Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador fps. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador fps. Mostrar todas as postagens

Instale uma versão customizada do Proton na Steam

Nenhum comentário

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Ao contrário do que muitos pensam, já faz bastante tempo desde que jogar no Linux deixou de ser algo apenas para amantes de games obscuros que ninguém conhece. Com o lançamento da Steam para Linux em fevereiro de 2013, e o lançamento do Proton em meados de 2018, literalmente milhares de jogos passaram a rodar perfeitamente no Linux.

instale-uma-versão-customizada-do-proton-na-steam
O Proton é uma ferramenta criada pela Valve com o intuito de viabilizar o funcionamento de jogos que são nativos de Windows em sistemas operacionais baseados em Linux. O Proton funciona como uma camada de compatibilidade entre os jogos e o sistema operacional, portanto, não é um emulador. O que ele faz, em termos leigos, é agir como um tradutor fazendo a comunicação entre o jogo nativo de Windows e a distribuição Linux.

O Proton é feito com o objetivo de funcionar com milhares de jogos diferentes, de épocas diferentes, que utilizam APIs gráficas diferentes, e assim por diante. Por isso, enquanto um jogo roda melhor com uma versão do Proton, o outro talvez rode melhor com outra. É pensando nisso que a Valve nos dá a opção de alternar entre as versões do Proton nas configurações do próprio cliente Steam.

Nas configurações do cliente Steam para Linux, na seção “Steam Play”, podemos tanto ativar e desativar o uso do Proton, como escolher qual versão da ferramenta queremos utilizar.

configurações-do-proton-na-steam

Se você quiser saber mais sobre o Proton, já temos um vídeo completíssimo sobre esse assunto.

Conheçam o Proton-GE!


Agora que você já sabe o que é o Proton, como ativá-lo, e como alternar entre versões. Chegou a hora de falarmos sobre uma das suas versões alternativas, mantidas pela comunidade.

Todas aquelas versões do Proton que você encontra por padrão na Steam, são versões oficiais, desenvolvidas pela Valve. Porém, por tratar-se de um software Open Source, qualquer pessoa pode pegar o código fonte do projeto, modificar e redistribuir da maneira que bem entender.

O ‘Proton-GE’ é uma versão customizada do Proton com algumas correções de bugs, versões mais atualizadas do Wine e ‘DXVK’, com o ‘D9VK’ ativado por padrão para rodar jogos com DirectX 9, e a adição do ‘Vkd3d’ para rodar jogos com Direct3d 12 através da API Vulkan.

A ferramenta foi criada e é mantida por Thomas Crider. Dono do blog GloriousEggroll, engenheiro da Red Hat, membro da equipe de desenvolvimento do Lutris e mantenedor do Wine-Staging.

Na página do ‘Proton-GE’ no Github você encontra informações mais técnicas sobre a ferramenta, bem como uma tabela com todos os parâmetros utilizáveis.

Ok, mas vale a pena?


O Proton-GE foi testado “oficialmente” apenas em alguns poucos jogos, incluindo Warframe, Assetto Corsa e Sword Art Online. Porém, isso não significa que a ferramenta funcione apenas com estes jogos. Eu testei o Proton-GE em um total de sete jogos, mas apenas em dois deles pude perceber alguma diferença. Veja:

• Fallout New Vegas: Este foi sem dúvidas um ponto favorável ao Proton-GE em comparação ao Proton 4.11-4. Com a ferramenta padrão da Steam, rodando em OpenGL, o jogo sofria constantes quedas de frames, caindo dos 60 para a casa dos 40 FPS. Rodando com Vulkan através do D9VK, a taxa de FPS ficava estável, porém ocorrendo frequentes stutterings.

Já com o Proton-GE, que por padrão utiliza o D9VK, o jogo rodou estável nos 60 FPS e com praticamente nenhum stuttering.

• GTA San Andreas: Neste caso o Proton-GE ficou muito atrás. Na versão 4.11-4 do Proton o jogo roda a 60 FPS, sem lags ou stuttering. Já na versão customizada, além de ter muito stuttering, também ocorreu um bug de cores nas texturas do jogo.

Após os testes pude dizer que, conforme já era esperado, o Proton-GE não faz milagres. Se ele vai fazer diferença ou não para você, depende muito de quais jogos você pretende testar nele. No meu caso, obtive um desempenho consideravelmente superior em apenas um dos sete jogos nos quais testei, o que, mesmo parecendo pouco, já fez valer muito a pena ter baixado e instalado o Proton-GE.

Como instalar e utilizar o Proton-GE?


A instalação é extremamente simples! Nada de terminal, edição de arquivos de configurações, ou coisas do gênero.

Primeiro, abra o seu gerenciador de arquivos e pressione a combinação de teclas “Control + H” para exibir os arquivos ocultos.

À partir da sua pasta “home”, acesse o diretório “.steam/root”, e verifique se dentro desse diretório existe uma pasta chamada “compatibilitytools.d”. Se não existir, crie-a.

pasta-proton-personalizado-steam

Acesse a página de downloads do projeto e baixe a versão mais recente.

download-protonge

Extraia o conteúdo do arquivo compactado que você baixou para dentro da pasta “.steam/root/compatibilitytools.d”, que você criou anteriormente.

protonge

• Reinicie a sua Steam. Agora na janela de configurações, na seção “Steam Play” estará aparecendo a opção para utilizar o ‘Proton-GE’.

versão-proton-steam

Pronto! O Proton-GE já está instalado na sua Steam.

O ‘Proton-GE’ não possui nenhum sistema de auto-update. Ou seja, toda vez que você quiser testar uma nova versão, terá que acessar a página no Github, fazer o download e repetir o procedimento de instalação.

Apesar de ser feito à partir do Proton da Steam, o ‘Proton-GE’ não é desenvolvido pela Valve. Portanto, não possui suporte da mesma. O quê significa que não há garantias quanto a se ele realmente irá funcionar, ou por quanto tempo será mantido. Use por sua conta e risco.

O quê você acha sobre essas versões alternativas de softwares, criados pela comunidade? Você já conhecia o ‘Proton-GE’? Você conhece alguma outra versão do Proton ou de alguma outra ferramenta que deveríamos testar? Conte-nos nos comentários.

Você gosta de Linux e tecnologia? Tem alguma dúvida ou problema que não consegue resolver? Venha fazer parte da nossa comunidade no Diolinux Plus!

Por hoje é tudo pessoal! 😉

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


5 games FPS para Linux que você precisa jogar!

Nenhum comentário

domingo, 1 de novembro de 2015

Games para Linux já não são uma coisa rara felizmente, com a chegada da Valve, muitas pessoas que não tinham o hábito de jogar no Linux começaram a comprar jogos, então, aqui vai uma lista de grandes títulos no gênero FPS que você precisa ter na sua biblioteca.

5 FPS para Linux

5 games para você ter na sua biblioteca Steam


FPS é um dos meus gêneros preferidos, dentre eles, admito que gosto mais dos games com enredo e história mais densa, mas um FPS com os amigos, um multiplayer como Left 4 Dead 2 pode ser divertido também.

O nosso parceiro, o canal Linux Gamer, preparou um vídeo para te mostrar 5 FPS para Linux para você comprar e se divertir, confira:


Qual o FPS para Linux que você mais gosta?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Estrelando: Assault Cube o FPS para todos os Hardwares

Nenhum comentário

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Linux Gameplay de Assault Cube

E aí galera, mais um vídeo no Canal do Diolinux no Youtube, confiram mais um game disponível para Linux gratuitamente, muito leve e com gráficos... aceitáveis, digamos...


Um vídeo ficou bem bacana e nele mostramos as principais características e modos de jogo, confira clicando aqui.

E se você ainda não é inscrito no canal se inscreva para receber as atualizações dos gameplays e outras dicas que formos postando! =)

Até a próxima! Ahhh! Claro, já ia me esquecendo, o link para download e tutorial de instalação está na descrição do vídeo!

Fui!

Urban Terror para Linux, junção de Quake com Counter Strike

Nenhum comentário

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Um dos melhores FPS Online para o sistema do Pinguim

Urban Terror é um dos games de tiro mais clássicos que existem para Linux, se você é um usuário em busca de games já deve ter topado com ele, se não fique conhecendo um pouco mais agora.

Urban Terror para Linux

Quake + CS

Os conhecedores dos games certamente notarão uma semelhança do ambiente com o popular game Counter Strike, se passando em ambientes urbanos com policiais contra terroristas, porém a jogabilidade não é exatamente parecida com o CS e sim se assemelha a Quake.

Se assemelha a Quake pois a engine que ele usa é justamente  a Quake Engine, outros prós do game são a grande quantidade de armas disponíveis.

Armas de Urban Terror


Urban Terror

Em relação aos gráficos ele lembra um pouco o CS 1.6 então se você busca gráficos excelentes melhor escolher outro game, outro ponto negativo é o fato de só poder jogar online, é até possível dar uma volta pelos cenários em localhost mas você não vai encontrar nenhum bot.

Download


Apenas selecione a versão Linux, ou a versão Multiplataforma.



Até a próxima pessoal!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Remains: Um dos melhores games de tiro para Linux até agora

2 comentários

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Escolha suas armas e monte a sua estratégia 

Tudo bem galera? Hoje venho acrescentar mais um super game a nossa já famosa série de Games para Linux, este game me deixou muito empolgado de verdade e acho ele um dos melhores games de tiro para Linux que existem até agora, obviamente sem contar títulos pagos, Remais é totalmente grátis e desenvolvido em Unity.

Remains para Linux

Não existe uma história definida, você precisa apenas proteger algumas pessoas, mas proteger de quê Diolinux?
Olha, o game chama os monstros de zumbis, alguns realmente parecem, mas com o passar do tempo novos monstros aparecem e são de todos os tipos e muito bizarros! Tá mais uma uma orgia de monstro com fantasma e zumbi.

Um game de tiro excelente para Linux

Jogabilidade

O game tem os mesmos comandos de qualquer game de tiro em primeira pessoa, W,A,S e D controla o personagem, com o mouse você mira e atira além de posicionar itens pela faze que vão ajudar na sua defesa. Os movimentos tem uma boa resposta e o gráfico é mediano se formos comparar com os games de hoje, para trocar de arma basta usar os números do teclado alfa numérico.

Remais para Linux

Armas e estratégias

Este é um dos pontos que mais me agradou, em vez de você sair apenas atirando em tudo o que se mexe você deve instalar alguns recursos na sua base para ajudar na proteção, são armadilhas, bombas barricadas, lança chamas e outros itens.
Quanto as armas existem vários tipos, pistola, shootgun, Uzi, AK, Bazuca, Sniper, são apenas alguns exemplos de armas disponíveis, porém você deve escolher entre todos os itens disponíveis incluindo armas e utilitários para ajudar na proteção somente nove para levar para a fase ou que deixa as coisas um pouco mais difíceis.

Remais Linux Game

O game é indie e está ainda em fase de testes, jogue esta Demo e mande o feedback aos desenvolvedores, com toda a certeza vale muito a pena!



Para jogar basta você descompactar o arquivo e executar o arquivo binário dando dois cliques. Se tiver dificuldades em executar algum game postado por aqui acesse o nosso tutorial no link abaixo:


OBS: Reparam no vídeo rodando atrás do game no Totem? Ele é a dica do próximo game que vai ser postado, você sabe qual é?

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Red Eclipse: Um FPS de tirar o fôlego!

Nenhum comentário

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Pronto para entrar em combate?

Red Eclipse é um FPS ( First Person Shooter ) criado a partir da Cube Engine, mesma usada em games como o Nexuiz e Assault Cube, open source e grátis.
O Game apresenta uma infinidade de possibilidades, sendo possível jogar offline ou multiplayer online com muitos servidores.

Red Eclipse

O Game

O Red Eclipse tem várias possibilidades de jogo, desde uma clássica Death Match com configurações adicionais como Death Match com times, ou cada um por si, no melhor estilo Quake Arena e até um modo de combate medieval onde só se pode usar espadas.
Apesar de conter este modo medieval o jogo é futurista, principalmente nas armas e nos personagens, já os cenários oscilam entre futurístico e tradicionais ao estilo CS.

Algumas telas do game


Red Eclipse

Red Eclipse

Red Eclipse

Armas

As armas são variadas, Granadas, Morteiros, Rifles, pistolas, Metralhadoras, Shotguns e outras armas espaciais, lança-chamas, certamente você estará bem municiado para enfrentar os seus oponentes.

Gráficos

Os gráficos são acima da média para games OpenSource, sabemos que, infelizmente as melhores engines não são open source e games open source tendem a ter um gráfico inferior, não estou sendo absolutista mas em sua maioria é assim.
O Gráfico de Red Eclipse é muito bom, semelhante aos game com bons gráficos do PS2, os desenvolvedores tivera muito cuidado ao fazer a água por exemplo, em fases que temos a presença desse elemento podemos notar o quão bem feita ela foi em termos gráficos, lembra os melhores games de hoje em dia, a física é um pouco estranha por assim dizer, se o gráfico da água é perfeito a sua física nem tanto, mas nada que atrapalhe o jogo que é muito dinâmico, você precisa estar muito ligado para não atacado, em certas fases é possível pegar jetpacks, então você poderá alçar alguns pequenos voos e atacar ou ser atacado por seus inimigos de todos os lados.
Numa média geral dou 8.5 como nota para os gráficos comparando com os padrões de hoje em dia.
O jogo dá muitas possibilidades de configuração de vídeo.

Confira abaixo o Gameplay e tire as suas dúvidas, se possível coloque o vídeo no máximo de qualidade para você ter essa noção.


Gameplay



Instalação

Você pode baixar o game diretamente do site , havia esquecido de comentar, mas ele é multi plataforma, então você vai encontrar versões para Windows e Mac OS também, além do Linux.

Se você usa o Ubuntu, pode instalar via Central de Programas, clicando abaixo.


Divirta-se!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo