Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador grub. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador grub. Mostrar todas as postagens

GRUB Customizer - Como configurar o GRUB no Ubuntu e no Linux Mint

3 comentários

domingo, 24 de julho de 2016

O GRUB é o gerenciador de Boot da maior parte das distribuições Linux, apesar de não ser o único, existem outras alternativas como o BURG e o Lillo, ele certamente é o mais popular, por conta disso, você pode querer personalizá-lo para deixá-lo ao seu gosto, mudar a resolução, o tempo de espera, o tema, entra outras coisas. Aprenda a instalar o GRUB Customizer, uma ferramenta para você configurar o GRUB graficamente.

GRUB Customizer Ubuntu

O GRUB Customizer é uma aplicação gráfica para se gerenciar o GRUB 2, ele é excelente, entre as principais características do GRUB Customizer estão: 

- Editar as entradas do menu (reorganizar, renomear, adicionar ou remover entradas)
- Alterar a entrada de inicialização padrão
- Alterar a visibilidade do menu e tempo de espera
- Desativar entradas de recuperação
- Alterar a resolução do GRUB, cores do menu ou imagem de fundo
- Reparo e configuração do GRUB usando um Live CD
- Opções avançadas como inicializar uma ISO, alterando os parâmetros do kernel e muito mais.

A versão mais recente do GRUB Customizer adicionou os seguintes recursos:

- Entradas podem ser movidas livremente agora
- Diálogo de configurações integrado
- Novo seletor de partição
-Menu de contexto
- Multi seleção de ítens
- Editor de entradas reorganizado
- Manipulação de erros em modo gráfico gráfico
- Sistema anti erro: advertindo ao tentar remover um script inadequado ou entradas do sistema 



Como instalar o GRUB Customizer no Ubuntu ou no Linux Mint


Para instalar no Ubuntu ou no Linux Mint podemos usar apenas um comando, adicionando o PPA, atualizando o sistema e instalando o software.


sudo add-apt-repository ppa:danielrichter2007/grub-customizer && sudo apt-get update && sudo apt-get install grub-customizer

O GRUB Customizer é um programa estável, mas tome cuidado ao utilizá-lo pois o uso errado do mesmo pode causar transtornos desnecessários, como o sistema não iniciar entre outras situações desagradáveis.

Boas customizações! :)

Como colocar senha do GRUB em 5 passos

Nenhum comentário

terça-feira, 1 de março de 2016

Segurança nunca é demais, então hoje vamos aprender a deixar o GRUB com ainda mais segurança colocando uma senha nele para evitar que bisbilhoteiros tentem se aproveitar dele.

Como colocar senha no Grub


Existem várias formas de fazer este procedimento, aqui vamos te mostrar duas, uma nossa e outra que foi enviada pelo nosso leitor o Prof. Herbert Borges, para seguir o método dele basta baixar o tutorial que ele disponibilizou em PDF clicando no botão abaixo:

Como colocar uma senha no GRUB (Diolinux Mode)


Colocar uma senha no GRUB ajuda a proteger o seu computador localmente, assim ninguém não autorizado vai conseguir entrar nas opção avançadas de configuração do sistema e fazer algum estrago utilizando o método que foi mostrado neste vídeo.

Podemos dizer que este é um procedimento relativamente avançado e será necessário usar alguns comandos no terminal mas não se assuste, leia várias vezes, observe a imagens e faça as coisas com calma que tuto deverá sair bem.

1 - Abra o terminal e copie e cole o seguinte comando:
sudo grub-mkpasswd-pbkdf2
Como colocar senha no grub

Depois de digitar o comando e pressionar a tecla "enter" será necessário digitar a sua senha de root (a senha que você usa para instalar programas) depois disso será pedido para você definir uma nova senha para o grub, digite ela e redigite quando for solicitado, logo depois será gerado um hash como você pode ver na imagem acima.

Ubuntu

2 - Copie a Hash gerada e salve em algum arquivo de texto pois vamos precisar dela daqui a pouco.

3 - Faça uma cópia da configuração do GRUB por questão de segurança:
sudo cp /etc/grub.d/40_custom /etc/grub.d/40_custom.old
4 - Agora vamos abrir o arquivo de configuração para fazer alguns ajustes:
sudo gedit /etc/grub.d/40_custom
Sendo que a palavra "gedit" em vermelho pode ser substituído por outro editor de textos que você prefira.

No arquivo de texto que se abrir você deve adicionar as seguintes linhas ao final do texto:

set superusers="root" 
password_pbkdf2 root 
grub.pbkdf2.sha512.xxxxx (Sendo que esta parte você deve trocar pela HASH que você salvou no passo 2)

Adicionando uma senha ao Grub


Veja o exemplo abaixo onde eu substitui a Hash.


Adicionando uma senha ao Grub

É interessante notar aqui que na parte "set superusers="root"" você pode mudar o nome de usuário se quiser. Depois de adicionar as linhas apenas salve o arquivo.

5 - Agora basta atualizar o GRUB para que a modificação entre em ação:
sudo grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg
Agora você pode fechar o terminal e reiniciar o computador e você verá que antes mesmo de carregar o GRUB o sistema vai pedir uma senha como na imagem abaixo:

Colocando senha do GRUB

Se você não fez alterações no usuário na arquivo de configuração (etapa 4 do tutorial) o usuário será "root" e a senha será a que você definiu logo na primeira etapa. Depois de digitar a senha o sistema irá iniciar normalmente.

Como remover a senha


Se por algum motivo você não quiser mais utilizar esta senha basta voltar o backup do arquivo de configuração que nós fizemos na etapa 3:
sudo cp /etc/grub.d/40_custom.old /etc/grub.d/40_custom
E então atualize o GRUB:
sudo grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg
Pronto, a senha foi removida. Você pode encontrar mais informações sobre o assunto na documentação do Ubuntu.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Conheça o modo Recovery do Linux de uma maneira simples [Vídeo]

Nenhum comentário

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Nenhum sistema está livre de falhas e apesar de no Linux elas serem mais raras, eventualmente elas podem ocorrer, por isso é bom estar preparado caso o seu Linux deixe de iniciar corretamente. Vamos conhecer o Recovery Mode do Linux.

Linux Recovery Mode

Sinceramente, faz um bom tempo que não necessito dele, aliás, é provável que muita gente nem o conheça, porém, se você é do tipo que gosta de experimentar versões diferentes do Kernel Linux, gosta de compilar o seu próprio Kernel ou fazer modificações, é importante que você saiba operá-lo para desfazer alguns problemas que você pode se meter sem querer.

O Recovery Mode do Linux seria o mais próxima a um "Modo de Segurança" do Windows, onde você pode executar pequenas tarefas que podem corrigir um sistema que esteja quebrado, você acessa ele através do menu do GRUB, aquela tela inicial que aparece logo que você liga o computador normalmente.

Abaixo você confere o nosso vídeo explicativo de como o Recovery Mode funciona e quais as suas principais funções:


Como você viu, é algo bem simples, espero que você não tenha necessidade de usá-lo com frequência, mas se precisar, é bom que esteja preparado.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como recuperar o GRUB do Ubuntu com 3 comandos

Nenhum comentário

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Aprenda a reinstalar o GRUB no seu computador para poder gerenciar o seu dual boot facilmente.

Como reinstalar o GRUB

Como reinstalar o GRUB no seu computador

Um dos acontecimentos mais frequentes com os usuários de dual boot é a "perda" do Grub. Um usuário que tem dois sistemas operacionais, Windows e Ubuntu, por exemplo pode ter essa dificuldade ao reinstalar o Windows. Isso acontece quando você precisa, por exemplo, formatar seu velho e defeituoso Windows, que ao ser reinstalado apaga a MBR, local onde são guardadas as informações do disco, como ordem de boot, partições etc.

Resumidamente o processo onde acontece a perda do GRUB acontece quando você instala o Windows depois do Linux no seu computador, o Windows não consegue gerenciar múltiplos sistemas operacionais que não sejam da Microsoft.

Recuperando o GRUB com 3 comandos


Sim, é realmente muito simples, o primeiro passo é você ter a sua disposição um live DVD ou live pen drive do Ubuntu.

- Aprenda a criar um pen drive bootável com Ubuntu
Dê boot normalmente, como se você fosse formatar o computador com o Ubuntu, porém, inicie o sistema no modo live, da mesma forma que você faz quando quer testar o sistema antes de instalar.

Uma vez no desktop no modo live procure no menu do sistema o terminal, nele vamos dar 3 comandos para recuperar o grub.

O primeiro comando serve para você identificar em qual partição você tem o Ubuntu instalado.

sudo fdisk -l
A resposta será algo parecido com a imagem abaixo, porém, deve aparecer partições NTFS também:

Recuperar o GRUB

Repare na tabela de partições que é mostrada na metade de baixo da imagem (acima), no lado direito ela informa que a partição /dev/sda1 contém o Linux, ou seja, nessa partição o sistema está instalado, este passo é importante pois ela pode variar (provavelmente vai) de computador para computador.

O segundo passo consiste em montar a partição que você identificou no passo anterior, desta forma, rode este comando modificando a partição conforme a do seu computador.
sudo mount -t ext4 /dev/sda1 /mnt
Onde o texto em vermelho é parte que você deve colocar de acordo com a partição onde o Ubuntu está instalado no seu computador, no meu caso era /dev/sda1 mas poderia ser /dev/sda2 (sda3,sda4..., etc.) 

Em azul nós temos o sistema de arquivos, que normalmente é o Ext4, caso você tenha instalado o Ubuntu com outro sistema de arquivos modifique esta sessão, caso contrário não irá funcionar. Se você "apenas" instalou o Ubuntu, a o sistema será o Ext4.

Agora vem o comado que reinstalará o GRUB propriamente dito:
sudo grub-install --root-directory=/mnt /dev/sda
Com isso o seu GRUB estará de volta, reinicie o computador e faça os testes. Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




BURG o substituto do GRUB

6 comentários

terça-feira, 30 de abril de 2013

Cansou do GRUB? Hora de mudar o gestor de inicialização!

O GRUB é um dos programas mais clássicos do mundo Linux, qualquer pessoa que tenha instalado o Linux em Dual Boot deve ter se deparado com ele, ele está presente nas principais distribuições, ele é muito leve, muito simples e funcional, acaba de chegar a versão 2 e você pode instalá-la usando este tutorial.
Porém, se você já cansou do Grub é quer algo com um visual diferente e mais moderno que tal você experimentar o BURG?

BURG no Ubuntu

O BURG suporta os principais sistemas da atualidade, incluindo o Mac OS, FreeBSD e Solaris.

Instalação do BURG

Vamos adicionar um PPA, abra o seu terminal e cole os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:ingalex/super-boot-manager 
sudo apt-get update 
sudo apt-get install burg-pc burg burg-themes burg-emu
Durante a instalação você será questionado se quer definir o BURG como gestor de BootLoader padrão, apenas confirme e aguarde terminar.
Depois de instalado, vamos atualizar o BURG para ele reconhecer outros sistemas operacionais na nossa máquina:

sudo update-burg
Se você quiser fazer personalizações no BURG existe uma ferramente gráfica que vai te ajudar, você pode chamá-la pelo terminal usando o comando abaixo:
sudo burg-emu



Até a próxima dica pessoal!


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Como instalar o GRUB 2.00 no Ubuntu 12.04 e Mint 13

3 comentários

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Vamos instalar a última versão do GRUB no Ubuntu ( ou Mint) via PPA?

Se você o tipo de usuário que gosta de ter sempre a última versão de cada Software instalado no seu computador, essa postagem foi feita exatamente para você.
Bom, digo isso porque o novo GRUB, o 2.00, não traz muitas mudanças da versão aterior (1.99, que foi chamada de "GRUB 2" por muito tempo mesmo não sendo exatamente essa a versão), alguns bugs corrigidos, nada extremamente perceptível aos olhos de um leigo.

Como Instalar

Sem mais delongas, vamos instalar via PPA:

sudo add-apt-repository ppa: cjwatson / grub
apt-get update sudo
sudo apt-get install grub2


Buenas, era só isso por enquanto.

Até mais.

Fonte

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Como reparar um sistema quebrado após a atualização do Kernel Usando o modo de recuperação - Ubuntu 12.10/12.04/11.10/Linux Mint 13

Nenhum comentário

Como recuperar o Ubuntu ou Mint

O Kernel Linux é muito solido, mas também é uma da partes mais sensíveis do sistema, qualquer modificação mais profunda pode tornar o sistema instável, mas não se desespere dificilmente será preciso fazer uma nova formatação.

Neste tutorial vamos ver como usar o modo de recuperação para reparar um sistema corrompido resultante da instalação ou upgrade para um novo kernel. Isso irá ajudá-lo a evitar formatar e reinstalar o sistema operacional, bem como recuperar o acesso aos seus dados. Este tutorial é aplicável para as seguintes distribuições:

  • Ubuntu 12.10/12.04/11.10 
  • Linux Mint 13/12 

Primeiros Passos

Selecione a entrada de recuperação no GRUB logo que o computador é iniciado:

grub-recovery

Depois selecione o método de recuperação pelo terminal como ROOT:


Agora precisamos dar um comando para permitir a leitura e gravação de arquivos no nosso Linux:

mount -rw -o remount /

Agora precisamos desabilitar/desinstalar o kernel que está causando problema e voltar ao anterior.

sudo apt-get purge linux-image-x.x.x*

OBS IMPORTANTE:

Substitua xxx com a versão do kernel Linux que você instalou (3.5.3, 3.4.8, 3.4.0, etc.) Você pode exibir a versão atual do kernel instalado com o comando:

uname -r


Depois de eliminar o kernel defeituoso em questão, temos que fazer o GRUB redetectar as versões instaladas do kernel com o comando:

sudo update-grub
Depois de executada essa ação digite o comando:

exit 
e então selecione a opção iniciar o sistema normalmente ou resume normal boot.

Solução Extra

Outra maneira de solucionar este problema ( talvez até mais simples) é usar a entrada "Previous Linux versions" no menu do GRUB.


E depois...


Desta maneira você poderia iniciar o sistema com o Kernel antigo, então em ambiente gráfico você pode usar o Synaptic ou o terminal para remover ou reinstalar o pacote do kernel defeituoso.

Obs: Caso você não tenha o Synaptic instalado, você pode instalá-lo facilmente com o comando:

sudo apt-get install synaptic
Alternativamente você pode baixar o pacote pela central de programas do Ubuntu ( O Mint já vem com o Synaptic), procure por "Linux-image-xxxx"  sendo "xxxx" a versão do Kernel que você deseja desinstalar.

É isso ai galera.

Fonte


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Como alterar o tempo de espera no GRUB do Ubuntu/Mint

2 comentários

sexta-feira, 24 de agosto de 2012


1) Abra o Terminal e digite o seguinte comando:

$ gksu gedit /etc/default/grub

2) Na tela do editor de texto, localize o item GRUB_TIMEOUT e modifique o valor presente depois do sinal de igual para o tempo (em segundos) que você deseja que o GRUB aguarde para carregar automaticamente o sistema operacional principal.

gedit grub


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Como mudar/resetar a senha do Linux

4 comentários

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012


 É através do menu do Grub. Se você tem apenas uma distribuição Linux instalada, geralmente o menu do grub não irá aparecer. Neste caso, durante o boot do sistema, mantenha a tecla SHIFT pressionada para que a tela do grub seja apresentada.
Se você está usando um sistema dual-boot, o menu do grub deve aparecer normalmente.
No menu do grub, procure o “modo de recuperação” (recovery mode), e escolha “entrar como root no prompt de comando” (drop to root sheel prompt). Agora como root podemos dar comandos no prompt:
Para resetar ou mudar a senha (password) de qualquer usuário digite:
passwd usuário
Exemplo:
passwd root

Viu, é simples.

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo