Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador spotify. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador spotify. Mostrar todas as postagens

Museeks, o seu player de músicas minimalista e elegante

Nenhum comentário

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Quando pensamos em ouvir as nossas músicas, logo pensamos nos serviços de streaming como Spotify, Deezer, YouTube Music entre outros. Mas muitas pessoas  ainda tem músicas salvas no pc, em algum tipo de armazenamento ou simplesmente não tem acesso a internet é quer ouvir as suas músicas, então precisa de um player offline para isso. Vamos mostrar mais uma opção para Linux.


 Museeks, o seu player de músicas minimalista e elegante






Quando vamos ouvir música offline no Linux, o VLC Player é a primeira opção para essa tarefa, vindo depois o MPV player, SMPlayer, MPlayer, Amarok, Rhythmbox entre outras opções.

O Museeks é feito nas tecnologias Node.js, electron (base atom-shell) e React.js e assim garantindo a possibilidade de ser usado em multiplataforma (Linux, Windows e macOS).

Algumas características do Museeks:

⏺ Reprodutor de música multiplataforma;
⏺ Layout clear;
⏺ Listas de reprodução;
⏺ Gerenciador de filas de reprodução;
⏺ Shuffle, Loop;
⏺ Suporte para capas de álbum;
⏺ Tema escuro;
⏺ Controle de velocidade de reprodução;
⏺ Bloqueador do modo de suspensão;
⏺ Quando minimizado, ícone fica na tray;
⏺ Formatos suportados: mp3, mp4, m4a / aac, flac, wav, ogg, 3gpp.

Para maiores informações sobre o Museeks, consulte o GitHub dele.

Home do Museeks tema claro
Home do Museeks tema escuro
Como adicionar arquivos a Biblioteca

Se você quiser baixar ele para Linux, Windows ou macOS, acesse este endereço aqui.

Agora é só ir adicionando as suas músicas e ir curtindo a “sonzeira”.

Espero você no próximo post, forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


MellowPlayer, o aplicativo que integra os serviços online de música

Nenhum comentário

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Com a chegada dos serviços de streaming, como Spotify e Netflix, vários outros começaram a surgir,  assim trazendo opções para a galera poder escolher em qual plataforma ia preferir ouvir às músicas da sua banda favorita enquanto puxa aquele ferro na academia, arrumar a casa, no trabalho ou simplesmente para relaxar. Para gerenciar todos esses serviços em um só aplicativo é que surge o MellowPlayer. 


 MellowPlayer, o aplicativo que integra os serviços online de música






O MellowPlayer faz o gerenciamento dos serviços web das plataformas, como Deezer, SoundCloud, Google Play, etc.. Ele só não consegue reproduzir sites que precisam habilitar o DRM, como Spotify e Mixcloud, no caso do Spotify já temos uma versão para Linux, e o Mixcloud pode ser acessado via Google Chrome ou Mozilla Firefox (habilitando o suporte a DRM nas configurações).

Como o Spotify se comporta no MellowPlayer


Instalação do MellowPlayer


Para instalar o MellowPlayer no Linux é bem simples, pois o mesmo é disponibilizado via AppImage, então você pode salvar ele em qualquer pasta que o  seu usuário tenha acesso. Recomendo salvar na área de trabalho, pois assim fica mais fácil de localizar ele. Veja a gif abaixo de como dar permissão para o AppImage do MellowPlayer “rodar”.

Basta clicar com o botão direito no arquivo, ir até “propriedades” e na aba de “permissões” verificar se o aplicativo está com permissão de execução e de leitura e escrita para o seu usuário.



Como foi visto, é bem fácil de deixar um AppImage executável. Esse método serve para qualquer AppImage. Para executar o programa, basta dar dois cliques. Depois de executá-lo, ele abre com a janela abaixo:



Na imagem acima temos alguns serviços que o Mellow suporta atualmente, incluindo o Spotify, que foi usado para teste mas não funcionou como mencionado no começo do artigo. Os outros serviços que tem um “X” vermelho funcionaram sem problemas.

O MellowPlayer é feito em C++ e QML, tendo o código fonte disponível no GitLab neste link.

O aplicativo possui limitações, como não reproduzir os serviços com DRM e usam do QtWebEngine,  não tendo a possibilidade de habilitar isso muito provavelmente por se basear no Chromium, mas pode ser questão de tempo, nas próximas versões podemos aguardar novidades, enquanto isso, você pode ficar de olho no projeto..

Espero você no próximo post, forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Os pacotes Snap mais baixados do ano!

Nenhum comentário

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Na última Quinta-feira de 2018 (27), a Canonical soltou em seu blog uma lista com os Top 10 aplicativos mais baixados no formato Snap, baixados através da Snap Store ou do site Snacraft, site onde você tem todas as instruções para a instalação. A empresa não informou o número de downloads, apenas a ordem de aplicativos mais baixados.


 Os pacotes Snap mais baixados do ano!





Vale mencionar a grande gama de empresas portando os seus aplicativos para Linux e usando o Snap como uma porta de entrada para tal, assim dando uma chance para a plataforma. 

Confira agora a lista dos Snaps mais populares do ano, repare que temos vários nomes famosos na lista! 





O Spotify lidera a lista, o popular serviço de streaming de música foi um dos primeiros grandes do  mercado a adotar o formato Snap como padrão para distribuir o software.

2 - Slack



Na segunda posição aparece o Slack, uma ferramenta que se tornou muito popular nos últimos anos em empresas, como uma forma simples e eficiente de organizar projetos e times.

3- VLC 




O player mais versátil do mundo aparece na terceira opção. Agora com suporte ao formato Snap, as novidades do VLC chegam ainda mais rápido ao Ubuntu e a qualquer sistema que o uso dessa forma.

4 - Discord




O Discord é um dos métodos preferido dos gamers de comunicarem, mas além disso ele se tornou uma ferramenta de fórum muito interessante também, com comunicação via chat, voz e imagem. Um quarto lugar neste Top 5 é mais do que justo.

Aproveite para conhecer a comunidade #L2G que nós temos lá no Discord.




Os desenvolvedores agradeceram a possibilidade de instalar uma ferramenta tão completa quanto essa com um simples clique, fechando o Top 5 de aplicativos Snap mais baixados neste ano, o que mostra o grande interesse de desenvolvedores Android no Ubuntu como plataforma também.


O futuro é o Snap?


A popularidade do formato mostra que o Snap vem se tornando muito atrativo para as empresas que querem portar os seus produtos para um sistema com suporte empresarial, no caso o Ubuntu, ainda que esse formato automaticamente porte o software para todas as distros Linux compatíveis com o Snapd.

Apesar do Snap ser muito atrativo, ele não é o único, formatos como Flatpak e AppImage também vem ganhando maior atenção, esperamos em breve ter dados para poder mostrar um “top” desses formatos também.

A lista acima representa apenas alguns dos Snaps mais populares, outros que fazem parte do Top 10 de Snaps mais baixados incluem também o Next Cloud, o servidor de streaming Plex, o editor de texto Notepad++, o editor de vídeo Shotcut e o game Xonotic.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Veja como instalar o navegador Opera no Ubuntu via Snap

Nenhum comentário

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Nesta quinta-feira (02/08) foi lançado a versão em snap do browser (navegador) Opera na sua versão 54.0.2952.65 com arquitetura de 64 bits.

Veja como instalar o navegador Opera no Ubuntu via Snap







No blog do Opera, onde um dos responsáveis pelo desenvolvimento do navegador  para Mac e Linux,  Arjan van Leeuwen, explicou o porquê da adoção do formato snap.

Segundo ele, a adoção do snap possibilita a instalação em praticamente qualquer distribuição Linux com suporte ao snapd, serviço esse que dá a possibilidade dos pacotes snap rodarem.

O vice-presidente da Canonical, Jamie Bennett, responsável pelas áreas de engenharia, IoT e dispositivos,  deu a seguinte declaração:

“Estamos muito felizes em receber o Opera na Snap Store e expandir ainda mais a variedade de aplicativos disponíveis para a comunidade Linux.  São aplicativos populares, como o Opera, que impulsionaram o impressionante crescimento de novos Snaps para a loja e as crescentes instalações de usuários no último ano.”


Antes de instalar esse snap, vamos relembrar como instalar o suporte a pacote Snap na sua distribuição, para isso temos um post especial aqui no blog Diolinux com o " Manual dos pacotes Snap". Lembrando que a partir do Ubuntu 16.04 LTS, Linux Mint 18.2 e Fedora 24 o snapd já está nos repositórios oficiais, só precisando instalar o daemon para funcionar.

Para instalar o daemon snapd no Ubuntu/Mint/Debian, abra o terminal e digite o seguinte comando:

sudo apt install snapd

E para instalar o daemon snapd no Fedora e derivados:

sudo dnf install snapd

Agora vamos instalar o Opera. Se você estiver usando a última versão do Ubuntu (18.04) atualizada, o Opera já deve aparecer na loja de aplicativos, mas caso não esteja aparecendo, há duas possibilidades:

A primeira é através do site snapcraft.io, onde você pode clicar na opção “Install” e aí será aberto pela loja de aplicativos.



No entanto, se você preferir, o procedimento pode ser feito usando o terminal através do seguinte comando:

sudo snap install opera

Feito isso, é só esperar o processo de instalação terminar e depois de abrir o navegador através do menu ou da dash, procurando por “Opera”.

Vale lembrar que pode haver alguma incompatibilidade com temas e integração com o sistema, além disso,também que os pacotes snaps são um pouco maiores que os “tradicionais” .deb e .rpm, pois eles já veem com todos os arquivos e libs necessárias.

A cada dia os formatos Snaps e Flatpaks vem ganhando popularidade, vide os casos do Spotify, Steam (Linux), GIMP, VLC, Discord, Kdenlive, Libre Office, Skype e entre outros.

Mas diga aí nos comentários, qual programa ou jogo você gostaria de ver empacotado nesses formatos. =)

Até uma próxima e um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Nenhum comentário

sábado, 31 de março de 2018

Sempre que um pessoal novo chega a alguma distro Linux, como Ubuntu ou o Mint (que estamos tomando como base), sempre se perguntam quais programas devem instalar para ter uma certa produtividade ou diversão na plataforma. E nesse post vou mostrar alguns aplicativos que na minha opinião, vão lhe ajudar nessa "jornada". Para facilitar vou dividir em categorias. Então chega mais! 👊😁

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux






Quando terminamos de instalar qualquer distro Linux sempre nos perguntamos quais programas devemos instalar para aproveitarmos ao máximo o sistema que terminamos de instalar, na lista abaixo vou mostrar alguns programas que eu acho bacana ter no computador.

1 - Navegador de Internet


Como não poderia faltar estou recomendando o browser (navegador) mais popular do momento, que é o Google Chrome, onde você vai poder utilizar para acessar praticamente tudo na internet, como Bancos, YouTube, Netflix, Facebook, etc.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Chrome, você pode clicar AQUI.

2 - Multimídia 


Como ninguém é de ferro e precisa se divertir e relaxar, nada melhor do que ouvir uma música e ver um vídeo com a família ou amigos.

Por isso começo com o Spotify, que reúne uma gama enorme de musicas no seu acervo. Ele já aparece nas centrais de programas da maioria das distros Linux, e se não estiver, também é encontrado nos formatos Snap e Flatpak.


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux
Para baixar, basta clicar AQUI.

O próximo da minha lista acho que seja essencial em qualquer sistema operacional, servindo para abrir praticamente qualquer arquivo de vídeo e áudio. Estou falando do versátil e "guerreiro" VLC Player, recomendo ele porque o uso há praticamente 10 anos e nunca me deixou na mão para reproduzir qualquer arquivo multimídia. 


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar ele, você tem duas alternativas, clicando AQUI você a sua Central de Programas e instala ele, ou clicando AQUI e baixando direto do site dele.

Por último um programa que me conquistou pela versatilidade e praticidade em poder baixar vídeos da internet, como Facebook, Dailymotion e YouTube por exemplo, o 4K Vídeo download.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Você pode baixar ele através do site da desenvolvedora, clicando AQUI.

3 - Games e apps complementares


Esta categoria pode gerar alguma discordância ou algo do tipo, mas não podemos negar que temos games e aplicativos complementares para quem gosta de dar uma jogadinha no pinguim.

Primeiro vamos começar pela Steam, que é atualmente a maior plataforma de distribuição e vendas de jogos online, metade do seu seu acervo já tem porte para o Linux, além disso, como já foi mostrado aqui no blog, existem outras 7 plataformas de distribuição que você pode acessar AQUI, além da plataforma da Valve, ou seja, Games no Linux estão se tornando algo muito sério para várias empresas.


Para baixar a Steam, você pode utilizar a Central de Programas da sua distro ou acessar o site da Steam e baixar clicando AQUI.

Também não poderia faltar o Discord, a plataforma de comunicação mais usada pela galera gamer e que também está disponível para Linux.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Discord, você pode utilizar a Central de Programas da sua distro ou acessar o site oficial e baixar clicando AQUI.

4 - Messengers


Nessa sessão vou recomendar dois programas desenvolvidos pela comunidade para os dois messengers mais populares e usados no momento. O Messenger do Facebook e o WhatsApp.

O primeiro foi desenvolvido por Dario Ferrando, utilizando a plataforma Electron,  e conseguiu trazer o messenger do Facebook para qualquer sistema operacional, como você pode ver na imagem abaixo, ele é bem "simpático" e de fácil manuseio.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Messenger, você pode acessar o site deles clicando AQUI. Lembrando que não se trata de um cliente oficial.

O segundo foi desenvolvido pelo Enrico204, também utilizando a plataforma Electron, e assim trazendo a vida uma versão de desktop, do popular WhatsApp. Ele funciona da mesma forma que a versão Web com a diferença de que possui integração com a barra de notificações do sistema.


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o WhatsApp Desktop, você pode acessar o site deles clicando AQUI. No caso do Linux Mint você o encontra na própria Central de Aplicativos da distros.

5 - Produção Audiovisual 


Nesta categoria vou recomendar dois aplicativos que eu uso no meu dia a dia. Quero fazer uma menção "de honra" ao GIMP, que já teve inúmeros posts aqui no site e que você pode conferir AQUI.
Apesar do GIMP ser extremamente versátil e poderoso, para as pessoas que só querem editar as suas fotos de uma forma mais simples em uma interface mais "moderninha", o Pixeluvo se torna uma opção.


Pixeluvo é um editor de imagem extremamente prático e de muito fácil de aprendizado. Ele conta com duas versões, uma Free (que tem algumas limitações) e uma paga que custa até o presente momento US$ 34,00. Você pode inclusive ver o vídeo demonstrativo dele no canal Diolinux.


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Pixeluvo, você pode acessar o site deles clicando AQUI.

O último aplicativo dessa minha lista, e que não poderia faltar, é o poderosíssimo editor de áudio Audacity. Muitos produtores de conteúdo, tanto na internet quanto na industria "convencional", utilizam ele por causa da sua simplicidade e fácil manuseio, mas não deixando a desejar para soluções pagas.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Audacity, você pode utilizar a Central de Programas da sua distro ou acessar o site do software e baixar clicando AQUI

E esse foi o meu TOP 10 de aplicativos que todo mundo deveria ter na sua distro Linux, mas me conte você quais aplicativos não podem faltar na sua pós-instalação do Linux, os comentários estão abertos para você! :)

Até a proxima e um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Governo quer aumentar impostos e serviços como Netflix e Spotify devem ficar mais caros

Nenhum comentário

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

O Senado Federal aprovou ontem um termo que deve mexer com o valor de alguns serviços de streaming mais amados pelos brasileiros, como  Netflix e  Spotify, e para "variar", não é para melhor.

Governo novo imposto sobre Netflix e Spotify




O Governo resolveu reformular o imposto sobre serviços (de qualquer natureza) através um projeto de lei, a principal medida deste novo PL é fixar uma alíquota mínima para imposto ISS, sendo assim, serviços que tecnicamente não entregam nada físico, como a Netflix e o Spotify também entram na roda.


A taxa mínima de imposto estabelecida ficou em 2%, mas não temos como saber exatamente, ao menos por enquanto, qual o valor que será passado para cada empresa. Essa medida pode causar um efeito bizarro no preço dos serviços, não somente no aumento do custo deles para a empresa e logo, para os usuários também, mas o que acontece é que esse imposto pode variar de acordo com o município, o que pode fazer com que ele tenha custos diferentes em cidades diferentes, isso poderia, em tese, fazer com que os serviços pudessem ter valores diferentes para os usuários, dependendo de onde morem. Entretanto, caso entre em vigor, o mais provável é que as empresas mantenham um único preço para todos, mesmo para aqueles que poderia pagar menos por conta da alíquota local.

De 66 votos, 63 foram à favor da nova medida e apenas 3 votos contra, deste modo agora cabe apenas ao presidente, Michel Temer, sancionar ou não o projeto.


_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Soundnode - Um "Spotify" para o SoundCloud

Nenhum comentário

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Você gostar de ouvir música? Provavelmente sim, sinceramente, desconheço pessoas que não gostam de música de nenhum tipo, você conhece? Acho muito interessante a experiência de ouvir uma banda nova com uma proposta de som diferente e acho que o Soundnode pode te ajudar nisso.

Soundnode Ubuntu




O Soundcloud é um dos serviços mais populares de Streaming de áudio na internet, e isso não é de agora, o serviço está no ar desde 2007 oferecendo uma plataforma funcional para a publicação de conteúdo em áudio, muitos artistas inciantes publicam seus primeiros trabalhos no Soundcloud, muitos podcasters também publicam através do serviço e várias pessoas compartilham seus arquivos de áudio através dele.

Soundnode no Ubuntu


O Soundnode é um player com a pegada do Spotify que usa a API do Soundcloud para criar uma interface bacana para que você possa ouvir músicas  gratuitamente através do serviço de streaming.

Ele tem integração com o serviço de notificações do sistema e tem um visual simplista e organizado, para baixar para Windows, Mac e Linux basta acessar o site e seguir as instruções:
Usuários do Ubuntu também pode usar o terminal para instalar desta forma:

curl -s https://packagecloud.io/install/repositories/JonasGroeger/soundnode/script.deb.sh | sudo bash
sudo apt-get install soundnode
O aplicativo estará disponível no menu do seu sistema.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Spotify Web Player App para Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Existem várias formas para você curtir as músicas do Spotify, nós já mostramos várias, inclusive o método oficial, é claro. Mas existe algumas alternativas que são tão simples e práticas quanto. Conheça agora o Spotify Web Player App.

Spotify Web Player App Linux




Recentemente eu publiquei um artigo sobre o SpotiWeb, que tem uma proposta muito parecida com o Spotify Web Player App, porém, este que eu vou mostrar hoje tem uma integração melhor com o sistema, pois além das notificações no desktop ele permite o controle do player e das músicas através do menu de som do sistema.

Spotify Web Player App

O que este App faz basicamente é "encasular" o player Web do Spotify e integrá-lo ao sistema, é muito interessante e útil também.

Você pode encontrar os pacotes .deb para 32 e 64 bits no botão abaixo, aproveite:
Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




SpotiWeb - Um novo aplicativo para acessar o Spotify compatível com Linux, Mac e Windows

Nenhum comentário

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Além do aplicativo oficial do Spotify que você pode instalar no Linux, existe também a versão Web, que permite que você acesse o serviço de qualquer bom navegador. Mas e se transformássemos o Spofify Web em um aplicativo? Essa é a ideia do SpotiWeb.

SpotiWeb - Spotify Player para Linux Windows e Mac




O SpotiWeb é uma aplicação Web, como o nome sugere, que permite que você acesse o aplicativo "Spotify Web" de um jeito interessante e com integração com as notificações do sistema.

SpotiWeb Ubuntu

Ele possui basicamente as mesmas funções do aplicativo Web, com a diferença da integração melhorada com a área de trabalho, existem versões de 32 e 64 bits para Linux e versões de 64 bits para Mac e Windows, você pode baixar o arquivo correspondente ao seu sistema operacional no botão abaixo:

Depois de fazer download, extraia o pacote, eu recomendo você renomear a pasta extraída para algo mais amigável, como "SpotiWeb", coloque-o dentro da sua home, isso vai deixar as coisas mais organizadas, dentro da pasta você encontrará o executável dele, basta dar dois cliques:

SpotiWeb

O aplicativo funciona com base no projeto Electron, que deu origem a vários outros aplicativos, como o excelente gerenciador de e-mails Nylas N1 e o Visual Studio Code da Microsoft.

Mais uma alternativa para você!

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como instalar o Spotify no Ubuntu e no Debian (versão estável)

Nenhum comentário

terça-feira, 22 de março de 2016

Neste mês os desenvolvedores do Spotify lançaram a primeira versão estável do cliente desktop do serviço para Linux, vamos conhecer as novidades e aprender a instalar.

Spotify estável é lançado



Os desenvolvedores do Spotify finalmente liberaram a versão estável do player nativo para Linux dizendo: "A intenção era a de corrigir alguns dos problemas maiores e, em seguida, rapidamente lançar a versão estável. Isso nunca aconteceu, uma vez que depois de setembro, não tivemos desenvolvedores trabalhando no cliente Linux. Ainda há muitos problemas com esta versão do cliente para Linux, mas agora ele está muito melhor do que o antigo".

Infelizmente a instalação oficial do Spotify pode ser um pouco complicada para leigos, não sei porque eles simplesmente não fazem um pacote .deb já que o suporte oficial é apenas para Ubuntu e Debian, até existem versões em .deb do Spotify, mas não da versão 1.0 estável.

Para tentar facilitar ao máximo a sua vida  eu juntei os comandos necessários em apenas um só, desta forma você precisará abrir o terminal, copiar o comando abaixo completamente e colar nele, pressionar a tecla "enter" digitar  a sua senha e aguardar a instalação:
sudo apt-key adv --keyserver hkp://keyserver.ubuntu.com:80 --recv-keys BBEBDCB318AD50EC6865090613B00F1FD2C19886 && echo deb http://repository.spotify.com stable non-free | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/spotify.list && sudo apt-get update && sudo apt-get install spotify-client -y
Instalando o Spotify no Ubuntu e no Debian

Depois deste processo você encontrará o Spotify no menu do seu sistema. 

Nota


O processo de instalação oficial do Spotify para Linux é simplesmente inaceitável para 2016, não quero dizer que não seja eficaz ou que não funcione, mas não é amigável para qualquer usuário, por mais que o processo seja simples como você pode ver. Atualmente existe várias formas de tornar a instalação simples no Linux, o Linux é capaz de permitir uma instalação simples do Spotify, independente da distro, basta a empresa fazer, fica registrado aqui o meu protesto porque é por essas e outras que algumas pessoas ainda dizem que é preciso usar o terminal para fazer as coisas. A versão passada do Spotify permitia a instalação em dois cliques, algo que era muito mais simples e intuitivo para qualquer um com qualquer nível de conhecimento em informática.

Alternativas


Particularmente eu ainda prefiro acessar o Spotify pela interface Web através do Chrome ou outro browser, porém, isso limita alguns funcionalidades, como controlar o player pelo ícone do volume no Ubuntu, para situações como esta ainda é possível utilizar players que integram o Spotify e outros serviços como o Nuvola.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Instale a nova versão do Spotify no Ubuntu

Nenhum comentário

domingo, 7 de junho de 2015

O Spotify recebeu uma nova atualização e agora está em beta e você pode instalar no Ubuntu e no Linux Mint facilmente com esta nova dica.

Spotify in Ubuntu
Imagem: Reprodução

Como instalar o Spotify no Ubuntu


A versão definitiva do Spotify ainda não chegou no Linux, porém, temos o serviço à disposição do Linux há um bom tempo instalando de outra forma.

Spotify Beta Ubuntu
Nova tela de Login

A nova versão do Spotify conseguiu corrigir vários bugs mas pelos testes que fiz apareceram outras, por exemplo, o login pelo Facebook ainda não está sendo possível, o ícone do player na área de notificações também não apareceu.

Esta é uma versão beta, porém instalando ela você deverá receber atualizações sempre que correções saírem, e agora temos um instalar muito mais fácil que não envolve terminal, um simples pacote .deb que você instala dando dois cliques.

Para instalar o novo Spotify Beta no Ubuntu basta baixar o pacote abaixo e instalar no seu sistema:

Você deve escolher entre a versão de 64 bits (amd64) e a de 32 bits (i386) de acordo com o seu sistema.

Mantendo o sistema atualizado você sempre terá a última versão do Spotify.

Deixe nos comentários o que você achou da nova versão, conte pra gente se você teve algum problema com ele ou não.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Spotify não abre no Ubuntu 15.04 - Como resolver

Nenhum comentário

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Veja como resolver o problema do Spotify não abrir na nova versão do Ubuntu, confira agora:

Spotify não abra no Ubuntu

Como fazer o Spotify funcionar no Ubuntu 15.04


O popular Spotify está com um bug no Ubuntu 15.04 que não permite o seu funcionamento em alguns computadores, as versões anteriores do Ubuntu não tem este melhor problema no programa.

Segundo relatos de alguns usuários e leitores do blog, está havendo um problema que não permite a abertura do programa, ele instala normalmente mas na hora de abrir não funciona; vamos dar um jeito nisso!

Se você ainda não instalou o Spotify no Ubuntu confira este tutorial onde ensinamos como proceder na instalação.

Correção do problema


Para corrigir o problema é bem simples, basta fazer o download do pacote no link abaixo e instalar dando dois cliques, depois disso o seu Spotify abrirá normalmente:

Spotify não abre no Ubuntu

Pronto, é só isso mesmo! Até a próxima!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Looo.co uma boa alternativa ao Spotify

Nenhum comentário

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Se você gosta de ouvir músicas online vai ficar muito satisfeito em conhecer este serviço, o Looo.co é uma boa alternativa ao popular Spotify e é acessível em todas as plataformas.

Locoo.co Ouça músicas online

Deixe a música rolar por horas e horas com o Looo.co


Com a melhora da conexão de internet (no Brasil isso é relativo) as pessoas passaram a baixar menos conteúdo para poder apreciá-los online, isso vale tanto para filmes com o Netflix - que agora tem suporte oficial para o Linux - e o PopCorn Time, que é digamos assim, a sua versão grátis.

Indo mais para o lado das músicas, tem gente que gosta de deixar rolando playlists no YouTube ou qualquer outro site mas nos últimos meses o serviço que tem despontado é sem dúvidas o Spotify - aprenda a instalar o Spotify no Ubuntu aqui - sem nenhum grande concorrente à altura, mas como alternativas são sempre bem-vindas hoje vamos lhe apresentar o Looo.

O Looo.co (sim, tem 3 "ós") é um serviço online de Streaming de música, ele ainda está em fase Beta mas se mostra bem funcional, nele você pode ouvir as músicas mais ouvidas no mundo pelo serviço ou pode navegar por artista/banda ou mesmo por gênero musical, o serviço é m português e não há necessidade de baixar nada, você acessa pelo navegador e pronto.


Pelos testes que fiz e percebi que ele tem ainda alguns problemas para encontrar algum artista ou música pelo campo de busca, as demais opções funcionaram sem problemas, criação de playlists, controle de som, aliás, é possível exportar e importar playlists dele que é uma função bem interessante, teste e deixe as suas impressões nos comentários, até logo!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Como instalar o Spotify no Ubuntu e no Linux Mint

Nenhum comentário

segunda-feira, 22 de setembro de 2014


Preparamos um simples tutorial ensinando você a instalar o cliente Linux do serviços de streaming de músicas Spotify no Ubuntu e no Linux Mint, confira.

Como instalar o Spotify no Ubuntu


Aprenda a usar o Spotify no Ubuntu nativamente


O Spotify é um dos aplicativos mais populares dos últimos tempos tendo se popularizado nos dispositivos móveis também.

Spotify no Ubuntu
Imagem: Reprodução


Até pouco tempo atrás só haviam versões para Windows e Mac do cliente Desktop mas o pessoal do Spotify vem trabalhando num cliente nativo de Linux, a versão que temos disponível atualmente não é a final mas já funciona sem problemas.

Como instalar o Spotify no Ubuntu e no Linux Mint


Para instalar o Spotify no seu Ubuntu e Linux Mint copie e cole os seguintes comandos sequencialmente:

sudo sh -c "echo 'deb http://repository.spotify.com stable non-free' >> /etc/apt/sources.list"
sudo apt-key adv --keyserver hkp://keyserver.ubuntu.com:80 --recv-keys D2C19886
sudo apt-get update
sudo apt-get install spotify-client
Basicamente é isso, agora você já pode abrir ele pelo menu do seu sistema.

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo