Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador firefox. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador firefox. Mostrar todas as postagens

Como fazer o Google Chrome e o Firefox reconhecerem todos os Emojis

Nenhum comentário

domingo, 23 de abril de 2017

Digamos que eu não seja uma pessoa que usa tanto assim os Emojis, mas percebo uma crescente de utilização deles em vários sites, incluindo em mensagens de e-mail, até mesmo em seus títulos, vídeos no YouTube, entre outros.





O problema do navegador não reconhecer os Emojis, é que no lugar deles algumas vezes são apresentados caracteres completamente "bugados" que não nos mostram o que a pessoa que estava emitindo a mensagem gostaria de nos passar.

Emojis faltando

Um exemplo que posso dar, é no meu vídeo sobre o futuro do Ubuntu sem o Unity, sem o complemento do Emojis simplesmente aparece em seu lugar um retângulo com "muito pouca emoção".

Se você possui a fonte Noto da Google instalada, dificilmente algum emoji vai deixar de aparecer, mas ainda assim, ele terá uma aparência deste tipo, variando de acordo com o tipo do emoji.

Emojis faltando

Independente do caso, podemos resolver o problema com duas extensões, ou melhor, com uma, diferente para cada navegador.

1 - Resolvendo o problema no Mozilla Firefox

Firefox Emoji

No caso do Mozilla Firefox, vamos precisar de uma extensão chamada "Emoji Everywhere", você encontra ela no próprio repositório de extensões do Firefox. 

Usando o Firefox, clique neste link e adicione a extensão, recarregue as páginas ou feche a abra o navegador e você verá que será possível ver os emojis normalmente.

2 - Ativando os Emojis no Google Chrome

Emoji for Chrome

Assim como no Firefox, os Emojis para o Chrome vem através de uma pequena extensão de nome "Emoji for Google Chrome", ela está na Chrome WebStore, basta clicar aqui através do Google Chrome e adicionar ela normalmente.

Esta extensão cria no Chrome/Chromium um pequeno ícone que fica perto da barra de pesquisa na direita na parte superior, por ele você consegue facilmente adicionar emojis aos seus textos em qualquer página que você esteja, além é claro, de permitir que você visualize os emojis em qualquer página, que é o objetivo deste post.

Agora que as extensões estão instaladas, você verá a diferença:

Emojis no Linux

Agora você não deverá ter mais problemas com este tipo de caractere, até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Netflix e Firefox fazem as pazes no Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 22 de março de 2017

Finalmente você pode assistir à Netflix no seu Firefox no Linux sem precisar fazer gambiarras, o popular serviço de streaming anunciou hoje uma modificação do serviço que permite compatibilidade com a versão 52 do Firefox.

Netflix rodando no Firefox nativamente


Há algum tempo atrás nós publicamos um tutorial aqui no blog ensinando você como fazer para assistir à Netflix usando o Firefox nas distribuições Linux. O Firefox já havia adicionado suporte para conteúdo DRM na versão 49, porém, para fazer com que ele funcionasse era preciso mudar o user agent do navegador para enganar o site e fazê-lo pensar que estávamos usando o Google Chrome. Graças a atualização de hoje da Netflix isso não é mais necessário.

Netflix no mozilla Firefox

Para poder assistir à Netflix pelo Firefox no Linux basta acessar o site normalmente, o Firefox irá informar que precisa ativar o recurso para reprodução de conteúdo DRM caso você não o tenha ativado anteriormente, uma vez ativo, o conteúdo carrega normalmente, assim como no Google Chrome.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Teste comparativo entre navegadores no Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Firefox, Google Chrome, Vivaldi, Opera; são tantas opções! Qual será que é o melhor navegador para Linux? Para ajudar você a escolher os nossos parceiros do canal Oficina do Tux fizeram um teste comparativo de desempenho entre os browsers mais populares no mundo Linux, confira:

Qual o melhor browser?




No fim das contas eu acho que sempre vai depender da sua preferência, mas existem alguns testes que podemos fazer com os navegadores para ver qual deles tem mais desempenho em algumas características, como por exemplo, a capacidade de processar conteúdo em HTML5, tempo para abrir as páginas e também a velocidade ao navegar por elas. Confira o teste:


Qual é o seu browser favorito?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como assistir Netflix no Firefox no Linux

Nenhum comentário

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

A Mozilla trouxe o prometido suporte para o Netflix na versão 49 do no navegador, porém, não foi exatamente como as pessoas imaginavam, é necessário fazer um ajuste no navegador para que o site funcione normalmente. Veja agora como assistir Netflix pelo Firefox:

Como assistir Netflix Firefox




Se ao atualizar para a versão nova do Firefox você foi "correndo" acessar a Netflix e acabou percebendo que a versão prometida com suporte para o serviço na verdade não estava funcionando, este tutorial é para você.



Passo 1: Acesse o menu de preferências do Firefox e na sessão "Conteúdo" marque a opção "Reproduzir conteúdo com DRM".

Conteúdo Netflix

Além disso, é necessário adicionar uma extensão que permite mudar o user agent do navegador.

Passo 2: Instale o User Agent Switcher e mude o user agent do browser para o Google Chrome no Linux, como mostrado no vídeo.

Agora é só recarregar a Netflix e assistir as suas séries e filmes favoritos.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla vai descontinuar o Firefox Hello

Nenhum comentário

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Se você está se perguntando: "Mas o que ser esse Hello, mim não entender", então a notícia definitivamente não te afeta, mas se ao contrário, você está com aquela de cara de criança quando um doce lhe é tomado, amigo, vamos lamentar juntos! A Mozilla resolveu descontinuar o Firefox Hello na próxima versão do navegador.

Mozilla Firefox Hello




O Hello é um recurso disponível no Firefox desde a versão 34, ele permite a comunicação entre usuários, com chat em áudio e vídeo sem a necessidade de plugins adicionais através do WebRTC, porém, aparentemente o recurso não fez muito sucesso, eu o utilizei diversas vezes, mas de fato, nos últimos tempos ele se mostrou muito instável, o que me fez preferir o Google Hangouts para comunicações do tipo. Uma das grandes vantagens do Hello é que não era necessário se registrar para criar salas de bate papo, semelhante ao Apper.in e ao Talky.

A Mozilla anunciou que a próxima versão no Firefox, que deve sair no próximo mês, deixará de suportar o Hello, a Mozilla criou uma página com algumas alternativas para os usuários que vão ficar órfãos do recurso e se ofereceu para dar suporte aos usuários que tiverem dificuldade em adaptar-se com as alternativas.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Firefox 49 vai dar suporte ao Netflix sem plugins

Nenhum comentário

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Mozilla Firefox 49 vai trazer suporte nativo para o Netflix no navegador sem a necessidade da utilização de plugins. Saiba mais:

Neflix no Firefox




Recentemente nós publicamos um post aqui no blog Diolinux ensinando você a assistir Netflix pelo Linux através do Google Chrome criando um atalho para o aplicativo; acontece que este tutorial está prestes a ficar um pouco desatualizado, pois o usuários Linux que preferem no Firefox no lugar no navegador da Google e só o mantinham no sistema por conta do popular serviços de streaming poderão abandoná-lo em breve.

Netflix pelo Firefox sem plugins


Pode não parecer, mas este é o sonho de consumo de muitos usuários que mantinham o Chrome em seus computadores justamente por conta da Netflix, muitas pessoas que preferem usar sistemas de 32 bits também tiveram problemas, visto que o Chrome para Linux não possui mais esta arquitetura, priorizando, até com certa razão, os sistemas de 64 bits.

A Mozilla anunciou que o Firefox 49, a próxima versão, permitirá que o Netflix funcione sem problemas sem a necessidade da instalação de plugins adicionais. Assim como o Chrome, e como o Vivaldi, segundo a nossa entrevista, o Firefox também deixará de apoiar os plugins NPAPI, como o Silverlight, utilizando o Widevine em seu lugar, como o Chrome

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Firefox remove suporte para o Flash

Nenhum comentário

quinta-feira, 21 de julho de 2016

A Mozilla decidiu deixar de apoiar o flash player da Adobe no Firefox, navegador desenvolvido pela mesma, será que agora é o fim do Flash de vez?

Mozilla Firefox abandona o Flash




Já faz um bom tempo que nós esperamos o momento em que os navegadores não necessitarão de plugins para acessar conteúdos na internet. Parece que isso é uma tendência sem volta, assim como você viu na nossa entrevista com os criadores do Vivaldi Browser, mas tem um plugin, o Flash, que já é praticamente um zumbi dos filmes do George Romero. 

A que da do Flash está diretamente ligada com a acensão do HTML5 na utilização de player de vídeo no YouTube e no Facebook, porém, ainda restam sites que usam esta tecnologia, que cá entre nós, acho que até a Adobe tá torcendo pra que termine de uma vez.

A notícia do Firefox abandonar o suporte ao Flash vem diretamente do blog da Mozilla, que em 2017 será algo secundário, nada melhor do que os navegadores deixarem de dar suporte para essa tecnologia para forçar as pessoas a mudarem de atitude, mudarem para o HTML5. A ideia da Mozilla com a extinção do Flash, é melhorar a experiência do usuário, tornando a navegação mais simples, segura e rápida.

A mudança será gradual e à partir de Agosto de 2016, os sites que contiverem conteúdo desnecessário em Flash, terão estes conteúdos bloqueados por padrão, cabendo ao usuário ativar o flash no browser, sendo completamente não suportados ao longo do tempo e desenvolvimento de futuras versões do Firefox.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Firefox ganha ferramenta que permite múltiplas identidades

Nenhum comentário

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Uma nova e interessante ferramenta está disponível na versão Nightly no Mozilla Firefox, esta é a versão de testes do navegador, e se tudo ocorrer bem, a nova funcionalidade de "múltiplas identidades" deverá chegar à versão final.

Mozilla Firefox terá abas em containers



O novo recursos do navegador permitirá que os usuários usem vários perfis de usuário, com várias contas de e-mails conectadas, vários Facebook diferentes, etc. É como se fossem vários navegadores dentro de um só.

Mozilla Firefox Nightly


A ideia surgiu da necessidade de um único usuário que precisava ter perfis diferentes para cada tipo de trabalho que estava executando.

Essas abas "Container" possuem atualmente quatro tipo de identidades (como você pode ver na imagem acima), pessoal, trabalho, compras e internet banking. Cada um dos modos registra cookies e caches independentemente, permitindo que o usuário tenha várias contas do mesmo serviço conectadas ao mesmo tempo. Para diferenciar a identidade que o usuário está utilizando, o nome do perfil utilizado será mostrado na URL, e as cores das abas também serão alteradas para facilitar a identificação.

Por enquanto o recurso está apenas em testes e pode ou não entrar no Firefox em sua versão final, se você quiser testar será necessário instalar o Firefox Nightly, veja como fazer a instalação desta versão no Ubuntu clicando aqui.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla será uma das primeiras a lançar pacotes Snap do Firefox para o Ubuntu

Nenhum comentário

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Os pacotes Snap estão aos poucos sendo inseridos no ecossistema do Ubuntu, eles, se adotados pela maioria dos desenvolvedores, serão um divisor de águas na forma com que instalamos programas no Linux, os problemas de dependências estarão extintos e a Mozilla parece ser a primeira empresa popular a querer apoiar esta ideia.

Firefox Snap para Ubuntu



A Canonical recentemente renovou a sua parceria com a Mozilla para que o Firefox seja o navegador padrão do Ubuntu para os próximos lançamentos, como parte desta parceria a Mozilla está empenhada em distribuir o Firefox no novo padrão Snap.

O usuário final dificilmente perceberá a diferença entre um formado e outro, porém, tecnicamente o pacote vai funcionar de uma forma diferente. Em breve eu farei um vídeo para explicar como os "Snaps" funcionam, mas por hora, para você entender, basicamente eles funcionam em Sandbox, cada aplicação rodando isolada da outra.
O lançamento do Firefox empacotado no formado Snap deverá acontecer até o final deste ano. 
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Site "KickAss Torrents" é bloqueado por Google Chrome, Firefox e Safari

Nenhum comentário

terça-feira, 12 de abril de 2016

Um dos sites de torrents mais populares do mundo, o KickAss Torrents, está sendo bloqueado pelos principais navegadores da atualidade, vários usuários relataram dificuldades para acessar o site para o Torrent Freak, o bloqueio se deve a possibilidade de pishing.

KickAss Torrent




Assim como o "The Pirate Bay", o KickAss também é acusado por disseminar pirataria na internet e juntamente com os arquivos ilegais que o serviço ajuda à propagar existe muitas possíveis pragas virtuais que agora os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox e Apple Safari, além do antivírus Avast, estão querendo bloquear através de uma mensagem de alerta ao tentar acessar a página: http://kat.cr/.

Cada um dos browsers mostra a sua tela específica de "site perigoso à vista", informando ao usuário que o site do KickAss foi responsabilizado por ataques ao usuário, usando artifícios para ludibriar os mesmos a fim de obter dados pessoais sigilosos. A mensagem que aparece em qualquer um dos navegadores pode ser ignorada, mas aparentemente isso tem impedido muitas pessoas mais leigas de acessar o serviço, pessoas essas que normalmente seriam os alvos dos "pescadores".

Mais informações você encontra no Torrent Freak.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla desiste de vender Smartphones com Firefox OS

Nenhum comentário

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

A Mozilla anunciou que está parando de desenvolver Smartphones com o Firefox OS, claramente o investimento não rendeu frutos e será necessário muito mais do que apenas um bom sistema e celulares de baixo custo.

Firefox OS

O sonho do Firefox OS acabou!

O Firefox OS não será mais trabalhado para Smartphones, a experiência que a Mozilla teve neste segmento amplamente dominado por Android e iOS não foi das melhores. A anúncio aconteceu esta manhã mas a Mozilla quis deixar claro que o Firefox OS não acabou, ele simplesmente vai se focar em outro segmento.

Apesar de não ter feito sucesso nos celulares, o Firefox OS ainda pode ser uma ferramenta interessante para outros dispositivos inteligentes, como SmartTVs e outros sistemas que sejam baseados na Web.

A Mozilla parece estar passando por uma fase de adaptação e de foco, recentemente eles anunciaram também que estão abrindo mão do desenvolvimento do Thunderbind, que por sua vez tem a possibilidade de passar a integrar a comunidade LibreOffice. Desde que a Google criou o Google Chrome e deixou de investir pesadamente do Firefox para usar o seu mecanismo de buscas as receitas da fundação Mozilla caíram, não sei dizer se a empresa está passando por apuros mas foram vistas várias modificações no Firefox a fim de aumentar o faturamento, colocar anúncios patrocinados foi uma delas e vender a search engine padrão para o Yahoo também foi.

É uma pena ver um projeto tão interessante definhando, mas com este foco especial no Firefox deveremos ver um navegador ainda melhor num futuro próximo.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Pesquisa aponta que Firefox é o navegador que as pessoas mais confiam

Nenhum comentário

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

O site nakedsecurity fez uma pesquisa entre os usuários para descobrir qual é o navegador que as pessoas mais tem confiança e o Mozilla Firefox continua como o preferido.

Mozilla Firefox

Firefox bate o Google Chrome até mesmo o Tor em pesquisa


A pesquisa curiosa realizada aponta o Firefox como o navegador de internet de confiança da maioria dos usuários, a pesquisa não é técnica e não aponta qual é o navegador mais confiável, mas sim em qual as pessoas mais confiam.

Firefox é o navegador que as pessoas confiam


A pesquisa aponta que mesmo não sendo o navegador de maior utilização atualmente, em termos de preferências o Firefox superou o navegador da Google a até mesmo o Tor, que é feito para ser seguro e é baseado no Firefox inclusive, o que mostra que apesar de ter perdido público com o tempo o Mozilla Firefox ainda é bem visto.

E você, é usuário do Firefox?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Canonical anuncia Mozilla Firefox 41.0.2 disponível nos repositórios oficiais do Ubuntu

Nenhum comentário

sábado, 24 de outubro de 2015

Os mantenedores do Ubuntu adicionaram a nova versão do Ubuntu nos repositórios oficiais e informa que os usuários já devem ter recebido o novo pacote.

Firefox 41.0.2 disponível para Ubuntu.

Canonical anuncia que Mozilla Firefox 41.0.2 foi publicado nos repositórios oficiais do Ubuntu 15.04, Ubuntu 14.04 LTS, e Ubuntu 12.04 LTS.


Essa é somente uma pequena atualização que cobre pequenas vulnerabilidades. A Canonical descreve a seguinte informação:
"Abdulrahman Alqabandi e Ben Kelly descobriram que a API fetch() não implementa corretamente a especificação Cross Origin Resource Sharing (CORS). Se um usuário enganado a abrir um site especifico, um atacante poderia potencialmente explorar essa vulnerabilidade para obter informações sensíveis a partir de outras origens," .

Caso ainda não tenha isso atualizado para a nova versão do Firefox, você pode procurar no menu do sistema pelo aplicativo "Atualizador de programas", se você preferir usar o terminal basta realizar o seguinte:

sudo apt-get update
sudo apt-get dist-upgrade

Certifique-se depois de reiniciar o navegador para que a atualização possa surtir efeito.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Firefox bloqueará Java, Silverlight e outros plugins NPAPI em 2016

Nenhum comentário

terça-feira, 13 de outubro de 2015

A fundação Mozilla pretende seguir os passos da Google com o Google Chrome e deixará de dar suporte a plugins para o navegador que rodem através do já antiquado NPAPI, isto pode gerar alguns problemas com internet bankings e outros sites.

Firefox vai bloquear plugins NPAPI

Vários sites podem deixar de funcionar corretamente por conta disto


2016 será um ano de mudança no Firefox, a Mozilla anunciou que pretende remover o suporte aos plugins do tipo NPAPI, por conta disto, sites que usarem plugins que usam esta tecnologia terão que adaptar-se ao novo modelo se quiserem rodar corretamente no Firefox. Isto inclui sites que usam Java, Silverlight e outros plugins semelhantes.

O porque da mudança


Segunda as informações, a mudança acontecerá em função de tornar o Firefox mais estável, estes plugins NPAPI costumam dar problemas de instabilidade e até mesmo problemas de segurança ao browser, porém, curiosamente há uma exceção entre os plugis, o Flash ainda será suportado (tá difícil de morrer né?), a Mozilla vai trabalhar juntamente com a Adobe para mantê-lo. 

O exemplo do Unity 3D


O Unity 3D é usado atualmente por muitos jogos online, destes que rodam através do próprio navegador, atualmente a Engine usa um plugin NPAPI para executá-los, porém, já fazem alguns meses que está em desenvolvimento, ainda em carácter experimental, uma versão que roda integrada com as tecnologias disponíveis nos próprios browsers, isso vai evitar a necessidade de plugins adicionais.

Inclusive, nós testamos estas demonstrações do Unity rodando sem plugins diretamente no Browser com alguns jogos, clique aqui para ver.


Firefox não está sozinho


A Mozilla não está querendo "inventar moda", na verdade ela está seguindo a moda, Chrome e Microsoft Edge já não dão este suporte há alguns meses, apesar da Mozilla não informar quando a remoção completa vai acontecer, deixando como data um vago "2016", isso serve de alerta para os sites que precisarem compatibilizar os seus recursos com as novas tecnologias, como o Internet Banking da Caixa Econômica Federal por exemplo.


_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla testa seu novo modo anônimo para o Firefox (um realmente anônimo segundo eles)

Nenhum comentário

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Boa parte das pessoas que navega pela internet hoje em dia preocupa-se com os dados que circulam pelo navegador, a outra parte que não se preocupa deveria preocupar-se, pelo menos um pouco. A Mozilla está criando um modo anônimo diferenciado para o Firefox e ele já está em fase beta, confira:

Modo anônimo na internet

Firefox com um modo realmente anônimo?


Quem é ligado aqui no blog talvez lembra que comentamos aqui há algumas semanas que a Mozilla estaria desenvolvendo um novo modo anônimo para o Firefox, agora o recurso está em modo beta, acompanhando as versões igualmente Betas do Browser.

A versão com o "modo secreto" do Firefox estará disponível na versão final do navegador em breve para todas as plataformas, sendo que no Android o recurso está sendo chamado de "Tracking Protection".
Leia também: Firefox irá suportar as extensões do Google Chrome
Diferente do modo anônimo dos populares navegadores atualmente que simplesmente não armazenam histórico de navegação, cache e demais informações sobre os sites no próprio browser, o "modo secreto" do Firefox promete ir muito além disso.

Firefox Tracking


O recurso "Tracking Protection" bloqueia ativamente o rastreamento de dados pelos sites, tentando impedi-los de obter informações do usuário através do navegador. Para fazer isso a técnica consiste em evitar o carregamento de elementos das páginas que possam contar códigos criados para rastrear os hábitos de navegação, que seriam os Cookies.

Apesar de assemelhar-se em alguns aspectos o mecanismo não substitui bloqueadores do propaganda, vale lembrar também que o recurso só funciona quando o navegador estiver no modo anônimo.

Como testar o novo recurso?


Como dissemos, ele ainda está em desenvolvimento e pode chegar na futura versão do Firefox, o que pode demorar algumas semanas, se você estiver ansioso para ver o funcionamento da ferramenta o mais indicado neste caso é baixar a versão Beta do Firefox, e dentro dele simplesmente entrar no modo navegação privada.

O site dos betas do Firefox onde você pode encontrar a versão de testes é este aqui. Se você usa o Ubuntu você pode instalar a versão beta do Firefox utilizando um PPA:
sudo apt-add-repository ppa:mozillateam/firefox-next -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install firefox -y
Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla Firefox receberá mudanças drásticas futuramente

Nenhum comentário

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

O popular navegador pretende tomar a liderança do Chrome ou pelo menos chegar mais perto ficando, de certa forma, semelhante ao browser da Google.

Mozilla Firefox

Inspirando-se no Chrome


A Mozilla anunciou que pretende fazer uma alteração profundo no Firefox, a ideia é mudar o motor do navegador para que ele fique mais ágil, em consequência disto o Firefox passaria a ter um comportamento semelhante ao do Chrome, abrindo cada aba, aplicação ou extensão em um processo separado.
Leia também: Firefox passará a aceitar extensões do Google Chrome
Tomar o lugar do Chrome ainda parece algo distante para o Firefox, entretanto, a Mozilla parece determinada a fazer uma revolução se for preciso, o novo motor seria escrito na linguagem, relativamente nova, chamada Rust.

As versões de desenvolvimento do Firefox já estão com suporte a multi processos sendo que a maior preocupação, pelo menos para mim, é que o Firefox seja tão consumidor de memória quanto o Chrome, apesar de isto ser um problema menor hoje em dia, o Firefox sempre foi uma boa opção para computadores mais fracos.

Visualmente falando o Firefox não deve mudar muito, mas seu código deverá sofrer grandes mudanças nos próximos lançamentos. 

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Firefox irá suportar extensões do Google Chrome

Nenhum comentário

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Mozilla anuncia que compatibilizará o Firefox com as extensões do Google Chrome no futuro, assim, muitas aplicações que antes rodavam apenas no navegador da Google poderão rodar também no Firefox.

Firefox com extensões do Google Chrome

Firefox permitirá a instalação de extensões de outros navegadores


O Firefox, o dos navegadores mais usados do mundo, pretende possibilitar a instalação de extensões provenientes de outros browsers como o Google Chrome. Antes de mais nada, a Mozilla pretende bloquear extensões que não sejam assinadas, o Firefox já possui milhares de Add-Ons (como são chamadas as extensões para o browser), porém, usuários que desejarem poderão aceitar extensões não assinadas no browser por conta e risco.

Segundo a Mozilla, essa nova função de assinaturas de extensões permitirá uma maior segurança para os usuários, essa medida exigirá certas características de um Add-On para que ele seja suportado, o que pode gerar controvérsia uma vez que alguns extensões que as pessoas usam não cumprem tais critérios. Pensando nestas pessoa a Mozilla está implementando a API WebExtensions, que segundo a empresa permitirá "portar" extensões nativas de outros browsers como o Google Chrome e talvez futuramente o Microsoft Edge.

Futuramente o Firefox também deverá ser multiprocesso, assim como o Chrome é hoje em dia, essa nova versão deverá estar estável em Dezembro deste ano, é possível que a próxima versão já venha com novidades, porém, é mais provável que vejamos algo realmente novo na versão 42.

Unificando as coisas


Este é um comentários adicional que eu gostaria de fazer; sabemos que grande parte dos browsers atualmente disponíveis na internet são forks de alguma forma de dois projetos, o Firefox e Chromium (não o Chrome), uma vez que o Firefox permita também instalações de extensões do Chrome/Chromium teremos, quem sabe, um centralização grande de aplicações para browsers a ponto de praticamente 80% ou mais das extensões serem as mesmas em qualquer browsers. 

Menos trabalho para os desenvolvedores de fato, porém, isso pode deixar o Firefox menos valorizado neste sentido, uma vez que a preocupação será apenas fazer extensões para o Chrome e os desenvolvedores dos demais navegadores terão apenas que se preocupar em sempre compatibilizar as mesmas. Isso já acontece com o Opera, ele tem suas próprias extensões, e suporta as extensões do Chrome.

O que você acha disso tudo?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla quer te dar uma navegação realmente anônima na internet através do Firefox

Nenhum comentário

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Você preocupa-se muito com a sua privacidade na internet? Se a repostar for sim prepare-se, pois o Firefox será o seu melhor amigo.

Firefox

Futuras versões do Firefox poderão trazer uma nova funcionalidade


A Mozilla está tentando implementar melhorias no Firefox para aprimorar a função de não rastreamento dentro dos sites. O recurso é ainda experimental e é feito para bloquear rastreamentos feitos a partir de cookies e impressões de navegação.

O recurso disponível no Firefox Developer Edition para Windows, Mac e Linux, e no Firefox Aurora para Android, segundo a Mozilla.
Leia também: Aprenda a instalar o Firefox Developer Edition no Ubuntu
O serviço de navegação ainda mais anônima ainda está em fase alpha mas é possível que o mesmo seja incorporado em versões futuras do browser. Por conta das funções do serviço alguns sites que usem muitos dados podem não carregar corretamente, entretanto, a Mozilla dará ao usuário a possibilidade de desabilitar o mesmo em páginas específicas.

Essa melhorias também tem a intenção de identificar plugins inseguros que poderiam instalar malware para coletar informações de browsers.

Como diz o lema da Mozilla, parece que eles sempre estão tentando tornar a internet um lugar melhor. O que você achou da novidade?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Nova vulnerabilidade encontrada no Firefox

Nenhum comentário

sábado, 8 de agosto de 2015

No dia 06 de Agosto, foi publicado por Daniel Vedtiz no blog da Mozilla, sobre uma nova 
vulnerabilidade. Acompanhem aqui no Diolinux o desvelar dessa história.

Nova vulnerabilidade encontrada no Firefox

No dia 14 de Julho, foi publicado aqui no Diolinux o artgido sobre a Mozilla ter bloqueado o Flah no Firefox e explica como ativar o suporte HTML5 para assistir vídeos no Youtube. Depois Debatemos o assunto no DioCast.

Nova noticia que merece a atenção de todos, é que no dia 5 de Agosto, um usuário do Firefox informou a comunidade que um anuncio em um site de noticias da Rússia estava distribuindo um exploit para Firefox que procurava por arquivos vulneráveis e realizou upload deles em um servidor que aparenta estar na ucrânia. Na manhã do dia 06 de Agosto, a Mozilla lançou atualizações de segurança que corrigem a vulnerabilidade. Todos os usuários de Firefox são advertidos a atualizar o Firefox para a versão 39.0.3. A correção foi também incorporada ao Firefox ESR 38.1.1.
Esse vulnerabilidade no Firefox que permite obter informações de contas dos usuários em suas máquinas locais.

O processo de instalação da atualização é simples e bem explicado na Propriá página da Mozilla como pode ser viso abaixo.
Passe o cursor sobre a imagem para ler a tradução dos passos de 1 - 3 de como atualizar o Firefox.
A vulnerabilidade vem da interação do mecanismo que força a separação de contexto do JavaScript e o PDF Viewer do Firefox. Os produtos da Mozilla que não contem o PDF Viewer, como o Firefox para Android, não são vulneráveis. A vulnerabilidade não habilita a execução de código arbitrário, mas o exploit foi capaz de injetar um JavaScript payload no arquivo local. Isso permite a busca e upload de arquivos local que são potencialmente vulneráveis.

O exploit não deixa rastros na máquina local que passou. Mais detalhes sobre o exploit. Por essa razão a Mozilla adverte fortemente a baixar a atualização de correção que saiu muito rápido (em menos de um dia, parabéns a comunidade)

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla critica o Windows 10 em carta aberta ao CEO da Microsoft

Nenhum comentário

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

O Windows 10 chegou agradando muitos usuários e desagradando outros tantos, incluindo empresas e corporações, uma das instituições que não ficou muito feliz com a novidade da Microsoft foi a Mozilla, confira.

Windows 10 e Firefox

Microsoft desagrada Mozilla


O Windows 10 em poucos dias teve milhões de downloads e aparentemente, apesar de ainda ser cedo, a Microsoft conseguiu agradar boa parte dos seus usuários com a atualização, entretanto não foram só elogios que a nova versão colheu, e uma crítica aberta veio da Mozilla, instituição que mantém o popular navegador Firefox.

CEO Mozilla
CEO Mozilla
O CEO da Mozilla, Chris Beard, enviou uma carta ao CEO da Microsoft, Satya Nadella insinuando que a empresa de Redmond teria criado um sistema operacional "desenhado para jogar fora as escolhas dos consumidores", pelo menos em relação a preferência por aplicativos pois quando a atualizado para o Windows 10 é feita o sistema reseta as configurações do sistema para os aplicativos que são padrões da Microsoft, desta forma o navegador principal passa a ser o Edge e o player de músicas volta a ser o Windows Media Player por exemplo.
"A Microsoft criou um sistema operacional que basicamente foi desenhado para “jogar fora as escolhas que os consumidores fizeram em relação à experiência online que eles mesmos querem, substituindo-a pela experiência de internet que a Microsoft parece querer que eles tenham”.
Beard reconhece que mesmo com a modificação do Windows ainda é, tecnicamente, possível modificar os programas padrões, porém, essa tarefa ficou muito mais complicada para um usuário "comum", segundo o CEO da Mozilla agora é necessário "dar o dobro de cliques e ter um pouco de sofisticação técnica" para fazê-lo.

Desta forma a Mozilla pediu a Microsoft que revisse o seu método de atualização para que isso não acontecesse pois em sua opinião isso seria "dar um passo atrás".

Críticas ao Microsoft Edge


Além das críticas quanto ao modo que a atualização para o Windows 10 influencia nas preferências anteriores dos usuários há também o Microsoft Edge que causa um pouco de desconforto em algumas pessoas, pois a Microsoft ainda é a única empresa que desenvolve um navegador que tem seu código completamente fechado, até mesmo a Apple tem parte do código do Safari aberto. Esse tipo de coisa ajuda a levantar suspeitas perante a confiabilidade em relação a espionagem governamental, algo que é um assunto que entra em pauta constantemente nos últimos tempos.

E aí, o que você achou das críticas da Mozilla?


_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo