Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador openshot. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador openshot. Mostrar todas as postagens

Nova versão do editor de vídeo OpenShot lançada!

Nenhum comentário

sexta-feira, 22 de março de 2019

A gama de editores de vídeo no Linux é enorme, e recentemente postamos uma lista de softwares de edição do básico ao profissional, o OpenShot constava entre as opções indicadas, sendo uma ótima alternativa para novatos, e o melhor de tudo, multiplataforma.

editor-video-openshot-linux-windows-mac

Com o passar dos anos o OpenShot vem timidamente recebendo novos recursos, inclusive você pode acessar uma entrevista que o nosso parceiro Gabriel do Toca do Tux, fez ao desenvolvedor e criador do OpenShot, Jonathan Thomas, mesmo não sendo deste ano, é interessante comparar as mudanças que o software recebeu desde aquela época.

Novidades no Openshot 2.4.4


O editor recebeu algumas novidades e correções de bugs, irei destacar algumas, e caso queira ver todas as mudanças acesse o site oficial com o anúncio desta release.


Dimensionamento e sincronização entre quadros-chave


Este era um bug que vinha ocorrendo no OpenShot ao trabalhar com vídeos com frame rates diferentes, isso ocasionava em resultados catastróficos, em que seu vídeo poderia ficar acelerado ou lento demais. Nesta versão este bug foi corrigido, e esperasse um controle maior, seja trabalhando com vídeos com quadros-chave diferentes, ou com a exportação de um projeto em outro frame rate diferente dos vídeos da time line.

Aperfeiçoado o desempenho e visualização da Time Line


Algo que sempre perseguiu o OpenShot, foram seus engasgos na visualização ou na time line do projeto, não era incomum ver alguns travamentos durante a edição de um vídeo mais robusto, com o aprimoramento do cache de imagens e outras melhorias com foco nesse problema, o OpenShot tende a não passar por tais situações corriqueiramente.

editor-video-openshot-linux-windows-mac

Suporte a renderização SVG


Compatível com render neste formato para criação de seus títulos, o OpenShot conta com este novo recurso graças a biblioteca resvg. Assim os títulos criados com o software não ficarão serrilhados ou perderão a qualidade, conforme a resolução do projeto.

Suporte a presets personalizados pelo usuário


Agora é possível criar seu próprio preset de exportação do projeto, ainda não é algo tão prático, sendo necessário criar um arquivo XML. Você pode usar como base os presets padrões do editor, e adicioná-lo ao diretório correspondente a estas configurações, localizado em: “/home/seu-usuario/.openshot_qt/presets/”, assim seu preset customizado aparecerá no programa.

Novo Widget de propriedades


Um novo elemento adicionado ao editor de vídeos foi o widget de propriedades, que por padrão pode se encaixar no lado esquerdo ou direito, essa nova maneira de acessar as propriedades dos elementos vêm para evitar rolagens demasiadas do mouse e facilitar o processo de animação. Altamente customizável, essa forma de visualizar as propriedades pode ser incorporada em outros painéis de configurações no OpenShot. 

widget-propriedades-editor-video-openshot-linux-windows-mac

Portabilidade de seus projetos, com caminhos relativos


Uma funcionalidade muito útil e implementada no OpenShot 2.4.4, é a facilidade de manusear o arquivo do projeto entre os diretórios. Sendo assim, não ocorrerá o erro do programa desconfigurar o projeto ao trocá-lo de lugar. O editor consegue “magicamente” ao salvar o arquivo, transformar os caminhos dos elementos que fazem parte dele, em caminhos relativos, e ao abri-lo novamente ele identifica o novo caminho tornando-o em um caminho absoluto. Não espere milagres espalhando os arquivos em inúmeras pastas, então sempre mantenha seus arquivos num único diretório.

Novos idiomas e suporte ao Constante Rate Factor (CRF)


As línguas Hindi, Árabe e Chinês foram adicionadas ao programa. O suporte a CRF foi adicionado por default no preset do formato VP9, porém podendo ser utilizado nos demais, graças ao refatoramento da biblioteca libopenshot::FFmpegWriter, que é desenvolvida focada no comportamento do Editor de vídeos OpenShot.

Veja o registro das alterações no OpenShot


Através do menu “Ajuda >> Sobre OpenShot >> Changelog” é possível ver as modificações no programa em seu changelog, com a data de cada commit de seu Github oficial.

changelog-editor-video-openshot-linux-windows-mac

Correção do bug nas Waveforms


Ao separar clips que continham visualização das waveforms (ondas sonoras) ativas, ocorria um bug que impossibilitava visualizá-las, dificultando o manuseio destes arquivos na edição, agora no OpenShot 2.4.4, o mesmo foi corrigido.

Muitas outras correções, inclusive para versão Windows, foram disponibilizadas, caso queira maiores detalhes acesse a postagem de seu lançamento em sua página oficial.

Baixando o editor de vídeos OpenShot


Para ter o OpenShot em suas últimas versões, recomendo a versão disponibilizada oficialmente direto do site em AppImage, outra possibilidade é instalar sua versão em Flatpak, com atualizações automáticas.

Você pode efetuar o download do flatpak direto do Flathub, caso não saiba como configurar o Flatpak em sua distro, segue uma postagem de como proceder. Se estiver no Linux Mint, basta pesquisar na loja e instalar a versão flatpak.

flatpak-mint-install-editor-video-openshot-linux-windows-mac

Sendo uma ótima alternativa para quem está começando a editar, o OpenShot é voltado a edições simples e caseiras, caso queira algo mais “intermediário”, recomendo altamente o Kdenlive, tendo em vista que funcionalidades relativamente comuns em outros editores, estão começando a chegar no OpenShot. É dificultoso a edição de projetos mais elaborados neste editor, no entanto mesmo recebendo “atrasado” algumas funções o OpenShot está a cada dia se tornando maduro, quem sabe num futuro ele deixe esse “título” de editor básico para intermediário. 

Não é de hoje que o projeto recebe críticas por existir, muitos creem que a soma de esforços em outro projeto, como o já citado Kdenlive, seria de maior valor, justamente pelo OpenShot estar atrás de diversos editores de vídeo, comparando suas funcionalidades e recursos.

Porém não esqueçamos que a liberdade do software Livre/Open Source garante tais situações, talvez o desenvolvedor do OpenShot tenha uma visão diferente de editor de vídeo, e é natural que ele siga outro rumo, afinal quem desenvolve é ele. Sei que certamente existem pessoas que preferem o OpenShot ao invés do Kdenlive, e esse seria um público carente caso o programa deixasse de existir.

Entendo os dois lados e mesmo me posicionando mais de um do que do outro, sei que esse é um dos aspectos de ser livre.

E você utiliza o OpenShot? Que tal continuar essa discussão sobre o OpenShot em nosso fórum Diolinux Plus

Até a próxima postagem, e como sempre, compartilhe o blog Diolinux, SISTEMATICAMENTE! 😎

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Editores de vídeo no Linux, do básico ao profissional

Nenhum comentário

sexta-feira, 15 de março de 2019

Para quem está chegando no mundo Linux, algumas tarefas simples, como editar vídeo, é de suma importância. E infelizmente ainda se espalha na internet através de sites, grupos, redes sociais e afins, que o Linux não tem ferramentas para essa tarefa e se tem não são profissionais o suficiente. Então neste artigo vamos mostrar 5 editores de vídeos para Linux.

 Editores de vídeo no Linux, do básico ao profissional






Serão demonstrados editores que vão desde a edição mais simples até as mais complexas, para uso profissional. Vamos lá. Lembrando que a ordem não quer dizer “do melhor para o pior” ou qualquer coisa do tipo, fechou.  😉

1- OPENSHOT


Começamos com o OpenShot, um editor multiplataforma (Linux, Windows e macOS), editor esse com uma interface simples e com alguns efeitos já pré-configurados, além de animações 3D.




Você pode baixar o OpenShot através deste link, além de saber mais afundo das funcionalidades do mesmo.

2 - SHOTCUT


Se você está começando a editar vídeos um pouco mais “rebuscados” e precisa de um editor que vá lhe auxiliar nessa jornada de edição, o Shotcut é uma ótima pedida. Ele vem com as principais ferramentas de edição (cortar, copiar, colar, lupa, transições e etc). Além de ter um render muito poderoso, o que facilita na hora de exportar. Ele já vem com uma pré-configuração para o YouTube.



Você pode baixar o ShotCut através deste link, e para saber mais afundo das funcionalidades dele, pode acessar este outro link.

3 - KDENLIVE


Agora chegamos em um editor, que considero, uns dos mais fáceis de aprender e utilizar. Foi com ele que eu, o Diolinux, OSistematico, fastOS, Madrugueds, Canal Livre Software, Milla Gamer, Tuxter Games, Riker Linux, Arara Studio, Toca do Tux entre outros, que começaram os seus canais editando nesse versátil e poderoso editor linear de vídeo.




Com ele você consegue fazer desde edições simples até edições semi-profissionais. Sua interface é bem distribuída e você pode “configurar” ela como quiser, por exemplo adicionando painéis, reposicionando os mesmos, acrescentando trilhas e por aí vai.

E ele tem as ferramentas tradicionais de cortar, colar, copiar, arrastar, transições, efeitos e muito mais. Realmente é uma ferramenta completa e que vai lhe atender muito bem.

Você pode baixar o Kdenlive através deste link, e para saber mais afundo das funcionalidades dele, pode acessar seu manual através deste link.

Agora vamos falar de editores de vídeos profissionais, que não estão para brincadeira e que aguentam “o tranco” do trabalho na hora de editar vídeos em alta resolução e qualidade.

Nesta última parte do artigo, deixei para falar de duas ferramentas extremamente poderosas que já fizeram filmes em Hollywood e que vem se tornando alternativas de peso comparadas  ao editor da Adobe.

4 - LIGHTWORKS


O primeiro que vamos falar aqui nessa seção é o LIGHTWORKS. Já fizemos uma entrevista com os criadores da ferramenta, que você pode acessar o post através deste link. Só uma pequena lista de filmes em que o “Tubarão Vermelho” participou: O Lobo de Wall Street, Bastardos Inglórios, Kill Bill, Gangues de Nova York, Moulin Rouge, Beleza Americana, Os Infiltrados, Hugo, Pulp Fiction , The Truman Show , Shutter Island. Podemos dizer que ele tem “bala na agulha” rs. 




5- DAVINCI RESOLVE


Já o segundo, vem se tornando o “queridinho” dos produtores de conteúdo e tendo uma adoção rápida e “explosiva” dentro do meio. Estamos falando do  DaVinci Resolve.




O DaVinci veio para preencher uma lacuna nos produtores que estavam, digamos, “não contentes” com a postura da Adobe com relação ao preço cobrado e com a qualidade entregue do seu Editor de Vídeo. E foi aí que ele cresceu e vem crescendo a cada dia mais. Temos um tutorial de como instalar ele, você pode acessar aqui e também um vídeo no Diolinux, comentando o porquê de vários profissionais estarem migrando para o DaVinci. Você confere o vídeo logo abaixo.

             

E com isso fechamos essa lista de editores de vídeo para o Linux, que vai do Básico ao Profissional. Assim atendendo todas as necessidades que aparecerem.

Espero você até a próxima, um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Nova versão do OpenShot está disponível para download

Nenhum comentário

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Foi liberado para download a nova versão do editor de vĩdeo OpenShot, chegando na versão 2.4.2 e trazendo correções de bugs, melhorias no programa e 7 novos efeitos para se aplicar nos vídeos.

Nova versão do OpenShot está disponível para download






 O OpenShot é conhecido por ser um editor de vídeo bem simples de se manusear e para fazer edições básicas em vídeos podendo exportá-los para os formatos mais conhecidos do mercado, além de usar a biblioteca FFmpeg que lhe traz uma versatilidade muito boa. Ele também é multiplataforma, possuindo versões para Linux, macOS e Windows.

As novidades começam por duas funcionalidades adicionadas pela equipe:

⏺  Mixagem automática de áudio - Esse recurso fará o ajuste automático do volume do áudio. O recurso é desativado por padrão, mas você poderá ativar ele na seção " propriedade do clipe" e assim ajustando a seu gosto.

⏺  Rotação automática - Esse recurso será bem útil para quem filma, por exemplo, com o celular na vertical e assim que você adicionar o vídeo no OpenShot, ele automaticamente vai corrigir a posição dele. Isso também vale para fotos.

Outra novidade muito legal é a possibilidade de se utilizar codecs "experimentais" pelo FFmpeg e LibAV, além do codec padrão para áudio ser o AAC, o que torna a criação de vídeo mais compatível entre sistemas operacionais diferente.

Agora falando dos novos efeitos, são 7 e podem ser combinados entre si, são:

Bars -  Criação de efeito de caixa de texto cinematográfico ou limite de um vídeo vertical;

⏺  Colours Shift -  Quando aplicado, faz uma mudança no estilo anaglyph nas cores RGBA;

Crop - Aprimoramento em um trecho específico no vídeo;

Hue - Ajusta a Matriz de um vídeo ou imagem;

PIxelate - Permite "pixelar" um vídeo inteiro ou parte dele (também vale para imagens);

Shift - Cria um bloco de movimento à partir de uma imagem ou vídeo;

Wave - Aplica o efeito de distorção por ondulação nas imagens.

Cada efeito foi criado do zero para o OpenShot 2.4.2 e todos são totalmente "keyframable" e podem ser combinados entre si.

No blog do projeto eles listam as outras melhorias, que são muitas, acessando este link. Aqui listamos as mais importantes.

 Se você estiver utilizando o Ubuntu 18.04 LTS ou Linux Mint 19 é que fazer o upgrade ou instalar, temos duas possibilidades. Uma via PPA com a utilização do terminal e a outra baixando o AppImage, vamos mostrar as duas:

Para instalar via terminal, você vai precisar digitar os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:openshot.developers/ppa -y

sudo apt update

sudo apt install openshot-qt -y 

Ou se preferir, baixe o AppImage no site oficial do OpenShot através dese link
, para executar a aplicação basta dar dois cliques, observe que também é necessário marcar a opção de "execução" nas propriedades do arquivo.

Diga nos comentários o que você achou das mudanças do OpenShot, aguardo você até uma próxima oportunidade, forte abraço.
  ____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


OpenShot 2.3 é lançado com nova ferramenta Picture in Picture e mais recursos

Nenhum comentário

domingo, 2 de abril de 2017

Quem está procurando um editor de vídeos relativamente simples para usar no Linux pode encerrar as suas buscas pelo OpenShot. Apesar de simples, ele vem adicionando recursos interessantes para facilitar ainda mais e automatizar a produção de editores de vídeo caseiros, confira as novidades que a versão 2.3 traz para você.

Nova versão do OpenShot video editor




Eu acho o OpenShot perfeito para quem quer fazer edições simples, cortar um vídeo aqui, colocar uma transição ali, colocar uma música de fundo, etc. e apesar isso, ele ainda permite algumas construções mais avançadas, especialmente depois deste último lançamento.
OpenShot 2.3

Jonathan Thomas, o principal desenvolvedor do editor, liberou um vídeo onde ele explica e demonstra um pouco mais das novidades desta versão:


O grande diferencial desta nova versão parece ser mesmo a ferramenta de transformação fácil, que permite que você crie até mesmo animações de movimento de forma simples, com movimentos baseados em keyframes, porém, sem a necessidade de conhecimento avançado nesse tipo de recurso.

Outra coisa que não posso deixar de comentar é a volta da ferramenta de tesoura para cortar os clipes (razor tool), sim, o OpenShot sempre permitiu cortes, mas desde a versão 1.4.3 que o ícone de tesoura deixou de existir, obrigando a usar a tecla de atalho "Ctrl+K" para fazer os cortes, algo que para produção pode ser até eficaz, mas para o público leigo complica um pouco, aliás, o atalho continua funcionando, com a diferença de que agora só o usa quem quiser.

Existem várias outras mudanças interessantes que você pode consultar diretamente do site oficial do editor de vídeos, basta clicar aqui, tem alguns exemplos bem legais.

Instalação do Ubuntu e outros sistemas


O OpenShot possui versões para distros Linux, macOS e Windows, sendo que todos os arquivos que você precisa para instalar ele no seu computador são encontrados na página de download do projeto, incluindo até mesmo o código fonte da aplicação.

Em termos de "Linux", o OpenShot é distribuído oficialmente apenas de duas formas, através do AppImage (para qualquer distro) e através de PPA para o Ubuntu e seus derivados.

Quem já usa o PPA ppa:openshot.developers/ppa só precisa manter o sistema atualizado para ter a última versão do aplicativo. Quem não tem, basta adicionar:
sudo add-apt-repository ppa:openshot.developers/ppa
sudo apt-get update
sudo apt-get install openshot-qt
Lembrando que este PPA é somente compatível com o Ubuntu 14.04 LTS ou superiores e ainda é uma versão Beta, apesar de estar funcionando muito bem. Quem não gosta muito de usar o terminal, pode instalar sem usar o terminal usando o AppImage ou usando ferramentas gráficas.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Lançada nova versão do editor de vídeos OpenShot

Nenhum comentário

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Quem busca um editor de vídeos compacto e poderoso ao mesmo tempo, com interface intuitiva e multiplataforma, vai encontrar no OpenShot a opção perfeita. Ele é indicado para trabalhos domésticos e não tão profissionais, ainda que tenha diversas funções interessantes para quem produz trabalhos mais complexos, como integração com o Blender e Inkscape.

OpenShot 2.1




A equipe de desenvolvimento do OpenShot liberou uma nova atualização para o editor de vídeos. A versão 2.1 do OpenShot traz atualizações que corrigem bugs da versão passada e incluem o suporte para criar animações em 2D, o que pode ser muito interessante para a criação de vinhetas e outros componentes de vídeo, como "lower thirds" e outras coisas do tipo.


Aqui podemos ver um exemplo de animação feita com o OpenShot:


Para além disso, como você pôde ver no primeiro vídeo, alguns outros detalhes facilitam o worflow da edição, como chaves e interruptores deslizáveis na sessão de propriedades do arquivo, o ajuste da organização do programa entre o modo avançado e um mais simples que contenta todos o tipos de usuário também é interessante, apesar de não ser uma novidade.

Configurações de vistas do OpenShot

Download da versão mais recente do OpenShot


O OpenShot 2.1 é distribuído de duas formas, através de um PPA para o Ubuntu 14.04 LTS e superiores, e através do AppImage, que é um formato que roda em qualquer distribuição Linux. 

Para instalar via PPA no Ubuntu 14.04 ou superior basta usar estes comandos abaixo:


sudo add-apt-repository ppa:openshot.developers/ppa
sudo apt-get update
sudo apt-get install openshot-qt
Se você preferir baixar no modo AppImage, basta clicar no botão abaixo e fazer o download.

Particularmente, eu testei a versão em AppImage, e tudo funciona muito bem, mas aqui vai uma dica, o tema normalmente fica "errado", utilizando o tema que você usa no próprio sistema, para deixar a interface escura, você precisa ir até as configurações do OpenShot e mudar o tema dele manualmente.

Aproveite o programa!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




OpenShot 2.0 Beta 4 está disponível para download

Nenhum comentário

terça-feira, 29 de março de 2016

O editor de vídeo OpenShot 2.0 acaba de receber mais uma atualização em sua trajetória de desenvolvimento. Hoje saiu o quarto Beta do software com melhorias e uma nova forma de distribuição do mesmo.

OpenShot 2.0




Nós estamos acompanhando o desenvolvimento da segunda edição do OpenShot desde que ela foi anunciada. Eu particularmente tenho muito interesse neste editor de vídeos amadores que podem ser usados por pessoas com menos conhecimento no assunto.

Você pode ler um artigo onde eu comento sobre ele com um vídeo mostrando as principais novidades que chegam com a versão 2.0 clicando aqui. Neste novo Beta, o quarto, podemos destacar uma série de correções de bugs.

Um dos problemas que eu tive e que agora está parcialmente resolvido é que a interface do programa ficava toda em russo, algo que agora felizmente melhorou, apesar de muitas partes do programa ainda usarem o português de Portugal, que apesar de semelhante, possui algumas diferenças como sabemos.

Segundo o anúncio oficial o programa agora está mais estável, porém, nos meus testes ainda encontrei algumas falhas, como por exemplo um problema na hora de importar arquivos para edição com o assistente do edit, que simplesmente não funciona, apenas arrastando e soldando os arquivos nele é que eu consegui trabalhar com o OpenShot 2.0.

Acho que tirando as correções de bugs, algo que se espera de uma versão em desenvolvimento, o maior destaque ao meu ver é a forma com que o novo OpenShot está sendo distribuído. Ele possui uma versão oficial disponível via PPA para o Ubuntu e derivados, você pode aprender a instalar esta versão através deste artigo, mas ele também adotou o sistema do AppImage, um formato universal que funciona em qualquer distribuição Linux; existem também instaladores para Windows e Mac OS X.

Leitura recomendada: Entenda como funciona o AppImage

Então se você quiser testar a nova versão Beta do OpenShot poderá fazê-la visitando a página de download.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Lançado OpenShot 2.0 Beta, teste agora!

Nenhum comentário

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

O OpenShot é um editor de vídeo para Linux (futuramente Windows e Mac também) que é ideal para pequenos projetos caseiros e até alguns vídeos semi-profissionais. A versão 2 acaba de receber o seu primeiro beta em alguns anos, vamos ver o que há de novo?

Open Shot Beta

O OpenShot talvez seja a aplicação mais simples e poderosa de vídeo que temos atualmente para o Linux, podendo ser comparado ao Windows Movie Maker e ao iMovie como alternativas caseiras. A versão 2 da aplicação ainda está em desenvolvimento mas ele mudou consideravelmente deste a sua versão antiga, a 1.4.
Procurando um editor mais avançado? Conheça o Lightworks.
O venho acompanhando o desenvolvimento do OpenShot 2 desde que ele foi anunciando, na verdade venho utilizando a versão de testes há um bom tempo e observando as coisas que são modificadas atualização após atualização. Entre vários problemas e bugs bizarros ocorridos, como a mudança do idioma para o polonês, o software vai tomando forma. Se você quiser ver como instalar o OpenShot na versão em desenvolvimento consulte este artigo.

No vídeo a seguir as novas funcionalidades do programa são apresentadas pelo principal desenvolvedor do editor.


O lançamento da versão 2 em definitivo deverá ocorrer até o final de Fevereiro. Gostaria de comentar outra coisa sobre o programa, não sei se será modificado até o lançamento final, mas por algum motivo a ferramenta de cortar (tão útil!) foi retirada, ou ao mesmo está muito bem escondida... espero que isso se resolva pois cortar os clipes definindo ponto de entrada e ponto de saída pode ser útil em alguns casos mas para a maioria deles isso acaba atrasando um pouco a edição, pois do modo que existe até então eu posso fazer cortes em clipes simultaneamente.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Lançamento do OpenShot 2.0 Beta

Nenhum comentário

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Se tem alguém que está esperando ansiosamente pela nova versão do OpenShot este alguém sou eu. Eu já havia comentado sobre a versão em um post anterior onde foi mostrado tudo que estava para ser incorporado no novo lançamento.

OpenShot 2.0 Beta

Na verdade já faziam alguns anos que o OpenShot não recebia uma grande atualização, e ao que parece, infelizmente ele não tem tantos desenvolvedores, mas é um software muito interesse e promissor, se você já leu o post de anúncio desta versão deve saber quais são as novidades que estão por vir, então, agora eu vou te ensinar a instalar a versão Beta do OpenShot no seu Ubuntu ou derivado.

É bom lembrar que está é uma versão Beta, ou seja, isso quer dizer que a versão em questão ainda não foi finalizada e possivelmente contém bugs, ela é mais indicada para quem quer ajudar a corrigir os problemas que possam surgir eventualmente, o lançamento da versão final será no final de Fevereiro.

Como este software é está em fase de testes vou mostrar apenas como instalar via terminal, sem interface gráfica, desta forma apenas que já tem um pouco mais de experiência mais utilizá-lo, afinal de contas, ele pode dar algum problema no seu sistema pois um editor de vídeos costuma usar muitas bibliotecas compartilhadas. No terminal:
sudo apt-add-repository ppa:openshot.developers/libopenshot-daily
sudo apt-get update 
sudo apt-get install openshot-qt 
O nome do pacote mudou por conta da interface que agora é desenvolvida em QT, isso também permite que você tenha a versão estável e a instável do OpenShot instaladas simultaneamente, pelo menos por enquanto. Este PPA irá trazer sempre a versão mais nova do OpenShot para o seu PC, porém, isso não é necessariamente uma coisa boa, pois programas muito recentes tendem a ter mais bugs. Assim que a versão estável sair nos mostraremos ela aqui no Diolinux, ou talvez no canal. 

Para quem usa outros sistemas operacionais os desenvolvedores deixaram um pacote que permite que você compile o código fonte se assim desejar.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




OpenShot 2.0 virá com mudanças extremas e suporte para Windows e Mac OSX

Nenhum comentário

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

O blog oficial do OpenShot anunciou que um novo lançamento se aproxima e com ele vários recursos novos chegarão ao software juntamente com o suporte para Windows e Mac OSX, além claro, do Linux.

OpenShot 2.0

OpenShot 2.0: Poderoso para quem precisa e simples para todos


O OpenShot é um editor de vídeos muitíssimo simples de usar, atualmente ele só tem versão para Linux, porém, isso deve mudar em breve. Ele lembra um pouco o antigo Windows Movie Maker que vinha junto com o Windows XP (quem lembra?), porém ele tem recursos muito mais avançados que o WMM nunca sonhou em ter.

Novidades da versão 2.0


OpenShot 2 com suporte para GIFS animados

O novo OpenShot traz uma série de novidades, o suporte a Gifs animados estará presente, como você pode ser na imagem acima, além disso, novos efeitos para os vídeos estarão disponíveis, keyframes, diálogos de propriedades melhorados, melhorias de performance e do live preview também estarão presentes, tornando o programa ainda mais eficiente.

OpenShot 2.0 logo
Para mostrar como o projeto realmente irá se transformar até mesmo o logo foi alterado, as versões para Windows e para Mac OSX também chegarão em breve, o que deve popularizar ainda mais o excelente editor. Os desenvolvedores afirmaram que estão tendo alguns problemas de compatibilidade com os sistemas proprietários mas isso deve ser contornado em breve.

Outra novidade interessante é que a interface do software mudou das biblitecas GTK para o QT, o que parece ser uma tendência na maior parte dos softwares ultimamente, ou é impressão minha?


O lançamento da versão final do OpenShot 2.0


Infelizmente vamos ter que esperar um pouco ainda para poder usar esta versão do OpenShot, atualmente não existe nem sequer um repositório unstable para usar ele, há apenas a versão 1.4 que está no repositório de todas as distros, porém, pelo menos temos uma data aproximada, aparentemente o novo OpenShot sairá até o final de Fevereiro de 2016.


Você pode ler mais sobre o lançamento do OpenShot 2.0 e as novidades que acompanharão ele no blog oficial
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo