Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador opera. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador opera. Mostrar todas as postagens

Microsoft vai usar o projeto do Chromium como base para fazer o Edge

Nenhum comentário

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Em 2015 a Microsoft lançava o seu mais novo navegador para a internet, o Edge, que viria substituir ou aposentar o já “velho de guerra e combalido” Internet Explorer. Mas desde a sua estreia o novo navegador da Microsoft não vingou e nem agradou a todos. O lançamento dele foi junto com o Windows 10.

Microsoft vai usar o projeto do Chromium como base para fazer o Edge





O novo navegador da MS veio com uma nova tecnologia como engine, o EdgeHTML, que prometia renderizar as páginas da internet de forma mais rápida, além de tornar o navegador mais seguro, rápido e leve. Mas não foi isso que aconteceu, em um curto espaço de tempo ele se mostrou com muitos bugs, falhas e problemas que fizeram os usuários largarem o Edge de lado. Hoje somente 4% das pessoas usam o Edge para acessar a internet, mesmo com todo o esforço de marketing da Microsoft.




No comunicado postado nesta quarta-feira (6), em seu blog a Microsoft comenta o seu aumento na participação na comunidade de software livre (OSS) e assim se tornando um dos maiores apoiadores de projetos (OSS). E teve algumas partes que são interessantes em destacar:

“Os desenvolvedores da Web terão uma plataforma web menos fragmentada para testar seus sites, garantindo que haja menos problemas e maior satisfação para os usuários de seus sites; e como continuaremos a oferecer o entendimento orientado a serviços do Microsoft Edge de sites herdados somente do IE, Corporate IT terão compatibilidade aprimorada para aplicativos da Web antigos e novos no navegador que acompanha o Windows.”

Outro ponto interessante foi:

“Vamos passar para uma plataforma Web compativel com o Chromium para o Microsoft Edge no desktop. Nossa intenção é alinhar o Microsoft Edge com outros navegadores baseados no Chromium e tecnologias suportadas por eles. Isso fornecerá compatibilidade aprimorada para todos e criará uma forma mais simples dos desenvolvedores testarem suas aplicações para a maior parte dos browsers.  O Microsoft Edge agora será entregue e atualizado para todas as versões suportadas do Windows e com maior frequência. Também esperamos que esse trabalho nos permita levar o Microsoft Edge para outras plataformas, como o macOS.”

Para ver o comunicado completo veja o blog oficial deles.

Com isso a Microsoft dá mais um passo em adotar o open source em seu portfólio de produtos, contando com o WLinux, GitHub, Azure, abertura das 60 mil licenças entre outros. 

E com isso podemos pensar quem sabe em um dia poder usar um navegador oficial da Microsoft de forma nativa nas distros Linux, por que não né?? (lol). Visto que eles querem levar o Edge para outras plataformas.

Curioso é o fato de que praticamente todos os navegadores atualmente dividem uma base semelhante, uns mais outros menos, Chrome, Chromium, Vivaldi e Opera, Yandex e muitos outros, incluindo agora o novo projeto da Microsoft, todos tem uma base semelhante em comum, deixando o Safari e o Firefox como os “diferentões” do mercado.

O que você achou da novidade da Microsoft?

Até uma próxima e um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Nova versão do navegador Opera é lançada, faça o download

Nenhum comentário

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Dentro das vastas opções de navegadores presentes no Linux, o Opera se destaca nas listas de indicações de “qual navegador usar”, e assim “brigando” com Google Chrome e Mozilla Firefox.

 Nova versão do navegador Opera é lançada, faça o download






A primeira novidade que a versão 56 do Opera traz é a possibilidade de ver vídeos no formato “pop up” ou de forma destacada, assim não precisando usar nenhum tipo de plugin, permitindo conciliar trabalho e entretenimento sem que um atrapalhe o outro.
Opera 56 with improved video pop out with volume control

Outra novidade apresentada foi a implementação de um controle de volume no “pop up” e assim facilitando a tarefa de controlar a mídia em execução, esse mecanismo também pode ser chamado de “picture in picture” e pode ser utilizado em outros navegadores também, como o Chrome, através de extensões.



Outra mudança foi no visual do indicador de zoom, que agora é aberto em um “pop up”, permitindo ajustes mais diretos e o mesmo pode ser feito em Configurações > Básico > Aparência > Zoom da Página. 

Zoom level indicator

Além de correções de bugs pontuais e melhorias, agora para reportar algum bug ficou mais fácil, basta clicar no botão Menu > Ajuda > Reportar Erro e seguir os procedimentos na tela. Muito mais prático e rápido, assim ajudando os devs do Opera a resolver eventuais problemas

Opera 56 bug or issue reporting

Para maiores detalhes sobre a versão, você pode acessar o blog oficial do Opera.

Para baixar a nova versão do navegador, você pode acessar este link e fazer o download da versão adequada para o seu sistema  .deb e .rpm. 

Agora nós diga aí nos comentários se você já usa o Opera e se gostou das novidades. E se você ainda não usa, diga aí também se pretende usá-lo.

Até a próxima e um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Veja como instalar o navegador Opera no Ubuntu via Snap

Nenhum comentário

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Nesta quinta-feira (02/08) foi lançado a versão em snap do browser (navegador) Opera na sua versão 54.0.2952.65 com arquitetura de 64 bits.

Veja como instalar o navegador Opera no Ubuntu via Snap







No blog do Opera, onde um dos responsáveis pelo desenvolvimento do navegador  para Mac e Linux,  Arjan van Leeuwen, explicou o porquê da adoção do formato snap.

Segundo ele, a adoção do snap possibilita a instalação em praticamente qualquer distribuição Linux com suporte ao snapd, serviço esse que dá a possibilidade dos pacotes snap rodarem.

O vice-presidente da Canonical, Jamie Bennett, responsável pelas áreas de engenharia, IoT e dispositivos,  deu a seguinte declaração:

“Estamos muito felizes em receber o Opera na Snap Store e expandir ainda mais a variedade de aplicativos disponíveis para a comunidade Linux.  São aplicativos populares, como o Opera, que impulsionaram o impressionante crescimento de novos Snaps para a loja e as crescentes instalações de usuários no último ano.”


Antes de instalar esse snap, vamos relembrar como instalar o suporte a pacote Snap na sua distribuição, para isso temos um post especial aqui no blog Diolinux com o " Manual dos pacotes Snap". Lembrando que a partir do Ubuntu 16.04 LTS, Linux Mint 18.2 e Fedora 24 o snapd já está nos repositórios oficiais, só precisando instalar o daemon para funcionar.

Para instalar o daemon snapd no Ubuntu/Mint/Debian, abra o terminal e digite o seguinte comando:

sudo apt install snapd

E para instalar o daemon snapd no Fedora e derivados:

sudo dnf install snapd

Agora vamos instalar o Opera. Se você estiver usando a última versão do Ubuntu (18.04) atualizada, o Opera já deve aparecer na loja de aplicativos, mas caso não esteja aparecendo, há duas possibilidades:

A primeira é através do site snapcraft.io, onde você pode clicar na opção “Install” e aí será aberto pela loja de aplicativos.



No entanto, se você preferir, o procedimento pode ser feito usando o terminal através do seguinte comando:

sudo snap install opera

Feito isso, é só esperar o processo de instalação terminar e depois de abrir o navegador através do menu ou da dash, procurando por “Opera”.

Vale lembrar que pode haver alguma incompatibilidade com temas e integração com o sistema, além disso,também que os pacotes snaps são um pouco maiores que os “tradicionais” .deb e .rpm, pois eles já veem com todos os arquivos e libs necessárias.

A cada dia os formatos Snaps e Flatpaks vem ganhando popularidade, vide os casos do Spotify, Steam (Linux), GIMP, VLC, Discord, Kdenlive, Libre Office, Skype e entre outros.

Mas diga aí nos comentários, qual programa ou jogo você gostaria de ver empacotado nesses formatos. =)

Até uma próxima e um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Recheado de recursos, novo Opera pode ser o seu novo navegador!

Nenhum comentário

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Eu tenho uma fidelidade incrível ao Google Chrome como navegador principal há vários anos, mas nunca deixei de utilizar outras opções, como o igualmente ótimo Mozilla Firefox, para fazer algumas atividades específicas. Recentemente tivemos o lançamento de uma nova versão do Opera e eu realmente gostei do que vi.

Opera browser




O Opera recebeu uma grande reformulação nas últimas versões e ele agora está mais completo e interessante, parece ser um browser voltado para quem fica navegando o tempo todo.

Opera Linux

Uma das coisas mais interessantes que eu encontrei nele foi a "barra social" do lado esquerdo, que tem diversas utilidades, entre elas o acesso rápido ao Messenger do Facebook e ao WhatsApp. Clicando com o botão direito na barra você também consegue adicionar outros atalhos, inclusive para o Telegram. 

Isso já é muito legal, mas não para por aí não! Se você for como eu e gosta de ouvir vídeos no YouTube (isso mesmo, ouvir) enquanto navega na internet ou faz outra atividade, bom, que tal um vídeo flutuando por cima do conteúdo?

Player YouTube Opera
Que tal ler os artigos do blog Diolinux e curtir um Arctic Monkeys ao mesmo tempo? Demais, não é? :D

E olha só, você não precisa estar com o navegador em primeiro plano pro recurso funcionar, ele fica flutuando na sua área de trabalho também. 


Para ativar a função no YouTube, Dailymotion e bom... francamente não achei algum player que não funcionasse, basta acessar o conteúdo, como no YouTube, e clicar um pequeno botãozinho verde que aparece no topo do player e boom! Player flutuante. Se você fechar a pequena janela o vídeo continua sendo reproduzido na aba normalmente, não há qualquer interrupção.

Outra coisa bem legal para quem usa Notebook, Ultrabook ou qualquer coisa do tipo, é o recurso para poupar bateria que reduz a atividade do navegador e não carrega determinados recursos dos sites para poupar a carga da bateria do seu computador.

Modo economia do Opera

Outro recurso ótimo é a presença de uma VPN nativa do navegador com diferentes localizações para o usuário escolher. O serviço de VPN te mostra inclusive a quantidade de dados trafegados por ela.

VPN no Opera

Basta ativar a função de VPN nas configurações e você consegue conectar-se a uma através da barra de endereços do próprio navegador.

A interface é customizável, ele suporta vários temas e tem um loja de extensões também que não me parece tão rica quanto a do Chrome, mas que tem muita coisa bacana, então vale a pena observar quais são os complementos que você precisa.

Loja de extensões do Opera

Como contra, ao menos no Linux, a Netflix não funciona no Opera nativamente, pelo que pesquisei nos fóruns, as versões futuras pretendem melhorar isso, então se você usa o serviço é melhor manter ao menos um outro browser instalado, como o Chrome ou o Firefox.

Você pode baixar o novo Opera e fazer um test drive diretamente do site oficial do navegador, apesar de não utilizá-lo como padrão ainda, estou gostando muito da experiência.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Teste comparativo entre navegadores no Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Firefox, Google Chrome, Vivaldi, Opera; são tantas opções! Qual será que é o melhor navegador para Linux? Para ajudar você a escolher os nossos parceiros do canal Oficina do Tux fizeram um teste comparativo de desempenho entre os browsers mais populares no mundo Linux, confira:

Qual o melhor browser?




No fim das contas eu acho que sempre vai depender da sua preferência, mas existem alguns testes que podemos fazer com os navegadores para ver qual deles tem mais desempenho em algumas características, como por exemplo, a capacidade de processar conteúdo em HTML5, tempo para abrir as páginas e também a velocidade ao navegar por elas. Confira o teste:


Qual é o seu browser favorito?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Você é usuário do Opera? As suas senhas podem ter sido roubadas

Nenhum comentário

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Os desenvolvedores do Opera Browser anunciaram que detectaram vestígios de um ataque em seus servidores que podem ter comprometido a função de sincronização do navegador, OperaSync, desta forma os usuários podem ter sido expostos e recomendação é mudar as senhas.

Opera Browser




Segundos os desenvolvedores, o ataque foi bloqueado rapidamente, porém, usuários do OperaSync, o recurso do navegador que permite sincronizar dados entre dispositivos, assim como o Sync do Firefox e do Chrome, podem ter tido seus dados comprometidos. Quando um usuário sincroniza seus dados, normalmente acaba levando seu histórico de navegação e senhas salvas em sites, além de favoritos e configurações personalizadas do navegador.

Não há grande motivos para pânico, segundo a companhia, mas a recomendação é que se você usa o OperSync, altere a sua senha, e aqui sempre cabe aquelas dicas básicas de segurança em senhas:

- Use uma senha longa, no mínimo 8 caracteres.
- Use caracteres especiais.
- Use números.
- Use letras maiúsculas e minusculas.

É sempre muito bom tomar estes cuidados, independente de onde você vá utilizar as senhas. Para saber mais sobre a invasão consulte o blog do Opera.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Novo Opera 26 disponivel para Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Uma nova versão do Browser está disponível para o Pinguim, confira mais detalhes na matéria logo abaixo:

Opera 26 para Ubuntu

Baixe agora a nova versão do Opera para Linux


Acaba de sair uma nova versão do navegador de internet Opera para Linux, a versão 26 segundo os desenvolvedores foca na velocidade do navegador além de aceitar as extensões do Google Chrome por padrão, redesenho em ícones e em alguns detalhes da aparência como o "SpeedDeal" receberam upgrades.


Baixe a nova versão do Opera neste endereço, aproveite e compartilhe este post com os seus amigos, é só clicar em um dos botões logo aqui em baixo, até a próxima!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Opera lança versão atualizada de seu navegador para Linux

2 comentários

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Opera pula da versão 12 para 24 no Linux


O Opera Browser é mais uma opção de navegador para os usuários de Linux e agora ele vem cheio de alterações em sua nova versão para o sistema do Pinguim. 

Nova versão do Opera para Linux

Fazia praticamente um ano que o navegador Opera não era atualizado no Linux, e bem, na verdade o que temos agora é a versão em desenvolvimento do mesmo, que da versão 12.16 passa para a versão 24.

Essa nova versão traz como base do navegador o Chromium, também usado como base no Google Chrome e possivelmente contenha alguns bugs , o navegador é muito rápido e o "Opera Developer" como é chamada essa versão tem um ícone azul.

Você pode baixar a versão 24 do Opera por este link, na instalação será perguntado se você deseja receber atualizações do Opera, deixe esta opção marcada para receber as atualizações do navegador até que ele chegue em sua versão estável.

Se você quiser baixar a versão atual 12.16 clique neste link.

Como instalar a versão mais nova do Opera no Ubuntu 12.10

2 comentários

segunda-feira, 19 de novembro de 2012


Instale o Opera no Ubuntu 12.10

O novo navegar Opera vem mais rápido e bonito, no mundo dos desktops ele não governa, mas mesmo assim se mostra uma boa opção para quem não curte o Chrome e o Firefox.

Ubuntu-Opera

Apesar de não ser tão popular no mundo desktop, o Opera é muito usando nos dispositivos móveis como o Android e o iPhone.

Sem perder mais tempo, vamos instalar no Ubuntu 12.10




wget http://mirror.olnevhost.net/pub/opera/linux/1210b1/opera_12.10.1615_i386.deb
sudo dpkg -i opera_12.10*

Cole os comandos acima no terminal sequencialmente apertando ENTER após cada linha, digite sua senha quando for solicitado, a senha não vai aparecer no terminal por questão de segurança, não se assuste, isso é normal, espere a conclusão da instalação, abra-o pelo menu e desfrute do navegador mais vermelho da internet.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo