Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador mozilla. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador mozilla. Mostrar todas as postagens

Mozilla lança o Firefox Send, com criptografia de ponta a ponta

Nenhum comentário

quarta-feira, 13 de março de 2019

Nesta terça-feira (12), a Mozilla apresentou uma ferramenta nova para compartilhar arquivos de forma segura, com criptografia de ponta a ponta e gratuita. O anúncio foi feito no seu blog. Esse serviço é o Firefox Send.

Mozilla lança o Firefox Send, com criptografia de ponta a ponta






A Mozilla sempre foi defensora da privacidade e segurança dos seus usuários, tanto que lançou ferramentas, como complementos, que impedem o rastreio dos sites e bloqueadores de anúncios, de forma nativa para o seu navegador, o Firefox, entre outras.

E seguindo nessa mesma trilha, a Mozilla lança o serviço de compartilhamento de arquivos um pouco diferente do habitual. É o Firefox Send.

O serviço consiste em anexar um arquivo de até 1 GB na página inicial, mas se você possuir uma conta na Mozilla este limite chega a 2,5 GB. E quando você faz o upload nesse site, você tem uma tela onde aparece qual arquivo está anexado, o tamanho que o arquivo final vai ter, além de possuir as opções para expirar o arquivo. Nesse campo, você pode escolher se o arquivo ou arquivos “upados” vão expirar depois de 1 download ou 100, esse é o limite para downloads, ou se vai expirar depois de algum tempo, que pode variar entre 5 minutos a 1 semana (7 dias). Podendo também proteger com uma senha, que é altamente recomendado pela Mozilla, assim tornando o arquivo um pouco mais seguro (contando com a criptografia de ponta a ponta).

Feito isso e esperado o processo de upload,um link será gerado  e você poderá disponibilizá-lo para alguém baixar o conteúdo ali contido, a pessoa que receber o link não precisa ter conta na Mozilla. O Código do projeto está hospedado no GitHub, que você pode acessar aqui.

No vídeo abaixo, você pode ver como funciona o Firefox Send.

            


Vale ressaltar, que o serviço não tem a possibilidade de “ver” se o destinatário abriu o link. Mas isso é “o de menos”, pois o propósito do serviço é não rastrear ninguém mesmo. 😜

Para acessar o serviço, basta clicar neste link.
Conte-nos nos comentários, o que achou deste novo serviço da Mozilla e se vai testar ele.

Espero você até a próxima, um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Novo Firefox 65, veja as novidades

Nenhum comentário

terça-feira, 29 de janeiro de 2019



Famoso não apenas entre usuários Linux, o Mozilla Firefox é um dos principais browsers da atualidade, com o lançamento desta nova versão, o navegador recebe um polimento na segurança e compatibilidade com tecnologias da web.

mozilla-firefox

Com novas opções de bloqueio de conteúdo, a versão 65 do Firefox vem mantendo sua filosofia de “privacidade sem restrições de funcionalidades ao navegar na web”. Por exemplo, ao clicar no “i”, conforme imagem abaixo, opções e informações sobre a página estão disponíveis, caso tenha concedido alguma permissão especial ao site uma mensagem indicará tais privilégios.

sites-firefox

Outras configurações avançadas estão disponíveis, você pode configurá-las acessando: Preferências >> Privacidade e Segurança >> Bloqueio de conteúdo.

Existem 3 opções: Padrão, Rigoroso e Personalizado. Por padrão o Firefox 65 bloqueia apenas rastreadores conhecidos em janelas no modo anônimo, na segunda opção “Rigoroso” ele bloqueia todos os rastreadores e informa que isso pode prejudicar o funcionamento de alguns sites. 

No modo “Personalizado” você tem a total liberdade de bloquear uma lista de sites e permitir quais possam acessar os cookies ou se a configuração será válida durante navegação privada ou não, ainda é possível gerenciar ou limpar os dados de sites no Firefox. 

configuração-sites-firefox

Mais novidades no Firefox 65


Outra melhoria nesta nova versão é o aprimoramento na batalha contra os pop-ups, pois o Firefox impedirá que várias janelas abram numa mesma página. A proteção “Stack Smashing” que é uma vulnerabilidade que força o aplicativo “estourar” em meio a tantos processos, foi aprimorada.

Para usuários que usam multilinguagens em diferentes sites, serão contemplados com a opção de idiomas sem necessariamente efetuar o download de cada pacote de linguagem.

Gerenciador de tarefas remodelado


Remodelado o gerenciador de tarefas do Firefox está mais direto ao ponto, com informações detalhadas de uso de RAM e consumo de CPU, isso permite identificar os processos que estão devorando mais recursos ou até ocasionando travamentos. 

gerenciador-tarefas-firefox

Suporte ao padrão de imagem WebP da Google


E as novidades não param, o formato desenvolvido para web da Google o WebP foi adicionado ao Firefox 65, essa tecnologia permite arquivos menores e com mesma qualidade de outros formatos, além das opções de compactação com e sem perdas.

Como obter essa nova versão?


O Firefox 65 está disponível em seu site oficial, se você utiliza Linux Mint, Ubuntu ou derivados, a atualização virá do repositório oficial sem a necessidade de baixar do site da Mozilla. (Até o momento desta matéria a atualização não tinha chegado nos repositórios do Ubuntu, confira em sua distribuição).

E você utiliza o Mozilla Firefox? Gosto demais deste browser e utilizo em meu cotidiano. Deixe nos comentários quais melhorias e implementações almeja paras novas versões.

Te vejo no próximo post e compartilhe o blog Diolinux, SISTEMATICAMENTE! 😎

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Mozilla Firefox ESR 60 agora está disponível via Snap no Ubuntu

Nenhum comentário

terça-feira, 16 de outubro de 2018

O Mozilla Firefox é uns dos mais populares navegadores de internet que existem, sendo muito usado, indo do Android, passando pelo Windows e chegando nas distros Linux. Muitos gostam dele por causa da leveza, robustez e possibilidade de personalização, assim como o Google Chrome.


Mozilla Firefox ESR 60 agora está disponível via Snap no Ubuntu






No mundo Linux, existe uma versão “LTS” do Mozilla Firefox chamada de ESR (Extended Support Release), essa versão recebe as novidades lançadas nas versões “Rapid Release” (Lançamentos ‘rápidos’ ou RR) mas recebendo as correções de bugs, correções de falhas, correções da parte de segurança e de pequenos updates no mesmo tempo que a versão RR.

As versões ERS se destinam para empresas e usuários que prezam pela estabilidade e que tenham implementações sensíveis a mudanças bruscas ou que simplesmente não possam mudar sempre de versão do Mozilla Firefox.

Para ler mais sobre a nota de lançamento, você pode conferir no blog do Ubuntu. E se quiser mais detalhes das diferenças entre a versão Rapid Release e a ESR do Mozilla Firefox, pode conferir no site da Mozilla.

COMO INSTALAR O MOZILLA FIREFOX ESR 60 VIA SNAP


Para instalar o Mozilla Firefox ESR 60 você pode utilizar a Gnome Software e procurar por Firefox. Achando ele você pode clicar na palavra Stable e assim escolhendo a versão ESR do Mozilla.


Feito a escolha é só colocar a sua senha e esperar o processo terminar. Mas se você preferir instalar via terminal o comando para instalar é o seguinte:

snap install –channel=esr/stable firefox

Terminando o procedimento, você já pode usufruir da versão ESR do Firefox na versão 60.

Espero você até a próxima e um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Firefox Monitor - Conheça a ferramenta da Mozilla que lhe ajuda a proteger o seu e-mail

Nenhum comentário

terça-feira, 2 de outubro de 2018

No último dia 25 (terça-feira) a Fundação Mozilla, desenvolvedora do navegador Mozilla Firefox, lançou o seu  serviço de monitoramento de vazamentos de dados, na qual você coloca o seu email e vê qual serviço online você precisa dar uma atenção a mais na segurança.


Firefox Monitor - Conheça a ferramenta da Mozilla que lhe ajuda a proteger o seu e-mail






O serviço vinha sendo testado pela equipe da Mozilla desde Junho e pedindo por feedbacks dos seus participantes  para avaliar o estado do serviço, a rapidez na consulta, entre outros testes.

Depois desses o serviço monitoramento foi lançado, o qual consiste na verificação através do seu e-mail se algum site ou serviço online vazou os seus dados e também quais medidas de proteção você deve tomar.

Para saber se você foi vítima de algum vazamento, o procedimento é bem simples. Primeiro acesse o site https://monitor.firefox.com e depois coloque o seu e-mail.

     
  
 Depois você vai clicará no botão “Scan”  e esperar que o serviço faça o rastreamento do seu  email informado quais medidas de segurança você deve tomar.


No nosso teste, o e-mail informado não apresentou nenhuma vulnerabilidade mas pode apresentar.

O passo seguinte é cadastrar o e-mail para receber alertas se algo suspeito acontecer com ele e assim você poder tomar as medidas cabíveis.

 
Esse tipo de serviço é muito útil nos dias de hoje, pois sempre tem alguém tentando roubar os nossos dados e nem sempre conseguimos ficar de olho em tudo que acontece.

Agora conte aí nos comentários o que você achou desse novo serviço da Mozilla. =)

Espero você até a próxima e um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Mozilla lança nova versão do seu cliente de e-mail Thunderbird, que chega na versão 60

Nenhum comentário

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Depois de muito tempo, a Mozilla lançou uma versão nova do seu cliente de e-mail, o Thunderbird que agora chega na sua versão 60, trazendo melhorias, correções de bugs e um novo tema.


Mozilla lança nova versão do seu cliente de e-mail Thunderbird, que chega na versão 60







O último lançamento feito pela Mozilla do Thunderbird tinha sido no começo de 2017, mais de um ano atrás.

Algumas das novidades implementadas pelo pessoal da Mozilla no Thunderbird:


Temas claros e escuros;

Suporte para autenticação do OAuth2 para o Yahoo e AOL;

Suporte a notificações nativas do Linux;

Suporte para os temas WebExtension;

Atualização dos feeds de forma individual;

Calendário: permite copiar, recortar ou excluir uma ocorrência selecionada ou toda a série para eventos recorrentes;

E muitas outras melhorias que você pode ver no site oficial.

Outra novidade é a utilização da interface “Photon”, que já vinha sendo implementada no seu “irmão” Firefox, onde é utilizada a engine Quantum CSS, que torna a interface mais responsiva, ainda segundo a nota, quem tiver a versão 52 ou anterior do Thunderbird não vai receber update, tendo que baixar o mesmo manualmente.


Mozilla lança nova versão do seu cliente de e-mail Thunderbird, que chega na versão 60

Para baixar e instalar o novo thunderbird, é muito simples. Primeiro você vai ter que baixar ele através desse link e escolher a versão dele, nesse caso usaremos como exemplo a versão pt-br de 64 bits, mas pode ser a versão da sua escolha.


Depois de baixar o programa para a pasta Download (vamos usá-la como exemplo, mas pode ser a pasta de sua preferência.), vamos extrair o arquivo para a pasta e assim vai surgir uma nova pasta, com o nome “thunderbird”.

Dentro dela, procure pelo arquivo “thunderbird” e dê dois clicks nele, assim abrir-se-a a nova versão do software.

Minha distro receberá a atualização?

Informações apontam que Ubuntu e Linux Mint devem receber a atualização para a nova versão do Thunderbird sem a necessidade da adição de repositórios extras em algumas semanas, então basta aguardar, pois o Thunderbird novo não deve ser adicionado através de PPAs.

Outras distros, especialmente as rolling release, tendem a receber estas atualizações um pouco antes das demais.

Mas conte aí nos comentários o que você achou das novidades do Thunderbird. 
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Mozilla está redesenhando o design do logo do Firefox e quer a sua opinião

Nenhum comentário

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

De tempos em tempos é necessário revisar os conceitos visuais de nossos produtos e serviços, e com a Mozilla, a instituição por trás do Firefox, não seria diferente.

Novo Design






A ideia é revitalizar a "marca Firefox", assim como os ícones dos navegadores, além dos serviços oferecidos pela Mozilla, juntamente com seu produto principal.

A Mozilla explica que, geralmente "quando as pessoas ouvem 'Firefox', lembram automaticamente do navegador nos computadores e Smartphones", no entanto, cada vez mais a instituição possui produtos e serviços novos, envolvendo o uso da internet via comandos de voz, novas formas de compartilhamento de arquivos na Web e até mesmo VR, que precisam ser inclusos no "branding" da marca, por isso do redesenho.

Já existem alguns conceitos de design sendo projetados pela Mozilla que englobam, além do Firefox, estes outros produtos que a empresa trabalha:

Firefox new Logo

A Mozilla deixa claro que não haverá votação pública sobre qual deve ser o novo padrão e também não está pedindo para que as pessoas criem novos modelos gratuitamente, mas sim, está pedindo apenas o Feedback, sugestões, opiniões e relacionados.

Os ícones propostos ainda não estão finalizados e podem sofrer várias alterações, para entender melhor a proposta de design de cada um, ou, em outras palavras para leigos, para entender porque "eles são como são" confira este artigo no blog da Mozilla.

O que você achou do novo visual? Conte pra gente nos comentários e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux

Nenhum comentário

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Nos dias de hoje a produtividade é um fator essencial, tanto no ambiente de trabalho, quanto no pessoal, tornando assim o seu dia a dia mais eficaz. Pensando nisso vamos mostrar 7 aplicativos que vão te ajudar a fazer todas as suas tarefas e otimizar o seu tempo.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.






1 - Primeiro vamos mostrar um complemento para o Google Chrome e outro para o Mozilla Firefox, que são respectivamente Go PiP (Chrome) e Floating for YouTube (Firefox e Chrome).

Esse complemento permite que você assista vídeos do YouTube e NetFlix em uma janela em pop-up, assim podendo continuar os seus afazeres. Fizemos um vídeo lá no canal explicando melhor e nele tem os links para baixar o complemento

              

2 - O segundo aplicativo da lista já deu as caras aqui no blog, estamos falando do Franz, um agregador de serviços de mensagens como Web WhatsApp, Telegram, Slack, Skype, Messenger, Discord, Hangouts, entre outros. Ele pode ser instalado via pacote .deb ou ser utilizado via AppImage (caso você não use uma distro base Ubuntu ou não queira instalar ele no seu computador). Você pode baixar os pacotes do site oficial acessando esse link.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.

3 - O terceiro item da nossa lista é um organizador de "post it" (notas rápidas), que vai ajudar (e muito!) quem precisa ver várias anotações para poder se organizar no dia a dia. Estamos falando do Simplenote ( que já deu uma passadinha aqui no blog) e se mostrou uma alternativa ao Evernote e ao Google Keep. Tendo uma interface simples e intuitiva, você não vai ter problemas em adaptar-se a ele. Para baixá-lo basta acessar esse link e escolher o formato que preferir.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.


4 - No quarto item, temos uma ferramenta para "Screenshots" ("fotos da tela", na tradução livre), que conta com inúmeras ferramentas que vão lhe ajudar a colocar um texto, uma marcação de um item na tela ou o que a sua imaginação quiser. =). O nome deste App é o Shutter, que já fizemos um artigo no site explicando como habilitar a edição no Linux Mint, vale a pena conferir.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.

5 - Você também pode baixar ele na loja de aplicativos da sua distro preferida, basta procurar por "shutter". Se preferir baixar o aplicativo de forma independente, basta acessar o site.

Na quinta posição temos o Dropbox, um dos aplicativos de armazenamento em nuvem mais populares do mundo, ao lado de Google Drive, One Drive, entre outros. Ele é muito simples de se utilizar e possui uma boa integração com os gestores de arquivos mais famosos no mundo Linux.

A instalação não poderia ser mais simples, procure por "dropbox" na loja de aplicativos da sua distro e instale, se você preferir, também é possível fazer o download do Dropbox diretamente do site oficial com pacotes prontos para instalar dando dois cliques nas principais distros Linux.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.



6 - Em sexto lugar, temos a dica de um player realmente "campeão" e "polivalente", estamos falando do VLC Player. Esse player literalmente abre qualquer formato de vídeo e áudio, ou chega muito próximo disso. Com uma interface bem simples e intuitiva, você pode além de ouvir músicas e ver vídeos, também usar um link do YouTube e ver nele (via streaming). O VLC tem muitas funcionalidades que fica até difícil de listar, por ser este"canivete suíço" de funcionalidades, ele certamente merece estar nesta lista. Fizemos um artigo de como instalar a ultima versão dele no Ubuntu e no Mint que você pode conferir acessando esse link. Se preferir baixar no site dele, é só acessar esse link.


TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.


7 - Na sétima e última posição, vamos citar um aplicativo para agilizar as suas buscas tanto dentro do sistema quanto na internet, o nome do aplicativo é CEREBRO. Ele se assemelha muito ao Spotligh do macOS e também ao Synapse. temos um vídeo no canal mostrando como usar o CEREBRO, confira logo abaixo.


             

Bom, espero que tenha gostado da lista e ter ajudado um pouco na sua produtividade. Mas conte aí nos comentários qual programa você acrescentaria nessa lista.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Extensão do Mozilla bloqueia rastreio do Facebook fora dele

Nenhum comentário

quarta-feira, 28 de março de 2018

Como muitos dos leitores do blog sabem, houve um grande escândalo envolvendo o Facebook e a empresa de processamentos de dados, a Cambridge Analytica, aonde a mesma teve acesso a dados de mais 50 milhões de contas dos usuários do Facebook. E isso vem causando até o momento um prejuízo estimado de quase US$100 Bilhões para o Facebook.

Mozilla disponibiliza extensão que bloqueia o rastreio do Facebook fora da rede social








Depois que toda essa confusão veio à tona, a Mozilla decidiu parar de exibir anúncios do Facebook aos seus usuários, como uma forma de protesto contra a falta de privacidade e segurança da rede social.

Essa medida não foi a única tomada pela empresa, aonde a mesma disponibilizou uma extensão para o seu navegador aonde o usuário do Facebook não seja rastreado através dos cookies do navegador. 

Para você ter uma ideia de como funciona o rastreio do Facebook, é muito comum que os usuários façam aquela busca na internet por algum produto, como um notebook, celular e ao voltar ao Facebook acabem encontrando uma propaganda relacionada.

É exatamente nessa circustância que atua o rastreamento através de cookies  do Facebook (mas poderia ser de qualquer outra rede social), e é aonde atua a extensão da Mozilla, dificultando esse rastreio da rede social nas suas atividades na internet, até mesmo fora da rede social.

Segundo o blog da Mozilla, o Facebook ainda pode lhe mandar anúncios mas será mais difícil o processo com a utilização da extensão.

A extensão você pode baixar AQUI e instalar no seu Mozilla Firefox.

Lembrando que para funcionar, você tem que sair da sua conta do Facebook primeiramente, depois ativar a extensão e depois entrar novamente. 

Nos conte aí nos comentários se instalou a extensão e se a quantidade de anúncios diminuiu no seu perfil do Facebook.

Aguardo você até uma próxima e um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como testar novos recursos no Firefox antes de todos!

Nenhum comentário

terça-feira, 25 de abril de 2017

Se você gosta do Mozilla Firefox e gostaria de ficar por dentro de todas as novidades do browser, fazer experimentos e testar funcionalidades que podem entrar para o browser antes de todo mundo, este artigo é pra você!

Como usar Firefox Test Pilot






A Mozilla é uma organização que já está presente na internet a um bom tempo, sempre seguindo seu objetivo de manter a Web “saudável, aberta e acessível para todos”, é uma das empresas com maior ativismo nas questões das liberdades dentro desse âmbito, desde questões como perigo de monopólio do mercado na época do fim do NetScape, como também preocupações com privacidade de dados e criptografia e liberdade.

Uma das coisas mais interessantes sobre o Firefox e que poucos conhecem é o chamado "Test Pilot", que é uma ferramenta que permite que você teste ferramentas que podem ser incorporadas ou não em futuras versões do navegador. Essas ferramentas podem sumir de um dia para o outro, então não se apegue demais, certo? 😂


Firefox e experimentos


Firefox Test Pilot

Querido por muitos, o Firefox é um dos projetos com desenvolvimento ativo mais longos da história, e a Mozilla mantêm um programa chamado Firefox Test Pilot que é um facilitador para usuários testarem e opinarem a respeito de futuros recursos e add-on para o navegador da raposa (ou do panda de fogo, como queira).

Selecionei para este artigo um recurso muito legal que pode vir a entrar nos próximas versões do Firefox: o recurso Container Tabs. Mostrar ele também será uma forma de você conhecer melhor o Test Pilot.

Container Tabs, um novo recurso de usabilidade e privacidade


Os containers lhe permitem criar espaços no Firefox para diferentes atividade que você queira manter separadas, as etiquetas personalizadas e abas destacadas por cores ajudam a manter diferentes atividades — como compras on-line, planejamento de viagens ou verificar e-mails de trabalho — separadas.

Firefox Container Tabs

Como os containers armazenam os cookies separadamente, você pode entrar no mesmo site com uma conta diferente em cada contêiner e os rastreadores on-line não conseguem conectar a sua navegação à um outro contêiner. Assim, você pode manter as suas compras pessoais separadas da sua vida social e do seu trabalho, sem se preocupar em ser monitorado pela Web.

Firefox Container Tab

O processo de abrir uma aba dentro de um contêiner é extremamente simples, apenas aponte para o ícone de “mais”, serão listados os Contêineres que você possui, clique no desejado e pronto, a nova aba ira obter uma etiqueta colorida conforme a cor do Container escolhido.

Container Tab

Ao habilitar os Containers é possível gerenciá-los através do ícone do recurso que ira ficar localizado na barra de ferramentas.

Firefox Container
Nele é possível acessar as principais funcionalidades do novo recurso, dentre elas criar novos contêineres, como por exemplo um chamado “Acadêmico”, para abrir seus e-mails e contas relacionadas a vida acadêmica, sem que isso se cruze com suas outras atividades, basta clicar no ícone de “mais” ao lado de “Edit Containers”.

Firefox Test Pilot

De um nome, escolha a cor e o ícone de seu novo container e clique em “OK”.

Firefox Container Tabs

Você pode usar o mesmo menu para organizar as abas já abertas de um determinado container, bastando abrir o menu, clicar na seta ao lado do nome e ter acesso as opções.

Firefox Container

Firefox Container

Se interessou pelo recurso? Deseja testar e contribuir?

Este recurso assim como os outros recursos do Test Pilot (que mesmo sendo bastante estáveis) são funcionalidades experimentais, similar a um beta e não está totalmente traduzido para o português. Para testar este novo recurso basta acessar o link clicando em Firefox Test Pilot: Container Tabs e clicar em “Habilitar Containers”. Se quiser conhecer outras funções experimentais basta acessar esta página.

Finalizando


Este artigo foi construído de forma colaborativa, em sua maior parte pelo nosso querido leitor Gabriel L. P. Abreu, Técnico e estudante de TI, admirador de projetos OpenSource e Liberdade, assim como um admirador da Mozilla e suas contribuições.

Se você quiser fazer como ele mandar a sua contribuição pra gente, escreva-nos um e-mail com o seu material, vamos adorar recebê-lo!

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.





Mozilla quer renovar o seu logo e quer a sua opinião para ajudar a decidir

Nenhum comentário

terça-feira, 23 de agosto de 2016

A Mozilla é uma das instituições mais tradicionais do segmento de internet, seu navegador, o Firefox, é um dos programas mais utilizados do mundo, por milhões de usuários, parece que conforme a Mozilla se focava em desenvolver seus produtos, a identidade visual da fundação foi ficando para receber uma atualização "mais tarde", porém, finalmente chegou a hora de dar uma modernizada e para isso a Mozilla quer a sua opinião.

Mozilla
Logo atual da Mozilla





A Mozilla anunciou em um post em seu blog que está pretendendo atualizar o seu logotipo para dar uma cara mais moderna e condizente com que a instituição vem fazendo nos últimos anos, seguindo os princípios do desenvolvimento comunitário, a Mozilla separou algumas imagens pré-aprovadas e gostaria de saber o que você acha delas.

Novos logos da Mozilla

“Estamos atualizando a nossa identidade de marca com os princípios de código aberto da Mozilla e todos estão convidados. Nesta fase de conceituação, estamos estreitando a partir de sete temas possíveis para alguns conceitos que irão proceder para trabalho de design iterativo”, disse um representante da Mozilla.

Existem vários logos pré-aprovados e você pode conferir nesta página a explicação para cada um deles e o conceito empregado, você pode deixar a sua opinião lá nos comentários da Mozilla e ajudar a decidir qual será futuro logo da fundação.

Qual você achou mais bonito?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla será uma das primeiras a lançar pacotes Snap do Firefox para o Ubuntu

Nenhum comentário

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Os pacotes Snap estão aos poucos sendo inseridos no ecossistema do Ubuntu, eles, se adotados pela maioria dos desenvolvedores, serão um divisor de águas na forma com que instalamos programas no Linux, os problemas de dependências estarão extintos e a Mozilla parece ser a primeira empresa popular a querer apoiar esta ideia.

Firefox Snap para Ubuntu



A Canonical recentemente renovou a sua parceria com a Mozilla para que o Firefox seja o navegador padrão do Ubuntu para os próximos lançamentos, como parte desta parceria a Mozilla está empenhada em distribuir o Firefox no novo padrão Snap.

O usuário final dificilmente perceberá a diferença entre um formado e outro, porém, tecnicamente o pacote vai funcionar de uma forma diferente. Em breve eu farei um vídeo para explicar como os "Snaps" funcionam, mas por hora, para você entender, basicamente eles funcionam em Sandbox, cada aplicação rodando isolada da outra.
O lançamento do Firefox empacotado no formado Snap deverá acontecer até o final deste ano. 
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla doará 1 Milhão de dolares para projetos Open Source de sua confiança

Nenhum comentário

sábado, 24 de outubro de 2015

Mozilla realiza uma grande doação para projetos de código aberto, a instituição por trás do Firefox e do Thunderbird, entre outros projetos, irá ajudar à projetos open source a ir para frente.

Mozilla Corporation

Mozilla doando 1 Milhão de dolares para projetos Open Source em que ela confia


Depois do anúncio da Canonical sobre a chegada do novo Firefox nos repositórios oficiais do Ubuntu  a Mozilla liberou outra informação importante sobre seus projetos, a instituição tem sido uma grande representante da comunidade Open Source por muito tempo e agora foi anunciado "O Programa de Suporte a Open Source da Mozilla", onde a mesma irá doar um milhão de dólares aos trabalhos open source independentes em que ela fortemente confia. O projeto visa premiar outros projetos open source para tornar a comunidade mais forte ("isso para começar", informa).

O intuito disso é ajudar especialmente desenvolvedores de soluções em internet que possam ajudar também a Mozilla e outros navegadores e tecnologias para Web a ter mais qualidade técnica, incluindo segurança, é claro. A Mozilla criou uma lista de projetos que pretende ajudar.

Esperamos que essa atitude inspire outras organizações a fazerem o mesmo com mais projetos de software livre e de código aberto.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Canonical anuncia Mozilla Firefox 41.0.2 disponível nos repositórios oficiais do Ubuntu

Nenhum comentário
Os mantenedores do Ubuntu adicionaram a nova versão do Ubuntu nos repositórios oficiais e informa que os usuários já devem ter recebido o novo pacote.

Firefox 41.0.2 disponível para Ubuntu.

Canonical anuncia que Mozilla Firefox 41.0.2 foi publicado nos repositórios oficiais do Ubuntu 15.04, Ubuntu 14.04 LTS, e Ubuntu 12.04 LTS.


Essa é somente uma pequena atualização que cobre pequenas vulnerabilidades. A Canonical descreve a seguinte informação:
"Abdulrahman Alqabandi e Ben Kelly descobriram que a API fetch() não implementa corretamente a especificação Cross Origin Resource Sharing (CORS). Se um usuário enganado a abrir um site especifico, um atacante poderia potencialmente explorar essa vulnerabilidade para obter informações sensíveis a partir de outras origens," .

Caso ainda não tenha isso atualizado para a nova versão do Firefox, você pode procurar no menu do sistema pelo aplicativo "Atualizador de programas", se você preferir usar o terminal basta realizar o seguinte:

sudo apt-get update
sudo apt-get dist-upgrade

Certifique-se depois de reiniciar o navegador para que a atualização possa surtir efeito.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Firefox irá suportar extensões do Google Chrome

Nenhum comentário

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Mozilla anuncia que compatibilizará o Firefox com as extensões do Google Chrome no futuro, assim, muitas aplicações que antes rodavam apenas no navegador da Google poderão rodar também no Firefox.

Firefox com extensões do Google Chrome

Firefox permitirá a instalação de extensões de outros navegadores


O Firefox, o dos navegadores mais usados do mundo, pretende possibilitar a instalação de extensões provenientes de outros browsers como o Google Chrome. Antes de mais nada, a Mozilla pretende bloquear extensões que não sejam assinadas, o Firefox já possui milhares de Add-Ons (como são chamadas as extensões para o browser), porém, usuários que desejarem poderão aceitar extensões não assinadas no browser por conta e risco.

Segundo a Mozilla, essa nova função de assinaturas de extensões permitirá uma maior segurança para os usuários, essa medida exigirá certas características de um Add-On para que ele seja suportado, o que pode gerar controvérsia uma vez que alguns extensões que as pessoas usam não cumprem tais critérios. Pensando nestas pessoa a Mozilla está implementando a API WebExtensions, que segundo a empresa permitirá "portar" extensões nativas de outros browsers como o Google Chrome e talvez futuramente o Microsoft Edge.

Futuramente o Firefox também deverá ser multiprocesso, assim como o Chrome é hoje em dia, essa nova versão deverá estar estável em Dezembro deste ano, é possível que a próxima versão já venha com novidades, porém, é mais provável que vejamos algo realmente novo na versão 42.

Unificando as coisas


Este é um comentários adicional que eu gostaria de fazer; sabemos que grande parte dos browsers atualmente disponíveis na internet são forks de alguma forma de dois projetos, o Firefox e Chromium (não o Chrome), uma vez que o Firefox permita também instalações de extensões do Chrome/Chromium teremos, quem sabe, um centralização grande de aplicações para browsers a ponto de praticamente 80% ou mais das extensões serem as mesmas em qualquer browsers. 

Menos trabalho para os desenvolvedores de fato, porém, isso pode deixar o Firefox menos valorizado neste sentido, uma vez que a preocupação será apenas fazer extensões para o Chrome e os desenvolvedores dos demais navegadores terão apenas que se preocupar em sempre compatibilizar as mesmas. Isso já acontece com o Opera, ele tem suas próprias extensões, e suporta as extensões do Chrome.

O que você acha disso tudo?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla critica o Windows 10 em carta aberta ao CEO da Microsoft

Nenhum comentário

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

O Windows 10 chegou agradando muitos usuários e desagradando outros tantos, incluindo empresas e corporações, uma das instituições que não ficou muito feliz com a novidade da Microsoft foi a Mozilla, confira.

Windows 10 e Firefox

Microsoft desagrada Mozilla


O Windows 10 em poucos dias teve milhões de downloads e aparentemente, apesar de ainda ser cedo, a Microsoft conseguiu agradar boa parte dos seus usuários com a atualização, entretanto não foram só elogios que a nova versão colheu, e uma crítica aberta veio da Mozilla, instituição que mantém o popular navegador Firefox.

CEO Mozilla
CEO Mozilla
O CEO da Mozilla, Chris Beard, enviou uma carta ao CEO da Microsoft, Satya Nadella insinuando que a empresa de Redmond teria criado um sistema operacional "desenhado para jogar fora as escolhas dos consumidores", pelo menos em relação a preferência por aplicativos pois quando a atualizado para o Windows 10 é feita o sistema reseta as configurações do sistema para os aplicativos que são padrões da Microsoft, desta forma o navegador principal passa a ser o Edge e o player de músicas volta a ser o Windows Media Player por exemplo.
"A Microsoft criou um sistema operacional que basicamente foi desenhado para “jogar fora as escolhas que os consumidores fizeram em relação à experiência online que eles mesmos querem, substituindo-a pela experiência de internet que a Microsoft parece querer que eles tenham”.
Beard reconhece que mesmo com a modificação do Windows ainda é, tecnicamente, possível modificar os programas padrões, porém, essa tarefa ficou muito mais complicada para um usuário "comum", segundo o CEO da Mozilla agora é necessário "dar o dobro de cliques e ter um pouco de sofisticação técnica" para fazê-lo.

Desta forma a Mozilla pediu a Microsoft que revisse o seu método de atualização para que isso não acontecesse pois em sua opinião isso seria "dar um passo atrás".

Críticas ao Microsoft Edge


Além das críticas quanto ao modo que a atualização para o Windows 10 influencia nas preferências anteriores dos usuários há também o Microsoft Edge que causa um pouco de desconforto em algumas pessoas, pois a Microsoft ainda é a única empresa que desenvolve um navegador que tem seu código completamente fechado, até mesmo a Apple tem parte do código do Safari aberto. Esse tipo de coisa ajuda a levantar suspeitas perante a confiabilidade em relação a espionagem governamental, algo que é um assunto que entra em pauta constantemente nos últimos tempos.

E aí, o que você achou das críticas da Mozilla?


_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mozilla Bloqueia o Flash no Firefox, veja como ativar o HTML5 para assistir os vídeos do YouTube

Nenhum comentário

terça-feira, 14 de julho de 2015

Por questões de segurança a Mozilla decidiu bloquear todas as versões do Flash no Firefox e alguns usuários ficaram sem poder assistir o YouTube por conta disto, veja o que você pode fazer.

Flash Player Dead

Flash Player é o Zumbi da Internet


Os desenvolvedores não vão mais com a cara dele e todas as empresas de tecnologia web que se presam tentam aposentá-lo mas ele continua ali, como um verdadeiro zumbi, muito por conta de sites antigos que não atualizaram as suas tecnologias.

Apesar do YouTube já rodar sob o HTML5 há um bom tempo muitos usuários ainda usavam-no através do Flash Player (muitas vezes sem saber) mas hoje a Mozilla decidiu bloqueá-lo de uma vez por conta dos problemas de segurança descobertos recentemente.


A Mozilla pronunciou-se dizendo que manteria o Flash bloqueado até que a Adobe corrigisse o problema, mas se ele acabar possivelmente algumas pessoas vão comemorar, um dos diretores do Facebook pediu que a Adobe acabasse com o Flash de uma vez inclusive.

Assistindo vídeos em HTML5


Para os que costumavam assistir vídeos em Flash no YouTube será necessário habilitar o suporte do browser no site para continuar assistindo, porém, isso é bem simples, com o seu Firefox acesse esta página, se o suporte ao HTML5 estiver desativado você verá algo semelhante a isso:

HTML 5 no Firefox

Para ativar o HTML5  clique no botão azul na parte inferior "Solicitar player HTML5"

Com isso os vídeos funcionarão normalmente, na primeira vez que você acessar um vídeo no YouTube nesta condição você será notificado de que o Flash foi bloqueado, para sua segurança confirme o bloqueio clicando em "Continuar Bloqueando".

Caso você precise usar o Flash...


Se você precisar do Flash por algum motivo ainda é possível habilitá-lo novamente, vá com o Firefox até esta página da Adobe. Nela você verá a mensagem do Flash bloqueado como a imagem abaixo:

Como ativar o Flash no Firefox

Clique no botão "Ativar o Adobe Flash", neste momento uma janela pedindo a sua permissão deve aparecer, você pode escolher se quer rodar o Flash somente agora ou permanentemente, lembrando mais uma vez que por segurança isso não é recomendado então não faça a menos que saiba exatamente o que está fazendo e as consequências disso.

Ativando o Flash no Firefox

É isso aí, até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo