Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador playstation. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador playstation. Mostrar todas as postagens

Instale o emulador de Playstation 2, PCSX2 via Flatpak

Nenhum comentário

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Muitos questionam-se o porquê, de abordarmos tutoriais com os novos formatos de empacotamento, contudo a praticidade e simplicidade de tais opções é algo que auxilia o usuário leigo e, ao mesmo tempo facilita a distribuição do software para as demais distros. Hoje falarei sobre como utilizar, configurar e instalar o PCSX2 em Flatpak.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Produzido pela Sony Interactive Entertainment, o PS2 ou Play 2 para os mais íntimos, foi um console que fez muito sucesso aqui no Brasil. O curioso do Playstation 2 é seu sistema operacional, que nada mais é que uma distribuição Linux.

Seu catálogo de jogos foi surreal, foram lançados por volta de mais de 4.000 jogos oficialmente. Particularmente tenho boas lembranças do PS2, na época da sua chegada em terras tupiniquins, era bem difícil consegui-lo por um preço acessível, depois de um tempo o console tornou-se muito popular.

Para animar e, relembrar suas jogatinas (no meu caso, muitas horas de God of War, entre outros games durante a adolescência) irei falar sobre o emulador PCSX2.

Instalando o emulador de Playstation 2 PCSX2


O emulador pode ser instalado de várias formas diferentes, seja diretamente dos repositórios oficiais, PPA’s ou quaisquer maneiras disponíveis. Até pouco tempo utilizava a versão do próprio repositório do Ubuntu, porém após testar a versão em Flatpak notei um ganho de performance e, os bugs que ocorriam em meu uso não existem mais. Se existe um tipo de software que prezo por estar em suas últimas versões, são os emuladores. Quem joga frequentemente e utiliza tais aplicações, sabe que a cada lançamento há uma melhora considerável no desempenho dos jogos.

Usar apps em Flatpak pode ocasionar certos incômodos, mas em meu SSD de 120 GB não tive problemas de espaço, e receber sempre novas versões sem me preocupar em compilações ou procurar por novos lançamentos do software é muito cômodo. Caso utilize o Linux Mint, basta pesquisar na loja por: “PCSX2”, escolher a versão em Flatpak e instalar. Já para usuários do Ubuntu, alguns passos são necessários, isso se o Flatpak não estiver configurado em seu sistema.

Acesse esse passo-a-passo que fizemos demonstrando como habilitar o Flapak no Ubuntu, inclusive possibilitando a instalação dos programas pela loja, sem precisar recorrer ao terminal. Depois pesquise pelo emulador: “PCSX2” e aguarde a instalação.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Usuários de outras distros, podem configurar o Flatpak em seus sistemas por este link. Já o guia oficial do Flatpak, além de demonstrar a configuração, ensina como adicionar o repositório Flathub. Se preferir fazer tudo via terminal, eis os comandos logo abaixo.

Adicionando o repositório Flathub:

flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Instalando o PCSX2 Flatpak:

flatpak install flathub net.pcsx2.PCSX2

A remoção pode ser desta maneira:

flatpak remove net.pcsx2.PCSX2

Um passo extra que gostaria de demonstrar, é para usuários que tenham as roms em outra partição, um hd de backup, por exemplo. Tenho algumas ISOs que ripei na época que ainda tinha meu console, deixando elas em um hd secundário. Para que o PCSX2 em Flatpak leia outras partições, você terá que dar as permissões de leitura e escrita ao programa. Não se preocupe o processo é muito simples, basta executar o comando logo abaixo:

sudo flatpak override --filesystem=/media net.pcsx2.PCSX2

No exemplo acima, dei permissão de acesso a todas as partições contidas em “media”, entretanto normalmente as partições são montadas em “/run/media” ou “mnt”. Por costume uso o diretório media, mas você pode substituir essa parte do comando por qualquer outro onde seus dispositivos são montados.

OBS.: Na documentação do PCSX2 é informado que a "rum/media" é acessada por padrão, então possivelmente não será nescessário dar essa permissão. Caso necessite, já sabe como proceder.

Configurando o emulador de Playstation 2 PCSX2


Assim como alguns emuladores de consoles necessitam das BIOS dos aparelhos, em que planejam emular, o PCSX2 não é diferente. Sem este arquivo de BIOS o emulador não irá executar os jogos. Em seu site oficial, existem informações de como fazer um dumper da BIOS do seu console. Acesse o link e saiba mais.

Por motivos óbvios não estarei disponibilizando o arquivo junto a essa postagem, mas saiba que os jogos funcionarão conforme a BIOS e região. Simplificando, se a BIOS for americana, apenas jogos americanos funcionarão por conta da trava de região imposta pela Sony.

A versão traduzida do Guia oficial de configuração também pode ser acessada por esse link. A seguir irei demonstrar o que precisei configurar na versão em Flatpak.

Existem muitos ajustes que você pode fazer no emulador, alguns poderão aumentar o desempenho dos jogos e outros a qualidade gráfica. A principal é configurar os arquivos de BIOS no software, para isso abra o emulador vá em “Configuração” >> “Seleção de plugin-in/BIOS”.

Essa seção, podemos assim dizer, é a principal do emulador. Na categoria “Plug-ins” você encontrará vários plugins que são utilizados para o bom funcionamento do PCSX2.

Se por algum motivo seu joystick não estiver funcionando corretamente, mude a configuração localizada em “PAD”, de “libonepad-legacy” para “libonepad”. É bem comum que controles genéricos sejam mal identificados, se isso ocorrer você já sabe aonde ir.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console-joystick

Na categoria “BIOS”, você encontrará um botão para selecionar a pasta onde estão os arquivos da BIOS em seu computador. Nela também existirá a possibilidade de selecionar a BIOS, como mencionei, conforme o jogo e sua região uma BIOS diferente pode ser exigida. Selecione o local dos arquivos e depois marque a BIOS desejada, não se esqueça de sempre pressionar o botão “Aplicar”, após cada mudança.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Em “Pastas” estão localizados os caminhos de algumas configurações do emulador, aliás os “memory cards” por padrão ficam na home de seu usuário em um diretório oculto sendo “.var/app/net.pcsx2.PCSX2/config/PCSX2/memcards”. Eles funcionarão de forma semelhante aos saudosos memory cards, e você pode criar vários. 

Se preferir, pode adicionar as BIOS na pasta de mesmo nome, ao invés de outra, contudo creio que é mais prático manter em um mesmo local, indiferente da instalação ou sistema.

Com essas configurações iniciais já seria possível executar seus jogos, o emulador até consegue de forma eficiente identificar os joysticks automaticamente. Todavia, se quiser configurar manualmente, ou certificar que tudo está certo em “Configurações” >> “Comandos (PAD)” >> “Configurações do plug-in” poderá acessar os joysticks.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console-joystick

Ainda nessa tela de configuração, indo em “Gamepad Configuration”, poderá observar que o emulador identificou meu joystick de Xbox 360. Claro que cada botão poderá ser setado isoladamente, basta clicar em “Set All Buttons”. Não se esqueça de clicar em “Apply/Aplicar”.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console-joystick

Enfim, para executar os jogos vá em “Sistema”, depois “Carregar (ISO)”. Selecionar o seu game e pronto! No entanto, ainda podemos configurar mais coisas no emulador.

Ajustes finos no PCSX2


Para executar os jogos só é obrigatório adicionar o arquivo da BIOS, ter o jogo, um teclado ou joystick. E para aumentar a resolução de um jogo, ou quem sabe melhorar a performance? Essa parte do tutorial lhe mostrará algumas dessas opções.

Ao acessar “Configurações” >> “Configurações de emulação”, mais opções estarão disponíveis. A princípio você não conseguirá modificar nada, desmarque “Predefinição” (fica localizado na parte de baixo) e poderá customizar. Se fizer algo de errado, não se preocupe, cada aba contém um botão chamado “Restaurar como padrão”.

Basicamente faço o seguinte, na aba “EE/IOP”, marco “Nenhum” em “Modo clamping”.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Em “VUs”, marco a mesma opção.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Já em “GS” opções, como limitar os fps, usar o MTGS sincronizado e desativar os saltos de quadros podem ser modificados. A não ser que seu computador esteja com dificuldades para executar os games e com baixíssimos fps (tipo uns 10 - 20 fps), não aconselho a marcar a opção “Desativar a limitação de quadros”.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Se quiser mudar o comportamento da janela em que o emulador inicia seu jogo, basta mudar a proporção de tela, tamanho, se a mesma vai maximizar ou não com o duplo clique do mouse, etc. Uso a tela panorâmica (16:9), mas fica ao seu gosto.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Hacks de velocidade” pode dar um boost na performance do jogo em seu computador, se possui um processador com vários núcleos, recomendo ativar “MTVU (Multi-Threaded microVU1)” para fazer uso de mais de um núcleo de processamento. “Taxa de ciclo do EE” e “EE Cycle Skipping”, sempre funcionam melhor em zero. Mesmo com alguns dizendo para usar no máximo, nunca senti melhoras. Pelo contrário, o jogo ficava mais bugado.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

A última opção, “Correções de jogos”, só deve ser habilitada em casos que um determinado jogo listado não esteja funcionando ou apresentado os bugs relatados. Não esqueça de aplicar as mudanças.

Donos de computadores mais parrudos podem se dar o luxo de aumentarem a resolução nativa, modificar as texturas, adicionar anti-aliasing, filtros isotrópicos entre outros ajustes. Para isso vá em “Configuração” >> “Vídeos (GS)” >> “Configurações do plug-in”.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Sinta-se a vontade para efetuar seus testes, habilitar os filtros, aumentar a resolução e muito mais. Mas saiba que quanto mais você modifica, mais poderá ser exigido do hardware. Donos de GPUs  dedicadas (e APUs) podem averiguar se a opção “OpenGL (Hardware)” está selecionada em “Render”. O resto é a gosto do freguês. 

Memory Cards


Lembra-se que citei a localização dos “Memory Cards Virtuais”, pois bem, acessando “Configuração” >> “Cartões de memória”, você poderá gerenciar esses memory cards e consecutivamente os saves de seus jogos. Será possível duplicar, remover, criar e muito mais. Não é difícil encontrar alguns desses arquivos na internet para download. Por exemplo, meu irmão baixou recentemente o save do Dragon Ball Tenkaichi 3 com tudo desbloqueado. Relembrando horas e horas que jogamos esse game no PS2.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Você pode fazer o backup de seus cartões de memória e ou adicionar novos na pasta padrão, que fica localizada em sua home e depois num diretório oculto “/.var/app/net.pcsx2.PCSX2/config/PCSX2/memcards”. Não se esqueça que você só conseguirá ver tais diretórios se torná-los visíveis. No meu caso que uso o Ubuntu e Nautilus o atalho é “CTRL +H”. Assim conforme muitas opções do emulador, o local desses arquivos podem ser modificados.

Considerações finais


Fiquei surpreso com o PCSX2 Flatpak, pois não foi preciso configurar nada além dos arquivos de BIOS. Para ser sincero na versão do PCSX2 contida no repositório, eu sempre customizava vários parâmetros e mesmo assim não tinha a performance equiparável ao meu atual hardware. Daí a importância de se obter versões atualizadas dos emuladores. Agora, por default os jogos rodam como o esperado, e na realidade até me surpreendi com a performance. 

Irei demonstrar apenas alguns bugs que sofro ao utilizar a versão do repositório oficial, no exemplo você poderá observar erros gráficos contidos no jogo Yu-Gi-Oh! Capsule Monster Coliseum.

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

Perceba que é possível ver os sprites das bocas dos personagens, além de linhas verdes que aparecem em locais da caixa de diálogo.

Na tela seguinte, durante a seleção dos monstros de duelo, linhas roxas estão presentes, somadas as verdes. 

emulador-sony-playstation-ps2-play2-linux-ubuntu-mint-debian-deepin-fedora-flathub-flatpak-jogo-game-console

A performance também ficou superior com a nova versão em Flatpak, se antes em alguns momentos o jogo engasgava (com a resolução nativa do Play 2), agora posso aumentar a resolução tranquilamente para 1080p sem problema algum.

Outro teste que efetuei, em outra máquina mais modesta, foi justamente em relação ao desempenho. O mesmo jogo que citei anteriormente, Dragon Ball Tenkaichi 3, ao menos saia de uma tela preta na versão contida no repositório do Ubuntu 18.04 LTS. Agora ele inicia e é jogável, na resolução nativa ficando com 58 fps e em 720p caindo para 45 fps. Entretanto, outros jogos foram executados a 60fps e em 720p (essa máquina era uma APU da AMD, A10 7890K).

Finalizando, o PCSX2 em Flatpak me surpreendeu positivamente. Agora posso jogar games que fizeram parte de minha infância e gastar mais horas e horas no Yu-Gi-Oh! Capsule Monster Coliseum (agora sem nenhum bug e em full hd 😁️😁️😁️).

Faça parte de nosso fórum Diolinux Plus, e boa jogatina, SISTEMATICAMENTE! 😎


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Chineses instalam Linux no PS4 para jogar Super Mario

Nenhum comentário

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Quando os geeks estão com tempo livre tem muita coisa curiosa que pode acontecer. Dois amigos chineses resolveram mostrar um exploit para a Sony que existe no PS4 que permitiu que eles instalassem o Linux no console e ainda jogassem um dos clássicos do vídeo game.

PS4 com Linux




Eu até me pergunto se não seria melhor utilizar o PS4 como um PS4 mesmo, mas de qualquer forma, se é possível fazer isso e alguém quer, por que não?


O projeto foi apresentado na GeekPwn, em Xangai e simplesmente mostra o quanto o Linux pode ser maleável. O PS4 recebeu recentemente uma atualização que corrigiu a falha que permitia a instalação do Linux da forma com que os jovens chineses fizeram, entretanto o PS4 PRO ainda a possui e poderá ser explorada também, claro, até que a Sony corrija também, ou até que os garotos encontrem outra forma de fazer a mesma coisa.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Hackers conseguiram instalar Linux no PlayStation 4

Nenhum comentário

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Parece que o console da Sony não é mais invulnerável, um grupo hacker chamado fail0verflow revelou que conseguiu desbloquear o aparelho e mais do que isso, instalar uma distribuição Linux modificada nele.

PS4 Desbloqueado

Os hackers do fail0verflow são conhecidos por terem conseguido hackear o  PS3, o Nintendo Wii e o Wii U também, a vítima da vez foi a versão mais recente do console da Sony, o PlayStation 4. O desbloqueio de console preocupa sempre as suas fabricantes por conta da pirataria de jogos que acaba acontecendo, o que faz com que as suas receitas caiam.


O grupo precisou fazer modificações da versão 4 do Kernel para fazer com que o sistema rodasse no console, segundo as informações, foram mais de 7 mil alterações para compatibilizar o mesmo, supõe-se que eles tenham usado o Gentoo para isso.

Os Hackers deixaram o código da distro Linux modificada no GitHub para quem quiser se arriscar e fazer no seu console, porém, eles não deixaram maiores informações sobre "como fazer", alegando que a segurança do PS4 é tão vulnerável que qualquer um consegue.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Silent Hill no canal do Diolinux

Nenhum comentário

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Vamos passar um pouco de medo juntos!

Olá pessoal, estou aqui para notificar você, caso tenha perdido o nosso vídeo com o gameplay do super clássico  Silent Hill 1, oriundo do nostálgico PS1 jogado com o PCSX emulator.

Welcome to Silent Hill

Quanto mais eu leio sobre o assunto mais fico impressionado pela história e enredo muito bem elaborados em com pouquíssimas/nenhuma falha.
Silent Hill é dos maiores clássicos do terror e se tornou até mesmo filme e por incrível que pareça é uma exceção à regra de games adaptados para o cinema não ficam bons.

Logo mais abaixo você pode assistir o primeiro gameplay que foi um pouco mais comprido justamente para vocês conhecerem melhor o game e a história, quem é jovem vai conhecer e quem é mais velho vai recordar.

No primeiro vídeo o game apresentou um bug gráfico como eu mesmo comentei durante o gameplay mas graças a dica do inscrito Isaac Lemos da Silva este bug foi embora e os próximos vídeo terão uma qualidade mais alta.

Pretendo lançar pelo menos um vídeo por semana e conto com a ajuda de vocês para passarmos juntos por essa aventura, lembrando que o game está dublado e legendado em português do Brasil, o que torna a história ainda mais envolvente.

Fique com o vídeo:





Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Instalando o Emulador de PSP ( PPSSPP) no Ubuntu

Nenhum comentário

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Veja como jogar Play Station Portable no Ubuntu

Eu sei, uns podem dizer que o Diolinux está falando muito de jogos ultimamente, mas a verdade é que isso é divertido e "tem jogo para Linux fugindo pelo ladrão" ultimamente.

Emulador de PSP no Ubuntu


Desta vez a dica é o PPSSPP, um emulador de Play Station Portable que permite que você jogue os games da plataforma popular da Sony sem sair do seu Linux.

Emulador de PSP no Ubuntu

Instalação

Para instalar no Ubuntu vamos nos utilizar um PPA, abra o terminal e cole esse bloco de comandos abaixo:
sudo add-apt-repository ppa:ppsspp/stable -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install ppsspp-qt -y && sudo apt-get install ppsspp-sdl -y
Caso você use a Ubuntu 12.04 ou Mint 13 use este repositório.
sudo add-apt-repository ppa:noobslab/apps
sudo apt-get update
sudo apt-get install ppsspp

Agora é só se divertir, se você curte emuladores de video game não deixe de conferir estes outros:


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Rockstar Games divulga gameplay de GTA 5

Nenhum comentário

terça-feira, 9 de julho de 2013

Grand Theft Auto V tem gameplay revelado no canal da Rockstar no YouTube

O Canal da RockstargamesBR no YouTube Liberou um vídeo explicando como será o próximo e tão esperado game da franquia milionária GTA.
O game deverá sair no dia 17 de Setembro e a empresa já está aceitando encomendas de pré-vendas, o game vem para ser o sucessor oficial de GTA San Andreas no coração do gamers, visto que GTA IV não agradou tanto quando a Rockstar esperava.

gta-5-download


No novo GTA a empresa procurou elevar o nível de realidade do mundo a padrões nada vistos até hoje no mundo dos games, o game com maior mapa já feito na história representando a Califórnia atual em alguns aspectos com possibilidades de interagir com pessoas e coisas e até mesmo animais.
Tudo foi projetado nos mínimos detalhes para que cada momento do game seja o melhor possível, quando você estiver usando armas terá recursos parecidos de games como Counter Strike GO, especialmente o menu de seleção de armas, será possível comprar carros valiosos e claro, roubá-los também e depois tuná-los nos mínimos detalhes a lá Need For Speed Underground 2; existem várias ocasiões onde é possível praticar esportes e então o game se torna excelente para esta prática também, somadas todas essas qualidades ao gráfico incrível que vem por aí.
Veja o video abaixo publicado pela Rockstar e narrado em português que mostra todas as características do game que agora tem 3 personagens principais:

Gameplay GTA 5 





Segundo a prévia o Game só está previsto para PS3 e Xbox 360, mas com novos consoles chegando como o PS4 e o Xbox One a coisa deve mudar um pouco.
Possivelmente o game será lançado depois de um certo tempo para PC, como é de praxe  e isso me faz lembrar de uma petição que há na internet para trazer a RockStar para Linux, você pode assinar ela aqui.
Não poderia deixar passar em branco uma revolução no mundo dos games que é o que promete ser o GTA V, e aí o que você achou do novo GTA?

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Crash Team Racing (CTR) no seu PC | Review + Download

Nenhum comentário

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Dispensa apresentação!

Um jogo que fez parte da vida de muitos vocês, e deixou saudade, mas estamos aqui para relembrar desse clássico.


1 - Você vai precisar de um emulador, se ainda não tem aprenda a instalar nesse link.
2 - Faça o download da rom nesse link ou procure a rom pelo seu id [SCUS-94426].
3 - Seja feliz e jogue com moderação. (Risco sério de vicio)




Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Emulador de PS1 para seu Ubuntu e Mac

Nenhum comentário

terça-feira, 9 de abril de 2013

SENTE FALTA DE MUITOS JOGOS DO SEU PLAYSTATION 1?

A algum tempo atrás senti muita falta de jogos com Crash Team Racing, Tomb Raider 3 - Adventures of Lara Croft, Driver 2, Tony Hawk 3 e por ai a fora, a lista de jogos que me fizeram perder muito tempo, de gráficos não tão extraordinários, mas de jogabilidade impressionante, alguns jogos definitivamente entraram pra história dos games.

E como desfrutar de tais maravilhas?


UBUNTU:

Terminal
elian@Saruman:~$   sudo apt-get install pcsxr

MAC OS X:

Download: http://goo.gl/YycQe


Depois de instalado, apenas configure o controle conforme sua preferencia, para fazer download das roms eu costumo usar esse link.

DIVIRTA-SE COM MODERAÇÃO

Para aprender a configurar e jogar o PS2 clique aqui.





Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Instalando o PCSX2 no Ubuntu com Bios

2 comentários

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Jogue os seus games favoritos de Play Station 2 sem sair no Ubuntu

Nada melhor do que relaxar jogando um bom jogo de Play Station, e existem muitos, de qualidades diferentes, o Play Station 2 foi o console que obteve mais sucesso na história e é o que tem mais títulos para se jogar, são mais de 70.000!

Emulador de Play Station 2 no Ubuntu

PCX2 no Ubuntu

O PCX2 é o melhor emulador de Play Station 2 que existe, vamos aprender a instalar no Ubuntu juntamente com a BIOS que é uma parte muito importante que é deixada de fora na maioria dos tutoriais.

Como baixar a BIOS do PCX2

Abra o seu terminal e cole os seguintes comandos:


sudo apt-get install p7zip p7zip-full
wget -O bios.7z http://goo.gl/ZcLjd
mkdir ~/.config/pcsx2
7z x bios.7z -o.config/pcsx2/bios && rm bios.7z
Para você entender o que foi feito acima, instalados um gerenciador de arquivos compactados chamado 7zip, baixamos a BIOS, criamos uma pasta na sua home oculta para armazenar os arquivos e extraímos o conteúdo da BIOS para a referida pasta.

Instalando o Emular de Play Station 2 no Ubuntu 12.10 ou superior

Adicionaremos um tradicional PPA, pelo terminal:

sudo add-apt-repository ppa:noobslab/pcsx2
sudo apt-get update
sudo apt-get install pcsx2

Instalando o Emulador no Ubuntu 12.04 e Linux Mint 13


sudo add-apt-repository ppa:micove/console
sudo apt-get update
sudo apt-get install pcsx2
Dessa forma a Bios já estará no seu devido lugar, bastando você escolher qual delas quer usar quando iniciar o emulador pela primeira vez.

É importante ressaltar que nesse tipo de emulação quanto "mais máquina" você tiver melhor, esses emuladores usam exclusivamente o processador do seu computador, por tanto não adianta ter uma grande placa de vídeo pois ela não fará diferença nesse caso.

Até a próxima.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 

Xbox 720 e PS4 serão lançados em 2013, diz executivo

Nenhum comentário

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

PS4 e Xbox 720
próximo ano deve marcar o lançamento de dois consoles revolucionários no mercado de games. Em entrevista à Bloomberg TV, o presidente da EA Labels, Frank Gibeau, disse que PlayStation 4 e um novo Xbox serão apresentados em 2013.  

Ao comentar sobre o período fraco que a indústria atravessa, Gibeau deixou escapar que "o novo hardware vai sair em cerca de um ano". Ele fez o comentário para explicar que a desaceleração é normal nesse período. "Então há uma virada de mesa, uma nova mudança nos games está vindo, com novas tecnologias, novos hardwares, e um novo período de crescimento."

Ele ainda disse não saber como serão chamados os consoles de Sony e Microsoft, e que não poderia comentar sobre os produtos, apesar de já tê-los visto pessoalmente. Não ha indícios de preços para a venda dos consoles.


Fonte

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

25 anos de Street Fighter

Nenhum comentário

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Após mais de 60 títulos para diversos consoles de videogame e mais de 25 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, a série de jogos de luta "Street Fighter" completou 25 anos.

O primeiro jogo da série da produtora japonesa Capcom foi lançado em 30 de agosto de 1987 para os fliperamas. No título, lutadores conhecidos até hoje pelos fãs, Ryu e Ken, fizeram a sua estreia como personagens jogáveis. Entre os inimigos, Sagat, o grande rival de Ryu, era o chefe final do game.
Brasil em 'Street Fighter'
Blanka (Foto: Reprodução)Blanka (Foto: Reprodução)
Blanka
Sobrevivente de uma queda de avião, ele viveu na Amazônia, onde se transformou em um monstro verde.
Sean (Foto: Reprodução)Sean (Foto: Reprodução)
SeanImpressionado pelas lutas de Ken, o menino brasileiro se torna seu discípulo que quer vencer as batalhas sem aparentar medo.
Oro (Foto: Reprodução)Oro (Foto: Reprodução)
OroO eremita de 140 anos é japonês, mas vive em uma caverna na Amazônia, onde aprendeu habilidades extraordinárias.
Nos arcades, os jogadores podiam usar um joystick para controlar o lutador e dois botões para socos e chutes. A força dos golpes - fraco, médio e forte - era medida pela força com que os jogadores pressionavam estes botões.

Como o sistema não funcionou, uma vez que os gamers sempre pressionavam os botões com muita força, a Capcom optou por usar uma configuração de seis botões para os golpes, que é usada até hoje.

Golpes famosos que Ryu e Ken aplicam contra seus inimigos também apareceram pela primeira vez há 25 anos.

O Hadouken, uma bola de energia azul que causa danos à barra de vida do adversário; o Shoryuken, um poderoso gancho aplicado com um salto; e o Tatsumaki Senpukyaku, um chute giratório em que o personagem voa pelo cenário, podiam ser utilizados nas batalhas.

Popularização
Foi com "Street Fighter II", lançado em 1991 para os fliperamas e 1992 para os videogames da época, contudo, que a franquia se popularizou.

O jogo trazia de volta Ryu, Ken, Sagat e Balrog (o boxeador era chamado de Mike no primeiro título), e mais os lutadores E.Honda, Chun-li, Dhalsim, Guile, Zangief e o brasileiro Blanka para serem escolhidos nos confrontos. M.Bison era o chefe com Vega, Balrog e Sagat como subchefes.

'Street Fighter II' brasileiro
Capa do game para o Master System (Foto: Reprodução)
Apenas para o Brasil, a Tectoy, que detém os direitos de venda do Master System, da Sega, até hoje, criou uma versão de "Street Fighter II" para o antigo videogame de 8-bits. Lançado em 1997, o jogo trazia um esquema de jogo mais simples, voltado para o controle com apenas dois botões de ação do videogame, e vinha com 8 lutadores. (Assista ao vídeo do game)
O sucesso do game fez com que, apenas para o Super Nintendo, console 16-bits da criadora de "Super Mario", 6,3 milhões de cópias fossem vendidas em todo o mundo. Para se ter uma ideia do tamanho do sucesso, "Street Fighter IV", a versão mais recente da série, vendeu 2,04 milhões de cópias no PlayStation 3 e 1,64 milhão para o Xbox 360.
No game, o jogador viajava para diversos lugares do mundo, inclusive na Floresta Amazônica, no Brasil, para enfrentar lutadores de diferentes habilidades. Todos eles possuíam golpes especiais que podiam ser usados ao realizar uma combinação de comandos no joystick e nos botões de ação.
A Capcom ainda lançou versões diferentes do jogo: "Super Street Figher II" trazia novos personagens (Cammy, Dee Jay, T. Hawk, Fei Long e Akuma) e cenários; "Street Fighter II Turbo" trouxe novos golpes e cores de roupas dos personagens, além de partidas com maior velocidade; e "Super Street Fighter II Turbo", com partidas mais velozes, menos bugs e o personagem secreto Akuma. Ele só podia ser enfrentado caso o jogador conseguisse vencer todas as lutas sem perder nenhum round.
Após o sucesso de "Street Fighter II", a Capcom lançou "Street Fighter III: New Generation" nos fliperamas em 1997. O game não trouxe os lutadores conhecidos do game anterior, o que, aliado a um esquema de jogo totalmente diferente, fez com que o título não fizesse tanto sucesso. 
Apenas nas duas versões seguintes, "Street Fighter III: Double Impact" e "Street Fighter III: Third Strike", a Capcom colocou Chun-Li e Akuma de volta.
Imagem divulgada pela Capcom para comemorar os 25 anos da série 'Street Fighter' (Foto: Divulgação/Capcom)Imagem divulgada pela Capcom para comemorar os 25 anos da série 'Street Fighter' (Foto: Divulgação/Capcom)
A versão mais recente da franquia, "Street Fighter IV" foi lançada em 2008 para fliperamas, PlayStation 3, PC e Xbox 360 e traz gráficos 3D com esquema de jogo em 2D, padrão que foi adotado por outros jogos de luta. A versão com mais personagens, "Super Street Fighter IV" foi lançada em 2010. Outro diferencial do game é a possibilidade de confrontar outros jogadores em partidas on-line.
A Capcom ainda não anunciou se há planos para o lançamento de "Street Fighter V" ou outro título da série.
Uma edição especial comemorativa dos 25 anos da série será lançada nos Estados Unidos no dia 18 de setembro. O pacote, chamado de "Street Fighter 25th Anniversary Collector's Set" custará US$ 150.
Edição de colecionador comemora os 25 anos da franquia 'Street Fighter' (Foto: Divulgação)Edição de colecionador comemora os 25 anos da franquia 'Street Fighter' (Foto: Divulgação)
A caixa traz 15 discos com os games "Super Street Fighter 2 Turbo HD Remix", "Street Fighter III Third Strike Online Edition", "Super Street Fighter IV Arcade Edition" e "Street Fighter X Tekken". Além dos jogos, há um documentário, dois filmes de animação, a série animada completa da franquia e 11 discos com a trilha sonora da série. Haverá uma estatueta do lutador Ryu, a faixa do personagem e um livro com artes.
O filme de 'Street Fighter' foi um fracasso para a crítica, mas faturou quase US$ 100 milhões em todo o mundo (Foto: Divulgação)
O filme de 'Street Fighter' foi um fracasso para a
crítica, mas faturou quase US$ 100 milhões em todo
o mundo (Foto: Divulgação)
Filmes e animações
O sucesso da franquia levou "Street Fighter" para os cinemas e 1994. O filme que levou o mesmo nome do game trazia Jean-Claude Van Damme como o lutador Guile e Raúl Juliá como M.Bison.

Embora trouxesse quase todos os personagens da série, o filme não foi bem recebido pela crítica, que alegou baixa qualidade da produção e poucas cenas de ação. Mesmo assim, o filme arrecadou US$ 3,1 milhões em sua estreia e um total de US$ 99 milhões em todo o mundo.
Em 2009, uma nova tentativa de levar a franquia de luta para os cinemas não deu muito certo. "Street Fighter: The Legend of Chun-Li" focava na lutadora chinesa, interpretada por Kristin Kreuk (a Lana Lang de "Smallville"), mostrando a vida da personagem. No site "Rotten Tomatos", a produção ficou em 44º lugar entre os 100 piores filmes da década de 2000.
"Street Fighter" também teve desenhos animados. Em 1994, "Street Fighter II: The Animated Movie" foi lançado no Japão, recebendo uma versão para os Estados Unidos em 1996.
Uma série animada "Street Fighter II V" foi lançada em 1995 no Japão e filme para a TV, Street Fighter Alpha: The Movie" chegou em 1999. Em 2009, "Street Fighter IV: The Ties That Bind" foi lançado e distribuído na edição de colecionador do game para o PS3 e X360.
Na feira San Diego Comic Con 2012, os produtores Joey Ansah e Christian Howard anunciaram que a franquia voltará em uma nova série para a TV em 2013 com o nome de "Street Fighter: Assassin's Fist".
Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...




Confira as novidades do novo Call of Duty

Nenhum comentário

A edição de colecionador do game 'Call of Duty: Black Ops II' virá com 'drone' (Foto: Divulgação)
A edição de colecionador do game 'Call of Duty: Black Ops II' virá com 'drone' 


A Activision divulgou os itens que acompanharão o game "Call of Duty: Black Ops II" na edição de colecionador do título que será lançado no dia 13 de novembro dos Estados Unidos. Um helicóptero "drone" controlado por controle remoto, chamado de MQ-27 Dragonfire Drone.
Além do helicóptero, o pacote "Care Package" traz a trilha sonora, livro com artes, moedas comemorativas, mapas para o modo on-line, temas do game para os consoles e acesso para novos conteúdos por download - tudo em uma caixa especial. Ela será vendida por US$ 180.
Há a versão "Hardened", mais simples, que traz o game e os extras em uma caixa metálica que traz alguns dos itens da versão "Care". O preço deste pacote é de US$ 80. O game normal nos Estados Unidos é vendido por US$ 60.
No Brasil, "Call of Duty: Black Ops II" já está sendo vendido em sistema de pré-venda por R$ 200 e, de acordo com a distribuidora NeoPlay, ele chega ao país no dia 13 de novembro, mesmo dia do que nos EUA. A compra antecipada dá o mapa Nuketown 2025 para download.
A história do jogo acontece entre dois períodos diferentes, na década de 1980 e em 2025, ano que robôs estão nas ruas para proteger a população, segundo a desenvolvedora do game da Activision, a Treyarch. Mas uma ameaça terrorista conseguiu controlar estas máquinas e atacar os Estados Unidos. Após um ataque em massa, o país está em guerra e as grandes cidades são evacuadas. O game terá armas futuristas, com balas que atravessam paredes e haverá um modo para controlar um esquadrão inteiro.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo