Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador memoria. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador memoria. Mostrar todas as postagens

Confirmado: GNOME Shell realmente sofre "Leaks de RAM'

Nenhum comentário

sábado, 24 de março de 2018

Um dos ambientes gráficos mais populares do mundo Linux tem um problema sério e que afeta todas as distribuições Linux que o utilizam. Felizmente este problema não afeta a segurança do sistemas, mas pode se tornar muito inconveniente, especialmente em computadores com menos memória RAM disponível.

Problemas de memória RAM





Com o "abraço" do Ubuntu ao GNOME novamente, muito mais olhos passaram a observar o projeto que já contava com o apoio de praticamente todas as principais distros. Quando eu fiz um vídeo sobre o consumo de RAM no GNOME eu estava pensando que era um caso exclusivo do Ubuntu, mas aparentemente eu estava enganado.



O problema na verdade afeta o GNOME em si e está sendo reportado por diversas pessoas ao redor do mundo provindas de comunidades de distros Linux diferentes.

O problema


Um "leak de RAM", ou "vazamento de memória", no sentido de que está sendo relatado como bug no GNOME acontece quando um processo em execução começa a consumir agressivamente memória RAM de forma arbitrária e sem necessidade.

No caso do GNOME o problema é com o GNOME Shell em específico, ou seja, a interface. Nos experimentos realizados o simples fato de ficar abrindo e fechando janelas no Shell ou mudando a forma de visão de "desktop" para "overview" acaba elevando pouco a pouco o consumo de RAM de forma indefinida.

Um usuário de Fedora fez a demonstração para que possamos entender melhor. Observe no vídeo o consumo no "Monitor do Sistema".


Claro, o nosso amigo do vídeo acima está mostrando a versão 3.26 do GNOME Shell em execução, sendo que a versão mais recente (e que virá com o Ubuntu 18.04 LTS) é a versão 3.28. A má notícia é que o problema ainda não foi corrigido e o sistema virá com esse "bug de fábrica" muito provavelmente.

A gambiarra


Bom, visto que o problema ainda não tem solução e foi confirmado pelo nosso amigo Georges Neto, desenvolvedor da Endless e do GNOME que já nos concedeu uma entrevista inclusive, a única solução temporária é fazer um "reset" da interface para que a memória seja liberada de forma manual.

Para isso basta recarregar a interface, pressione "Alt+F2" e na janela que se abrir digite a letra "r", após isso pressionar "enter", isso deverá fazer com que o Shell se reinicie limpando a memória.

Obviamente o problema deverá ser corrigido com o tempo, o caso é que o pessoal do GNOME ainda não conseguiu identificar qual é o problema que está causando esse "leak", então pode demorar um pouco.

Conte pra gente, você está sofrendo com este tipo de problema?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Samsung investe em memórias Flash e pretende criar um modelo 4 vezes mais rápido que o atual.

Nenhum comentário

domingo, 5 de agosto de 2012

Samsung quer implementar novo modelo de memórias Flash 

A Samsung anunciou recentemente que suas fábricas já estão a todo vapor produzindo os novos modelos de memória NAND flash da empresa. Os novo chips Samsung Embedded Multimidia Card (eMMC) Pro Class 1500 são os mais rápidos do mercado, entregando uma velocidade de leitura de 140 MB por segundo e uma velocidade de escrita de até 50 MB por segundo.
Quando sem fala em acesso randômico de dados, os novos dispositivos podem chegar a 3500/1500 IOPS (inputs e outputs – entradas e saídas) por segundo. Isso é quatro vezes mais veloz que os anteriores.
Os novos chips de memória eMMC Pro Class 1500 devem ter 16, 32 e 64 GB de capacidade e foram desenvolvidos para a próxima geração de dispositivos móveis.  O aumento do fluxo de dados dentro dos aparelhos exige uma transferência de informação cada vez mais rápida, principalmente em aplicativos multitarefa e gravação/reprodução de vídeos em alta definição.



---------------------------------------------------------------------------------
Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux                                      Facebook  blogdiolinux

              Twitter Diolinux@dionatanvs                                         Google Plus Circule do Google +
---------------------------------------------------------------------------------

Micron desponta na fabricação de memórias RAM

Nenhum comentário

terça-feira, 3 de julho de 2012



Além de lançar memórias em parceria com várias gigantes e pesquisar tecnologias que melhorem essas unidades, a Micron agora é a segunda maior fabricante de RAM do mundo. O posto foi conquistado com a compra da japonesa Elpida por US$ 2,5 bilhões (aproximadamente R$ 5 bilhões), realizada na última segunda-feira (02).
A Elpida é a fornecedora da Apple, entre outras companhias. Agora, a norte-americana Micron está atrás na fabricação de RAM apenas da Samsung. Levando em conta ainda a terceira colocada (a coreana Hynix), as empresas respondem por 90% das memórias do mercado.
Mais do que ninguém, a própria Micron está na torcida pelo sucesso da empreitada: no último ano, ela registrou perda de receita e não viu retorno nas últimas duas aquisições. O negócio pode ser bom para as memórias em geral, já que podem levar a uma estabilização no preço de fabricação e venda dessas memórias.

Fonte: Reuters

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo