador do Kernel Linux, amplamente utilizado em todo o tipo de tecnologia no nosso dia a dia, em entrevista na Embedded Linux Conference, Linus comentou sobre o desenvolvimento e o futuro do Linux e afirmou que adoaria ver as distribuições conquistando os desktops também.

Linus Torvalds quer Linux no Desktop




Em entrevista dada a Dirk HohndelLinus Torlvads comentou que ainda gostaria de ver o Linux ser mais utilizado no Desktop. Neste ano, o Linux fará 25 anos de existência, isso mesmo, bodas de prata, um casamento perfeito com a tecnologia.

Ao elaborar a pergunta, o senhor Hohndel comentou que o Linux se expandiu tanto, especialmente nos últimos 15 anos, que hoje em dia as pessoas usam Linux em seus Smartphones, que acessam sites da internet que normalmente rodam em cima do Linux para acessar dados que estão muitas vezes "sentados" em Big Datas que igualmente rodam Linux, isso sem falar por dispositivos de rede que também rodam Linux, quando "eles" (as pessoas) largam seus Smartphones e vão assistir TV, elas também rodam Linux. Tudo isso muitas vezes sem ter o conhecimento de que estão usando Linux, direta ou indiretamente. O Kernel criado em 1991 é onipresente na tecnologia, por que o mesmo sucesso não foi atingindo nos Desktops?

"O Desktop realmente não abraçou completamente o mundo Linux ainda, enfatizou, para usuários finais, mas hoje vemos muito mais empresas aderindo ao Linux para esta finalidade. Falando de maneira pessoal, hoje vejo o desktop Linux tão desenvolvido quanto nunca imaginei que um dia fosse acontecer, de maneira pessoal, as minhas necessidades com o desktop Linux estão muito satisfeitas. Apesar de muitas vezes eu dizer, por conta do meu trabalho, que o ambiente gráfico não importa tanto. Em 25 anos, eu e meus colegas e todos os colaboradores conseguimos colocar o Linux em quase que literalmente todos os lugares, tenho pelo menos mais 25 anos para conquistar o Desktop e eu vou fazê-lo!"

Linus comentou sobre planos futuros também e revelou que não tem algo definido ou metas específicas: procuro fazer o melhor possível a cada dia, não sei onde o Linux vai estar na próxima semana.

Claro que o sonho de conquistar o Desktop não depende diretamente de Linus, ou mesmo do Linux em si, mas se dependesse da vontade do seu criador, o Kernel estaria em todos os lares também. Apesar de Linus ter dado uma boa resposta, ele não explicou o porque do Linux não ter abraçado também os desktops, acho que são muitas variáveis mas eu tenho um palpite, clique aqui para ver.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Ubuntu on Windows: Falamos com a Canonical para esclarecer algumas dúvidas dos usuários

Nenhum comentário

terça-feira, 5 de abril de 2016

É um assunto complicado de lidar, sim, este é provavelmente o quarto post sobre o "Ubuntu on Windows" que eu faço, só que desta vez não é para me explicar, refutar alguns argumentos dos quais eu discordei, ou mesmo para endossar ou não a ideia, é para dar voz à entidade mais interessada em que isso funcione, a Canonical, a empresa por trás do Ubuntu. Pude trocar algumas mensagens com o Dustin Kirkland (Ubuntu Product & Strategy), que foi o responsável pela publicação oficial por parte da Canonical do "Ubuntu on Windows".

Ubuntu on Windows




Antes de mais nada quero agradecer pela prontidão em responder as minhas questões, especialmente ao Robert Berry e a Rebecca Cradick, que me colocaram em contato com Dustin Kirland. Para contextualizar, eu expliquei a ele todo o mal estar que essa decisão causou em parte da comunidade Linux, especialmente no Brasil uma vez que não observei o mesmo comportamento (pelo menos não tão forte) fora do nosso país e fiz algumas questões a ele que me fizeram muito estes dias. 

Vou transcrever as respostas que obtive logo abaixo:

Blog Diolinux: Com essa parceria a Microsoft poderia de alguma forma "trancar" o código do Bash ou de qualquer outro programa, seja adicionando recursos extras, seja através de licenciamento?

Dustin Kirkland: Não, absolutamente não. É o Bash, exatamente o mesmo publicado (tanto na forma binária, quanto o código fonte) nos repositórios do Ubuntu, sobre a mesma licença, não é uma versão modificada.

Blog Diolinux: Muitas pessoas argumentam contra a Microsoft nesta parceria apoiadas em um velho e suposto lema interno da companhia chamado "embrace, extend and extinguish", a Canonical não está preocupada em relação a isso? Não acham que isso pode acontecer no futuro?

Dustin Kirkland: Passei a maior parte da minha carreira profissional (16 anos) tendo medo das medidas da Microsoft e lutando contra ela. Em 2016 a Microsoft não é a mesma empresa que nós conhecíamos em meados de 2000. As pessoas e líderes de lá que eu conheci realmente compreendem e apoiam o uso do open source. Eu não tenho mais medo da Microsoft.

Blog Diolinux: Você não acha que muitas pessoas podem deixar de usar o Ubuntu propriamente dito como plataforma por conta do "Ubuntu on Windows" trazer várias ferramentas do sistema disponíveis na plataforma da Microsoft?

Dustin Kirkland:
 Por algumas horas/dias eu estive usando o "Ubuntu on Windows", e o que eu encontrei nele foi uma ferramenta muito conveniente, tendo ferramentas como vim, grep, find, sed. awk na ponta dos meus dedos independendo da plataforma. Eu assumo que você, como um falante nativo da língua portuguesa, mesmo estando se comunicando em inglês comigo, sinta-se mais à vontade falando a sua língua nativa, ou seja, é mais confortável se comunicar em Portugal do que na China, este é o exato sentimento que tive ao usando o Ubuntu on Windows. Eu estava em um ambiente não familiar, porém estava conversando com o sistema em uma linguagem que eu conhecia muito bem (usando as ferramentas do Ubuntu).

Seja nativamente, ou através do "Ubuntu on Windows" as pessoas estarão usando o Ubuntu, estarão usando Linux, estarão usando Software Livre.

Blog Diolinux: Explique-nos melhor. Qual a vantagem que a Canonical e o Ubuntu tem nesta parceria? Seria vantagem financeira? Que tipo de retorno os usuários de Linux, especialmente os de Ubuntu, podem esperar de uma parceria como esta?

Dustin Kirland: O retorno é simples! Suas ferramentas open source favoritas, compiladores, bibliotecas, editores, shell scripts, run times, databases, etc. estarão disponíveis para você prontamente, independente do sistema que você use. Nós estamos introduzindo mais do mundo Linux no mundo Windows, estamos transportando o maravilhoso ecossistema open source em algo que as pessoas poderão usar mesmo sendo usuários de Windows. Desta forma estamos chegando a mais pessoas do que nunca, muitas pessoas até então nunca tinham ouvido falar de Ubuntu, graças a medidas como estas estamos despertando a curiosidade dos usuários.

Blog Diolinux: Sinceramente, devemos ficar preocupados em alguma instância com esta parceria entre a Canonical e a Microsoft?

Dustin Kirland: Essa é uma decisão individual, se é que "preocupar-se" serve de algo. Vou deixar essa decisão com os leitores, bastando observar os comportamentos das duas empresas e avaliar por si mesmos.

Se você realmente ama Ubuntu, Linux, Software Livre e Open Source e geral, você simplesmente tem que ver este movimento como algo histórico, algo sem precedentes na história da Microsoft, um endosso completo do Ubuntu e do Bash e do Software Livre e Open Source. Isso é realmente algo maravilhoso.

Blog Diolinux: Poderia nos deixar uma mensagem final?

Dustin Kirland: Eu li a sua explicação sobre a polêmica gerada e também vi os links que você me enviou. É uma história e tanto. Mas tenho uma mensagem super positiva para deixar para todos que gostam do Ubuntu, do Software Livre e do Open Source! O interesse da Canonical em trabalhar em conjunto com a Microsoft é super simples, simplesmente isso beneficia o Ubuntu e os softwares de código aberto... estamos levando o Ubuntu, oferecendo o que há de melhor no mundo Linux para tantas pessoas quanto for possível. Isso agora inclui até mesmo usuários de Windows, muitos dos quais nunca tinham ouvido falar positivamente sobre Linux, Ubuntu ou software aberto.

Pense por um momento em quantas pessoas usam o Windows de maneira "forçada", são estudantes, profissionais... quantas pessoas estão utilizando o Windows em seus Notebooks e estão "presas" à ele por motivos variados, seja por intervenção empresarial ou por falta de conhecimento para fazer uma troca, essas pessoas não estão habilitadas a modificar o sistema do seu computador e desta forma confinadas ao Windows que às foi oferecido. Essas pessoas vão em breve ter a capacidade de usar o Ubuntu livremente dentro do promt de comando, sem virtualização! Sem Cygwin! Esta é uma história maravilhosa. Cada usuário Windows Desktop terá em breve acesso ao Bash, não tão longe assim de dar os seus primeiros passos para a linda viagem para o Software Livre. 

Saudações!

Nota do blog


Quero adicionar aqui, além do meu agradecimento à Canonical, em especial ao senhor Dustin Kirkland por comentar o caso conosco, também uma conversa que reflete um pouco do que foi falado em grupo no Telegram do qual eu faço parte, uma afirmação com uma dúvida pertinente foi feita desta forma.


"Se a MS "enfiar coisas" que só funfam no Bash dela, isto irá afetar quem precisa compartilhar trabalho com profissionais de outras distros Linux. Provavelmente é este o objetivo."

Minha resposta, que acredito que se encaixa um pouco com o que o foi dito na entrevista, foi a seguinte:

"É possível, mas não vejo ninguém deixando o Linux por isso. Se as pessoas usam Linux hoje mesmo com a falta de alguns programas super populares que atingem muito mais gente  do que o Bash, como Office, Photoshop, N jogos, acho que não vai ser por isso que o Linux terá menos participação. 

Apenas um ponto de vista como disse no texto, torço para o melhor. Mas vejam que como o SL, eles não precisariam ter pedido ajuda pra ninguém pra colocar o Bash lá, a questão é que eles queriam o ambiente Ubuntu por conta da dominância do Ubuntu no OpenStack.

Se for ver, eles já fazem isso (de pegar coisas "emprestadas") com o Linux há anos, vide a interface do Windows que é  "igual" do KDE deste o Vista/XP, a diferença é que agora eles deram crédito.

Outro ponto que vale observar também é que o GNU não é contra usar software livre dentro do Windows, afinal, eles tem vários programas deles com porte rodando no "sistema do mal", como diz o Aprígio, desse ponto de vista, é somente mais um programa que roda lá agora.

Como tantos outros. Melhor as pessoas usando um pouco de SL do que nada."

Acho que a Microsoft  não tem porque querer destruir o Linux, afinal 'ele' (o Linux) não é uma empresa concorrente, é uma ferramenta que pode ser usada por todos, inclusive por eles, utilizando o software para qualquer finalidade, como é um dos preceitos do Software Livre.

Acho que com isso eu encerro a minha participação no caso de uma vez, nada melhor do que ouvir quem está dentro do olho do furacão não é verdade?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




O mercado de desenvolvimento Web com Linux [Entrevista]

Nenhum comentário

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Chegou a hora de você conhecer um pouco do dia a dia do profissional da área de Desenvolvimento Web que usa Linux para o trabalho, nós entrevistamos Moisés de Lima, proprietário da empresa Objetiva Software.

Desenvolvimento Web no Linux

Em busca de sempre trazer mais informações sobre o mundo da tecnologia para vocês nós procuramos um desenvolvedor que executasse todos os seus projetos com Linux para mostrar como o dia a dia de um profissional deste segmento que opta por usar o sistema do Pinguim como base de toda a sua obra e é isso que você confere no vídeo abaixo:


Espero que as informações e exemplo do Moisés tenham sido úteis para você e te inspirado também para trabalhar no segmento, não se esqueça de se inscrever em nosso canal para ter acesso a mais conteúdo como este.

Você pode ver mais entrevistas como esta na nossa playlist.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Entrevistamos os criadores do Lightworks, o editor de vídeo Hollywoodiano para Linux

Nenhum comentário

sábado, 5 de dezembro de 2015

O Linux está presente também em muitos filmes de Hollywood e pode ser usado como ferramenta para edição massiva e profissional, especialmente um software chamado Lightworks. Nós, do Diolinux, entrevistamos a Matt Sandford da Edit Share, para saber mais sobre como eles enxergam o mercado Linux para edição e produção cinematográfica.

Matt Sandford entrevista Diolinux - Lightworks

Entrevistamos a EditShare


A EditShare é a empresa por trás do Lightworks, um editor de vídeo profissional que está disponível para Linux há alguns anos já, falando com Matt Sandford e fizemos alguns questionamentos sobre o software e também sobre a relevância da plataforma Linux para eles.
Veja também: Como instalar o Lightworks no Ubuntu.
Diolinux: Qual o ramo de atuação específico da EditShare?

Matt: Editshare é uma empresa que permite que os profissionais de mídia possam colaborar com uma ampla gama de projetos gratuitamente, uma vez que o Lightworks possui uma versão grátis, ele é projetado para integrar-se juntamente com outros de nossos produtos para permitir uma execução rápida e precisa da edição, resumidamente somos um empresa de software, porém não só fazemos isso como nos preocupamos com toda a experiência que um editor profissional possa ter usando o nosso programa, ou seja, não é "apenas" software, mas todo o meio disponibilizado para edição, teclados especiais, suporte, plugins, etc.

Diolinux: Quantos usuários de Lightworks vocês estimam ter ao redor do mundo?

Matt: O Lightworks está próximos de 2,5 milhões de usuários registrados, com cerca de 3 mil ativações da versão gratuita a cada dia.

Diolinux: Cases de sucesso, quais projetos  de sucesso foram feitos usando o Lightworks?

Matt: O case mais recente de grande sucesso que podemos citar e que foi completamente editado com o Lightworks é o blockbuster "The Wolf of Wall Street" (conhecido aqui no Brasil como "O lobo de Wall Street", estrelado por Leonardo Di Caprio), digirido por Martin Scorsese e editado por Thelma Schoonmaker, ambos estão trabalhando conosco para melhorar os efeitos de pós produção do Lightoworks em um futuro próximo.


Diolinux: O que motivou a EditShare a criar uma versão para Linux no software?

Matt: Historicamente o Lightworks sempre foi destinado à plataforma Windows, foi quando a EditShare comprou o Lightworks em 2009 e imediatamente começaram a trabalhar para torná-lo disponível em qualquer sistema, uma vez que estúdios profissional normalmente não usam Windows, e sim Mac OSX e Linux para produção, foi uma manobra para dar mercado ao Software em locais profissionais..

Em 2010 foi anunciada o primeiro beta gratuito para o Windows sobre o comando da EditShare e no mesmo lançamento fomos inundados com pedidos para construir versões do software para Linux e Mac OSX. Não havia até então outro editor NLE profissional disponível para Linux e decidimos ser os primeiros a fazer isso acontecer, hoje podemos dizer que o Lightworks é o primeiro NLE profissional disponível nas três principais plataformas.

Diolinux: Como o Linux é visto por vocês no ramo de edição de vídeos profissional?

Matt: Boa parte dos produtores profissionais usam Linux neste setor e em vários estágio da produção e pós-produto, sobretudo efeitos especiais, porém, na edição em si não era algo tão comum, algo que o Lightworks agora permite fazer perfeitamente, adicionando o Linux a mais um setor da produção de um filme profissional ou em seu fluxo de trabalho.

Diolinux: Qual são os requisitos mínimos de hardware para editar usando o Lightworks?

Matt: Apesar de rodar em hardwares inferiores, para ter um desempenho e um "work flow" eficiente é necessário ter:

- Intel Core i7 ou mais rápido ou AMD equivalente;
- 3GB de RAM ou mais;
- Dois monitores de alta resolução, full HD ou maior;
- Placas de vídeo Nvidia ou AMD com 1 GB de memória ou mais;
- É recomendado ter vários discos com grandes capacidades para armazenar os dados brutos;
- Placa de som compatível;
- 200 MB de espaço para instalação do Lightworks;
- (Opcional) Lightowrks Console;
- (Opcional) Lightworks Keyboard.

Diolinux: Há quantos usuários Linux usando o Lightworks atualmente?

Matt: 7% dos nossos usuários PRO atualmente usam Linux, mas existe uma gama maior quando consideramos as ativações grátis.

Diolinux: Deixe uma mensagem final para o público brasileiro.

Matt: Estamos muito contentes com os fãs brasileiros e também os portugueses do Lightoworks, especialmente desfrutando do Lightworks no Linux. Isso faz com que sintamos que estamos caminho certo, especialmente com a comunidade Linux.

Matt ainda comentou que eles pretendem transformar o Lightworks em um software open source no futuro, algo que ele ainda não é.

Agora você conhece um pouco mais desta excelente ferramenta e opção para editar os seus vídeos de maneira profissional ou não.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Conheça melhor a distribuição Linux brasileira DuZeru GNU/Linux

Nenhum comentário

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Hoje você vai conhecer uma distribuição Linux brasileira que se mostra muito promissora, o DuZeru, uma distro que pretende ser a porta de entrada para o Linux para muitos usuários, conheça melhor o projeto.

DuZeru GNU/Linux

Conheça o criador do DuZeru GNU/Linux


Conversamos com os idealizadores do projeto DuZeru, um projeto de distribuição recente no âmbito nacional, com base no Debian, a distribuição pretende ser tão fácil quanto possível, sendo indicada para usuários iniciantes que querem usar um sistema que seja uma derivação mais direta do Debian e que use o ambiente gráfico XFCE.

O ambiente é completamente personalizado, mesclando características de várias interfaces gráficas diferentes. Confira a nossa entrevista agora com o Cláudio, o criador do DuZeru e tire todas as suas dúvidas, em breve também postaremos uma análise mais profunda do sistema.


Se você ficou interessado e gostaria de baixar o sistema para testar, você pode encontrá-lo na página oficial do projeto, outra forma de ajudá-los é comprando produtos na DioStore, a nossa loja, com o cupom de desconto DUZERU, além de ter 10% de desconto em qualquer produto você ainda ajuda a distribuição pois uma parte do valor da sua compra vai para o sistema. Inclusive, na DioStore você também encontra itens para compra que são exclusivos do DuZeru.

E aí, o que você achou do sistema? Já testou? Vai testar? Deixe a sua opinião nos comentários logo abaixo.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como é a tecnologia e o custo de vida em Portugal?

Nenhum comentário

domingo, 8 de novembro de 2015

Para as pessoas que consideram sair do país e ir para a Portugal, afinal além de ser um destino atraente na Europa o país ainda fala a nossa língua pátria com algumas pequenas diferenças., nós entrevistamos uma pessoa que atua na área de T.I. para conhecer um pouco melhor os detalhes dos profissionais da área no país e entender um pouco melhor o custo de vida no local.

Custo de vida em Portugal

Em uma terra não tão distante...


Para mim o mais curioso é o fato de nós brasileiros pensarmos que a "grama do vizinho é sempre mais verde", quando na verdade muitas coisas são semelhantes, entretanto, me surpreendi o quanto a tecnologia é acessível em algumas nuances, como por exemplo a conexão com a internet. Confira a entrevista, tenho certeza que será muito interessante:


E aí, ficou com vontade de ir para Portugal?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Conheça um pouco mais do blog Diolinux: Entrevista de Dionatan Simioni ao blog Holmes

Nenhum comentário

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Ontem o Fundador do Blog Diolinux concedeu uma pequena entrevista sobre o blog e outros assuntos

O Blog Holmes é um dos parceiros do blog +Diolinux  e ontem eu, Dionatan Simioni, conversei com o idealizador do projeto +Moises de lima sobre o blog e o Diolinux OS, se vocês gostam do nosso trabalho vão gostar de ficar sabendo algumas curiosidades sobre a criação do Diolinux e alguns coisas novas sobre o Diolinux OS.



A entrevista foi sucinta é rápida, direto ao ponto, espero que gostem:


Nos encontre também nas redes sociais abaixo, estamos aqui para lhe ajudar leitor!


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo