Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador notebooks. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador notebooks. Mostrar todas as postagens

Lemur é o novo Notebook com Ubuntu com processador Kaby Lake

Nenhum comentário

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

O site de Insights do Ubuntu anunciou um novo Notebook ideal para viagens com processador Kaby Lake produzido pela System76.

Lemur Ubuntu



A System76 é uma das empresas que mais investem no Ubuntu para desktops e isso vem acontecendo há mais de 10 anos. O notebook Lemur vem com a 7ª geração de processadores da Intel Kaby Lake, com 32 GB de memória DDR4, USB-C, com o chip gráfico mais recente da Intel.

O Notebook pesa cerca de 1,6 Kg, que não chega a ser leve, perto de alguns grandes concorrentes do mercado, mas a configuração parruda compensa, fazendo com que ele seja bom o suficiente para você levar ele por aí, para as suas reuniões e viagens. Ele custa apenas 699 dólares na loja da System76.

O computador vem com o Ubuntu 16.04 LTS e você também pode customizar o hardware que você deseja, confira todas as informações sobre o computador aqui.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Entroware lança Notebook de alto desempenho com Ubuntu

Nenhum comentário

sábado, 2 de julho de 2016

Mais um modelo de Notebook com Ubuntu pré-instalado está entrando no mercado, ainda que não seja o mercado brasileiro, saiba mais sobre o modelo "Athena" da Entroware.

Entroware Athena Ubuntu





A empresa britânica Entroware lançou um novo modelo de Notebook de alto desempenho com Ubuntu, a versão básica vem com as seguintes configurações:

- Nvidia 970M ( podendo ser atualizada para a 980M)
- Intel Core i7 6700HQ
- 16GB DDR4 RAM
- 500GB HDD
- Teclado retroiluminado
- 15.6" 1920x1080 HD LED IPS screen (opcionalmente 17.3")

Na verdade, praticamente todas as peças podem ser customizadas, incluindo SSDs, memória até 64 GB DDR4 e até mesmo o processador, consulte nesta página.

O computador que custa 1,099.00 Libras, vem com Ubuntu ou Ubuntu MATE de fábrica, sendo que o usuário pode escolher o que preferir, há também uma opção interessante que o pessoal da Entroware adicionou, o ícone do Ubuntu ou do Ubuntu MATE no teclado, que pode ser adicionado ao gosto do freguês.

Bacana, não é?

A empresa também vende outros modelos com Linux e também servidores, mas não há informações de envio para Brasil, de qualquer forma, é bom ver a cada dia mais empresas apostando no Linux como solução.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Asus lança Notebook da linha Z no Brasil com Linux embarcado

Nenhum comentário

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Mais uma opção interessante para o mercado consumidor brasileiro. A popular fabricante de computadores, Asus, está trazendo para o Brasil mais uma boa opção de Notebook, da linha Z, com Linux de fábrica, e não, não é o Ubuntu.

Endles OS




O sistema operacional que o Notebook carrega é  o Endless OS, uma distribuição voltada para fins educacionais ainda não muito popular no Brasil. A distro é de uma empresa de mesmo nome e vem investindo muito em publicidade brasileira, talvez você tenha visto algo no Facebook sobre ela recentemente.

Ainda não fizemos uma review completa desta distro, mas ela deve sair em breve. Tenho certeza que alguém iria perguntar! :D

Bom, falando um pouco do Notebook da Asus, ele também é oferecido com Windows 10, além do Endless OS, e ele não é nenhum primor de potência e tem até um preço acessível, considerando a nossa economia.

Ele pesa 2,14 Kg, tem uma tela de 15,6 polegadas com resolução HD, o processador é um Celeron N2940 Quad Core com frequência de 2,25 Ghz, chip gráfico Intel HD Graphics 3000, 4 GB de RAM, 500 GB de HD, WebCam VGA, Wifi, Bluetooth 4.0, uma porta USB 3.0 e duas 2.0, leitor de cartão SD e leitor de CD e DVD.

Ele sai pelo valor de R$ 1.999,00 atualmente, você pode saber mais sobre o produto no site da Asus.

Apesar do Endless OS ser uma opção, o site da Asus faz questão de recomendar o Windows 10 como sistema operacional, possivelmente você terá de informar na hora da compra que você não deseja o sistema da Microsoft para efetuar a compra com o diferencial.

Você pode saber mais sobre o Endless OS no site oficial do sistema.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Dell está vendendo Notebooks da linha Gaming com Ubuntu

Nenhum comentário

terça-feira, 15 de março de 2016

A Dell, conhecida por ser uma das maiores fabricantes de hardware do mundo, está vendendo computadores da linha "GAMING" com Linux pré-instalado, mais especificamente com o Ubuntu 14.04 LTS, tem vários pontos interessantes que eu quero conversar sobre isso com você, vamos lá?

Dell Gaming com Ubuntu




Os Notebooks Dell Inspiron 15 Série 7000 Gaming Edition estão sendo vendidos no site da Dell com Windows 10 e Ubuntu como opção. Ter o Ubuntu como opção não chega a ser uma novidade, uma vez que a empresa já fornecia isso há algum tempo, porém, a opção de escolher Linux como sistema operacional principal ficava um pouco escondida antigamente, ao contrário de agora que o sistema está lado a lado com o Microsoft Windows 10.

Ubuntu Dell Gaming

São dois modelos oferecidos com uma variação no processador, outro ponto que chama a atenção é o Linux estar presente na linha "gaming" o que mostra mais uma vez que a plataforma é sim uma opção para muitos jogadores, além disso, finalmente vemos a empresa cobrando menos pelos computadores que vem com o Ubuntu, uma diferença de R$ 250,00 em ambos os modelos. 

Você encontra mais informações sobre os produtos no site da Dell.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Notebooks da Dell estão sendo vendidos com Malware de fábrica

Nenhum comentário

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

A Dell está enfrentando alguns problemas com alguns modelos de Notebooks que estão saindo de fábrica com uma vulnerabilidade conhecida como "Superfish", entenda.

Dell vendendo notebooks com Malware

Problemas para usuários da Dell


O Malware em questão afeta o certificado SSL que vem pré-instalado no computador com o sistema operacional Windows apenas e pode enganar o usuário que acessar qualquer site que use o protocolo de segurança HTTPS para navegado. O problema foi descoberto por um programador chamado Joe Nord e está sendo chamado de eDellRoot, o problema  é tão complicado que até mesmo a praga se reinstala no computador assim que o usuário a remove.

Uma falha deste porte pode ser usada facilmente por uma atacante para conseguir qualquer dado de login que o usuário digite em seu computador. São apenas alguns modelos específicos os afetados pelo problema:

- Toda a série Dell Inspiron 5000
- Dell XPS 15
- Dell XPS 13

Isso indica que o certificado perigoso pode estar presente em um número significativo de desktops e laptops da Dell atualmente no mercado.

Resposta da Dell
Em uma declaração, um porta-voz da Dell disse que a empresa está investigando os relatórios e analisando a falha no certificado, mas enfatizou a política da empresa de colocar o mínimo de softwares possíveis juntamente com o sistema justamente para evitar estas coisas.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Diferenças no ARM32 e ARM64 para os programadores Linux

Nenhum comentário

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Linus Torvalds afirmou que na LinuxCon Europe que 2016 será o ano dos processadores ARM nos laptops. Mas alguma coisa muda quando se trata da programação de 32 para 64 bits?

Diferenças no ARM32 e ARM64 para os programadores Linux

Hoje os processadores ARM estão muito presente no nosso dia a dia (coisa que não era tão comum assim) devido seu uso nos smartphones e tablets. Quando o assunto foi a arquitetura ARM, na LinuxCon Europe 2015, Linus respondeu:
Estou feliz de ver que o ARM está fazendo progresso. Um desses dias, terei uma máquina com ARM. Disseram que esse ano, mas talvez seja ao que vem. 2016 será o ano do laptop ARM.

Lentamente, os Chromebooks estão tomando o mundo, e grande número dos Chromebooks estão equipados com ARM. Muitas pessoas que compram o Chromebook não se importam qual processador está la desde que funcione, assim o ARM está se espalhando.

Mas se tratando de ARM de 32 bits e de 64 bits, há certas diferenças. O site EDN Network publicou um artigo debatendo sobre esse assunto que certas diferenças podem afetar no comportamento do software.

Figura-com-as-diferenças-de-arquitetura-arm

Caso você seja um programador Linux trabalhando com ARM (ou pretende ser um), talvez você queria saber essas diferenças. Também há um slide no Linux Plumbers Conf relatando a migração de código de ARM para ARM64.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Notebook ou Desktop, qual a melhor opção para você?

Nenhum comentário

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Hoje vamos destrinchar um tema que causa bastante dúvidas na hora de comprar um computador novo, devo comprar um Notebook ou um Desktop?

Notebook ou Desktop

Desktop ou Notebook: Algumas dicas para ajudar você a escolher


Apesar das diferenças físicas existentes entre desktops (computadores de mesa) e notebooks (computadores portáteis), suas capacidades estão cada vez mais similares, o que dificulta a nossa vida na hora de escolher.

Nunca tivemos tantas ofertas assim para diferentes tipos de computadores. Diversos sites de informática oferecem máquinas com preços, marcas, modelos e demais especificações distintas. Mas de todos os perfis de usuários possíveis, o que eles buscam?

Defina a utilidade da máquina


Praticidade, capacidade de armazenamento de dados ou velocidade? Usaremos para acessar a Internet e baixar arquivos leves, como documentos de texto, ou para operar programas gráficos, como o Photoshop e GIMP? Como você usa o seu computador?

Computador para trabalho


Cada vez mais temos dúvidas na hora de escolher entre tantas opções, mas a grande novidade é que os laptops e notebooks agora já não são considerados versões inferiores do desktop. Alguns possuem memória e recursos semelhantes aos que encontramos nos grandes Desktops.

Um laptop ou notebook possui a distinta vantagem da mobilidade e em certos casos como para estudantes ou executivos, basta esta característica para justificar a escolha. A conveniência de levar o Notebook da universidade para a casa ou até para utilização em um ponto Wi-Fi, e poder acessar os arquivos sem precisar acessar um FTP ou documentos online é sem dúvida o que muitos buscam, principalmente esta nova geração de pessoas, que já cresce plugada na internet por conta dos Smartphones.

Desktops, por outro lado, não esquentam em excesso após uso contínuo por horas de trabalho, exceto casos específicos como computadores gamers, se você possuir um Home Office, por exemplo. 

Outro benefício ao comprar um desktop, é a possibilidade de repor apenas as peças do hardware, como a memória ou trocar o HD (do inglês, hard-disk). Isto é mais vantajoso financeiramente do que aventurar-se em comprar um laptop novo, ao perceber que o seu encontra-se levemente defasado.

Entretanto, desktops costumam apresentar melhor performance para profissionais que precisam executar diversas tarefas ao mesmo tempo. Indiferente de serem planilhas, documentos de textos, vídeos, páginas da internet ou ferramentas específicas de trabalho.

Minhas regras


Com o passar dos anos o mercado muda, os aparelhos também, mas certas nuances você consegue perceber. Hoje podemos comprar Notebooks muito melhores do que determinados desktops, inclusive para fazer trabalhos mais pesados.

Regras de qualidade


A meu ver a utilização do Desktop ainda é mais viável para pessoas que desejam jogar, trabalhar com softwares que exijam renderização como editores de vídeo, modeladores 3D, Jogos especialmente e outras coisas mais pesadas como virtualização de sistemas.

Sabendo escolher bem, se você comprar um bom Notebook ele lhe atenderá sem dúvidas para a maioria das atividades, minha dica principal é sempre olhar para o seu orçamento e ver até quanto você pode gastar e então procurar a ajuda de alguém que entenda de informática  (caso você não entenda, é claro) para que este possa te ajudar  a montar e analisar a melhor configuração possível.

Essencial também não cair no famoso "combo da desgraça" como eu o chamo, leia mais aqui.

E você leitor, prefere Notebooks ou Desktops?

Este artigo foi escrito em parceria com o nosso leitor Ronaldo Ramires.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Computadores com Android, você compraria?

Nenhum comentário

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

O dia que usaremos o mesmo sistema operacional tanto no celular quanto no computador pode estar ficando cada dia mais próximo, você usaria um computador com Android?

Computadores com Android

Seria o SmartPC o futuro da tecnologia?

Não sei você mas eu já tive a oportunidade de mexer em um All In One da HP, quase igual a essa aí da imagem de cima mas na cor preta, que trazia consigo não o Windows ou nenhuma distro Linux popularizada nos desktops como Ubuntu ou Mandriva e sim a variante mais famosa do Linux, o Android.

A impressão que se tem é muito interessante, parece que você está mexendo num "smartfonão gigantão" e ainda por cima tem um mouse e um teclado para facilitar as coisas, é uma experiência bem bacana, eu resumiria, mas claro que também tem seus contras, por exemplo, eu acho bem estranho um sistema de PC sem área de trabalho, um lugar para criar pastas ou arquivos, coisas deste tipo, fora isso temos que pensar nos programas tradicionais de computador como editores de vídeo, imagem, programas de engenharia e principalmente (e por que não?), games!

Notebook com Android da Positivo
Foto: Divulgação da Positivo


Resolvi falar sobre o assunto porque tomei conhecimento de que a nossa querida Positivo está planejando lançar um Notebook de baixo custo, cerca de R$ 800,00 com Android de fábrica, tela sensível ao toque e etc, eu NÃO GOSTO DA POSITIVO, maaaas... a ideia me parece interessante apesar do Harware não ser lá essas coisas e o armazenamento ser apenas 16 GB, com 2GB de memória RAM e uma telinha de dez polegadas, ok, talvez não seja um NOTEbook e sim um NETbook, mas é algo legal de ver sendo produzido por aqui.

Eu usaria um Notebook com Android sem muitos problemas e arrisco até a dizer que um aparelho deste porte é o suficiente para se utilizar a internet, acessar redes sociais e coisas do tipo sem muito sofrimento; interessante que aparelhos como este acabam sendo concorrentes dos próprios Chromebooks do Google não é? E em tese seriam até uma solução mais interessante.

O que você acha disso, será que no futuro teremos computadores assim? Você usaria um PC com Android?

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Combo da Desgraça! - Venda de computadores com Hardwares incondizentes

Nenhum comentário

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Muita memória, pouco processador e outras pilantragens da indústria

Já havia um tempinho que queria escrever sobre isso, sobre como a indústria faz pouco caso dos consumidores empurrando computadores ruins para as pessoas, especialmente aqui no Brasil como se fossem boas máquinas.

Computador Lento


Como eu formato computadores para ganhar um extra de vez em sempre acabo me deparando com essas perolas com uma certa frequência, e toda a vez que eu olho isso penso em como a pessoa foi feita de trouxa na hora de comprar o equipamento.

O problema

Digamos que para um computador ter um bom desempenho de maneira geral, nada muito hardcore, mas para que ele não trave independentemente do sistema operacional que utilize dois fatores são primordiais.
Quantidade de memória e o processador, sendo neste caso importante avaliar o número de núcleos e obviamente o clock do mesmo.

Existe uma linha de computadores que não chega a ter um preço baixo no Brasil ( custam em torno de uns R$ 1.300 podendo variar, normalmente para mais) que tem uma configuração de Hardware não condizente com a necessidade de um usuário, por exemplo:
  • Dual Core 1.3 Ghz
  • 3 GB Memória
  • 500 GB de HD
  • Vídeo Integrado
  • Tela de 15,1"
  • Teclado numérico
A primeira vista pode parecer um bom computador, a maioria dos leigos olha pra quantidade de memória e acha que está adquirindo uma boa máquina mas o gargalo está no processador, existem muitos Smartphones com um processador similar por aí.


Estou falando com conhecimento de causa, por que eu tinha um notebook com essa configuração, umas 4 abas do Chrome abertas e o PC ficava muito mas muito lento!

O problema não é o computador ter um processador destes, afinal o processador faz o que se propõe a fazer o problema é a maneira com que ele é vendido.

O pessoal que monta computadores sabe a possivelmente o componente mais caro é justamente o processador, então eles optam por uma versão mais barata, muitas vezes mais antiga ( normalmente processador barato não presta) e optam por "encher os números" em peças mais em conta, como disco rígido e memória RAM.

Se este mesmo computador tivesse 6 GB de memória mesmo assim ele seria lento, o problema não é a memória e sim o processador e ainda vendido como uma super máquina "capaz de realizar os seus sonhos" pela loja, este computador me custou 1500 reais no final de 2011, sim eu fui burro e não prestei atenção, por isso estou escrevendo o alerta.

O Windows 7 não rodava direito nele, o Ubuntu não rodava direito, ele travava até com o XFCE! A única distro que fluiu melhor nele foi o Linux Mint KDE por incrível que pareça.

E hoje...

O que eu encontrei me deixou mais triste... ( não tô cantando!), um computador com características semelhantes, só que pior!

No anterior era um processador AMD, hoje peguei um notebook para formatar que tem um processador Intel Dual Core de míseros 1 Ghz e adivinhem? 4 GB de RAM!

Me diz se isso não é para enganar o consumidor? Segundo informações o computador custou R$ 1.300 reais.

Um computador assim não foi capaz de rodar o Cinnamon, nem o Unity, nem o KDE 4.10, nem o Gnome, nem o Pantheon do Elementary que tem fama de ser leve rodou direito nele, o Windows 8 não rodou e o Windows 7 no seu "Modo Fallback" que foi o que veio de fábrica funcionou razoavelmente, o computador é novo, veio com o UEFI e tudo, mas não é nada bom, nem para o usuário comum, o computador não consegue rodar direito nem os games em flash do Facebook e trava em vídeos do Youtube por falta de processamento.

Evite!


Evite cair neste "Combo da desgraça", dê preferência por processador com o clock acima de 2 Ghz,  e observe a quantidade de núcleos, nunca, jamais compre um PC com apenas um núcleo, se você não tem tanto dinheiro na hora de comprar, não se importe tanto com a quantidade de memória, por que você até consegue colocar mais memória em um notebook mas trocar o processador sairá muito mais caro!

Se informe antes de comprar uma máquina, não faça como eu fiz na época, não confie nos vendedores, eles simplesmente querem vender, isso quanto entendem do que estão vendendo, então abra o olho e não compre um PC com um processador tão fraco, você pode até querer ele só para navegar na internet mas se ele tiver um CPU tão ruim até essa atividade simples será prejudicada.

Use a regra do 2:2:2:200


  • Pelo menos 2 - Núcleos
  • Pelo menos 2 - Ghz
  • Pelo menos 2 - GB RAM
  • Pelo menos 200 - Gigas de HD
Tomando como base estes valores qualquer computador acima disso será uma boa máquina para pelo menos você fazer todas as suas atividades diárias sem muitas preocupações.

Ajude-nos a ajudar as pessoas compartilhando este artigo, é só clicar nos links logo abaixo, até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Como usar o leitor de impressões digitais no Ubuntu ( Fingerprint)

Nenhum comentário

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Você tem um notebook com leitor de digital e usa Ubuntu? Veja como fazer ele funcionar na sua distro

Este tipo de recurso é realmente muito interessante e prático, pois além de seguro permite que você substitua o processo de digitar uma longa senha por uma "simples passada dedos" no leitor de impressões digitais.

Fingerprint Notebook

Este tipo de recurso ate pouco tempo era considerado futurista por aparecer em filmes de ficção, mas agora ele é uma realidade já não tão nova assim, para Windows normalmente o fabricante desde aparelho fornece um driver para que ele funcione de maneira adequada, para Linux a coisa sempre foi mais complicada, pelo menos até agora.

Fingerprint readers integration for Ubuntu

Este é o nome do software que permite que você use o seu dispositivo de leitura de impressões no Ubuntu, e melhor que isso, permite que você configure muitas coisas importantes, como qual a senha que ele irá armazenar, qual será o dedo, de qual das mãos etc.

Fingerprint readers integration

Fingerprint readers integration

Instalação do Leitor de Impressões Digitais no Ubuntu

Cada ressaltar também que  este software é compatível com os principais modelos de leitores de D.I. mas pode ser que o seu dispositivo não seja apoiado por ele ainda, pois ele está em desenvolvimento.
Você pode instalar e testar, mas se quiser verificar antes, abra o seu terminal e rode o comando:
lsusb
E verifique se o seu dispositivo está presente nessa lista aqui.  Caso esteja vamos instalar então, ainda no terminal:
sudo add-apt-repository ppa:fingerprint/fingerprint-gui
sudo apt-get update
sudo apt-get install libbsapi policykit-1-fingerprint-gui fingerprint-gui
É isso pessoal, o software deve estar disponível no menu do seu computador.

Compartilhe para mostrar aos seus amigos



Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

SOL - Um laptop com Ubuntu movido à energia solar

Nenhum comentário

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Só precisa de um solzinho pra rodar o Ubuntu

Tomei conhecimento de um projeto muito legal através de uma indicação de um leitor através do E-mail do blog, trata-se de uma iniciativa de criação e uso de tecnologia livre mesclado um ambiente sustentável.

SOL - Notebook com Ubuntu movido a energia solar

Por isso nada de tomaada

Este é o lema do SOL Laptop, um notebook movido a energia solar que é vendido com o sistema operacional Linux Ubuntu pré-instalado.

O computador possui painéis solares desdobráveis para o abastecimento solar, pesa aproximadamente 2,3 Gg e possui um visual muito bacana e em várias cores.

Sol Laptop

Características

Hardware
CPU: Intel Atom D2500 1.86 GHz Duo Core, Intel 945GSE + ICH7M
HDD: Seagate 2.5” SATA HDD 320GB
RAM: Kingston 2-4GB DDRIII SDRAM (Options Available)
Graphics: 1080p HD Vide, Built-In Intel GMA3600 Graphics
Battery Operating Time: 8 - 10 hours
Weight: 5.02 lbs

I/O
Display: 13.3" LCD, WXGA, 1366 x 768
Camera: 3MP
Audio: Realtek ALC661 HD Audio, Built-in 2 Speakers | Internal mic + 1/8” input
3 USB2.0, Headphone jack, HDMI, LAN(10/100), Card reader (SD/MS/MMC)

WIRELESS
Modem: 3G/4G World/multimode LTE
GPS: gpsOne Gen8A
WiFi: MIMO 802.11b/gn (2.4/5GHz)
Bluetooth: Integrated Digital Core BT4.0

E ao que tudo indica vem com o Ubuntu 12.04 LTS como sistema operacional, para conhecer um pouco melhor este projeto acesse o site oficial. 

A sugestão deste artigo foi feita pelo leitor: Jonathan. Faça como ele e escreva pra gente também!


Compartilhe para mostrar aos seus amigos



Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Ubuntu está matando os Notebooks da Samsung?

Nenhum comentário

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Deu Boot morreu!

Um defeito nos Notebooks da Samsung tem atrapalhado usuários de Ubuntu nos últimos dias, segunda a notícia o defeito é constatado em notebooks dos seguintes modelos  530U3C, 300E5C, NP700Z5C, NP700Z7C e NP900X4C.
Quando o usuário tenta dar Boot com um Pen Drive com Ubuntu no Notebook um driver específico para notebooks da Samsung para de responder, deixando o sistema travado numa tela preta obrigando o usuário a desligar o computador pelo botão Power, porém, quando o usuário tenta ligá-lo novamente ele simplesmente não liga!

530U3C


O problema foi detectado apenas no Ubuntu 12.04 por enquanto, o problema já foi reportado no LaunchPad. Matt Fleming, desenvolvedor da Intel, publicou há uma semana duas mudanças no código para evitar que o problema aconteça – uma das correções faz com que o módulo samsung-laptop simplesmente não seja carregado quando o boot é feito através do UEFI. Infelizmente, a correção ainda não chegou às versões estáveis do kernel.

A Canonical afirma que os engenheiros da Samsung já estão trabalhando a um bom tempo numa correção do Firmware dos notebooks e aconselha instalar versões mais novas do Ubuntu onde esse problema não foi detectado. Estes notebooks em sua maioria vem com Windows 8.

O problema foi constatado apenas no Ubuntu, mas pode acontecer com outras distribuições visto que ele provem do Kernel Linux ( Pode ), uma solução temporária para fazer o notebook ressuscitar é tirar a pilha da BIOS ou no UEFI no caso, para resetá-la e depois colocar de volta e usar Windows. 

Fonte: AnandTech, The H Open, The Register.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Tela escura no Notebook HP Pavilion com Ubuntu ( como resolver este problema)

4 comentários

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Alguém acenda a luz!

Se você está aqui é porque tá triste, ou chateado pelo fato do Ubuntu ( ou qualquer outro Linux ) não manter a tela do seu notebook HP com o brilho no máximo por muito tempo. Sim agora claro, estou falando para um nicho de usuários muito específico, mas visto que eu adqueri um Notebook HP e tive esse problema vou deixar este artigo para tentar auxiliar outras pessoas que possam passar pelo mesmo problema.

sem-luz-escuro


O que acontece afinal

Para você entender, os notebook da HP tem uma certa incompatibilidade com o Kernel Linux ( até a versão 3.5 com certeza, versões mais novas não testei) que fazem com que durante a instalação a luminosidade da tela caia para zero e você precise ( foi o que eu fiz pelo menos ) de uma lanterna para iluminar a tela e ver onde está clicando. Mesmo assim, depois de concluída a instalação o problema persiste, por vezes é preciso abrir e fechar a tampa do notebook para que a iluminação volte, pouco tempo depois ela volta a ficar sem brilho e você não vê absolutamente nada.
Como eu precisei recorrer a fóruns estrangeiros e quero deixar minha contribuição em português para que as pessoas não deixem de usar Linux nos seus computadores HP apenas por este motivo.

hp Pavilion e pequenas incompatibilidades

Como concertar este problema

Bem, a ideia primária parte de deixar o o brilho no máximo desde o boot, para isso vamos precisar editar um arquivo no GRUB e se sua tela estiver escura tente usar uma lanterna ou a luz do seu celular para ver alguma coisa, tente também abrir e fechar o notebook para ver se " a luz acende". Abra o terminal e cole o comando abaixo:
gksudo gedit /etc/default/grub
Encontre a linha:

GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet splash"


e adicione acpi_backlight=vendor, ficando a linha completa assim:


GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet splash acpi_backlight=vendor"


Feche o editor de texto salvando a mudança.

Atualize o Grub para incluir a mudança com o comando:

sudo update-grub
Reinicie o sistema.

E é isso, com esta modificação agora o brilho deverá ficar correto.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Notebook Samsung com Windows 8 e novidades

Nenhum comentário

sexta-feira, 31 de agosto de 2012


Você gostou do novo MacBook Pro com Retina Display, mas agora seria melhor experimentar um notebook com Windows 8. A Samsung está mostrando durante a IFA 2012 dois conceitos de notebooks com tela de 13 polegadas e resolução de 2560×1440 pixels.

O primeiro modelo é o ultrabook Series 9, que originalmente possui 1,6 cm de espessura e pesa 1,3 kg. Ele foi modificado pela Samsung para incluir uma tela de 13 polegadas com resolução de 2560×1440 pixels – dá uma definição de 225 pixels por polegada. E a tela possui acabamento matte, que não fica refletindo a sua cara enquanto você está usando o ultrabook.

Notebook Win8

O segundo modelo da Samsung lembra bastante o Asus Taichi, aquele notebook estranho que também serve como tablet. Ele foi desenvolvido especialmente para quem não ficou satisfeito com a tela de altíssima resolução do Series 9: o conceito da Samsung tem duas telas de 2560×1440 pixels, uma de cada lado da tampa. É bom tomar um cuidado extra na hora de carregá-lo na mochila para não acabar com a segunda tela riscada.

Notebook com 2 telas

Ambos os modelos são apenas protótipos e não têm data de previsão para chegar ao mercado, mas é muito provável que a Samsung libere o Series 9 com a nova tela em breve. Só espero que a fabricante coreana dê uma boa atualizada na GPU. A experiência de uso de uma tela de alta resolução com a Intel HD Graphics 4000 pode não ser muito boa.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Lançado Galaxy Note 2

Nenhum comentário

quinta-feira, 30 de agosto de 2012


A Samsung anunciou nesta quarta-feira (29) a segunda geração de seu popular Galaxy Note, uma mistura de smartphone e tablet, durante a feira de eletrônicos IFA, em Berlim. A nova versão do Note, o segundo modelo mais popular entre os smartphones da Samsung depois da linha Galaxy S, chega ao mercado em outubro.
O aparelho conta com tela de 5,5 polegadas (13,9 cm, na diagonal) com tecnologia HD Super Amoled, tem processador de quatro núcleos de 1,6 GHz e roda a versão mais recente do sistema operacional Android, do Google, conhecida como Jelly Bean. O novo Note pesa 80 gramas e tem 9,4 milímetros de espessura, além de ser compatível com as redes 4G LTE e 3G.
O uso da caneta Stylus foi aprimorado para o "phablet", nova categoria de aparelhos que une funções de celulares e tablets. Ao deixar a caneta em cima de um ícone de um vídeo no YouTube, por exemplo, o usuário tem acesso a uma prévia do conteúdo. Em um aplicativo de fotos é possível fazer um zoom da imagem sem precisar entrar nela.

O Galaxy Note 2 reconhecerá a escrita do usuário, que pode escrever o nome de um contato ao enviar uma mensagem de texto e, também, escrever a mensagem com sua letra – o sistema converte a escrita para letras de forma. A Samsung acredita que, permitindo que o usuário escreva no aparelho, ele possa mandar mensagens personalizadas para os seus contatos.

Modelo anterior
O primeiro modelo do Galaxy Note foi anunciado pela Samsung em setembro de 2011, mas só chegou ao Brasil no final de novembro. Segundo a empresa, já foram vendidas mais de dez milhões de unidades do produto em todo o mundo. O modelo custa R$ 2 mil no Brasil, mas a Samsung já adiantou que ele terá seu preço reduzido com a chegada da nova versão.

Galaxy Note 2 tem tela de 5,5 polegadas e conexão 4G  (Foto: Pawel Kopczynski/Reuters)Galaxy Note 2 tem tela de 5,5 polegadas e conexão 4G (Foto: Pawel Kopczynski/Reuters)
Galaxy Camera
A Samsung anunciou também, durante a IFA, a câmera fotográfica chamada Galaxy Camera, que roda o sistema operacional Android. A companhia sul-coreana afirma que as pessoas se comunicam por meio de fotos, compartilhando as imagens instantaneamente. Segundo a empresa, quem tem smartphone usa mais a câmera e o navegador de internet, além de haver diversos aplicativos para editar imagens.

Samsung apresenta a Galaxy Camera, que roda o sistema operacional Android (Foto: Reprodução)
Samsung apresenta a Galaxy Camera, que roda
o sistema operacional Android (Foto: Reprodução)
“O objetivo é ter imagens profissionais de alta qualidade”, afirmou a Samsung. Uma tela sensível ao toque na câmera, que tem zoom óptico de 21x, permite que o usuário configure as imagens e use aplicativos diretamente na máquina fotográfica. A tela tem 4,8 polegadas (12,2 cm, na diagonal) e é de alta definição.
A câmera ainda conta com a função Voice Controle, que permite usar comandos de voz para fotografar e dar zoom nas imagens quando a pessoa está com as mãos ocupadas. Outra função de destaque da Galaxy Camera, que faz vídeos em câmera lenta, gravando mais de 120 frames por segundo, é a “Share Shot”, que compartilha a foto com outros aparelhos, como smartphones e tablets, por meio de conexão Wi-Fi.
Samsung apresentou sua nova linha de produtos equipados com o Windows 8 (Foto: Reprodução)
Samsung apresentou sua nova linha de produtos
equipados com o Windows 8 (Foto: Reprodução)
Windows 8
Durante a IFA, o grupo sul-coreano apresentou ainda sua nova linha de produtos equipados com o Windows 8, nova plataforma da Microsoft. O primeiro aparelho é o ATIV smart PC, que tem o poder de um notebook com a liberdade de um tablet, conforme a Samsung. O teclado pode ser encaixado na parte inferior do aparelho, permitindo abri-lo e fechá-lo como um notebook. Ao desencaixá-lo (ele possui uma área magnética), ele se torna um tablet.

O aparelho ainda é compatível com as redes 4G, 3G e Wi-Fi, e vem com uma caneta Stylus. O tablet com Windows 8 tem tela de 11,5 polegadas (29,2 cm, na diagonal), é equipado com o processador Intel dual-core e tem 2 gigabytes (GB) de memória RAM, com 128 GB de armazenamento. A versão profissional do dispositivo terá processador i5, 4 GB de memória RAM e é voltada para quem precisa de um computador mais potente.

A Samsung também apresentou o ATIV Tab, que roda a versão Windows RT. O aparelho tem 8,9 mm de espessura, pesa 570 g e já vem com o pacote Office instalado, conforme a companhia. Outra novidade da nova linha da Samsung é o smartphone com o sistema operacional Windows Phone 8. O novo celular inteligente tem processador dual-core e tela de 4,8 polegadas (12,2 cm, na diagonal) de alta definição. O aparelho ainda conta com câmera de 8 megapixels (MP). A última novidade mostrada pela Samsung no evento foi o notebook ultrafino Series 9 equipado com Windows 8.

Samsung apresentou seu novo smartphone equipado com o sistema operacional Windows 8 (Foto: Reprodução)Samsung apresentou seu novo smartphone equipado com o sistema Windows 8 (Foto: Reprodução)
A empresa sul-coreana sofreu uma derrota na semana passada contra a Apple na batalha por patentes nos EUA. Um júri federal norte-americano decidiu que a Samsung havia copiado aspectos essenciais do iPhone, e concedeu à Apple US$ 1,05 bilhão em indenização. A Apple agora quer proibir a venda de oito modelos de celulares da Samsung nos EUA – o Galaxy Note não está incluído na lista.
Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...




Galaxy Note 10.1, você já pode ter o seu.

Nenhum comentário

segunda-feira, 20 de agosto de 2012


Samsung Galaxy Note 10.1
Anunciado no começo deste ano durante a MWC 2012, o Galaxy Note 10.1 finalmente chegou às lojas de alguns países esta semana. Ele traz o mesmo conceito do smartphone Note, mas com uma tela (bem) maior e uma caneta muito melhor para fazer anotações e desenhos na tela.
Com um processador quad-core de 1,4GHz e 2GB de RAM, o Note 10.1 deveria voar em qualquer tarefa, mas de acordo com diversos blogs que testaram o aparelho, ele dá algumas travadas ao executar determinadas tarefas. No resto, o tablet traz um construção em plástico, uma tela de 10.1 polegadas com resolução de 1280×800 pixels, câmera traseira de 3 megapixels e frontal de 2 megapixels, além duas opções de armazenamento interno (16 e 32GB) com a possibilidade de expansão via cartão SD. O tablet ainda vem acompanhado da S Pen, que desta vez foi feita em parceria com a Wacom e traz 1024 pontos de pressão, podendo mudar a intensidade do traço no Photoshop de acordo com a força imposta na caneta, por exemplo.
O Galaxy Note 10.1 roda o Android 4.0 com a Touchwiz da Samsung, que dá uma bela modificada no sistema, em alguns pontos até para melhor. Um exemplo disso são os aplicativos feitos para aproveitar todo o potencial da nova S Pen e o modo de divisão de tela que, apesar de funcionar apenas com alguns apps da Samsung, acaba sendo uma mão na roda para quem precisa ter um editor de texto e o navegador aberto ao mesmo tempo.
Lá fora, o Samsung Galaxy Note Wi-Fi sai por US$499 para a versão de 16GB e US$549 para a de 32GB. Ainda não há previsão de chegada e preço do tablet aqui no Brasil. 


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo