Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador games-for-linux. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador games-for-linux. Mostrar todas as postagens

"Rise of the Tomb Raider: 20 Year Celebration" será lançado para Linux e macOS

Nenhum comentário

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Boas novas para os gamers de Linux, um novo e importante título "triplo A" está prestes a ser lançado, trata-se do título mais recente da franquia da Lara Croft publicado pela Square Enix, desenvolvido em parceria com a Crystal Dynamics e agora portado para Linux e macOS pela Feral Interactive, "Rise of the Tom Raider" em sua edição especial de vigésimo aniversário.







A assessoria de imprensa da Feral Interactive nos informou que eles estão trabalhando em um porte do game "Rise of the Tomb Raider" para Linux e para macOS, ainda sem uma data para lançamento definida.

Confira o trailer oficial de "Rise of the Tomb Raider" para Linux e macOS:



"Rise of the Tomb Raider" é um game de ação e aventura jogado em terceira pessoa e incrementa vários elementos encontrados em "Tomb Raider (2013)" (que também está disponível para Linux e macOS) e marcou o "reboot" da série de sucesso:



Novos elementos e contexto



Nós controlamos mais uma vez a bela e corajosa Lara Croft através de vários ambientes, lutando contra inimigos e completando puzzles enquanto usamos armas improvisadas e criatividade para evoluir na história, sendo que as áreas de exploração do game chegam a ser quase 3 vezes maiores do que o título anterior.


O ambiente do jogo foi muito melhorado (em comparação com o título anterior), com um ciclo dia-noite e com um novo sistema climático que influencia tanto nos personagens humanos, quanto nos animais. 

Um exemplo legal disso é que para criar um casaco de inverno mais forte, Lara tem de caçar um lobo, que é um animal que só aparece durante uma determinada hora do dia e quando as condições de tempo são favoráveis. 

O combate foi redesenhado e apresenta agora um maior numero de opções de infiltração e de ataques rápidos e furtivos. Quando estamos em combate ou quando queremos evitar o inimigo pode fazer a Lara subir nas árvores e se esconder, ou nadar por baixo da água para evitar de sermos vistos. A neve também influencia a jogabilidade: os animais deixam pegadas que vão desaparecendo ao longo do tempo e Lara pode escavar trincheiras para fazer um abrigo. Os jogadores também estão suscetíveis a problemas causados por tempestades de neve e avalanches

E essas são só algumas das muitas melhorias.

O lançamento da Feral Interactive de "Rise of the Tomb Raider"


Como eu já havia mencionado, ainda não temos informações de quando o jogo estará disponível, a informação é vaga e nos diz que será "na primavera do hemisfério norte". Eu certamente postarei um gameplay no canal para mostrar a vocês como está o desempenho e a aparência do jogo assim que eu puder ter acesso a ele.

Atualmente o game está custando R$ 129,99 na Steam e foi um dos melhores títulos lançados nos últimos anos, sendo usado até hoje como referência em vários testes de benchmark e desempenho. Eerá interessante ver como ele se comportará no Linux.

O game é todo traduzido para o Português, incluindo a dublagem, o que é algo sempre bom para os jogadores do Brasil. Os desenvolvedores confirmaram para a nossa redação que o game rodará Vulkan, assim como foi usado no título F1 2017 para Linux (que teve um bom desempenho), mas seria muito bom ver mais um título usando a nova API.


Fique ligado aqui no blog e no canal para acompanhar as novidades, até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


5 motivos para 2018 ser um ano interessante para jogos no Linux

Nenhum comentário

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

O ano de 2018 está batendo à nossa porta e ele vai trazer ao "mundo Linux" muitas  coisas interessantes. Eis aqui 5 motivos porque 2018 pode ser um ano muito interessante para os gamers de Linux.

2018 e os jogos para Linux






Este foi um belo ano para os jogadores que usam Linux, vários lançamentos, otimizações e muito mais. É claro que a estrada ainda é longa e existem muitas coisas que podem melhorar, mas isso não é necessariamente ruim, no mundo da tecnologia, a melhoria constante é a "lei".

2018 vai nos trazer varias coisas interessantes, deixe-me listar alguns motivos para ficarmos otimistas com o mundo Gamer Linux.

1 - Vulkan sendo mais utilizado


Em 3 de Março de 2015 eu fazia um dos primeiros artigos sobre o Vulkan aqui no blog. Praticamente 3 anos depois dos primeiras investidas no desenvolvimento da nova API gráfica multiplataforma, finalmente ela está começando a ser implementada em jogos.


A nova versão do Android já dá suporte para o Vulkan e nesse ano nós tivemos o primeiro game a ser lançado somente com Vulkan no Linux, o F1 2017.


Em 2018 certamente teremos mais projetos utilizando o Vulkan e quanto mais ele for utilizado, mais ele tende a se desenvolver. Com melhor aproveitamento dos núcleos dos chips de processamentos e sendo uma via de alta qualidade para a produção de jogos para todos os sistemas operacionais, incluindo Linux, Windows, macOS e Android, podemos esperar boas coisas vindas daí no próximo ano.

2 - Novo Mesa Driver e Drivers AMD


Os drivers Nvidia devem continuar recebendo melhorias como sempre. Atualmente as "placas do lado verde" são a preferência do usuários Linux por conta do desempenho em jogos, no entanto, tivemos recentemente uma grande quantidade de código AMD acrescentada ao Kernel Linux, que deve melhorar a qualidade do suporte ao hardware da empresa. 

A entrevista que fizemos com Alfredo Heiss, representante da AMD no Brasil, pode nos dar um vislumbre de que coisas boas estão à caminho:



Quem sabe no próximo ano teremos a possibilidade de usar hardware gráfico AMD sem maiores problemas.

3 - Novo Wine com suporte para DX11, DX12 e Vulkan


Apesar de não ser o ideal, muitas pessoas se utilizam do Wine para jogar games que são nativos de Windows no Linux. Atualmente os games que rodam sobre DX9 e DX10 geralmente rodam tranquilamente no Linux pelo Wine, salvo exceções, no entanto, games mais recentes podem necessitar de versões mais recentes da API da Microsoft.


Com as novas versões do Wine, além do suporte para o DX11, o DX12 também deve ser suportado, mas ao contrário do que acontece atualmente, numa conversão para o OpenGL, o DX12 seria convertido em Vulkan.

Com a chegada de pacotes Snap e Flatpak com maior força, nada impede que as desenvolvedoras criem pacotes fechados com seus games rodando sobre o Wine, eliminando assim a necessidade de portar o game completamente para Linux, alterando binários, arquivos de configuração e disposição de pastas.

4 - Lançamento do Ubuntu 18.04 LTS


Querendo ou não, o Ubuntu é cara do Linux para o mercado mainstream, a chegada da nova versão de longo suporte, trazendo consigo as tecnologias Snap, Flatpak, Wayland e usando GNOME como padrão deverá ser uma boa coisa, podemos esperar uma maior unidade no desenvolvimento para Linux.

GNOME é atualmente o desktop padrão do mundo Linux, eu mesmo não tenho nele a minha preferência, mas sim, ele é. Agora Fedora, Ubuntu, Debian e openSUSE, que são as distros com maior apelo comercial atualmente, usam o GNOME como ambiente, algumas como padrão, outras como uma das principais alternativas.

O SteamOS, sistema da Valve, por baixo dos panos também roda um GNOME, então os desenvolvedores de games que atualmente focam no Ubuntu e no SteamOS na Steam, poderão desenvolver praticamente de forma unitária, o que é bom, pois o mercado precisa de padrões, gostemos ou não.

5 - Mais suporte para as Engines de jogos


Existem a cada dia mais Engines que exportam games multiplataforma, mas algumas são especialmente importantes por fazerem parte do dia a dia de várias pequenas e médias empresas produtoras de games. Por mais que os títulos triplo A chamem muita atenção, a maior parte do mercado é composta de jogos médios e pequenos.

A Unity Engine e a Unreal Engine por exemplo, aumentaram muito o suporte para Linux neste ano, dada a popularidade de ambas, é de se esperar que tenhamos mais jogos feitos com elas para a plataforma do pinguim em 2018

Outros fatores


Além dos itens já comentados, outro fator que pode influenciar nas empresas olhando para o Linux no mundo dos games, é a própria Microsoft.

Com o Windows 10 S, a empresa acabou dando um exemplo do que eles gostariam que ocorresse em seu ecossistema. Até para a segurança do Windows, apenas aplicativos disponíveis na própria Windows Store poderiam ser instalados. Como você talvez saiba, a própria Microsoft tem interesse em vender jogos através de sua plataforma, de uma forma parecida com o que a Google faz através do Android, o problema disso é que empresas que possuem plataformas próprias, para fins de maximizar seus lucros, como Valve (Steam), EA (Origin), UbiSoft (Uplay) e assim por diante, não gostaram muito da ideia, porque desta forma elas teriam que compartilhar os lucros com a Microsoft.

Tim Sweeney, da Epic Games, empresa que desenvolveu jogos como, Unreal Tornament, Fortinite e Gears of War, comentou o quão prejudicial esse tipo de medida poderia acabar sendo para os desenvolvedores, sugerindo que uma plataforma concorrente no PC seria algo muito bem-vindo.

Talvez (e só talvez) as empresas enxerguem esse tipo de manobra da Microsoft como um impulso para a necessidade de colocar os seus games de forma a atender todo o mercado, temos o macOS para isso, mas o Linux tende a ser mais acessível.

Não creio que vá haver uma mudança drástica no mercado, a maior parte dessas empresas certamente entraria em alguns acordos com a Microsoft ao longo do tempo, no entanto, não deixa de ser uma pedra no sapato, caso a Microsoft decida que somente Apps da Windows Store possam ser instalados no Windows, muitos desenvolvedores vão perder um pouco da liberdade de distribuição de seus softwares e causando um certo monopólio também. Como eu sempre digo, concorrência é sempre bem-vinda, até para evitar que coisas assim possam vir a acontecer.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Top 7 sites/lojas para encontrar games para Linux além da Steam

Nenhum comentário

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Geralmente quando falamos de games de computador a plataforma Steam, da Valve, é a mais lembrada, tanto em Linux, quanto Windows, no entanto, existem outras. Origin e UPlay ainda não possuem versões nativas para Linux, apesar de rodarem pelo Wine, mas existem ainda mais opções que você você talvez não conheça, vamos lá?

Onde encontrar jogos para Linux






Ainda que a plataforma Linux nos Desktops não seja ainda o principal alvo das desenvolvedoras, existem vários títulos triplo A para a plataforma e uma infinidade de games Indie e jogos competitivos populares, como Dota 2, CS:GO, Rocket League, entre outros que você já pode jogar no Linux. Muitos deles estão disponíveis no Steam, como comentei, mas a plataforma não é a única para a qual você precisa olhar na hora de encontrar games para se divertir no Linux.

Os sites listados à seguir contém jogos de código aberto, fechado, grátis e pagos, demos e jogos em desenvolvimento, para quem curte testar as novidades., ou seja, tem de tudo um pouco... tem jogos! :)

Geralmente nesses sites você também encontra games para Windows e macOS, então, independente do seu sistema de preferência, aproveite! :)

1 - Humble Bundle



O Humble Bundle é relativamente conhecido, nele você pode comprar games para Linux e no casos dos Bundles, onde você compra vários games em um pacote só (com chaves para Steam geralmente), você pode escolher o quanto quer pagar, à partir de um valor base, e escolher quanto vai para cada desenvolvedor, é bem interessante. Vale sempre a pena consultar estes sites para comparar preços, eventualmente alguns games que você encontra na Steam também estão mais baratos no Humble Bundle, assim como nos outros sites que eu vou listar.

Eventualmente você vai encontrar games sendo distribuídos gratuitamente em promoções que duram algumas horas ou dias, neste exato momento em que escrevo, o site está dando o game de terror Layers of Fear com a Soundtrack incluída, game que possui versão para Linux inclusive e está disponível na Steam também.

2 - Fanatical


Fanatical Linux Games

Esse é outro site bacana que eu achei, a maior parte dos títulos também está na Steam, mas observe que as vendas são feitas em dólar, então é bom fazer as contas na hora de comprar para não se surpreender com os valores, no entanto, existem muitos games com desconto para gosta de sempre fazer o melhor negócio, vale a pena pesquisar no Fanatical antes de comprar.

3 - GameJolt


GameJolt Games para Linuxa

Quem curte games Indie com propostas bem diferentes para se divertir vai encontrar no GameJolt um imenso repositório de opções para jogar. O GameJolt possui um cliente Desktop para te ajudar a instalar os jogos com um simples clique, basta criar uma conta e sincronizar a biblioteca. O cliente possui versão nativa para Linux também, basta baixar e dar dois cliques para executar.

A maior parte dos games é grátis e você pode jogá-los pelo próprio site por alguns minutos para fins de experimentação, para ver se vale a pena baixar o game completo ou comprar, se for caso de ser um game pago.

4 - GamersGate


GamersGate games for Linux

Assim como (e agora vai uma dica Extra) a Nuuvem, que também vende games para Linux, o site GamersGate também vende. O interessante é que os jogos são vendidos em reais e muitos deles possuem grandes descontos, é mais um site que vale a pena conferir.

5 - LGDB - Linux Games DataBase


Linux Games DataBase

Este é um site um pouco diferente dos outros. Ele não é uma loja ou algo assim, mas é um banco de dados gigantesco com vários títulos para Linux, talvez o mais completo que exista, que aborda desde os lançamentos das grandes produtoras, até "o game mais Indie de 2 horas atrás". Exageros à parte, o site mantém realmente um banco de dados de jogos para Linux enorme que pode ser filtrado por gêneros e subgêneros, preços e muitos mais. Todos os games possuem links para lojas ou locais onde podem ser comprados ou baixados, quando forem gratuitos.

6 -  itch.io


Itchio games for Linux

Assim como o GameJolt, citado no item 3, o "itch.io" é um site onde você encontra vários games Indie de vários estilos diferentes, nem todos são grátis, mas existe uma grande quantidade assim. Você pode jogar alguns títulos pelo próprio navegador mesmo.

Assim como o Humble Bundle, que também foi comentado, o itch.io também vende "bundles", ou seja, pacotes com vários games por um preço mais baixo. Games que possuem algum valor são vendidos em dólar. Outro fator interessante é que se você for desenvolvedor, o site tem pouca burocracia para que você envie o seu game para lá também, vale a pena dar uma olhada.

O itch.io também possui um software para desktop que permite que você gerencie a sua biblioteca de games e os instale facilmente, essa ferramenta é compatível com Linux perfeitamente.

7 - IndieDB


IndieDB Games para Linux

O IndieDB possui um nome auto-explicativo, é um grande banco de jogos Indie para todas as plataformas, não só computador. Como era de se esperar, existem muitíssimos jogos para Linux por lá de todos os gêneros.

Os games no IndieDB geralmente são grátis, mas o site também é um local onde desenvolvedores expõem seus projetos não finalizados, permitindo que você teste games antes mesmo deles serem lançados. Existem games pagos também no arsenal do IndieDB, mas estes geralmente apontam para outros gateways de pagamento, como a própria Steam.

Vale a pena mencionar o site "par" do IndieDB, o ModDB, que como o nome também sugere, é um grande banco de Mods para uma infinidade de jogos. Para aqueles que não gostam tanto de aplicar Mods nos games (meu caso inclusive), vale observar os Mods Standalone que existem, como o excelente Silent Hill Alchemilla, que é grátis e compatível com Linux, feito sobre o HL2.

Menções honrosas

Certamente existem muitos outros lugares, se eu esquecer de algum, sinta-se à vontade para usar os comentários logo abaixo e adicionar as suas sugestões.

Esta não seria uma lista completa sem o GOG (Good Old Games), um projeto da CD Project Red, onde você pode comprar games que geralmente não são mais comercializados, mas que são muito bons (daí o nome do site), lá existem também títulos mais recentes e jogos Triplo A para Linux, eventualmente com desconto também. Muitos deles tem ativação na Steam.

GOG Linux Games

Vale a pena ficar de olho na GOG para promoções, muitas vezes você encontra games grátis também por um tempo limitado, assim como outros sites anteriormente citados. Não incluí o GOG na lista em si, pois acredito que dentre os comentados, ele já seja muito conhecido, tanto quanto UPlay e Origin.

Quem quer baixar jogos para Linux, levar em um pen drive e usar em qualquer distro sem precisar instalar, vai gostar do site "Portable Games for Linux", lá você encontra mais de 500 jogos grátis e geralmente open source também, para baixar jogar onde quiser.


Acho que vale a pena comentar sobre o Lutris também. Neste vídeo acima eu mostrei como ele funciona. Para quem não conhecia, o Lutris é uma espécie de agregador de serviços e formas de se jogar no Linux, incluindo emuladores. No software esses recursos são chamados de "Runners", e é bem fácil instalar qualquer um deles com somente um clique.

Além de jogos nativos, existem emulador e até jogos pelo Wine no Lutris. Para você ter uma ideia, recentemente eu mostrei como rodar League of Legends por ele.

Se formos contar a possibilidade de jogar pelo Wine, além do Lutris, o PlayOnLinux também pode ser um grande aliado. Confira abaixo a PlayList de games de Windows jogados no Linux pelo Wine do canal:

Dica: Clique no ícone de "lista" do lado esquerdo do Player para ver os outros jogos.



Além de todos estes sites, você ainda pode contar com o repositório de software da sua distribuição. Distros voltadas para Desktops e usuários finais possuem geralmente vários games grátis para você jogar e se divertir. Como o popular Minecraft, que você encontra do gerenciador de software do Linux Mint, Deepin, Ubuntu, etc.

Repositório de games

Outra forma de se divertir com games no Linux é através de emuladores, a plataforma do pinguim tem emuladores para praticamente todos os consoles, acredito que os únicos que não possuam emuladores que rodem no Linux atualmente sejam o Play Station 4, Xbox 360 e One e o Nintendo Switch, os demais, desde os arcades até o PS3 possuem alternativas, mas vamos deixar isso para um outro artigo.

Qual a sua plataforma preferida? Conte pra gente nos comentários e se eu esqueci de alguma que você conhece, sinta-se livre para adicionar também via comentários, como eu já tinha mencionado. 

Temos que lembrar que "Linux", genericamente falando, não é apenas um sistema para desktops, se formos considerar tudo o que roda Linux, poderíamos incluir a infinidade de games para Android que existem, que você pode jogar no PC inclusive com emuladores também, como o Genymotion (apesar dele não ser exatamente pra isso), por fim, para quem usa Linux no desktop, acho que temos aqui várias sugestões boas para você acabar com a sua produtividade. :D

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como instalar League of Legends no Linux

Nenhum comentário

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

League of Legends é um dos games mais jogados do mundo e hoje vamos aprender a instalar ele em distribuições Linux de Desktop, confira:

League of Legends no Linux






League of Legends não possui, infelizmente, uma versão nativa para Linux, isso significa que precisaremos utilizar o Wine como camada de abstração para rodar aplicativos do Windows no Linux, diferente do seu principal "concorrente", Dota 2, que possui uma versão nativa para o sistema através da Steam.

Neste caso em específico, vamos usar um software chamado "Lutris" para automatizar a instalação. Antes de eu te dar as dicas para a instalação, é interessante que você entenda como utilizar o Lutris e como ele funciona:


Uma vez que você tenha entendido como funciona o Lutris, basta fazer o download da aplicação diretamente do site oficial e instalar para podermos seguir para próximo passo.

Agora veja como você pode fazer para instalar o League of Legends no Linux:



Eu percebi que o game tem uma clara queda de desempenho, não o suficiente para impedir que você jogue com uma taxa de frames decente, geralmente acima de 60 FPS, no entanto, se para você isso for um grande problema, vale a pena manter o Windows para jogar, pois ele possivelmente lhe atenderá melhor neste quesito.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Game Black Mirror (Point & Click) é lançado para Linux

Nenhum comentário

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Quem gosta de games que envolvam uma boa história, gosta do gênero Point & Click e curte jogar no Linux, acabou de ganhar um nova opção. Um novo jogo foi lançado da Steam (simultaneamente para Linux, Windows e macOS) e carrega justamente esta proposta.

Black Mirror Steam






Apesar do nome, o game nada tem a ver com o famoso seriado da Netflix, no entanto, ele é um título até mais antigo do que o próprio seriado, sendo uma trilogia (antes deste último), com o primeiro título sendo lançado no início dos anos 2000.

O game tem um estilo que lembra um pouco os contos de H.P. Lovecraft ou do Edgar Allan Poe, focando em uma atmosfera de terror/suspense interessante e uma história misteriosa. Não possui dublagem e nem legenda em Português, no entanto, a dublagem (pelos trailers) parece ser muito bem feita e os gráficos são razoavelmente bons, com uma pegada gótica.


Atualmente o game está disponível na Steam com 10% de desconto, se você curte este estilo de jogo, vale a pena dar uma olhada.

Pra quem curte games Point & Click, eu convido para dar uma olhada no game BR que eu zerei em uma das lives do canal, "A lenda do cabeça de cuia", clique aqui pra ver.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Linux, Hardware e PC Gamer, vamos debater! - Canal Peperaio Hardware

Nenhum comentário

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Recentemente eu pude fazer um vídeo colaborativo em dos canais mais respeitados sobre hardware do Brasil, o Peperaio Hardware. No vídeo em questão eu comentei sobre a situação atual do cenário de hardware envolvendo o Linux, jogos e computadores gamers.

Linux e Hardware






No bate-papo, eu conversei com o Lucas Peperaio, dono do canal, onde discutimos vários assuntos relacionados a hardware e Linux. Existem muitos mitos ainda no entorno destes assuntos, como a possibilidade de usar Linux para jogar na Steam, suporte por parte de fabricantes a hardware de ponta, entre outra coisas, é um vídeo muito interessante.

Como é uma conversa, caso você prefira, você pode também apenas "dar um play" e ficar ouvindo. O conteúdo pode ser absorvido desta forma também sem maiores problemas, aproveite o vídeo e conheça também o canal Peperario Hardware, vale muito a pena.


Como é sempre bom debater, aproveite e comente a sua experiência com Linux neste aspecto logo abaixo e lá no canal do Lucas também, até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Fórmula 1 2017 será lançado para Linux em 2 de Novembro!

Nenhum comentário

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Boas noticias para quem gosta de games de corrida e para quem gosta de jogar no Linux. A Feral Interactive, principal empresa nesse mundo de portes de jogos para Linux e macOS, anunciou que o título Formula 1 2017 está chegando para o sistema do pinguim no próximo mês.

Formula 1 2017 chega ao Linux





A Feral Interactive anunciou através de sua assessoria de imprensa hoje que F1 ™ 2017, o jogo oficial da FIA FORMULA ONE WORLD CHAMPIONSHIP ™, será lançado para Linux em 2 de Novembro. Desenvolvido e publicado pela Codemasters para Windows e consoles, F1 ™ 2017 é o jogo mais recente da franquia, sendo lançado para Windows em Agosto passado. Confira o trailer o game:


O game chega com várias  melhorias e aprimoramentos, com mais opções dentro e fora das pistas, especialmente para quem gosta de jogar o modo carreira. 

Este não é o primeiro F1 lançado para Linux, tivemos também o 2015, temos um gameplay dele no canal, confira:


Os requisitos mínimos de hardware ainda não foram publicados, segundo os desenvolvedores, essa informação virá em breve, mais perto da data de lançamento. O game está disponível para compra através da Steam e tem um valor um pouco salgado, mas quem sabe role uma promoção de lançamento, não é? Caso isso não aconteça, pode valer a pena esperar alguma das promoções da Valve onde os preços as vezes caem até pela metade ou mais.

Se você pretende comprar o game para jogar no Linux, espere até a versão de Linux sair, assim você ajudará a engordar as estatísticas que são sempre úteis para quem desenvolve.

Mais um game triplo A para Linux, para você pode se divertir :)

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Artifact - Valve lança teaser de novo Card Game de DOTA

Nenhum comentário

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Fazia muito tempo que não tínhamos lançamentos de novos jogos vindos diretamente da Valve, a dona da plataforma Steam, mas hoje os fãs da empresa (e aparentemente de DOTA 2) tiveram uma boa surpresa com o teaser de Artifact, ainda que nem todos concordem com isso...

Artifact DOTA Card Game






Depois de um grande hiato em lançamentos, parece que em 2018 a Valve vai retomar o lançamento de um título de produção própria. Os games da empresa são idolatrados por muitos e são alguns dos mais jogados do mundo atualmente, incluindo ambientes competitivos, como CS:GO e DOTA 2.

Enquanto muitos esperam ansiosamente um novo "Left 4 Dead" ou um novo "Half Life", a Valve parece estar planejando lançar um Card Game, assim como a Konami e o seu clássico "Yu-Gi-Oh!".

Podemos ver pelo vídeo que o jogo deverá seguir a temática do DOTA, o que automaticamente tende tende a nos lembrar "HearthStone", da Blizzard, ou ainda "GWENT", do universo de "The Witcher".

Não temos muitas informações sobre como exatamente será o game, tudo o que temos é um teaser que foi lançado pela empresa do que parece ser o canal oficial do jogo no YouTube.


Curiosamente o vídeo teaser de "Artifact" está sendo altamente negativado pelos usuários do YouTube, muitos reclamam que gostariam de um novo jogo dentro das franquias já existentes ao invés de "mais um jogo de cartas". De qualquer forma, o game está previsto para ser lançado em 2018, sem maiores detalhes.

Tudo indica que haverá suporte para Linux e Vulkan também, o que você achou da ideia da Valve?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Economize mais de R$ 370,00 nestes 10 jogos para Linux no Steam Summer Sale

Nenhum comentário

segunda-feira, 26 de junho de 2017

O Steam Summer Sale começou e está com descontos arrasadores em vários títulos. Na última live que fizemos no canal (jogando Outlast no Linux), algumas pessoas pediram para eu fazer uma seleção de títulos de games bons para Linux e com bons preços. Bom, eu fiz o meu TOP 10 aqui e você vai poder se divertir pra caramba economizando mais de R$ 370,00 nestes 10 títulos.

Melhores games Steam Summer Sale LInux



Eu escolhi alguns títulos clássicos, mas acima de tudo, jogos que eu gosto muito de jogar e que eu realmente acho bons. Existem muitos outros disponíveis, talvez alguns até melhores em vários aspectos, como gráficos, história, etc, tudo dependendo do seu gosto. Mas vamos para a minha seleção deste ano.

1 -  CS:GO: Acho que não precisamos de apresentações, certo? Um dos games mais clássicos da história dos vídeo games em sua versão mais recente e um dos games competitivos mais famosos do mundo atualmente.


2 - Middle-earth - Shadow of Mordor: Ótimos gráficos e uma história rica esperam todos o fãs de Tolkien que gostam de RPGs de mundo aberto, cheio de aventura e diversão, certamente é uma ótima opção, ainda mais pelo preço que neste momento que escrevo chega à 80% de desconto (outro bom que não está na lista é The Witcher 2).


3 - Left 4 Dead 2: "Left", como é chamado pelos jogadores, está longe de ser um jogo novo, mas é certamente um clássico incrivelmente divertido que vale a pena você comprar caso ainda não tenha, especialmente pelo grande desconto que temos nele nesta Sale. Até hoje milhares de jogadores lotam os servidores do game, de modo que você definitivamente não vai jogar sozinho, fazendo dele também um dos games de maior sucesso da Valve.


4 - Rocket League: Aí está um jogo que eu já me viciei, desviciei e viciei de novo em um ciclo quase sem fim. De fato, Rocket League é um dos jogos mais divertidos que eu já pude jogar, ainda mais se você puder chamar os seus amigos para jogar com você. A proposta de futebol com carros é contra intuitiva quando pensamos de forma lógica, mas o jogo é surpreendentemente bom e é mais um figura o cenário de eSports ao redor do mundo.



5 - Dying Light: Junte zumbis, sobrevivência, parkour, aventura e muita ação e você tem Dying Light, os belos gráficos também são atrativos, sem falar que o jogo está todo em português, incluindo a dublagem dos personagens. Ótimo para quem gosta de jogar o modo história em campanha Single Player e muito divertido também para jogar no modo multiplayer, esse é mais um jogão em promoção que vale a pena aproveitar.




6 - ARK: Survival Evolved: Ark é um dos games mais vendidos da Steam, existem muitas pessoas apaixonadas por ele. Francamente eu não tive todo o tempo que gostaria para jogá-lo, mas tenho muitos amigos que já passaram muitas horas jogando. Acredito que Ark seja um dos melhores jogos da atualidade com o conceito de sobrevivência.


7 - Borderlands 2: Os gráficos cartoonizados de Borderlands sempre me chamaram a atenção, a dinâmica do jogo, o universo a se explorar, e por um preço desses? Acho que é certamente um que vale a pena você conferir.



8 - Metro Redux Bundle: "Metro: Last Light" foi o primeiro jogo para Linux que eu lembro de ter zerado, a história é incrível e os gráficos também são muito bons até hoje. Estou sugerindo aqui porque temos um Bundle, isto é, um pacote com Metro 2033 e Last Light em suas versões remasterizadas. É um presentão!



9 - Outlast: Fãs de games de terror não podem deixar Outlast de fora da lista, este é um dos poucos games que podemos jogar em seu tempo de lançamento e que temos certeza de que entrará para a história como um marco no gênero. Outlast não é para todo mundo, claro, mas para os mais chegados em jogos de terror, é um dos melhores. Guardadas as proporções e épocas, acho Outlast tão marcante quanto foi Silent Hill na época de seu lançamento.



10 - Tomb Raider: Vejamos quais são os motivos para você considerar a compra desse jogo... A história é bacana, a protagonista é pra lá de carismática (estamos falando da Lara Croft, né?), bons gráficos também, aposto que o cabelo da Lara no jogo é melhor que o seu! 😂 O jogo também tem um modo multiplayer que eu achei muito legal, ainda que não seja tão explorado, e difundido, sendo assim, apesar do jogo valer só pela história mesmo, se você achar mais alguém para comprar junto com você, umas 4 ou 6 pessoas, o modo multiplayer vai ser bem divertido também. Explorar as ruínas de civilizações antigas, criar ferramentas improvisadas e viver aventuras é algo muito divertido.



E assim eu encerro a minha humilde listinha de games, como eu disse, existem muitos outros e uma coisa que você deve se atentar é que os preços podem variar de acordo com o momento em que você está vendo este post. Mas independente do preço, são todos ótimos games para se jogar.

Se você comprar todos, você vai gastar um pouco mais de 175 reais em 10 (na verdade 11) jogos excelentes, o que nos dá a média de aproximadamente 16 reais por jogo. Claro, você não precisa comprar todos, mas se você fosse comprar todos em seus preços normais, o valor passaria fácil dos R$ 500,00!

Espero que você se diverta nesta Summer Sale com a sua distro Linux e se puder gastar menos, melhor ainda!

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Teremos em breve um novo "Life is Strange"!

Nenhum comentário

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Os desenvolvedores do game "Life is Strange" anunciaram que estão trabalhando um novo game da série, em um pequeno vídeo e um pequeno texto em seu blog oficial eles agradecem e explicam da existência do novo projeto, o que já é o suficiente para deixar os fãs esperando.

Life is Strange 2




O pessoal da DONTNOD, desenvolvedores do game "Life is Strange", anunciaram em seu blog um novo game da série, eles também agradeceram aos mais de 3 milhões de jogadores pagantes (fora os piratas) que o jogo teve, se tornando um game clássico e querido por muitos.

Eu sou suspeito para falar, acabei ficando muito fã do primeiro jogo, foi um dos poucos títulos que eu zerei por completo nos últimos anos e certamente serei um dos que ficará aguardando o lançamento de forma ansiosa.

A primeiro, e até o momento único, "Life is Strange" foi lançado para Linux, portado pela Feral Interactive e eu até fiz um vídeo para o canal dos primeiros momentos, que você pode conferir abaixo:



Expectativas para o segundo jogo


Até o momento absolutamente nada sobre ele foi revelado, não sabemos se será uma nova história ou se será a continuação do game anterior, se será como "The Walking Dead" e poderemos continuar de onde paramos dependendo do final que fizemos no primeiro game, não sabemos de nada! Aliás, sabemos de uma coisa, ele não estará na E3 em Junho pelo que os desenvolvedores comentaram, o que indica que provavelmente seu lançamento só ocorrerá lá pelo final do ano, ou até mesmo no ano que vem.

"Life is Strange" conseguiu cativar muito as pessoas, mesmo com um gráfico simples, o nível de envolvimento que você acaba tendo com a Max, personagem principal da história, a trilha sonora, a história, o modo de jogo diferenciado para a época, faz com que você realmente se sinta um amigo da dela, ou alguém próximo, envolvendo-se com a trama da mesma forma com que acontece quando você gosta muito de uma série de TV, com a diferença de que você poder interagir diretamente na história, o que torna a experiência em algo único. O game "Life is Strange" é considerado por muitos, inclusive por mim, uma obra prima.

É muito bom quando somos surpreendidos com algo do tipo, já que o primeiro jogo da série é de desenvolvimento Indie inicialmente, superando as expectativas, mas uma vez que definimos o nosso padrão de qualidade, o próximo lançamento será muito mais cobrado, ainda que inconscientemente, como aconteceu com "Outlast 2", outro jogo excelente, que conseguiu manter o nível e até melhorar em alguns aspectos, então nos resta esperar para ver se o mesmo irá acontecer com "Life is Strange", pois a cobrança será grande certamente.


Os desenvolvedores não comentaram nada sobre versões para Linux, na verdade, não comentaram nada sobre qualquer plataforma, mas provavelmente Windows, Xbox e PlayStation estarão na lista, contudo, a Feral Interactive tem uma ótima relação com a DONTNOD, isso pode ajudar na hora de fazer o porte.

E aí, o que você acha de uma continuação de "Life is Strange"?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Distros Linux poderão incluir o Codec MP3 por padrão sem complicações legais

Nenhum comentário

terça-feira, 16 de maio de 2017

Finalmente as empresas e usuários poderão distribuir softwares compatíveis nativamente com o MP3 sem precisar pagar royalties para os criadores do formato, isso aconteceu por conta da expiração da última patente que repousava sobre o MP3, um dos formatos de áudio mais populares do mundo.

MP3 agora é grátis



A empresa Fraunhofer, principal responsável pelo desenvolvimento do popular formato MP3, divulgou uma nota recentemente onde comentava que a última patente referente ao formato em questão teria expirado no último dia 23 de Abril, permitindo que agora as empresas e usuários possam distribuir recursos (softwares e hardwares) que tenham suporte ao MP3 sem precisar pagar.

A distribuição de formatos como o MP3 em distribuições Linux sempre variou de distribuição para distribuição, a maior parte delas acabou procurando criar uma forma simples de instalar o codec, muitas vezes junto a outros tantos em um pacote, de forma a não precisar embutir ele no sistema, pois isso limitaria a distribuição legal do sistema operacional em alguns países, como os EUA. Este é o caso do Ubuntu por exemplo, que criou o meta pacote "ubuntu-restricted-extras" justamente para instalar um pacote de codecs que não poderia ser incluído da ISO do sistema por padrão por conta de patentes.

Outras distros que nunca foram vendidas na América do Norte no entanto, como o Linux Mint, incluíram por muitos anos os codecs nativamente, algo que mudou recentemente, devido ao Mint ter se focado em se tornar uma distro que pudesse ser vendida em computadores de varejo também, como o Ubuntu. Neste caso em específico, a distro optou por remover os codecs, não somente por conta do MP3, claro, entretanto, agora que o MP3 está livre parar utilização, todas as distros que quiserem poderão incluir o codec no próprio sistema, sem a necessidade de que o usuário instale de outra forma e sem precisar pagar nada.

O MP3 é um formato muito popular e querido até hoje, ele costuma ser pequeno e ter uma boa qualidade de áudio, o que o torna ideal para carregar em dispositivos móveis, mesmo assim é bom que você não confunda, o formato MP3 agora ser grátis não significa que baixar músicas neste formato passou a ser legal, são patentes diferentes, a do codec MP3 e o conteúdo armazenado neste formato.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




50 ótimos games para Linux que você pode jogar através da Steam

Nenhum comentário

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Hoje vamos te mostrar uma pequena (nem tanto, na verdade) lista dos mais de 1000 games disponíveis para Linux na Steam. Muitas pessoas tem receio de experimentar a plataforma por conta disso, então vamos lhe dar algumas sugestões.

Top 50 Linux Games Steam




O nossa grande amigo, Renato Araújo, do canal FastOS, elaborou uma lista com 50 ótimos títulos para quem gosta de jogar e utilizar Linux. Um vídeo como este que você verá serve para mostrar para as pessoas que Linux pode ser sim uma boa plataforma para quem deseja se divertir, tendo vários títulos de peso atualmente, dependendo do game que você goste de jogar, ou estilo que você mais aprecie, certamente Linux é uma boa, e grátis (vale lembrar) alternativa para quem quer uma plataforma de jogos.


Todos os games citados no vídeo podem ser instalados à partir da Steam, a maior parte deles são pagos, mas existem alguns ótimos gratuitos, como o Dota 2 e Team Fortress 2, entre outros.

Se a grana "tá curta" pro seu lado, um artigo bacana para você ler é este:


Agora, se por outro lado, a grana está sobrando e você quer dar uma ostentada, confira este outro artigo:

- Top 10: Games mais caros da Steam Linux

Não esqueça de conhecer e se inscrever no canal do nosso amigo Renato, ele posta muita coisa bacana e faz parte também do canal Oficina do Tux, que também é um grande parceiro aqui do blog.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




SuperTuxKart será lançado oficialmente na Steam

Nenhum comentário

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Um dos games mais clássicos e icônicos do mundo Linux finalmente vai chegar ao mainstream, SuperTuxKart será disponibilizado no Steam, a plataforma da Valve com suporte para Windows, Linux e macOS.





O game SuperTuxKart recebeu o "sinal verde" no Steam para poder ser disponibilizado na plataforma, os desenvolvedores mencionaram que o game deverá permanecer grátis como sempre foi, mas estão considerando incluir conteúdos adicionais que poderiam ser pagos, um dinheiro que, além das doações que o projeto continua aceitando, tem o objetivo de servir para melhorar ainda mais o game.

SuperTuxKart é um exemplo de um game comunitário, criado com softwares de código aberto em todos os sentidos possíveis e também disponibilizado para o público da mesma forma. 


Ainda não se sabe exatamente quando o game estará disponível para instalação através do Steam, segundo as informações, os desenvolvedores estão encontrando algumas dificuldades em compatibilizar a GPL, licença na qual o jogo é disponibilizado, com alguns requisitos do Steam e da Valve, mas assim que isso for resolvido você poderá jogá-lo também pela maior plataforma de games do mundo, não só no Linux.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Vulkan aumenta até em 30 FPS Mad Max para Linux se comparado com OpenGL

Nenhum comentário

sábado, 8 de abril de 2017

Ainda é cedo para afirmarmos até onde o Vulkan pode ir, até porque ainda não existem games desenvolvidos diretamente com ele, e sinceramente, ele parece também não estar completamente pronto para o mercado, ainda assim, é bom observar o que ele já é capaz de fazer e cá entre nós, os resultados são animadores.

Vulkan API vs OpenGL Diolinux




Recentemente a Feral Interactive, a principal empresa responsável em fazer portes de games originalmente desenvolvidos para Windows para Linux e Mac, divulgou em sua página no Facebook que havia desenvolvido um patch para o Game Mad Max que permitia que ele fosse rodado com a API Vulkan no lugar no OpenGL no Linux.

Utilizando este tutorial eu pude fazer um teste comparativo entre o OpenGL e o Vulkan no Ubuntu 16.04.2 LTS com a placa GTX 1060 de 3GB.



Resumo do Hardware utilizado no teste:

- i5 3330 
- GTX 1060 3GB
- 8GB RAM 1600 DDR3
- Monitor 1080p 60Hz
- Driver Nvidia 375.39

Pelo que pude perceber, o game obteve melhor desempenho em placas da linha 1000 da Nvidia, em modelos anteriores o ganho não é tão perceptível, o que mais uma vez reafirma o ponto de que o Vulkan é uma tecnologia para o futuro. Tendo como baseada a GTX 1060 demonstrada no vídeo e o ganha obtido, podemos ter uma noção de como a API gráfica pode fazer diferença.

Se você tem o game na sua Steam e fez também o teste, compartilhe conosco os seus resultados através dos comentários do blog, informe o seu hardware e a versão do drivers utilizado, além é claro, o resultado obtido.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo