Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador inkscape. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador inkscape. Mostrar todas as postagens

Conheça o editor de imagens vetoriais Boxy SVG

Nenhum comentário

segunda-feira, 24 de junho de 2019

O editor de imagens vetoriais Boxy SVG tem como foco, usuários “não técnicos”, bem como designers e desenvolvedores profissionais. Com uma interface inspirada em programas conceituados, Inkscape, Sketch e Adobe Illustrator. O Boxy SVG tem como premissa ser simples, familiar e completo. Sejam trabalhos como, criação de ícones, banners, gráficos ou ilustrações, a ferramenta “quer entrar no páreo entre os atuais gigantes do desenho vetorial”.

boxy-svg-inkscape-adobe-illustrator-sketch-icone-imagem-vetorial-banner-site-layout-web-design-linux-windows-chrome

O programa é proprietário e conta com versões para Linux, Chrome OS, macOS, Windows e até um web app. Algumas características do Boxy SVG, são:

  • Interface limpa e intuitiva;
  • Interface inspirada em softwares conceituados no mercado (Inkscape, Sketch e Adobe Illustrator);
  • Compatibilidade total com o formato aberto SVG;
  • Possibilidade em salvar os arquivos em SVG e SVGZ;
  • Exportação em PNG, JPG, WebP, PDF e HTML5;
  • Integração com o site/banco de imagens Pixabay;
  • Integração de fontes do Google;
  • Guias manuais, guias inteligentes e grade;
  • Operações de caminho (unir, cruzar, subtrair, excluir, fechar, inverter, etc.);
  • Operações de organização (alinhar, girar, inverter, ordenar, agrupar, etc.).

boxy-svg-inkscape-adobe-illustrator-sketch-icone-imagem-vetorial-banner-site-layout-web-design-linux-windows-chrome

Outro aspecto que podemos observar no Boxy SVG é seu foco em desenvolvedores web, facilitando a criação dos layouts e sites. Para esse público alvo, alguns pontos importantes podem ser evidenciados, como:

  • Mecanismo de renderização baseado em cromo;
  • Inspetor de código SVG e CSS semelhante ao Chrome Dev Tools;
  • Limpeza da saída SVG, preservando as IDs, classes, títulos e outros metadados;
  • Suporte de edição de sprites em SVG.

boxy-svg-inkscape-adobe-illustrator-sketch-icone-imagem-vetorial-banner-site-layout-web-design-linux-windows-chrome

Instalando o Boxy SVG


Como anteriormente mencionado, o software é multiplataforma. Acesse o site oficial do Boxy SVG, nele você encontrará os links para cada sistema. A versão Linux está no formato Snap.

boxy-svg-inkscape-adobe-illustrator-sketch-icone-imagem-vetorial-banner-site-layout-web-design-linux-windows-chrome-snap-ubuntu

Caso ainda não possua o Snap configurado em seu sistema, essa postagem demonstra como é simples esse passo. Para usuários do Ubuntu, basta pesquisar na loja e efetuar a instalação normalmente.

boxy-svg-inkscape-adobe-illustrator-sketch-icone-imagem-vetorial-banner-site-layout-web-design-linux-windows-chrome-snap-loja-ubuntu

Se preferir instalar via terminal ou a loja de sua distribuição não possuir integração com os pacotes Snap, também é muito simples:

Comando para instalar:

sudo snap install boxy-svg

Comando para remover:

sudo snap remove boxy-svg

Utilizei o Boxy SVG e efetuei diversos testes, e mesmo não sendo um artista profissional não encontrei muitas dificuldades com a interface do programa. Claro, que uma adaptação pode ser necessária. No meu caso utilizo o Inkscape para compor as personagens do OSistemático e com o Boxy SVG as coisas não são exatamente iguais ao Inkscape. Isso é bom, mesmo com forte inspiração nele e outros programas vetoriais, o Boxy SVG tem sua própria identidade.

A questão é: você substituiria o programa que usa atualmente pelo Boxy SVG? Vale o teste, porém, a migração no meu caso não (já não sei quanto ao seu 😁😁😁).

Participe de nosso fórum Diolinux Plus, se gosta de desenho vetorial, lá encontrará outros artistas…

Até o próximo post, como sempre, SISTEMATICAMENTE! 😎
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Lançada a versão estável 0.92.4 e primeiro Alpha do Inkscape 1.0

Nenhum comentário

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Em uma postagem em seu blog oficial, a equipe do Inkscape surpreende e lança duas versões do seu famoso editor de imagens vetoriais,prometendo melhorias e novidades para a atual e a futura versão do seu editor.


 Lançada a versão estável 0.92.4 e primeiro Alpha do Inkscape 1.0






Muitos que trabalham com imagens vetoriais já ouviram falar ou trabalharam com a poderosa ferramenta Inkscape,  agora ela chega a sua versão 0.92.4 (estável) com várias melhorias e correções de bugs, porém,, o que realmente chamou a atenção é que junto com ela, os desenvolvedores e também lançaram a primeira versão Alpha da versão 1.0, indicando maturidade do projeto.


Principais melhorias na versão 0.92.4


A equipe do Inkscape menciona as melhorias em desempenho nas extensões, renderização dos filtros e na ferramenta de medidas. 

As mudanças principais são:

● Alinhar vários objetos como um grupo em relação a um único objeto;

● Grave dados de imagem na saída padrão e leia a partir dela;

● Extensões trabalham mais rápido em documentos complexos

●Maior velocidade ao desmarcar um caminho com muitos nós;

● Capaz de imprimir  o tamanho correto do papel nas impressoras (especialmente Canon, EPSON, Konica Minolta)

● Desempenho aprimorado da ferramenta de medida quando as grades estão visíveis;

● Veja a opacidade adequada de imagens de bitmap incorporadas parcialmente transparentes na exportação de PDF;

● Correção do bug que impedia a utilização do Shift/Ctrl+clique do seu mouse para manusear as formas geométricas, que anteriormente causavam o crash do software.

● O Inkscape agora foi compilado usando a biblioteca Popler atualizada, na versão 0.72, o que é útil para usuários que macOS que instalando a ferramenta via Homebrew (Homebrew é a ferramenta de gerenciamento de pacotes do macOS via linha de comando)

● Atualização da tradução da interface do usuário (UI) foi atualizada nas línguas islandesa, húngara, portuguesa, romena e espanhola  e as documentações nas línguas  ucraniana e húngara também foram atualizadas.



Como instalar o novo Inkscape?


Para instalar o Inkscape você pode fazer de 3 formas diferentes. A primeira é via a loja da sua distribuição favorita e aí vai depender dela atualizar ele ou não.

Já a segunda, são duas formas de empacotamentos recentes, snap e flatpak, basta você clicar nos nomes dos formatos e no site do Inkscape vai dar o passo a passo para instalar via esses pacotes.

E a terceira e última forma é via PPA, então esse método só é possível em distros que aceitem PPA, como o Ubuntu e o Mint por exemplo. Para isso vamos usar o terminal, mas se preferir adicionar via interface gráfica temos esse artigo mostrando como fazer, mas se quiser continuar via terminal basta digitar os seguintes comandos.

sudo add-apt-repository ppa:inkscape.dev/stable -y && sudo apt-get update && sudo apt install inkscape -y

Aí é só esperar terminar o processo de instalação e procurar o Inkscape no seu menu.

Versão 1.0 Alpha


Como se trata de uma versão Alpha, eles estão pedindo para quem estiver interessado em ajudar o projeto baixar a versão AppImage e que reportar os bugs no GitLab deles. A equipe de desenvolvedores também pedem que antes de reportar os erros, que seja feita a consulta se o seu erro já foi reportado, assim evitando duplicidade de reports.

As novidades até o momento são:

● Suporte a temas;
● Origem no canto superior esquerdo (opcional);
● Rotação de tela e espelhamento;
● Melhor suporte de tela HiDPI;
● Largura de controle do PowerStroke com tablet gráfico sensível à pressão;
● Fillet/chamfer LPE e (sem perdas) Operação booleana LPE;
● Novas opções de exportação para PNG;
● As operações de caminho e a desmarcação de um grande número de caminhos são muito mais rápidas agora;
● Fontes variáveis ​​(somente se compiladas com a versão da biblioteca do pango > = 1.41.1)



Se você quiser baixar o AppImage para testar e ajudar no feedback, pode acessar aqui.

É muito bom ver que um aplicativo tão importante para uma grande maioria das pessoas, está pensando na evolução e melhoria da sua ferramenta e assim trazendo recursos, otimização e correções para que o mesmo se torne estável para o trabalho das pessoas.

Agora nós conte aí nos comentários, se você usa o Inkscape no seu dia a dia e se curtiu as mudanças que chegaram e as que estão por vir.

Espero você no próximo post, forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Programas Adobe no Linux, será que eles são tão necessários?

Nenhum comentário

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Quando se fala em migração, muitas vezes um dos motivos citados como um empecilho, principalmente para quem trabalha na área de design é a questão das ferramentas disponibilizadas pela Adobe, esse assunto já deu muito pano pra manga aqui no blog e no canal, e hoje vamos discutir um pouco mais sobre ele.






Sem dúvida nenhuma, a história do Linux e Adobe já é algo bem antigo, apesar da Adobe ter aplicações compatíveis com Linux, ainda existem alguns programas que não estão disponíveis para o pinguim, como o Photoshop e Lightroom por exemplo.

Sem dúvida, muitas pessoas que começam a aprender sobre design gráfico, começam a aprender através do Photoshop ou aprendem a criar vídeos para a internet através do Premiere ou After effects. Então, quando migramos para algumas distros Linux, acabamos sentindo falta desses programas, ou até deixando de migrar pela ausência deles.

Como já falamos algumas vezes aqui no blog e até mesmo no canal, muitas vezes achamos atrelando o resultado final desejado com determinado programa utilizado sendo que não é exatamente o programa que te trará esse resultado, e sim as funcionalidades encontradas nele. Isso quer dizer que devemos procurar as funcionalidades quando migramos e não os nomes. Você pode utilizar programas como o GIMP no lugar do Photoshop, o Inkscape no lugar do Illustrator, o Kdenlive no lugar do Premiere, assim como o Blender no lugar do After Effects, sendo que com todos eles podem lhe trazer o mesmo resultado que os produtos da Adobe, você só precisa aprender a utilizá-los.

Muitas pessoas acabam deixando de migrar por causa das ferramentas, pois já estão acostumadas a utilizá-las e o processo acaba se tornando mais rápido. Mas será que esse tempo que você economiza vale o investimento das licenças para utilizar o serviço? Independentemente de sua resposta ter sido sim ou não, aqui não há certo ou errado para nenhuma das respostas, pois cada um escolhe qual o momento certo de aprender algo novo.

No vídeo abaixo, discutimos um pouco sobre a influência dos programas Adobe na migração de usuários para o Linux. A Adobe vem trabalhando com a Google para transformar o Photoshop em um sistema de streaming. Futuramente pode ser que o Photoshop chegue ao Linux através do cloud computing, mas provavelmente a forma de trabalho seria um pouco diferente do que conhecemos hoje.



Se você ainda está na dúvida de que isso é possível, confira também a história Designer Nangil Rodrigues que já atuou em várias grandes empresas e utiliza somente softwares que rodam em cima de Linux para desenvolver as suas atividades.



Apesar da popularidade dos programas da Adobe, de fato, em alto nível de produção, como o Cinema por exemplo, eles não são o "padrão da indústria", dando espaço para softwares como Nuke, DaVinci Resolve e Fusion, Avid MC, Maya, que são softwares, que em sua maioria rodam no Linux. 

O softwares da Adobe já foram utilizados em cenários do tipo, mas eles são realmente mais populares em filmakers mais modestos, youtubers e agências.

Neste universo onde Blender e Krita crescem cada vez mais, Kdenlive se mostra uma alternativa interessante ao lado de LightWorks e DaVinci Resolve, mesmo em suas versões grátis, aliando-se a um mercado que precisa sempre economizar o máximo possível e ao mesmo tempo manter ou aumentar o desempenho, não se pode descartar a utilização de Linux, Hollywood é um ótimo exemplo disso.

Conte pra gente se você acha que os softwares da Adobe são indispensáveis para você e o porquê. 

Espero que esse post tenha lhe ajudado e até mais! :)
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Dois aplicativos famosos do mundo Linux agora estão na Windows Store e um deles é pago

Nenhum comentário

terça-feira, 4 de julho de 2017

Sempre buscando atingir todos os públicos, programas de código aberto costumam ser multiplataforma, tendo muitas vezes versões para Windows e macOS também, além das tradicionais versões para distribuições Linux. Inkscape e Krita são dois exemplos e agora ambos estão na Windows Store do Windows 10.

Windows Store




Agora, além dos subsistemas Linux, Ubuntu, SUSE e RedHat, você também encontrará na Windows Store mais duas aplicações muito populares no mundo Linux, o Krita e o Inkscape.

Ambos os softwares já tinham versão para Windows há muito tempo, o que os torna diferente agora é que eles podem ser obtidos diretamente da Windows Store.

Krita na Windows Store

Enquanto o Inkscape permanece grátis como sempre foi, o Krita, ao menos dentro da Windows Store, será pago, ele custa um pouco mais de 30 reais, convertendo a moeda. Quem quiser usar ele gratuitamente poderá continuar fazendo sem problemas, tanto fazendo o download pelo site oficial, quando através dos repositórios das distribuições Linux.

Muitos talvez se surpreendam com esta decisão do Krita, visto que ele pode ser baixado de graça de diversas formas, incluindo até mesmo o Steam, mas a verdade é que o programa tem se tornado a cada dia mais popular entre os artistas e a versão para Windows toma um bom tempo dos desenvolvedores, deste modo, segundo as explicações colocadas do blog do programa, esta seria uma boa forma de criar um meio onde os interessados podem doar para o Krita.

Quem quiser comprar poderá fazê-lo. Segundo os desenvolvedores, esta seria uma forma até mais eficiente do que as doações diretas para o projeto. É claro que ao comprar a versão da Windows Store você também dará dinheiro à Microsoft, mas segundo os desenvolvedores, ainda assim compensa mais do que pedir doações.

Se realmente compensa ou não, eu não sei, mas não vejo nenhum problema em fazer isso, afinal, software livre é muitas vezes confundido com software grátis, o que realmente não tem nada a ver. 

Todo o sucesso para o pessoal do Krita (e do Inkscape também), que continuem com o bom trabalho, nos fornecendo estas maravilhosas ferramentas.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Um novo GNUGraf vem aí!

Nenhum comentário

segunda-feira, 27 de março de 2017

Quem mora do Rio de Janeiro e arredores, ou está disposto à viajar,  e adora fazer arte com Software Livre pode colocar no calendário algumas datas no próximo mês de Abril para participar do GNUGraf.





Neste ano o evento vai acontecer nos dias 21 e 22 de Abril na Puc-Rio – R. Marquês de São Vicente, 225 – Gávea, Rio de Janeiro. Neste evento são discutidos e mostradas as ferramentas livres para a criação de conteúdo gráfico digital.

Você poderá participar no evento de várias palestras sobre GIMP, Inkscape e vários outros softwares abertos e aprender ainda mais sobre eles ou ter o seu primeiro contato. Ainda temos alguns dias para o evento, então alguns informações ainda não estão no site, mas você poderá acompanhar todas as novidades e tirar as suas dúvidas acessando: gnugraf.org

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




5 aplicativos grátis para pessoas criativas!

Nenhum comentário

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Se você é daqueles caras que está em constante produtividade e gosta de criar, inventar, customizar e publicar as suas obras, esse artigo meu amigo(a), é pra você! Hoje vamos conhecer 5 ferramentas que você pode usar no seu computador de forma totalmente grátis para produzir obras de diversos tipos!

5 Apps para pessoas criativas




É quase contraditório pensar que para exercitar a sua criatividade no computador você tenha que pagar, é praticamente uma forma de frear as suas possibilidades de criatividade quando você se depara com um programa pago, sobretudo quando você não tem dinheiro para comprar uma licença e não gosta da ideia de piratear os programas.

Sem dinheiro para comprar os softwares?


Existem sim, vários programas gratuitos para criadores de conteúdo, para pessoas criativas, que você não precisa desembolsar nenhum centavo, vamos para a nossa lista!

1 - GIMP


GIMP

O GIMP é uma fantástico manipulador de imagem do mesmo segmento que o Photoshop, ele é completamente grátis e muito simples de se utilizar. Para você ter uma ideia, todas as artes que ilustram este artigo que você está lendo foram feitas com ele.

Você encontra ele disponível para download gratuito diretamente em seu site oficial, mas umas das coisas mais interessantes que eu posso dizer sobre o GIMP é sobre a sua incrível capacidade de se adaptar e se modificar. O App é muito customizável e você pode instalar temas que deixam ele com um visual parecido com o Photoshop, ideal para quem está experimentando ele pela primeira vez e já tem alguma experiência com o programa da Adobe, e instalar centenas de plugins para adicionar filtros, brushes e ferramentas para ele ficar ainda mais completo.

2 - Inkscape


Inkscape

Se o GIMP é uma ótima ferramenta grátis para você utilizar para fazer montagens, quando se trata de vetorização, o Inkscape é a bola da vez. Ele pode se equivaler a softwares como o Corel Draw e ao Adobe Illustrator. Conheço várias pessoas que trabalham diretamente com ele para "ganhar o pão" como se diz, aliás, uma curiosidade bacana de se comentar é que o logo aqui do blog (esse mesmo que fica lá no topo da página) foi feito com o Inkscape.

Você encontra o Inkscape para download, assim como uma excelente documentação com vários tutoriais, diretamente em seu site oficial.

3 - Krita


Krita

Se você é a pessoa criativa da sala que manja de desenho, com toda a certeza vai se apaixonar pelo Krita. O software vem ganhando muito espaço na indústria e sendo recomendado por vários profissionais do ramo, como o nosso amigo Elias de Carvalho. Até mesmo o design da aplicação é pensado para entregar as ferramentas que você precisa com maior facilidade.

Você pode baixar o Krita diretamente do site oficial também, e como os demais comentados acima, ele também é grátis.

4 - Kdenlive


Kdenlive

Saindo um pouco das imagens e indo para s vídeos, temos o excelentíssimo Kdenlive. Um editor de vídeos extratamente poderoso, igualmente grátis e equivalente ao Adobre Premiere e ao Vegas em diversas circunstâncias. Todo o nosso canal no YouTube foi desenvolvido usando este programa.

Você pode baixar este programa diretamente de seu site oficial também.

5 - Natron


Natron

Se além de editar vídeos, você também quer "brincar de Spielberg" e criar efeitos especiais, o Natron é uma excelente ferramenta para isso. Ele foi criado baseado no Workflow de grandes "medalhões" do mercado, como o Nuke e o Fusion. O download do Natron também é grátis e você pode obtê-lo através do site oficial.


Quem disse que você precisa gastar para exercitar a sua criatividade de criador de conteúdo, não é mesmo? É claro que existem diversos programas que poderiam se encaixar nesta lista, então, sinta-se à vontade para adicionar os que faltaram na sua opinião através dos comentários, logo abaixo.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mulheres no Linux - Entrevistamos Barbara Tostes

Nenhum comentário

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

A presença feminina no mundo Linux não chega a ser uma raridade, mas comumente as garotas que gostam de utilizar o sistema não costumam se fazer presentes em grupos de discussão nas redes sociais, pelo menos não de forma muito intensa, o que é realmente uma pena. Para incentivar que mais mulheres entrem para o mundo da informática e para o mundo Linux é que nós falamos com uma das grandes representantes desta atitude participativa, que na minha opinião deveria ser copiada por toda mulher que gosta de tecnologia, envolvendo Linux e Sofware Open Source ou não, que é a Barbara Tostes.

Diolinux Entrevista Barbara Tostes




Eu tive o prazer de conhecer a nossa convidada para a entrevista de hoje na última Latinoware, evento o qual eu documentei em vídeo e também tive a oportunidade de palestrar, inclusive, você pode assistir a minha palestra completa aqui.

Além de representar as mulheres no mundo Linux, a Barbara também é proprietária de um gráfica que utiliza software livre para os trabalhos de design e impressão. Na entrevista ela tirou várias dúvidas sobre a profissão e respondeu várias perguntas que os nossos leitores deixaram na nossa fan page. Confira agora e se inspire para realizar as atividades da sua vida:



Confira as informações da descrição do vídeo diretamente no YouTube.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Tudo o que você precisa saber sobre Design com ferramentas Livres - DioCast #19

Nenhum comentário

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Mais um episódio do DioCast está no ar para falarmos sobre o GIMP, Inkscape, Kdenlive, Krita e muito mais. Com convidados especiais, o episódio de hoje vai mostrar um pouco do dia a dia de quem vive de design gráfico e não utiliza ferramentas proprietárias para isso.

Linux Design




Trabalhar com programas abertos é uma opção que todo designer pode fazer, como tudo na vida. existem vantagens e desvantagens para utilizar uma determinada ferramenta, sendo que a maior dificuldade de todas é a adaptação.Você está acostumado a uma ferramenta por muitos anos e depois resolver trocá-la por algo diferente, apesar dessas dificuldades, se tem uma coisa não faz a menor diferença é o resultado final do seu trabalho, que é o mais importante, bons artistas conseguem fazer o seu trabalho independente da plataforma, e os profissionais do episódio de hoje são uma amostra disso.

Os participantes deste episódio foram o Carlos Eduardo Fodovisk (Cadunico), Elias Silveira, Elias Nunes e Gabriel Costa, além de mim, Dionatan. Todas essas pessoas tem muitos anos de experiência na área de artes gráficas utilizando programas abertos para realizar as suas atividades. Você pode simplesmente ouvir o episódio se quiser, existem apenas algumas partes onde foram demonstradas algumas dicas que pode ser interessante prestar uma atenção visual maior, além disso, o Elias desenhou o mestre Yoda no GIMP enquanto o episódio acontecia, foi muito bacana!



Abaixo você confere os links dos assuntos comentados no episódio.

Cadunico:- http://cadunico.art.br
- http://cadunico.art.br/convertendo-im...

Elias Nunes:- Canal Foskoks: https://goo.gl/ZWs1n5
- Oficina do Tux: https://goo.gl/Xzb6C7
- Curso de edição com Kdenlive: http://ead.diolinux.com.br/ver/curso/...

Elias Silveira:- http://eliassilveira.blog.uol.com.br/
- https://www.facebook.com/eliassilveir...
- https://www.flickr.com/photos/elias_i...
- Deadpool no GIMP: https://www.youtube.com/watch?v=ERT9k...

Gabriel da Costa:- Canal Toca do Tux: https://www.youtube.com/user/tocadotux
- Blog Toca do Tux: http://www.tocadotux.com.br/

Até a próximo episódio!_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como criar uma paleta de cores facilmente com o Inkscape

Nenhum comentário

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

O Inkscape é utilizado por profissionais do Design ao redor do mundo há um bom tempo já, ele pode ser utilizado em detrimento ao Adobe Illustrator ou até mesmo ao Corel Draw pela maior parte das pessoas sem problemas, inclusive por ser multiplataforma. Hoje você vai aprender a criar uma paleta de cores facilmente com o Inkscape, confira:

Como criar uma paleta de cores no Inkscape




O Inkscape é um programa muito bom para trabalhar com imagens vetoriais, nós já falamos sobre ele várias vezes aqui no blog, um dos posts que eu mais gosto é onde mostramos vários trabalhos feitos com o programa, isso nos dá uma noção do quão poderoso ele pode ser.

Leia também: Como instalar e manter atualizada a última versão do Inkscape no Ubuntu

Agora você vai aprender junto com o nosso amigo, Thiago Abreu, como criar uma paleta de cores no Inkscape com poucos cliques, confira:


Dica: Certifique-se de que os objetos na cena estão convertidos para "caminho", caso contrário o efeito não vai funcionar corretamente. Selecione os objetivos, vá até o menu "Caminho" e clique em "Converter em caminho".

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Faça download de Android Mockups Material Design em SVG (Inkscape)

Nenhum comentário

segunda-feira, 7 de março de 2016

Está precisando de um material editável para criar os seus layouts? Quer tal pegar alguns de graça e em formato aberto? Baixe agora mesmo alguns mockups do Android com a temática do Material Design em formato SVG que pode ser aberto no Inkscape e em outros editores de imagens vetoriais.

Materia Design SVG




Estes mockups foram feitos pelo nosso leitor Wesley Csj e ele gentilmente pediu para compartilhássemos com vocês o trabalho dele, ele autorizou todos as utilizarem como bem entenderem para projetos profissionais ou não e com autorização para comercialização. A ideia por trás deste projeto é mostrar o quanto o Inkscape pode ser utilizado profissionalmente, muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre a capacidade das ferramentas de código aberto, é bom irmos demolindo este mito, da mesma forma como fizemos com o GIMP.
Todos os arquivos estão em SVG, são 4 arquivos ao todo com vários mockups diferentes, mais uma vez obrigado ao Wesley por ter nos mandado o material. Se você quiser conhecer um pouco melhor o Inkscape, o software que foi utilizado para produzir estas artes consulte este artigo aqui do blog.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




7 programas para trabalhar com audiovisual e design no Linux

Nenhum comentário

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Trabalhar com Design e com produção de conteúdo multimídia no Linux não é mais um problema hoje em dia, se fosse eu estaria passando fome, mas talvez o que falte ainda seja a divulgação das ferramentas disponíveis, então, hoje vamos abrir espaço para um leitor e amigo do blog chamado Elias Nunes, ele também possui um canal no YouTube chamado Fosloks e dá algumas dicas para quem quer trabalhar com estas ferramentas.

Design com Linux






Com certeza você já deve ter se perguntado sobre a possibilidade da produção audiovisual usando Linux. Então, vamos lá!

Hoje em dia é possível fazer bastante coisa com Linux, com isso muitos perguntam: Posso trabalhar com audiovisual usando Linux?

A resposta óbvia é sim! Claro, acredito que todos querem uma melhor explicação sobre isso eu separei uma listinha básica comparativa para você entender melhor quais são as alternativas que você tem no "sistema do pinguim".

Para se trabalhar com audiovisual, você com certeza deve saber como funciona um editor de vídeo, imagem e áudio. Então basicamente o conceito usado é o mesmo em vários softwares de edição, mudando apenas a interface e alguns atalhos, mas com funcionalidades iguais.

Hoje em dia existe uma enorme quantidade de canais no youtube que utilizam o Linux e suas ferramentas na produção de seus conteúdos, que é o caso do Diolinux, Toca do Tux, Tuxter Games, entre vários outros canais. Todos eles fazem uso das ferramentas disponíveis para o pinguim: KDEnlive, GIMP, Natron, Blender, etc.

Recomendo vocês darem uma passada no canal TVguarapa onde tem várias dicas de edição, assim você fica mais familiarizado com os programas que estão disponíveis. E mais uma vez digo: Sim, é possível trabalhar com audiovisual usando Linux, e claro, fazendo isso você terá diversas vantagens, como por exemplo: Não terá gastos com Licenças de software, o que é muito comum em sistemas proprietários.

Veja uma lista abaixo com programas do windows e suas respectivas alternativas:

Alternativas a programas Windows

Claro existe muito mais alternativas as quais não citei neste artigo!

Bom, basicamente você pode fazer tudo o que quiser, basta um certo esforço para se acostumar com os programas existentes na plataforma, isso claro, depende de seu esforço e dedicação ao iniciar o uso destes softwares!
---

Nota do blog


Quero agradecer ao Elias Nunes pela colaboração e convidá-los a conhecer o canal dele, basta clicar aqui. Para complementar ainda mais a excelente lista que ele produziu, vou deixar uma dica bacana aqui para você, se você se interessou por alguns dos programas que o Elias comentou saiba que existem várias matérias sobre todos eles aqui no blog, basta você clicar aqui e digitar o nome do programa para o qual você deseja saber mais informações. Essa ferramenta de pesquisa pode ser utilizada para buscar outros conteúdos também.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Tudo o que você precisa saber para trabalhar com Design Gráfico e Produção Audiovisual no Linux

Nenhum comentário

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Hoje vamos debater um assunto que gera muita polêmica entre os profissionais, é possível trabalhar com design e produção multimídia usando Linux? Acho que você já sabe a resposta não é? Mas hoje vamos conhecer um pouco do dia a dia do profissional que faz do Linux e os programas que nele rodam a suas ferramentas, conhecer os problemas, as vantagens, as desvantagens, este é o oitavo episódio do DioCast.

Design Gráfico

No mundo Linux existem muitas ferramentas poderosas para fazer artes gráficas, tanto para quem faz montagens, tratamentos de imagens, desenho e pintura, edição de vídeo e por aí vai. Neste oitavo episódio do DioCast, o seu "videocast" no YouTube sobre tecnologia, recebemos alguns convidados especiais para falarmos dos desafios do profissional do Design Gráfico que trabalha com Linux e colhemos algumas valiosas dicas para quem pretende iniciar no ramo.


Descrição

Conheça o dia a dia a experiência dos profissionais do design gráfico que utilizam Linux para os seus projetos. Falamos também sobre as principais alternativas para Linux para programas que são populares no mundo Windows/Mac, como por exemplo o Photoshop, Lightroom, After Effects, Premiere, Vegas, Corel Draw e Illustrator.

O episódio de hoje contou com a participação do Cadunico, Sami, Gabriel da Costa, Kewer e Dionatan, logo abaixo você confere alguns links interessantes e úteis sobre o que foi conversado no videocast.


Site Cadunico: http://cadunico.art.br/




Se você também trabalhar com design usando Linux, ou pretende trabalhar, conte pra gente a sua experiência ou expectativa sobre o ramo e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como instalar a última versão do Inkscape no Ubuntu e no Linux Mint

Nenhum comentário

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Aprenda a instalar a última versão estável do editor de imagens vetoriais Inkscape no Ubuntu ou no Linux Mint.

Inkscape

Usando o repositórios dos desenvolvedores do programa


A dica de hoje vai para quem precisa de um programa para trabalhar com desenho vetorial e precisa do Inkscape em sua última versão, seja por algum recurso novo adicionado ou por apenas preferência.


Os desenvolvedores do projeto tem um repositório PPA exclusivo para ele que pode ser usado no Ubuntu 14.04 LTS e no Linux Mint 17 e seus derivados, para versões mais recentes do Ubuntu o programa já pode ser obtido através da própria Central de Programas.

Como instalar a última versão do Inkscape no Ubuntu 14.04 LTS


Para fazer a instalação você precisa adicionar o seguinte repositório: ppa:inkscape.dev/stable

Clique no menu do sistema, pesquise pelo aplicativo "Programas e Atualizações", dentro dele clique no botão "Adicionar", na janela que aparecer coloque o PPA acima, como no exemplo abaixo, posteriormente clique em "Adicionar Fonte", clique em "Fechar", agora é necessário fazer a atualização dos repositórios, se quando você fechar aparecer uma janela pedindo a atualização você pode fazer essa atualização apenas confirmando a ação, caso contrário, procure no menu do sistema pelo aplicativo "Atualizador de Programas" e deixe ele fazer uma atualização.

Como instalar o Inkscape
Clique na imagem para ampliar

Se você já tem o Inkscape instalado, provavelmente através do aplicativo "Atualizador de Programas" você atualizará o mesmo, caso contrário, basta instalar o software pela Central de Programas do Ubuntu clicando no botão abaixo:


Instalando pelo terminal


Para quem prefere, pode fazer a instalação da ultima versão do Inkscape simplesmente copiando e colando este comando no terminal, vale para o Ubuntu e para o Linux Mint:
sudo add-apt-repository ppa:inkscape.dev/stable -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install inkscape -y
É isso, Inkscape instalado! :)
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Alternativa ao Corel Draw para Linux, conheça o Inkscape

Nenhum comentário

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Conheça a melhor alternativa grátis ao Corel Draw, um aplicativo multiplataforma que permite trabalhar com desenhos vetoriais para Linux, Windows e Mac OS, o Inkscape.

Melhor alternativa ao Corel Draw

Inkscape - A melhor alternativa ao Corel Draw para Linux


O Corel Draw é um software muito popular e consolidado no mercado de design gráfico, muitos profissionais (e amadores) tem nele o seu porto seguro. A Corel que um dia teve até uma distro Linux própria, não lançou uma versão oficial do Corel Draw para "o sistema do pinguim", mas isso não quer dizer que você não tenha boas ferramentas para fazer este tipo de trabalho nele.

O Inkscape é uma ferramenta muito bem elaborada e totalmente grátis capaz de fazer trabalhos tão interessantes quantos os do Corel Draw, confira algumas obras feitas com ele:

Trabalhos feitos com Inkscape

Trabalhos feitos com Inkscape

Trabalhos feitos com Inkscape

Claro, programas do tipo requerem um certo talento para serem utilizados e nas mãos das pessoas certas trabalhos incríveis podem ser feitos, as imagens acima foram retiradas da galeria do site oficial do Inkscape, você pode ver mais trabalhos clicando aqui.

Leia também:
Tutoriais sobre o Inkscape - do básico ao avançado
Sozi, o Prezi pelo Inkscape

Como comentei anteriormente, o Inkscape está disponível para Windows e Mac gratuitamente e obviamente para Linux, inclusive, ele está nos repositórios oficias de praticamente todas as distribuições de forma que se você quiser instalar basta procurar por lá.

No caso da sua distro ser o Ubuntu procure pelo pacote "Inkscape" sem aspas na Central de programas, ou se preferir fazer pelo terminal:
sudo apt-get install inkscape

Curtiu a dica? Então ajude a espalhar essa informação valiosa para os seus amigos, compartilhe na sua rede social favorita.

Até a próxima! :)

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Pack com mais de 4 mil fontes para trabalhar com Design - Download

Nenhum comentário

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Baixe agora um pacotão com quase 4.500 fontes para você usar nos seus trabalhos, no GIMP, Photoshop, Inkscape, Corel, Illustrator ou seja lá o que for.

Fontes para Download
Estas são algumas das fontes do Pack

Baixe agora um super pack com fontes para trabalhar nas suas edições


Todo mundo sabe que para dar um bom acabamento a um trabalho é preciso usar boas fontes, as "letrinhas" fazem muita diferença em qualquer projeto, seja uma capa de Facebook ou Youtube, seja um cartão de visitas ou panfleto, por isso estou disponibilizando a minha coleção de fontes para download, são todas fontes gratuitas disponíveis na internet reunidas num pacote só.

Clique para baixar


Como instalar fontes no Ubuntu


Se você assim como eu usa Linux para trabalhar com design, usa GIMP, Inkscape, Blender, etc, vai gostar de saber como se instalam as fontes no sistema, para isso eu preparei um vídeo bem simples ensinando você a fazer isso, para assisti-lo basta clicar aqui, porém esse método é muito demorado para instalar 4.500 fontes, então vou te mostrar um jeito mais eficaz de fazer isso.

Instalando fontes manualmente


Abra a sua pasta Home e pressione as teclas "Ctrl+H" para exibir os arquivos ocultos, você deve criar uma nova pasta oculta com este nome ".fonts", lembre de colocar o "." (ponto) antes do nome da pasta, assim ela permanecerá oculta, agora é só descompactar as fontes que você baixou e colocá-las dentro desta pasta, automaticamente todas as fontes ficarão disponíveis em todos os programas.
Caso a pasta por algum motivo já exista basta copiar as fontes para dentro dela.

Se você costuma usar o GIMP e tem alguma dúvida sobre como usar fontes novas nele consulte este nosso guia, até a próxima!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Sozi para o Inkscape, uma boa alternativa ao Prezi

Nenhum comentário

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Hoje vamos te mostrar uma coisa muito legal para dar um, como direi? ... dar um charme as suas apresentações, se você faz muito este tipo de coisa já deve conhecer o Prezi, e o Sozi você conhece?

Como instalar o Sozi no Inkscape

Conheça a extensão Sozi para o Inkscape


Para quem não conhece o Inkscape é um software para desenho vetorial com características similares ao Corel Draw e ao Illustrator, mas como bom software livre pode ser modificar, aprimorado e ter recursos adicionados por terceiros, não necessariamente pelos seus criadores e um destes recursos fantásticos é o Sozi.

Os tempos que aplicativos como PowerPoint e Impress dominavam o segmento de apresentações de conteúdo parece que estão ameaçados, muito por conta de um serviço chamado Prezi (talvez você o conheça), ele tem chamado muito a atenção pela maneira diferenciada com que se realizam as apresentações, caso você nunca tenha visto pode até dar uma olhada no site deles.

A ameaça foi tanta que a Microsoft resolveu criar um concorrente para o Prezi e está chamando ele de Sway, você pode usar ele no Linux também, o Prezi pode ser instalado no Linux facilmente com a ajuda do PlayOnLinux ou do Wine mas temos uma solução bem interessante para a questão e você não vai precisar pagar nada ao contrário do Prezi que possui planos pagos.

Voltando ao Inkscape...


Eu comecei falando no Inkscape mas depois divaguei em informações mas o importante é que este belo software chamado singelamente de Inkscape possui uma extensão chamada Sozi que permite criar apresentações com o mesmo efeito do Prezi, com navegação deslizante, pesquisando na fossa abissal da internet eu encontrei um vídeo tutorial em português sobre o assunto que é bem explicativo e mostra como ele funciona, vou deixar o vídeo logo aqui abaixo caso você queira assistir:


Instalação do Sozi no Inkscape


Como uma extensão do Inkscape que é, para usar o Sozi você precisa obviamente dele instalado, podemos fazer tudo isso com apenas um comando simples, caso você já o tenha instalado pode usar este comando também sem medo, tudo o que você tem a fazer é abrir o seu terminal, copiar todo este código abaixo e colar lá, pressionar a tecla "enter" digitar a sua senha e pressionar "enter" novamente, não se preocupe, a senha não aparece mesmo quando você está digitando, então é só aguardar a instalação.

sudo apt-add-repository ppa:sunab/sozi-release -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install sozi inkscape -y
Agora para utilizar os recursos basta abrir o Inkscape pelo menu do sistema e observar dentro do programa no menu extensões a existência da extensão do Sozi, reforço mais uma vez que para entender como ele funciona é muito interessante que você veja o vídeo que eu deixei logo acima.

Se você usa outras distros Linux, Windows ou Mac OSX você pode baixar a sua versão direto do site.

Até a próxima!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Os melhores programas para Ubuntu #4

Nenhum comentário

quinta-feira, 6 de março de 2014

Conheça as melhores aplicações para trabalhar com design no Linux

Olá pessoal, dando sequência a nossa série chegamos hoje ao 4 capítulo dessa série e promete ser muito longa. Caso você tenha perdido os episódios que passaram clique neste link onde estão todos eles agrupados.

Melhores programas para Desing Gráfico no Ubuntu

Como de costume vamos trazer 3 programas na nossa lista semanal, e vamos começar com um peso pesado:

GIMP

Editor de Imagens GIMP

Hoje em dia a palavra "photoshopar" já está até no dicionário, esse nome claro se refere ao Photoshop o software da Adobe que se tornou referência em edição de imagem.
Muitos usuários ainda reclamam de que o Linux não tem o pacote Adobe disponível para ser usado nativamente, especialmente quem trabalha profissionalmente com design se vê muito preso a estes softwares e é justamente neste meio que o GIMP vem criando público.

O GIMP é um softwares multiplataforma, grátis e open source e possui praticamente as mesmas características do Adobe Photoshop.
São muitos filtros, pinceis e efeitos que podem ser aplicados através do programa sem precisar desembolsar nenhum centavo.

Se você é apenas um curioso em design ou como eu uso o GIMP com frequência para fazer banners e thumbnails afirmo sem medo de errar que o GIMP suprirá as suas necessidades sendo um substituto a altura do Photoshop.

Para instalar o GIMP no seu Ubuntu basta procurá-lo na Central de Programas.

Inkscape

Desenhos vetoriais

Se o GIMP é o substituto a altura do Photoshop o Inkscape é o programa equivalente ao popular Corel Draw.

O Inkscape é capaz de trabalhar com imagens vetoriais e tem uma interface e funcionamento muito semelhante ao Corel, ideal para fazer banner e flyers e principalmente logotipos que vão ser aplicados em lugares diferentes como cartões de visitas e outdoors.

O Inkscape também é multiplataforma, grátis e open source, você pode instalar ele no seu Ubuntu procurando por ele na Central de Programas.

Blender

Blender

Este é mais um peso pesado multiplataforma que você pode usar no Linux, o Blender é um poderoso modelador 3D com recursos como edição de vídeo e ainda um recurso que transforma o software em uma engine para games.
Como todos os outros ele é grátis e é possível instalar ele no Ubuntu através da Central de Programas do sistema, certamente é uma boa opção aos pagos 3D Studio Max e Maya.

Esta edição dos "Melhores programas para Ubuntu" vai ficando por aqui, não esqueça de compartilhar informação na sua rede social favorita clicando em alguns dos links logo mais abaixo.

Até a próxima!



Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo