Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador nemo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador nemo. Mostrar todas as postagens

Como instalar o Nemo no lugar do Nautilus no Ubuntu?

Nenhum comentário

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

O Nemo é o gestor de arquivos do ambiente gráfico Cinnamon, mas ele pode ser utilizado em outros ambientes também com alguns poucos ajustes. Hoje você irá aprender a substituir o Nautilus pelo Nemo no Ubuntu (GNOME).

Nemo no lugar no Nautilus







Apesar do Nautilus ser um excelente gestor de arquivos, o Nemo pode ser uma boa alternativa para quem quer um gestor de arquivos com mais opções de configuração e suporte para a área de trabalho.

Como instalar o Nemo no Ubuntu?


O Nemo está no repositório oficial do Ubuntu, basta procurar na loja de aplicativos e fazer a instalação normalmente, se preferir fazer pelo terminal, rode o comando:
sudo apt install nemo

Como tornar o Nemo o gestor de arquivos padrão do GNOME? 


Depois de instalado, você já vai poder usar o Nemo, basta buscá-lo no menu de aplicativos, porém, como ele não é gestor de arquivos padrão, ao inserir um pen drive, abrir uma pasta, ou qualquer coisa do tipo, não será ele a aplicação utilizada.

Para tornar o Nemo o gestor de arquivos padrão do Ubuntu no lugar do Nautilus basta rodar este comando no terminal:
xdg-mime default nemo.desktop inode/directory application/x-gnome-saved-search

Quer usar o Nemo para gerir o seu desktop? 


O Nautilus não é nada bom para gerir ícones na área de trabalho e por isso muita gente deixou de utilizar o recurso, ao menos de forma mais intensa, entretanto, se você gosta de criar atalhos e gerir ícones na área de trabalho, o Nemo será uma das melhores opções.

Em versões mais recentes do GNOME, o Desktop já não é ativo por padrão, ainda assim, vamos garantir que ele esteja desativado. Basta rodar o seguinte comando no terminal:
gsettings set org.gnome.desktop.background show-desktop-icons false
O próximo passo é rodar o processo "nemo-desktop", para isso, pressione "Alt+F2" e digite:
nemo-desktop 

Como fazer o Nemo gerir o seu desktop na inicialização do sistema? 


Rodar o "nemo-desktop" faz com que o desktop fique ativo somente na sua sessão atual, para que o Nemo gerencie o seu Desktop sempre, você precisa adicionar esse processo à inicialização do sistema. Para isso, abra o menu do Ubuntu e pesquise por "Aplicativos de inicialização" e adicione o Nemo, conforme a imagem abaixo:

Como ativar o suporte ao Nemo no Desktop GNOME

Com isso você terá o Nemo como gestor de arquivos padrão no seu Ubuntu.

💡 Dica: Apesar de você não estar mais usando o Nautilus, evite remover a aplicação do sistema, ela geralmente está atrelada a diversos outros componentes do desktop GNOME e isso poderia lhe causar problemas.

Como desfazer as modificações?


Não gostou das modificações ou enjoou do Nemo? Então vamos deixar tudo de volta ao "normal", padrão do Ubuntu.

O primeiro passo é voltar o Nautilus como gestor padrão através deste comando:
xdg-mime default nautilus.desktop inode/directory application/x-gnome-saved-search
Depois disso, coloque o Nautilus novamente em condição para gerir a sua Área de Trabalho:
gsettings set org.gnome.desktop.background show-desktop-icons true
Por último, você pode remover o Nemo:
sudo apt remove nemo 
É possível remover a aplicação pela loja de aplicativos também, e só para deixar as coisas em ordem, vá até o "Aplicativos de inicialização" e remova a entrada que você tinha adicionado para o Nemo. 

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Erro ao compartilhar pastas no Linux Mint Cinnamon? Veja como corrigir.

Nenhum comentário

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Eu tenho o hábito de compartilhar pastas em rede para levar pequenos arquivos de forma simples de um computador para outro. O processo em todas as distribuições é o mesmo praticamente, mudando pequenos detalhes, mas o Linux Mint me deu uma dor de cabeça um pouco maior.

Linux Mint com pastas compartilhadas




Eu tenho usado o Linux Mint no meu computador de trabalho nos últimos meses, tudo funciona muito bem, tudo muito estável e funcional, mas acabei esbarrando em um bug atípico no sistema, já que em todos os outros que testei é a primeira vez que este tipo de coisa gera problema.

Compartilhamento de pastas do Linux Mint Cinnamon

Como você ver, ao tentar compartilhar uma pasta em rede aparece este erro. Felizmente a correção é muito simples.

No Ubuntu quando você vai tentar compartilhar uma pasta o sistema avisa que faltam determinados pacotes do samba e te permite uma instalação a partir de um clique para funcionar, no Linux Mint isto não acontece, no entanto basta rodar este comano no terminal para corrigir o problema:
sudo apt install samba --install-recommends
Depois de instalar este comando, você pode tentar compartilhar a pasta da mesma forma e tudo deverá funcionar perfeitamente. É algo que deve ser corrigido no sistema ao longo do tempo.

Linux Mint compartilhamento

Como você pode ver, o ícone de compartilhamento apareceu na pasta normalmente depois da instalação do pacote que fizemos.

Se você tem dúvidas de como funciona o compartilhamento de pastas em uma rede doméstica no Ubuntu/Linux Mint ou qualquer outra distribuição e interface, confira o vídeo abaixo onde eu te explico como você pode fazer este tipo de coisa de forma simples:



Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como instalar o MegaSync no Nemo - Linux Mint (Cinnamon)

Nenhum comentário

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Se você usa o Linux Mint ou o Cinnamon como ambiente gráfico deve ter ficado um pouco frustrado ao constatar que o cliente do Mega funciona apenas com o Nautilus de maneira integrada mas acompanhe o nosso artigo, vamos mostrar como você pode ter exatamente as mesmas funcionalidades no Nemo.

Mega no Nemo
Imagem: WebUp8

Aprenda a fazer a integração do MegaSync com o Nemo


Muitas pessoas optaram por usar o Linux Mint como sistemas operacional ou mesmo o ambiente gráfico desenvolvido pela equipe do "Linux verde" o Cinnamon, quem usa sabe que o Cinnamon usa o gerenciador de arquivos Nemo que é um fork do Nautilus, gerenciador de arquivos dos ambientes Gnome.

Mas como a comunidade Linux não é de esperar o pessoal já tratou de fazer um plugin para o Nemo se entender com o MegaSync, antes de mais nada é necessário instalar o MegaSync de maneira tradicional como se fosse no Nautilus, para te ajudar a fazer isso preparamos este tutorial.

Depois de instalar é necessário baixar o arquivo .DEB que é compatível com sistemas baseados no Ubuntu e no Debian, como o Linux Mint por exemplo, tenha cuidado e observe a arquitetura:



Uma vez instalados basta você encerrar a sessão e voltar a se logar, se preferir também pode fazer o recarregamento do Nemo via terminal, basta digitar:

nemo -q

Depois disso clique em qualquer pasta para forçar a reabertura do Nemo e você verá que tuto estará funcionando perfeitamente.

Instale o Nemo no Ubuntu

Nenhum comentário

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Instale o gerenciador de arquivos Nemo no Ubuntu sem as dependências do Cinnamon


O Nemo é um excelente gerenciador de arquivos disponível para o Ubuntu, ele faz parte do Cinnamon Desktop, que é o ambiente do Linux Mint.

Nemo no Ubuntu


Apesar de "Nemo" e "Cinnamon" estarem na Central de Programas do Ubuntu, quando você instalar ele no Ubuntu com Unity algumas dependências que são inúteis para você será instaladas, mas o pessoal do WebUp8 conseguiu fazer um script para resolver estes problemas e colocou tudo num PPA bonito e esbelto, pronto para você utilizar.

Instalando o Nemo no Ubuntu sem dependências do Cinnamon


Abra o seu terminal e cole os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/nemo 
sudo apt-get update 
sudo apt-get install nemo nemo-fileroller

Até a próxima! 

Substituindo o Nautilus pelo Nemo no Ubuntu

Nenhum comentário

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Veja como trocar o gerenciador de arquivos padrão do Ubuntu

Muitas pessoas não gostaram muito das últimas versões do Nautilus e por isso resolveram instalar alternativas como o Nemo, gerenciador padrão do Linux Mint, o problema é que mesmo instalando o Nemo o Nautilus ainda continua a gerenciar a área de trabalho e discos removíveis, assim como outras coisas, mas hoje vamos te ensinar a colocar o Nemo no lugar dele.

Nemo como gerenciador padrão Ubuntu


Para usar um no lugar do outro vamos nos utilizar de um pequeno truque de nomes que funciona muito bem. Abra o terminal e cole os comandos:

sudo mv /usr/bin/nautilus /usr/bin/nautilus.bak && sudo ln -s /usr/bin/nemo /usr/bin/nautilus
Basicamente é isso, agora é só reiniciar o computador e veja a diferença!

Nemo e Cinnamon estão fazendo tanto sucesso que agora estão na Central de Programas do Ubuntu.

Até a próxima dica!


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Nemo e Cinnamon agora fazem parte do Repositório Oficial do Ubuntu 13.04 e 13.10

Nenhum comentário

terça-feira, 2 de julho de 2013

Agora você pode instalar o Nemo e o Cinnamon no Ubuntu pela Central de Programas

O Linux Mint é uma distros Linux mais usadas e elogiadas no mundo Linux por procurar sempre facilitar a vida dos usuários, com o tempo,  junto com toda essa filosofia vieram muitas aplicações, dentre elas o Cinnamon e o Nemo, ambiente gráfico e gerenciador de arquivos respectivamente.

Nemo na Central de Programas no Ubuntu

Depois da última atualização do Ubuntu ambos estão disponíveis no repositório oficial e acessíveis via Central de Programas.

Nemo no Ubuntu

Porém, apesar de agora estar disponível no repositório, a versão do Cinnamon não é a mais atual sendo necessária ainda a utilização do PPA tradicional para instalar as últimas novidades.

Para instalar no seu Ubuntu 13.04 faça:
sudo apt-get update
sudo apt-get upgrade
sudo apt-get install cinnamon
sudo apt-get install nemo

O Nemo é considerado por muito melhor do que o Nautilus, se você também pensa assim e quer aprender como substituir o Nautilus no Ubuntu clique aqui e veja o artigo que preparamos para você sobre isso.

Até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Instale o novo gerenciador de arquivos Athena no Ubuntu ou no Linux Mint

Nenhum comentário

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Substitua o Nautilus ou o Nemo na sua Distro

Gosto não se discute, mas quando há congruência no descontentamento é porque a "coisa" não agradou mesmo, este é o caso do novo Nautilus. Graças a tal passaram a existir forks como o Nemo.
Hoje vamos lhe mostrar mais uma opção de gerenciador de arquivos para o Ubuntu e o Linux Mint.

gerenciador de arquivos Athena


Conheça o Athena

O Athena é também um fork do contestado Nautilus e é usado por padrão na distro Solus OS, essa distro tem por prática trazer um ambiente desktop simples e fork do Gnome 2.
Felizmente aos interessados o Athena está disponível via PPA para ambas as distros, Linux Mint e Ubuntu.

Instalação

Abra o terminal ( Ctrl+T) e cole as seguintes linhas de comando:

sudo add-apt-repository ppa:yunnxx/gnome3
sudo apt-get update
sudo apt-get install athena
Como sugestão, gostaria de deixar o tutorial de instalação do Nemo, padrão do Mint, que para mim é um gerenciador de arquivos melhor e mais bem acabado.
Gostaria de esclarecer também que não testei o Athena no meu Ubuntu, mas tive boas referências de quem o fez, inclusive claro, todo o pessoal que o usa o SolusOS, caso você resolva testar, volte aqui e nos conte a sua impressão sobre o programa.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


3 Novos recursos que virão no Linux Mint 15

4 comentários

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Confira as previsões de lançamento da futura versão do Linux Mint

O Linux Mint 15 ainda não tem nem nome, mas está em pleno desenvolvimento, e pesquisando um pouquinho pelo site da distro conseguimos encontrar algumas dicas do que o futuro está reservando para a distribuição. Então vamos as novidades.

Cinnamon 1.8

Cinnamon 1.8


Segundo o pessoal do Mint, o Cinnamon, interface gráfica criada pela distro, deverá receber alguns upgrades em performance e irá trazer alguns gadgets para a área de trabalho, assim como o KDE, alguns exemplos seriam os monitores de discos e de frequência do processador. O novo Cinnamon deverá vir com um novo centro de controle também para que seja mais fácil fazer personalizações, segundo especulações será possível escolher a cor do tema do ambiente assim como o fez o Windows 8.

Nemo 1.8

Procurando Nemo


O gerenciador de arquivos Nemo ganhou mais notoriedade mais pelo puro "descaso" do Nautilus e ficou simplificado demais para o gosto de muita gente, até mesmo os desenvolvedores do Ubuntu decidiram usar outra versão do mesmo a usar a última versão que desagradou tanto. O Nemo é o fork do Nautilus e acompanha o Linux Mint por padrão.
A nova versão do gerenciador de arquivos no Linux Mint vem com várias novas funcionalidades e uma API de nova ação, um gerenciador de disco, capacidade de visualizar arquivos e várias melhorias na interface do usuário

Caso você use o Ubuntu, você pode testar o Nemo, basta acessar este artigo e ver como se instala, e mais ainda, caso você realmente goste do Nemo e queira o usar como gerenciador de arquivos padrão do Ubuntu, siga o tutorial deste artigo.

MDM 1.2

Mint Display Manager - MDM


O Mint Display Manager, gestor de login da distro, vem com poucos aprimoramentos, principalmente gráficos, suporte a um número maior de temas e contornos nas letras.

Ainda temos um chão pela frente até o lançamento do novo Mint, novas coisas devem surgir com o tempo. 
Fique ligado no Diolinux e lhe manteremos informados sobre as novidades do Linux Mint.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Como instalar e habilitar o Nemo como gerenciador de arquivos principal no Ubuntu

Um comentário

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Substitua o Nautilus pelo Nemo no Ubuntu

Muita gente não gostou da extrema simplicidade do novo Nautilus e optou por não usar a última versão ou procurar ambientes alternativos como o Nemo, desenvolvido pela equipe do Linux Mint.

Este artigo foi enviado por um leitor e vai te ensinar como definir o Nemo como gerenciador padrão de arquivos no Ubuntu.

"Utilizando o Ubuntu 12.10 que vem com o gerenciador de pastas Nautilus 3.4 por padrão, resolvi instalar a versão 3.6 seguindo a dica do blog Diolinux de "Como instalar o Nautilus 3.6 no Ubuntu 12.10" e fiquei meio decepcionado com o resultado, achei ele muito minimalista. Eu, particularmente prefiro muitas alternativas ao invés de poucas.
Após isso, resolvi fazer o downgrade para a versão 3.4 do Nautilus, mas percebi que o processo ocasionaria muitas perdas de dependências ou problemas com o SO.
Resolvi então seguir outra dica do blog "Como instalar o Nemo no Ubuntu" com uma única modificação que foi a opção de utilizar a versão estável do Nemo através do ppa:gwendal-lebihan-dev/cinnamon-stable e gostei bastante da gama de opções que o Nemo traz.

Instalação executada com sucesso, tive que resolver outro problema que ainda não estava de acordo com o que eu pretendia, pois apesar de ter instalado o Nemo, o Nautilus continuava lá como gerenciador padrão de pastas (inode/directory) ao montar/acessar meu HD externo e outro HD interno que utilizo para armazenar meus dados com segurança.
Após exaustivas pesquisas, encontrei a solução:
Para alterar o gerenciador padrão de acesso a pastas (inode/directory) no Ubuntu 12.10 Quantal-Quetzal, vamos editar como root dois arquivos de configuração:

1º ajuste:


Recomendo antes de mais nada criar um backup do arquivo que vamos modificar:

  • sudo cp /usr/share/applications/nautilus.desktop /usr/share/applications/nautilus.desktop.backup

Agora sim, vamos editar o arquivo nautilus.desktop:

  • sudo gedit /usr/share/applications/nautilus.desktop
Procurar por: Exec=nautilus %U
Substituir por: Exec=nemo %U (aqui poderia ser outro gerenciador como p.ex.: thunar, dolphin, etc.)

Nautilus-gedit


2º ajuste:


Criar um backup do arquivo que vamos modificar:

  • sudo cp /usr/share/applications/nautilus-folder-handler.desktop /usr/share/applications/nautilus-folder-handler.desktop.backup


  • sudo gedit /usr/share/applications/nautilus-folder-handler.desktop
Procurar por: Exec=nautilus %U
Substituir por: Exec=nemo %U

Arquivo modificado


Pronto!
Agora, basta verificar que ao montar um dispositivo ou mesmo ao acessar as pastas de arquivos através do lançador "Arquivos" do Unity, o Nemo será aberto com todas as pastas, arquivos e opções que nos possibilita.

Obviamente essa é uma solução paliativa e pode ser que haja outras maneiras mais adequadas de alterar o gerenciador padrão de pastas e arquivos no Ubuntu. Por isso, deixamos por sua conta e risco fazer o teste e verificar se tudo continuará funcionando de acordo com o que se espera de um excelente sistema operacional como é o caso do Ubuntu.

Caso haja algum problema após editar os arquivos, podemos retornar os arquivos de backup, sobrescrevendo os arquivos em que fizemos os ajustes."

Este artigo excelente artigo foi enviado pelo nosso leitor: Edson Luís Isele - Técnico em Informática Redes Sociais: Facebook - LinkedIn.

Sabia que você pode fazer como o Edson e enviar seus artigos para o blog Diolinux?
Não perca tempo, se você tem um material de qualidade e quer ver seu artigo publicado para milhares de pessoas entre em contato conosco através desta página e nos envie o seu material.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


QTFM - uma nova e leve opção de gerenciador de arquivos par ao KDE

Nenhum comentário

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012







Cansou do Dolphin?

A verdade é que existem muitos boas opções de gerenciadores de arquivos, Nautilus, Nemo e por aí vai, mas para o KDE nenhum deles tem um integração perfeita, justamente por serem escritos com outro biblioteca, Nautilus, Nemo e afins usam GTK o Dolphin do KDE usa QT.
Hoje vamos conhecer o QTFM um gerenciador de arquivos mais leve que o Dolphin e como o nome sugere escrito emm QT.

QTFM Screenshots



qtfm

QTFM

Instalação

O QTFM está disponível para download através do site oficial para a maioria das distros Linux. Existem pacotes pré-compilados para Ubuntu, Arch, Fedora e Suse, além do código fonte, caso você queira "compilar na unha."












Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Athena um possível novo gerenciador de arquivos para substituir o Nautilus

Um comentário

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Mockups mostram a ideia de um novo gerenciador de arquivos


Mockups para quem não sabe, são desenhos conceituais sobre algum tipo de software normalmente, porém é possível aplicá-los em outras áreas, se formos traduzir o nome, mockups nada mais são do que maquetes, projetos do que gostaríamos que a aparência de determinado software fosse.
Encontrei em um site internacional alguns destes mockups que mostram um ideia, sim uma ideia, porque ainda não foi escrita uma linha só de código, para um novo gerenciador de arquivos para o Ubuntu que se chamaria Athena, o nome da Deusa grega.
Os desenvolvedores criaram mockups do que seria uma nova opção ao Nautilus quem vem juntamente com o Ubuntu desde sempre.

Seguem os desenhos conceituais:






Ainda são poucas telas do que seria um embrião do projeto.
Ideias como o Athena surgem em desaprovação ao novo Nautilus que trouxe uma interface clean até demais, já temos o Nemo, fork que vem com o Linux Mint e se surgisse uma nova opção seria muito bem vinda.
Particularmente achei os mockups muito bonitos e se dependesse somente da aparência certamente usaria este gerenciador.
E você o que achou do Athena?

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Como instalar o Nemo no Ubuntu

Um comentário

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

nemo

Se você assim como o pessoal do Linux Mint não está se agradando muito com os rumos que o Nautilus, navegador de arquivos do Ubuntu, está tomando, o Nemo talvez seja a sua melhor opção, o Nemo é um fork do Nautilus e promete manter as mesmas características que tornaram o Nautilus tão querido e agora estão o deixando. Se você usa o Linux Mint possivelmente ele deve estar nos repositórios nas próximas atualizações, se você usa Ubuntu podemos instalá-lo da seguinte maneira:

Abra o terminal e copie e cole cada comando dando enter após cada um, sua senha será solicitada e basta digitá-la para iniciar a instalação:

sudo add-apt-repository ppa:gwendal-lebihan-dev/cinnamon-nightly
sudo apt-get update
sudo apt-get install nemo




Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo