Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador insync. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador insync. Mostrar todas as postagens

Insync 3 agora traz suporte do OneDrive para o Linux

Nenhum comentário

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Como noticiamos em um post no começo deste ano (2019), a empresa por de trás do Insync (nome que ela leva também), tinha anunciado que estaria lançando um Beta do seu aplicativo e que o mesmo estaria trazendo o suporte ao OneDrive (serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft). Eis que o dia chegou. 😀

Insync 3  agora trás suporte do OneDrive para o Linux






Para quem se inscreveu em Fevereiro (2019) para participar do Beta, recebeu um e-mail no dia 22 (quarta-feira), podendo assim começar os testes antes. Mas agora o beta está aberto para o público em geral.

O Insync 3 foi todo “remodelado” e agora está usando o Pynthon 3 no seu core engine para a sincronização, que assim foi apelidado de “Core 3”. Nessa fase beta, a parte  do OneDrive teve essas novidades por hora:

-OneDrive e OneDrive para Negócios (Business);
-Sharepoint;
-Sincronizações mais rápidas;
-Interface do Usuário de Sincronização corrigida;
-Pastas de sincronização separadas para My Drive e Shared with me
-64 bits para Linux e Mac

E algumas funcionalidades ainda estão ausentes ou no processo de correção, que são:

-Reutilizar pastas de sincronização do Insync 1.5 (para usuários já existentes);
-Sincronizar qualquer pasta; 
-Barra de progresso;
-Mover Pastas Base (localização de sincronização padrão);
-Integração do gerenciador de arquivos: menu de contexto;
-Pausar e retomar a sincronização;
-Ignorar Regras (anterior. Lista de Ignorados);
-Conversão de documentos;
-Compartilhar e visualizar caixas de diálogo;
-Links simbólicos;
-Atalhos da nuvem (abrir, renomear, excluir);
-Configurações de rede: suporte para proxy; 
-Feed e Ações


Eles ainda fazem o alerta para os usuários da versão 1.5 do Insync, para não reutilizar as pastas desta versão, pois será adicionado posteriormente. 

Para baixar a versão 3 beta do Insync, você pode acessar esse link e escolher entre Ubuntu (16.04 e 18.04), Linux Mint (18.x e 19.x), Debian (8 e 9) e Fedora (27 e 28), além do plugin para o Nautilus. Outros gerenciadores de arquivos serão suportados em breve. Nos meus testes no Ubuntu 19.04 ele também funcionou e talvez também funcione no Fedora 30, mas é algo sem “garantia” pelos devs.

Vale lembrar que o Insync na fase Beta não será cobrado, mas depois do término do mesmo, será cobrado o preço normal. Para conferir todas as novidades, basta acessar este post no site deles. Para baixar a versão 1.5, basta acessar este link.

Isso é muito bom e importante, ter uma ferramenta tão boa e poderosa suportando dois serviços populares, como Google Drive e agora o OneDrive, pois quem está no processo de migração para o Linux, pode sentir falta desses serviços. Agora não mais.

Comente aí nos comentários o que você achou dessa novidade, se usa ou se já usou o Insync.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá  no nosso fórum.

Espero você até a próxima, um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Google Drive para Linux com Insync + Promoção com desconto!

Nenhum comentário

terça-feira, 9 de outubro de 2018

À "essa altura do campeonato" eu deixei de me perguntar o por quê do Google não liberar o cliente nativo para Linux do Google Drive, ainda que algumas fontes apontem que eles possuem uma versão para uso interno. Ainda assim eu sou um usuário muito assíduo desse produto da Google, possuindo até mesmo uma versão premium com 100 GB e algumas outras vantagens.


Insync Google Drive Client for Linux





Nos últimos anos se tornou muito fácil integrar o Google Drive a qualquer distribuição Linux com qualquer interface (generalizando), nós temos um vídeo no canal sobre algumas das  melhores opções:



Apesar de existirem várias alternativas, existe uma das que eu listei no primeiro vídeo que venho usando há mais de 5 anos, a qual acredito que seja a melhor e mais completa opção no momento, com integração com os principais gestores de arquivos do mundo Linux, e versões para Windows e macOS também, o Insync.

Recentemente o Insync recebeu uma grande atualização!


A equipe do Insync lançou recentemente uma nova versão do aplicativo, com novos recursos, uma repaginada no layout do app e correções de bugs corriqueiros.

Quanto ao design, eles afirmaram que o novo Insync seria “como se o Google Drive e o Spotify se juntassem e tivessem um filho”, a ideia é dar harmonia para os usuários, para que assim assim todos possam produzir de forma fluida no seu desktop.

Outra grande novidade, além da nova aparência, é que agora você pode mover a janela do programa de uma forma muito mais simples, não deixando ela presa na sua área de notificação, basta clicar no ícone e arrastar.

Novo Insync

Mais uma novidade apresentada são os atalhos (shortcuts), com menus suspensos nas pastas ou arquivos. Esses atalhos são "os mais usados" dentro do Google Drive e foram implementado no Insync.

Insync

Você também pode clicar com o botão direito em cima da pasta, por exemplo, e assim aparecendo o menu suspenso com as opções de manipulação para ela.

Insync

Mais um ponto legal dessa nova versão é a possibilidade de poder trabalhar com o Insync tanto em primeiro plano quanto em segundo. O aplicativo mantém um ícone dele na barra de tarefas. Esse recurso não chega a ser uma novidade, mas a sua integração foi melhorada.

Insync

Sidebar do lado esquerdo foi redesenhada, melhorando a navegação e as configurações que ela ali permite.

Como você pode conseguir um Insync por um preço acessível (ou grátis)


Como você deve ter percebido, o Insync é uma ferramenta muito completa, mas ela não é gratuita. A versão individual custa USD 30,00, enquanto que a versão para times custa em torno de USD 50,00. Valores razoáveis pela qualidade da ferramenta e por você ter de pagar apenas uma vez, porém, entrando em contato com o pessoal do Insync, nós conseguimos um cupom de desconto para quem de deseja adquirir a ferramenta:

Insync Prime

Ao fazer a compra, insira o o cupom: DIOLINUX20

Esse cupom vai lhe dar 20% de desconto em qualquer uma das opções. 

E as contas GRÁTIS

Fico feliz por você ter perguntado! Nesta Sexta-feira, teremos um novo episódio do "Diolinux Friday Show", a nossa live para falar sobre tecnologias novas e as notícias da semana, onde iremos sortear 3 cupons de desconto de 100% para o Insync Prime, então não perca, Sexta-feira às 19 horas.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo