Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador menus. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador menus. Mostrar todas as postagens

Arc Menu ganha melhorias de desempenho e novas funções

Nenhum comentário

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Muitos que chegam no mundo Linux, em  grande parte estão utilizando alguma versão do Gnome, podendo ser a versão “Pura” (Vanilla) ou alguma modificação, como é feita pelo Pop!_OS, Ubuntu, ZorinOS e dentre outras distros. Uma das extensões usadas nessas modificações é o Arc-Menu, e na nova versão recebeu um update.

Arc Menu ganha melhorias no desempenho e novas funções





Na versão 30 do Arc-Menu, os desenvolvedores falaram que teve melhorias substanciais, como atualizações e alterações na base do código, assim melhorando a sua performance no sistema. Foi mencionado que houve uma melhora também na integração com o Gnome-Shell e o dash to panel.

Agora a pesquisa do Arc-Menu está com uma integração melhorada ao do sistema, com algumas bem interessantes, como:

- Integração com os aplicativos instalados;

- Com o gerenciador de arquivos (Files);

Teve adição do suporte para o dimensionamento em 4k, como também uma melhora no suporte para Wayland e x11.




Agora nas configurações do Arc-Menu, você pode habilitar o suporte para Dispositivos Externos e Favoritos. 



Habilitando essa opção, você terá acesso ao seu HD externo, Leitor de DVD/CD, HD secundário e aos FTP e SFTP por exemplo. Uma verdadeira mão na roda.

Como dito antes, agora tem uma melhor integração ao dash to panel, assim trazendo uma harmonização para quem usa as duas extensões juntas.


da1

Outra novidade, dentro ainda da parte de pesquisa, é a integração do Arc-Menu com as opções configuradas no sistema, que você acessa em Configurações > Pesquisa. Assim aparecendo tudo em um único lugar.


imagem


Você pode conferir todas às melhorias com mais detalhes técnicos, acessando o GitLab do projeto.

Para ter acesso às essas novas funções e melhorias, precisa ter o Gnome 3.32. Tendo isso, basta acessar a página do Arc-Menu no Gnome Extensions e habilitar ele.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá no nosso fórum.

Espero você até a próxima, um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como criar uma distro Linux baseada no Ubuntu parte 9: Editando Menus

Nenhum comentário

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Mais um passo para criar a sua distro

Olá pessoal, depois de um pausa maior do que deveria ser, a nossa série de tutoriais de remasterização está de volta, e para refrescar a memória dos que já esqueceram tudo o que foi postado vale lembrar que este já é o nono artigo, portanto, você tem muita leitura pra fazer antes de continuar.
Para quem está chegando agora cabe dizer que esta série está sendo feita a pedido dos leitores e usuários do Diolinux e do Diolinux OS, respectivamente, depois que começamos a fazer essas Remasters do Ubuntu muitos mandaram e-mails pedindo tutoriais para que pudessem criar as suas próprias customs, e como nós gostamos de aguçar a criatividade da galera estamos desenvolvendo esta que você está lendo e o tema de hoje é: Menus.

Ubuntu-logo-novo


Por que modificar um Menu?

Modificar um Menu os menus da distro pode torná-la mais fácil de usar, mas certamente o principal motivo é a personalização visual, mudar determinados ícones ou adicionar determinados atalhos, excluir outros, etc.
Para modificar os Menus do Ubuntu recomendamos dois programas, ambos com boas qualidades, dê uma olhada em ambos e escolha o seu preferido:
Eles podem ser úteis em situações específicas, com por exemplo, você aplica um dos muitos temas que temos aqui mas não gosta do ícone de um programa específico, com estes editores você pode modificar o ícone do software.

Como conselho, para organizar melhor os ícones alternativos, crie uma pasta oculta dentro do diretorio home como uma pasta oculta.

Para ocultar uma pasta no Linux basta adicionar um . ( ponto ) antes do nome da pasta: .exemplo
Procure imagens preferencialmente em PNG com o fundo transparente, se você for bom de design gráfico pode usar o GIMP para fazer os seus próprios ícones, temos duas dicas para dar um upgrade no seu GIMP.


Editor de Menus Ezame

Independente de qual dos programas você escolher a maneira de operá-los é semelhantes, depois de instalados você pode abrir ambos pela Dash.
Para editar algum Menu basta clicar sobre ela no lado esquerdo, do lado direito aparecerão as possibilidades, como mudar o seu Nome, ocultar ou mostrar e muitas outras, isso vale para os programas nos menus também.

Até a próxima e logo logo tem mais!


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Editor de Menu Alacarte para Ubuntu

Nenhum comentário

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Modifique os menus do Ubuntu e outras distribuições facilmente

Esta semana fiz um artigo sobre o editor de Menus Ezame e no artigo comentei sobre uma outra possibilidade chamada Alacarte considerando que a maioria das pessoas o conhecia, porém , alguns leitores que segue o +Diolinux  no Google Plus questionaram sobre qual seria este programa, então resolvi escrever este artigo.

Editor de Menu Alacarte

Talvez você não conhece o nome Alacarte ( que é o nome real do programa ) mas conheça descrição dele, editor de Menu Principal, o funcionamento e basicamente o mesmo do Ezame, são duas boas opções com o diferencial de que o Alacarte possui, na minha opinião, uma aparência mais limpa.

Alacarte Ubuntu

Com ele você pode editar os menus do Ubuntu e do Linux Mint, o próprio Mint traz essa ferramenta com o sistema, onde você pode acrescentar itens, remover itens, exibir ou ocultar programas e categorias, trocar os ícones dos programas, trocar o endereço do executável, etc.
O programa, como a maioria das coisas para Linux, é grátis e opensource e está nos repositórios oficiais da maioria das distros, no Ubuntu você pode instalar usando o terminal:
sudo apt-get install alacarte
Ou você pode instalar via Central de Programas , basta clicar no link abaixo:


Até a próxima pessoal!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Ezame - Um novo editor de Menus para Ubuntu

Nenhum comentário

terça-feira, 9 de julho de 2013

Deixe a sua Dash como você quiser

"Modificar " é uma das coisas mais legais de se usar Linux, e para Ubuntu e derivados temos muitas opções de personalização; temas, ícones e muitas outras opções de configuração fazem parte do arsenal disponível.

Ezame - Editor de Menu Linux

Até hoje sempre usei o Alacarte para fazer algumas modificações mas hoje conheci o Ezame que tem basicamente as mesmas funcionalidades do Alacarte, porém, ele tem algumas opções a mais e mais detalhado, podemos ver o caminho do executável, o nome que aparece, o caminho do ícone, etc, ele é mais informativo.
Uma outra vantagem é ele poder fazer modificações como Root, assim as mudanças ficam para todos os usuários.

Um programa como este é muito útil para quem gosta de personalizar o sistema, podendo trocar ícones específicos dos programas sem trocar o tema.

Instalação do Ezame no Ubuntu

Abra um terminal e adicione o PPA a seguir:
sudo add-apt-repository ppa:caldas-lopes/ppa
sudo apt-get update
sudo apt-get install ezame
É isso aí pessoal, até a próxima!
Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Whisker Menu: Um menu moderno com campo de busca para o XFCE

Nenhum comentário

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Torne-se mais produtivo com o Whisker menu no Xubuntu

Uma das coisas que considero essenciais em um sistema operacional é um menu com busca rápida como o Unity, Gnome Shell e a maioria dos sistemas Linux a até mesmo o Windows 8.
Sempre achei o Ambiente gráfico XFCE muito prático para o uso e bonito mas tinha esse problema, ficar percorrendo menus com abas era uma lástima, algo antigo e improdutivo, mas agora o "Whisker Menu" veio para salvar a pátria.
Ele funciona de maneira semelhante ao Menu do KDE ou ao menu do Windows 7, com ele você pode buscar facilmente as aplicações instaladas no computador com a opção de favoritar as que você mais usa e navegar por categorias.

Um menu Mais ágil para o Xubuntu

O menu é bem leve e customizável, é possível mudar inclusive o logotipo que aparece no Menu.

Instalação no Xubuntu

No Xubuntu a instalação é feita através de um código PPA - Saiba mais.  Abra o terminal e cole os seguintes comando abaixo:
sudo add-apt-repository ppa:gottcode/gcppa 
sudo apt-get update 
sudo apt-get install xfce4-whiskermenu-plugin
Até a próxima dica!

Fonte.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Aprenda a fazer o launcher KickOff do KDE abrir com a tecla Super

Nenhum comentário

segunda-feira, 18 de março de 2013

Uma dica para melhorar a sua produtividade

A pedidos da comunidade estou construindo um novo remaster, vulgo Diolinux OS, que desta vez usará KDE. Como sabemos o KDE é uma interface muito completa, e o novo KDE 4.10.1 trouxe muito mais beleza e estabilidade ao sistema, mas tem um detalhe que me desagrada um pouco, o fato no lançador de aplicativos não abrir com a tecla Super ( ou tecla do Windows como ficou conhecida ); contudo, eu já havia mexido no Mandriva com KDE e sabia que isso era possível, pois isso acontecia na distro.



Inserir uma tecla de atalho é relativamente fácil, basta você clicar com o botão direito em cima do lançador, acessar as suas opções e na aba de atalhos escolher qual você quer, a ideia é que simplesmente você puder usar a tecla Super como atalho, mas não é isso que acontece, quem já tentou fazer isso provavelmente se frustrou um pouco porque percebeu que é necessário adicionar mais de uma tecla para abrir o tal menu, para resolver este problema é que existe o Ksuperkey.

Ksuperkey

É uma aplicação, ou um script executável, que transforma o comando Super em Alt+F1, sendo assim, se você definir o atalho para o lançador KickOff, quando for pressionada a tecla do Windows o KickOff vai se abrir "num passo de mágica".


Como instalar o Ksuperkey

Abra o terminal ou Konsole, e cole os seguintes comandos abaixo:

sudo apt-get install git gcc make libx11-dev libxtst-dev pkg-config
Este primeiro são algumas dependências, agora vamos a instalação propriamente dita:

git clone https://github.com/hanschen/ksuperkey.git 
cd ksuperkey 
make 
./ksuperkey
Uma pasta com o nome Ksuperkey será criada na sua home, dentro dela está o executável que torna todo o explicado possível. Depois de instalar você precisa configurar para que o KickOff abra com o comando Alt+F1 para que tudo funcione corretamente. 



O Ksuperkey fica rodando em segundo plano e quando você encerrar a sessão ou reiniciar a máquina ele não vai funcionar, você precisa entrar na pasta e executá-lo novamente, uma solução para evitar este transtorno é adicionar o programa ao programas que iniciam juntamente com o Boot do KDE.
Vá em Configuração do Sistema>>Inicialização e Desligamente>>Programas que inicializam com o Sistema>> e selecione a aplicação dando um aplicar ao final de tudo. 


Essa dica melhora e muito a produtividade não acham?

Até a próxima!



Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Ubuntu 13.04, novas mudanças de visual

Nenhum comentário

quinta-feira, 22 de novembro de 2012


Agora é a vez das configurações do sistema receberem um upgrade

Ontem foram anunciados novos ícones e o wallpaper oficial no futura versão do Ubuntu, hoje a galera que desenvolve o nosso querido sistema liberou umas screens do que seriam os novos menus de configuração do sistema, confira:

Ubuntu 13.04

Ubuntu 13.04

Ubuntu 13.04

Ubuntu 13.04

Ubuntu 13.04

Ubuntu 13.04


Ubuntu 13.04

Fonte e mais informações.
Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Remover a opção auto ocultar no menu global do Unity

Nenhum comentário

terça-feira, 3 de julho de 2012

A opção permite que você desabilite autohide do menu global do Unity, esa opção deveria ter sido incluída por padrão nas Configurações do Sistema no Ubuntu 12.04, mas isto não foi feito por algum motivo. Felizmente, esta opção irá estar presente no Ubuntu 12.10 por padrão, mas até então, você pode usar o PPA abaixo para ter uma opção e  desabilitar o cmportamento autohide do menu.
Abra o terminal e digite:


sudo apt-add-repository ppa:ikarosdev/unity-revamped
sudo apt-get update
sudo apt-get upgrade

Se tudo ocorreu corretamente vamos para o próximo passo.

Para poder configurar o menu você vai precisar instalar o compiz-config, use o comando:

sudo apt-get install compizconfig-settings-manager

Em seguida, abra o Gerenciador de Configurações CompizConfig (CCSM), selecione "Plugin Ubuntu Unity" e, na guia "Experimental", marque a caixa ao lado de "Menu Always Visible" (que não é marcada por padrão).


compiz config

O efeito deve se como este:

Ubuntu

Se por algum motivo você não gostou das mudanças, para reverter é simples também:
Abra o termina e copie e cole os comandos abaixo:


sudo apt-get install ppa-purge
sudo ppa-purge ppa:ikarosdev/unity-revamped


Curtiu? Comente!

Fonte


Instalando o Menu do Mandriva no Kubuntu

Nenhum comentário

sábado, 23 de junho de 2012

O Mandriva hoje está fora de foco, acredito que na comunidade Linux, tirando os próprios usuários da distro, poucos sabem sobre as novidades do sistema.
A ultima versão do Mandriva, batizada de Hydrogen, implementou um menu inteligente chamado Rosa Laucher, como o da foto abaixo:




























































































Bom, gostos a parte, na minha opinião ele é muito bonito, assim como no KDE temos o Takeoff e o KickOff, o Rosa Laucher surge como uma mais uma opção.

Vou lhes mostrar  como instalar o Rosa menu em distros derivadas do Ubuntu que usam KDE  (Kubuntu, Linux Mint, Debian(???)), mas atenção a um detalhe, infelizmente ele só está disponível para sistemas de 32 bits.7


Vamos instalar:
Baixe o pacote .deb do menu por aqui.

Depois no terminal faça:

  • $ cd Downloads
  • $ sudo dpkg -i rosa-launcher_0.30.12-2_i386.deb
Depois para adiciona-lo, basta adicionar o widget "Rosa Laucher"' na barra de taferas e excluir (ou não) o kickoff padrão.
O efeito final deve ser semelhante a este.
 


E ai Curtiu?


Como remover o Menu Global do Ubuntu

Nenhum comentário

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Uma das mudanças que vieram com o Unity no Ubuntu foi o menu Global, que faz com que os menus dos aplicativos fiquem fixos no painel em harmonia com barra do sistema.
É uma função a lá MacOS, mais uma das funções que temos que nos acostumar com as novas versões do sistema saindo. Mas se para você assim com eu isso atrapalha por que mexe com a maneira orgânica que temos de trabalhar com o computador existe uma maneira de remover esses menus do painel e mandá-los de volta ao seu programa correspondente.

Deixando como na figura acima. O procedimento é o seguinte:
Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo