Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador telegram. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador telegram. Mostrar todas as postagens

Novas ferramentas do Telegram vão ajudar no seu dia a dia

Nenhum comentário

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

No mundo de hoje, ter uma ferramenta que facilite o seu dia a dia é algo que sempre estamos procurando, não é mesmo? O Telegram quer ser essa ferramenta, lançando mais funções em seu app.

Novas ferramentas do Telegram vão ajudar no seu dia a dia





O Telegram é conhecido por sempre trazer inovações para o meio de mensagens, aliás algumas destas funcionalidades implementadas, nunca nem chegaram nas versões “alfas” dos seus concorrentes, vamos assim dizer. Nos últimos updates não foi diferente.

Um recurso que achei muito bom, que podemos começar, é a possibilidade de você poder mandar mensagem em “silêncio”, assim não atrapalhando a pessoa. A mensagem vai chegar sem nenhum som, mesmo se as notificações sonoras estiverem ativas. Para enviar é bem simples, basta segurar o botão de Enviar e escolher a opção sem som. Assim a mensagem, sendo de texto ou de mídia, será enviada silenciosamente🔇 .


A mensagem chegará assim no destino.

Outra novidade foi a chegada das mensagens “agendadas”, em que você pode usar tanto em grupo, mensagens particulares ou no “Mensagens Salvas”.

Para mandar em grupos ou em particular é bem fácil, basta digitar a mensagem e depois pressionar e segurar o botão de Enviar (na versão desktop é com o botão direito do mouse), assim escolhendo a opção de agendamento.


Ainda sobre o agendamento, você pode usar ele no “Mensagens Salvas” como lembrete, assim podendo lhe ajudar com compromissos futuros ou no que você precisar lembrar depois. Quando a mensagem agendada ou lembrete forem enviados, serão identificados com uma notificação especial e com um ícone de calendário 🗓, para você identificar melhor.

Teve muitas outras novidades, que você pode conferir aqui e aqui.

Nos diga aí nos comentários se você já está usando essas novidades e se já apresentou o Telegram para os amigos e familiares 😁😬.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá no nosso fórum.

Espero você até a próxima, um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Slack, o poderoso gerenciador de equipes e projetos

Nenhum comentário

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Muitos nos perguntam em nossas lives na Twitch, se você ainda não segue o canal “agora é a hora”, qual aplicativo ou site usamos para gerenciar a equipe do Diolinux e assim organizar as pautas das postagens. Bom, agora respondendo: usamos o Slack.

Slack, o poderoso gerenciador de equipes e projetos





Antes de decidirmos usar o Slack, consideramos usar alguns outros serviços, como o Trello, Telegram, Discord e entre outros serviços. Mas o Slack se encaixou quase que uma “luva” pra gente, que passada a fase de adaptação, agora está “tinindo de bão”. 

A interface pode parecer “confusa” à primeira vista, mas nada que alguns minutinhos para se ambientar nela não resolvam. Depois de pegar o jeito, fica muito fácil de usar.

Como ele funciona?




Primeiro, você cria um workspace (espaço de trabalho), que vai abrigar o projeto e suas equipes, que você pode separar por “Canais”.

Na opção “Canais”, você pode dividir os “afazeres” de cada equipe  no projeto, assim não misturando “alhos com bugalhos”, evitando eventuais dores de cabeça.

Você pode também mandar mensagens diretas para cada membro que estiver no Workspace.

Para tornar o Slack mais completo, você pode adicionar Apps dentro dele, como Dropbox, Google Drive, One Drive e assim tornar o compartilhamento de arquivos mais fácil.

Falando em arquivos, você pode fazer upload de arquivos de até 1GB, nos formatos para imagem, é suportado JPEG, PNG e GIF. Já para arquivos os formatos suportados são ODT, ODS, Doc, Docx, Xls, Xlsx e PDF. Opções é que não vão faltar.

Uma outra funcionalidade legal, é a possibilidade de mandar mensagens para você mesmo, podendo “salvar” dessa forma aquele rascunho ou arquivo que você vai precisar depois.

O Slack está disponível no Linux de forma oficial nos formatos .deb, .rpm e snap (se você não tem o snap instalado no seu sistema, veja esse tutorial nosso de como habilitar). Vale lembrar que existe também a versão Web do serviço, que dispensa a necessidade de qualquer instalação, além de Apps para Smartphones.


Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá no nosso fórum.

Espero você até a próxima, um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Fizemos um Bot para Telegram para você não perder conteúdo do Diolinux!

Nenhum comentário

segunda-feira, 1 de julho de 2019

A dica de hoje é especial para você que é fã do Diolinux e quer ficar sempre por dentro das novidades que nós publicamos. Agora nós temos um Bot e um Canal oficial no Telegram que vão te deixar sempre informado, independente da vontade do sistema de notificações de outros sites, como o YouTube.

Diolinux Notificações no Telegram





A ideia é realmente simples: garantir que você receba links e notificações de conteúdos que produzimos, seja aqui no blog, seja no nosso canal no YouTube, no nosso canal na Twitch, no Instagram ou no Twitter.

E como isso funciona?


Na verdade, muito simples, basta você entrar no nosso canal de Notificações no Telegram, nele você receberá os avisos de nossos vídeos, lives, posts do Intagram e artigos do blog, além de algum conteúdo eventual vindo do Twitter.


A ferramenta é complementa gratuita e você tem total controle sobre as notificações, assim como funciona com qualquer outro canal do Telegram.


E claro, também temos um Bot, que você pode interagir adicionar o seguinte usuário a sua lista de amizade ou grupo: @diolinux_bot

Por hora ele apenas tem apenas algumas funções simples, como te enviar os vídeos que postamos no YouTube, mas em breve ele terá outras funções. Depois de adicionar o Bot, use o comando:

/comandos
Para ver tudo o que ele pode fazer :)

Eu sei que nem todos utilizam o Telegram, mas ele é muito popular na nossa comunidade e tem excelentes ferramentas para produzirmos recursos como estes, quem sabe no futuro possamos fazer bots para outros serviços também, mas por hora, esperamos que vocês gostem das funções no Telegram.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Versão do Telegram no Flathub agora é oficial

Nenhum comentário

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Para os "zapeiros" de plantão desculpe-me, o Telegram é superior! Brincadeiras a parte (não leve tão a sério o início deste post, muita calma nessa hora 😁😇😁), o mensageiro mil e uma utilidades acaba de ter mais um formato de empacotamento "oficializado" no Linux, antes com sua versão em “tar.xz” (binário executável) no site e Snap, agora o Flatpak entra na "brincadeira". Antes de tudo, aprenda como instalar o suporte a o Flatpak em seu sistema.

telegram-flatpak-flathub-oficial-linux-ubuntu-deepin-mint-mensageiro-whatsaap

Um assunto que sempre vejo em grupos Linux, é a questão do empacotamento dos programas por mantenedores que não sejam os desenvolvedores da aplicação. E se isso torna ou não o pacote/programa "menos oficial".

Muitos podem argumentar que empacotador é uma coisa e desenvolvedor é outra, e até concordo com isso, entretanto algumas pessoas se apegam ao "quesito" aval do desenvolvedor, ou empacotamento pelo próprio. Particularmente estou entre o primeiro grupo, no entanto entendo que ter essa "oficialização" por parte do criador do software é algo que para empresas, e até mesmo vários usuários, dá uma credibilidade a mais (se isso é apenas uma falsa sensação, aí já não sei, mas que faz uma diferença faz 😁😂😋).

telegram-flatpak-flathub-oficial-linux-ubuntu-deepin-mint-mensageiro-whatsaap

Telegram no Flathub


O Telegram Desktop vinha sendo mantido no repositório Flathub, lugar com diversas aplicações em Flatpak disponibilizado pela comunidade. O responsável até então pelo seu empacotamento era Jan Grulich, desenvolvedor do projeto KDE e engenheiro de software da Red Hat. E mesmo de forma "não oficial" o aplicativo teve mais de 400 mil downloads, algo que chamou a atenção dos desenvolvedores do programa.

E hoje, dia 10 de Maio, o desenvolvedor do Telegram John Preston, passou a manter o repositório no Flathub. Agora no Github da aplicação existe uma área dedicada ao sistemas suportados e formatos de distribuição, e o Flathub está entre eles.

telegram-flatpak-flathub-oficial-linux-ubuntu-deepin-mint-mensageiro-whatsaap-windows-macOS-fedora


E você o que acha sobre essa questão, um programa apenas é oficial quando empacotado/ou possui aval de seus desenvolvedores? Deixo essa "bucha para vocês", e claro tenha sempre respeito com o próximo.

Continue esse assunto em nosso fórum Diolinux Plus.

Até o próximo post, e como sempre te espero aqui no Blog Diolinux, SISTEMATICAMENTE! 😎
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como iniciar o Telegram minimizado

Nenhum comentário

sábado, 26 de janeiro de 2019

O Telegram é uma aplicação com “mil e uma utilidades”, você pode usá-lo como simples mensageiro, nuvem pessoal, fonte de notícias e muito mais através de seus inúmeros bots. Veja o post que o Ricardo fez sobre as novidades da nova versão.

telegram-tray-start-minimizado

Com tantos recursos no Telegram, existe uma funcionalidade que eu gostaria na versão desktop. A possibilidade de iniciar minimizado junto ao sistema, com seu ícone na “tray” (bandeja do sistema).

E é isso que iremos demonstrar. O procedimento será em 3 interfaces gráficas: KDE Plasma 5, Cinnamon e Gnome Shell. Você pode adaptar à sua DE preferida, é bem fácil.

Iniciando o Telegram minimizado


Antes de tudo, você deverá saber com qual versão do Telegram está lidando.

Se instalou o Telegram da loja do Linux Mint, você provavelmente está utilizando a versão em Flatpak, se está usando Ubuntu e instalou direto da loja, é provável que seja em Snap, a terceira opção é um binário executável, de quando o download é realizado no site oficial (a maneira que costumo usar).

Saber qual versão do programa está instalada é importante, pois o comando será adaptado, e caso utilize o comando errado o procedimento será falho. Abaixo segue cada comando, direcionado a sua específica versão.

Telegram em Flatpak
flatpak run org.telegram.desktop/x86_64/stable -startintray %u 

Telegram em Snap
snap run telegram-desktop -startintray %u

Telegram executável baixado do site oficial
/home/seu-usuario/caminho-onde-está-o-executável/Telegram -startintray %u

Onde inserir tais comandos?


Após identificar sua versão, e selecionar o comando correto. Onde inserir este comando? Não será necessário o terminal, usaremos a interface gráfica para isso.

KDE Plasma 5


No Plasma, pesquise pela seguinte aplicação “Aplicativos iniciados automaticamente”. Com ela aberta clique na opção “Adicionar programa...”, como na imagem abaixo.

telegra-tray-kde-passo1

Uma janela de diálogo será aberta, pesquise por “Telegram”, selecione o mesmo e clique em “ok”.

telegra-tray-kde-passo2

Basta preencher as informações como “Nome”, “Comentário” e “Comando”. Se utiliza as versões em Flatpak ou Snap, adicione o comando normalmente. Caso tenha baixado o binário executável do site, você pode digitar o caminho por extenso ou clicar em “Navegar” e caminhar até o local do programa, mas não esqueça de adicionar no final da linha o parâmetro “-startintray %u” (como no exemplo dado anteriormente).

telegra-tray-kde-passo3

Agora aplique as mudanças e ao ligar o computador, o Telegram iniciará junto ao sistema minimizado na tray.

telegra-tray-kde-passo 4

Cinnamon


Pesquise por “Aplicativos da Inicialização”, clique no símbolo de adicionar e escolha a opção “comando personalizado”.

telegra-tray-cinnamon-mint-passo1

Uma caixa de diálogo se abrirá, preencha todos os campos, se for a versão baixada do site, você pode clicar em “Navegar” e ir até o executável do Telegram em seu sistema, ou digitar o caminho por extenso e no final dele adicionar o parâmetro “-startintray %u”.

telegra-tray-cinnamon-mint-passo2

Caso esteja utilizando as versões em Flatpak ou Snap, basta preencher e fazer uso do comando que disponibilizei.

Depois clique em “Adicionar” e quando ligar o pc, o Telegram iniciará minimizado na bandeja do sistema.

telegra-tray-cinnamon-mint-passo3

Gnome Shell


No Gnome Shell pesquise por “Aplicativos iniciais de sessão”, ao executar a aplicação você notará um botão “Adicionar”. Clique nele.

telegra-tray-gnome-ubuntu-passo1

Ao fazer uso do executável do site oficial do Telegram, você pode escrever o caminho até o programa na opção “Comando”, como disponibilizei anteriormente, ou clicar em “Navegar” e ir até o Telegram, depois no final adicionar o parâmetro “-startintray %u”.

Já para versões Flatpak e Snap, basta adicionar o comando (como demonstrado). Preencha os campos de acordo com o exemplo abaixo e clique em “Adicionar”.

telegra-tray-gnome-ubuntu-passo2

E pronto! Ao ligar o computador o Telegram iniciará minimizado na bandeja do sistema. Lembrando que o Gnome no Ubuntu possui a tray nativamente, no Gnome Shell “puro” você terá que adicionar uma extensão.

E é isso aí pessoal, nos vemos no próximo post, espero que a dica seja útil assim como é em minha rotina. E caso esteja em outra DE, use o comando na aplicação que gerencia os apps que iniciam junto ao sistema.

Compartilhe o blog Diolinux, SISTEMATICAMENTE!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Telegram lança novidades nas versões mobile e desktop

Nenhum comentário

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Quando as pessoas pensam em mensagens instantâneas, logo associam ao WhatsApp como o “único” meio para comunicação, mas existem várias formas de se fazer isso, desde o “ancião” SMS, que vai ganhar uma reformulada através do Google, até os mais conhecidos, como Facebook Messenger e o Telegram, e é sobre esse último que vamos focar no artigo de hoje e te mostrar as novidades que mensageiro entregará no começo de 2019.

 Telegram lança novidades nas versões mobile e desktop






O Telegram é um projeto de dois russos que não estavam muito contentes com a “invasão” de privacidade que  empresas como Facebook (dona do WhatsApp e Messenger) e Google estavam praticando e assim resolveram criar o serviço.

O Telegram tem a sua sincronização na nuvem, isso quer dizer que você pode acessar as suas conversas tanto no celular, quanto no PC ou no tablet e sem perder o “fio da meada”, diferente do WhatsApp que obriga você a ter o celular o tempo todo conectado. Além disso, a API do Telegram é aberta para qualquer um que queira conferir o código fonte ou usar ela como base para algum outro projeto, para maiores detalhes acesse o FAQ do serviço.

Agora vamos para as novidades 


A primeira novidade é para quem é administrador de algum grupo ou para você que gostaria de trazer o seu grupo de amigos para o Telegram, mas sentia falta de alguma ferramenta para restringir que certos conteúdos fossem compartilhados. Novos recursos apresentados pela equipe do Telegram implementaram mais ferramentas de gerência, como restringir GIFs, Stickers (figurinhas), Links, entre outras coisas.






Outra novidade agora é em relação aos grupos, antes se a organização era dividida em grupos simples e supergrupos, e estes possuíam um limite “modesto” de 100 mil membros, agora não tem mais isso, todo grupo criado no Telegram é só chamado de “Grupo” e todos os painéis administrativos estão agrupados em um só local, como adicionar administradores e seus privilégios, além de ficar mais fácil de tornar o grupo público se assim preferir. Ahhh! Já estava esquecendo: Agora os grupos podem ter até 200 mil membros 😮 , assim você provavelmente não vai ter desculpas para deixar alguém de fora. 😜




Você também vai poder desfazer aquele “apagar” sem querer de algum chat do seu histórico. Quando for apagar o chat do histórico, você vai receber uma mensagem de 5 segundos perguntando se tem certeza que quer fazer isso, se após esses 5 segundos você não fizer nada, o chat será apagado para sempre, ou como eles falaram na nota “Uma vez que o tempo acabou, o chat está irremediavelmente perdido nas garras dos trituradores de dados subterrâneos do Telegram.”






Mais uma novidade muito legal que eles implementaram foi a possibilidade de classificar os seus contatos por ou ordem alfabética ou por “visto por último”.

iOS
Android

Além dessas novidades, o Telegram aceita arquivos até de 1,5 GB, como arquivos de texto, planilhas, vídeos , fotos e compactados.

Para saber as outras novidades acessem o post do blog oficial do mensageiro.

O Henrique, nosso colega e redator do blog, fez uma matéria mostrando como personalizar o seu Telegram, post muito bacana, então vale a pena dar aquela conferida.

O que você achou das novidades? Você já usa o Telegram?  Pensa em migrar e trazer os seus contatos para ele? Expresse a sua opinião através dos comentários.

Espero você no próximo post, forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Telegraph - Telegram lança serviço de publicações anônimas, conheça agora!

Nenhum comentário

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

O Telegram, popular plataforma de mensagens e concorrente do WhatsApp, lançou um novo serviço para o público, trata-se de uma plataforma de conteúdo anônimo chamada Telegraph.

Telegraph Telegram




O novo serviço do Telegram funciona de forma parecida com o Pastebin ou o Medium, com algumas semelhanças e diferenças. Com o Telegraph você consegue criar artigos para a internet de forma anônima e compartilhar com quem você quiser. O objetivo do Telegram é justamente criar este ambiente onde os usuários possam compartilhar informações e conhecimentos sem precisar deixar tantos rastros para trás ou precisar contratar algum serviço para ter um blog ou algo do tipo, completando um perfil e preenchendo formulários de dados.

Telegraph Telegram


O serviço permite que você crie conteúdo em texto, que você use imagens e links para vídeos também, abrindo assim uma possibilidade interessante para criar um conteúdo vasto. Ao contrário de um blog normal, os posts não são indexados e não é possível pesquisá-los, somente quem tiver o link que você criar poderá acessá-lo.


Acesse este link e veja o exemplo que eu criei: http://telegra.ph/Diolinux-11-23

Quer criar os seus próprios artigos no Telegraph? Clique aqui e comece a compartilhar.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Globo G1 lança Bot para o Telegram que te ajuda a estudar para o Enem

Nenhum comentário

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Quem está começando a ficar preocupado com as provas do Enem deste ano e está revirando os livros para se dar bem nas provas pode usar a tecnologia para deixar os seus estudos mais eficientes e mais divertidos.

Estude para o Enem pelo Telegram




Estudar não precisa ser algo complicado, aplicativos e sites voltados para passar conhecimento existem aos montes, recentemente até nós lançamos o sistema de educação à distância do Diolinux, então nada mais natural do que usar a tecnologia a nosso favor para melhorarmos as nossas habilidades, especialmente em períodos de prova como o Enem e vestibulares.

Eu conheci hoje um Bot do Telegram que te ajuda a fazer isso, ele foi produzido pelo pessoal do portal G1 da Globo e é muito interessante.

O que é um Bot do Telegram?


Os Bots são um dos recursos mais legais do Telegram, o aplicativo de mensagens concorrente do WhatsApp, nós já falamos sobre ele diversas vezes aqui no blog e uma das grandes vantagens é poder utilizá-lo também no computador sem necessidade da ligação com o Smartphone, como o WhatsApp faz, - você pode aprender a instalar o Telegram Desktop aqui - além disso, ele possui vários recursos interessantes, um deles são os bots.

Como o nome sugere, os bots são "robôs", programas de computador que podem automatizar várias tarefas diferentes, este Bot do G1 funciona praticamente como um jogo onde você conversa com ele como se ele fosse um simples usuários pautando os assuntos que você quer estudar.

Telegram Bot Enem

Como você pode ver na imagem acima, o funciona é simples o "papo" que você tem com ele é bem descontraído, as perguntas são interativas e você tem a resposta na hora. Caso você erre, ele vai te informar do equívoco e te dizer qual é a resposta correta:

Telegram Enem

Para adicionar este Bot ao seu Telegram é muito simples, basta clicar no botão abaixo, lembrando que você precisa já ter o Telegram instalado para começar a utilizá-lo.
Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Participe do canal do Diolinux no Telegram

Nenhum comentário

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Para facilitar o seu acesso ao conteúdo do blog e para ser avisado sempre que sair um artigo novo por aqui, nós criamos um canal no Telegram onde você poderá receber todas as novidades sem complicação.

Canal Diolinux no Telegram




Os canais do Telegram não são como os grupos, nos canais você não irá interagir necessariamente com alguém, eles são feitos simplesmente para a distribuição de conteúdo, como se fosse um Feed RSS, só que no Telegram.
Leia também: Como instalar o Telegram Desktop no Linux
Para acessar o canal onde você receberá todos os posts aqui do blog, basta ter um aplicativo do Telegram acessível, seja via Smartphone, Web ou a versão Desktop e clicar no botão abaixo:


Agora você não vai perder nada aqui do blog! :)

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Hackers conseguem invadir WhatsApp e Telegram sem quebrar a criptografia dos Apps

Nenhum comentário

domingo, 5 de junho de 2016

Quem imagina que é necessário quebrar a criptografia das mensagens do WhatsApp para acessar conversas alheias está enganado. O canal do YouTube Thomas Fox-Brewster demonstra como é feito o ataque em poucos minutos.

Thomas Fox-Brewster






Ao invés de atacar os aplicativos diretamente, o ataque direcionou seu esforços para quebrar os protocolos de segurança do Signaling System 7, uma rede gerenciada normalmente pelas empresas de telefonia que conecta os celulares e Smartphones e funciona como se fosse um Hub central, de modo que as únicas entidades que tem acesso a isso normalmente, sejam as operadores e os governos.
Apesar deles não explicarem e nem darem detalhes do que estão fazendo nos vídeos, é claramente perceptível como o invasor consegue controlar as contas das vítimas, tanto no WhatsApp, quanto no Telegram.

Ataque ao WhatsApp


Ataque ao Telegram



De nada adianta as empresas investirem tanto na segurança de seus produtos se a rede em que os Smartphones se conectam tem falhas  e permitem ataques desta forma.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Telegram agora permite editar mensagens enviadas

Nenhum comentário

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Mais um recursos interessante está chegando ao Telegram, agora é possível editar mensagens que já foram enviadas, entenda como funciona.

Telegram permite editar mensagens depois de enviadas




A nova atualização do Telegram, tanto para computador, quanto para mobile, ganhou um recuso muito legal. Agora é possível editar mensagens que você já enviou, útil para corrigir erros de digitação que você tenha cometido e também para mudar mensagens já enviadas, quando uma edição é feita, a mensagem exibe uma etiqueta fazendo a indicação de que ela foi modificada.
Leia também: Como instalar o Telegram Desktop no Linux
Para editar uma mensagem enviada no seu celular basta dar um toque sobre ela e selecionar a opção "editar", no aplicativo para computador, clique com o botão direito sobre a mensagem e clique em "editar". É possível editar mensagem que foram enviadas em no máximo 48 horas.

Existem mais alguns ajustes e correções feitos na nova versão, você pode consultar todo o changelog no site oficial. 

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Telegram está disponível no formato Snap para o Ubuntu

Nenhum comentário

domingo, 15 de maio de 2016

Uma aplicação famosa acaba de desembarcar no Ubuntu 16.04 LTS no novo formato de pacotes Snap, trata-se do Telegram em sua versão para o Ubuntu Phone/Tablet, veja como instalar.

Snap Telegram Ubuntu



Aos poucos mais aplicações no formato Snap vão sendo lançadas, agora você pode usar o Telegram através deste formato por exemplo, ajudar a testar a sua estabilidade e funcionamento. Se você não sabe muito bem como funcionam os pacotes Snap confira o vídeo logo abaixo:


Receba vídeos como este.
Para instalar é muito simples. Antes de mais nada tenha certeza de que o seu sistema está atualizado através do "Atualizador de programas", o pacote do Telegram será encontrado através da Ubuntu Software.

Ubuntu Snap Telegram

Quem preferir fazer a instalação pelo terminal pode usar o seguinte comando:
sudo snap install telegram-sergiusens
Depois da instalação o Telegram aparecerá no seu menu, o software tem apenas 23 MB de tamanho para download.

Telegram Ubuntu Snap

Percebi que ao contrário do cliente oficial que nós ensinamos você a instalar há alguns dias, o cliente Snap ainda não tem um integração perfeita  com o Unity 7, algo esperado, visto que ele foi feito para se integrar com o Unity 8, mas sem dúvida, vale o teste, nem que seja para você conhecer como funciona.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como instalar o Telegram Desktop no Linux

Nenhum comentário

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Um tutorial completo para instalar o Telegram Desktop em qualquer distribuição Linux. Uma das vantagens do Telegram em relação aos seus concorrentes é a possibilidade de ser utilizado diretamente do computador sem precisar ler QR Code ou manter o Smartphone conectado via Wi-Fi, como é o caso do WhatsApp.

Como instalar o Telegram no Linux




O Telegram tem muitos recursos interessantes, além de ser completamente gratuito, ele tem ferramentas que podem deixar a conversa com os seus amigos muito mais interessante, como os famosos stickers. Além disso, a gerência de grupos e a possibilidade de responder a uma pessoa em específico dentro do grupo facilitam as conversas e debates, este é um dos recursos que eu mais gosto.

Apesar de eu não ser um "heavy user" do WhatsApp e nem do Telegram (ou qualquer outro) eu tenho um contato maior com o Telegram, justamente pelo seu App para Desktop. De uns tempos para cá eu decidi, pelo bem da produtividade, deixar o Smartphone desconectado  uma boa parte do tempo enquanto eu trabalho, o que tem sido bom para mim, uma vez que eu uso o Telegram no Desktop por motivos profissionais na maioria da vezes.

Como instalar o Telegram no Linux?


Esta é outra característica muito legal do Telegram, ele possui uma versão para todo tipo de sistema operacional e dispositivo, então, obviamente você encontra versões do App ara o seu Smartphone, basta acessar o site oficial e baixar ou procurar na loja de aplicativos do seu aparelho.

Você pode baixar o Telegram para o seu computador, independente do sistema através desta página.

Quem acompanha o blog com frequência pode ter achado curioso  (ou nem ter percebido) mas o título da matéria é "Como instalar o Telegram no LINUX" e não "Como instalar o Telegram no Ubuntu", que é o sistema que a gente costuma postar informações com maior frequência. Isso porque o Telegram é um aplicativo que independe de distro, esta é uma das coisas mais legais, apesar de eu ter feio o processo no Ubuntu (como você vai ver) o mesmo vale para qualquer distro Linux que você use.

A aplicação tem cerca de 20 MB apenas. Basta você baixar e extrair o conteúdo da pasta, particularmente eu recomendo que você coloque ela na sua pasta home, apenas por questão de organização.

Pasta Telegram dentro da Home no Ubuntu

Dentro desta pasta você vai encontrar os seguintes arquivos:

Como instalar o Telegram no Linux

São apenas dois, o arquivo "Telegram" e o "Updater", em tese basta dar dois cliques no "Telegram" e ele já vai ser abrir para você  digitar os seus dados e se logar, lembrando que é necessário criar uma conta via Smartphone antes de utilizar a versão Desktop. Quando você informar o seu número no Telegram Desktop você receberá uma ligação ou SMS informando um código de desbloqueio que deverá ser inserido no aplicativo para que você possa usá-lo. Esta será a única participação do seu Smartphone no processo, à partir de então você pode simplesmente clicar na aplicação e usar.

Caso o Telegram não abra de primeira, pode ser que ele não esteja com permissões de execução, para ver se está tudo "OK", clique com o botão direito do mouse na aplicação e vá até "propriedades". 

Como é mostrado na imagem acima, vá até a aba "Permissões" e veja se a caixa "Permitir execução do arquivo como um programa" está marcada, se não estiver marque-a, feche essa janela e tente abrir o Telegram novamente.

Telegram Linux


Assim que você abre o Telegram e se loga pela primeira vez na aplicação ele cria um atalho no menu do seu sistema, entretanto, é possível também bloquear o atalho na sua barra de tarefas. Um indicador também é criado na área de notificações do sistema normalmente para facilitar o seu acesso.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




WhatsApp será bloqueado novamente, entenda a situação

Nenhum comentário
A justiça brasileira determinou que o popular aplicativo WhatsApp deverá ser bloqueado por até 72 horas caso a empresa não cumpra uma ordem judicial. #elávamosnós 

WhatsApp bloqueado





Mais uma vez a justiça brasileira tenta bloquear o uso do WhatsApp, esta não é a primeira vez que isso acontece, e cá entre nós, "do jeito que a banda toca" por aqui não vai ser a última também. A medida atual impede o uso do App por 72 horas à partir das 14 horas desta segunda-feira.

Quem definiu o bloqueio foi o juiz Marcelo Montalvão do Sergipe, por conta dela as principais operadoras do Brasil serão obrigadas a bloquear o uso do aplicativo sob o risco de receberem uma multa diária de 500 mil reais. Da última vez que isso aconteceu, uma outra medida liberou o acesso ao App em algumas horas, vamos ter que esperar para ver o que acontece desta vez.

O motivo


Bom, o motivo é basicamente o mesmo da outra vez. A justiça quer ter acesso ao conteúdo de mensagens de alguns usuários específicos, segundo a mesma, no intuito é de desvendar um caso envolvendo tráfico de drogas e o WhatsApp estaria "negando-se" a fazer isso.

O WhatsApp já se pronunciou sobre isso alegando que simplesmente não pode fazer nada à respeito por um simples motivo: Nenhuma mensagem é armazenada nos servidores da empresa e para completar, recentemente o App adotou um sistema de criptografia ponto-a-ponto que dificulta ainda mais saber o conteúdo das mensagens, o WhatsApp alega simplesmente não ter as informações que o governo brasileiro quer. 

O uso de VPN


Se você foi um dos que vivenciou o bloqueio do WhatsApp por algumas horas no ano passado e já virou um "ninja da tecnologia" e saiu usando VPN "à torto e direito", vai com calma jovem, muita calma...

Eu vi muita gente usando VPN achando que estava segura, muitas vezes sem nem mesmo saber "o que ser" uma VPN... pressiona um botãozinho e o "Whats" voltava a funcionar sem maiores problemas, parecia mágica...  mas cabe aqui um alerta que e vou deixar com o meu amigo  André Noel:


Para saber como usar VPN consulte o nosso artigo (do ano passado) que te dá algumas dicas sobre o assunto.

Uma outra solução é usar o Telegram, no ano passado o App ganhou muitos adeptos por conta dos problemas no WhatsApp, ele continua funcionando muito bem e tem até um App para computador que funciona sem a necessidade do Smartphone estar conectado na mesma rede.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Franz - O App que junta Skype, Hangouts, WhatsApp, Telegram, Messenger e outros em um só lugar

Nenhum comentário

quarta-feira, 6 de abril de 2016

A ideia conceitual do Franz é muito simples, juntar todos os serviços de mensagens que você no dia a dia sob uma aplicação apenas, tudo isso para economiza recursos e manter a organização. Vamos conhecer o Franz um pouco melhor:

Franz - All messengers in One




O Franz ainda está em desenvolvimento e possui versões para as 3 principais plataforma, Windows, Linux e Mac. Basicamente ele consegue concentrar as versões online dos cada um dos serviços em abas, fazendo com que seja possível acessá-los facilmente, alternando entre os serviços facilmente.

Os serviços suportados incluem: Slack, Messenger, WhatsApp, Telegram, Skype, WeChat, HipChat, Hangouts, Grape e GroupMe.

Segundo o site oficial são quase 30 mil usuários em menos de um mês de existência, eles também informam que pretendem lançar uma versão do software empacotado no formato .deb, compatível com Debian, Ubuntu e seus derivados.

Atualmente a versão para Linux é um binário portátil que funciona em qualquer distribuição, basta baixar o pacote, extrair e dar dois cliques no arquivo.

O Franz consegue enviar notificações para o seu desktop também, o que ajuda na sua integração, porém pequenos detalhes ainda faltam ser corrigidos, como por exemplo o ícone do software que não aparece enquanto ele está aberto, obrigando o sistema a usar um ícone genérico (pelo menos do Ubuntu), um recurso interessante seria um ícone indicador, semelhante ao que o Telegram Desktop tem em seu cliente para Linux. Você pode baixar o Franz clicando no botão abaixo:

Quero agradecer ao meu amigo e leitor do blog Ricardo pela indicação, teste e nos diga o que você achou, por ser um software recente ele parece estar funcionando muito bem, especialmente se você desconsiderar os detalhes do acabamento.

Update

A comunidade Linux sempre muito prestativa se manifestou para corrigir este pequeno empasse no ícone do Franz, você pode baixar um tutorial feito pelo nosso leitor Cauã Santa Vicca clicando  aqui que ensina você a criar um ícone manualmente para o programa.


Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Google trabalha com Operadoras para criar concorrente ao WhatsApp

Nenhum comentário

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

A Google está desenvolvendo um serviço para substituir o tradicional SMS, pelo menos nos Smartphones Android, e de quebra concorrer com serviços como WhatsApp, Telegram e Facebook Messenger.

Google prepara concorrente do WhatsApp





Até o momento produto não tem um nome em especial, está sendo chamado simplesmente de RCS (Rich Communications Services). O RCS não é necessariamente um aplicativo como o WhatsApp mas um novo protocolo de comunicação para substituir o SMS/MMS utilizado atualmente.

Basicamente o que a Google quer fazer é tornar o RCS um padrão nos Smartphones, encare ele como se fosse uma "turbinada" no SMS atual e em seus recursos, fazendo que seja possível fazer basicamente tudo o que você faz com o Telegram/WhatsApp ou simular só que com um produto que utilize as redes de telefonia das grandes operadoras e não dependa de internet necessariamente.

As operadoras de telefonia estão vendo suas receitas com mensagens de texto despencarem desde que o padrão de comunicação entre as pessoas desta forma passou a ser feito através da internet com estes aplicativos populares, esta seria uma tentativa de reequilibrar o mercado dando ferramentas para as operadoras para concorrer com o Facebook especialmente, que predomina no setor com o Messenger e o WhatsApp, podendo oferecer uma nova alternativa de qualidade para os usuários.

O RCS poderia simplesmente ser integrado ao Smartphone e ao seu aplicativo de mensagens padrão, ou até mesmo ao Google Hangouts. A Google pretende lançar pelo menos uma amostra do novo serviço até o final de 2016.

E aí, você acha que uma medida destas seria capaz de desbancar o WhatsApp? Particularmente tenho minhas dúvidas, mas concorrência é sempre bom.

_____________________________________________________________________________

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Participe da comunidade Manjaro Linux no Telegram

Nenhum comentário

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Vamos abrir um espaço para uma comunidade Linux que eu particularmente curto bastante, a comunidade do Manjaro Linux, uma distro que tem o objetivo de ser uma solução muito amigável ao Arch Linux, tirando proveito das boas características da distro e juntamente com ferramentas para facilitar o uso de usuários domésticos.

Comunidade Manjaro Linux

Recentemente eu recebi um e-mail do nosso leitor Alisson Suassuna onde ele mostrava-me duas formas legais de interação com as pessoas envolvidas na comunidade Manjaro, especialmente um novo grupo no Telegram.

Então para as pessoas que gostam de usar o Telegram e se interessam pelo Manjaro existe uma comunidade criada no serviço com permissão dos membros oficiais da distro, basta clicar no botão abaixo:
Para quem quiser fazer parte da comunidade Manjaro mas não curte muito usar o Telegram uma boa alternativa é o fórum oficial brasileiro.

Se você ainda não conhece o Manjaro muito bem pode ser interessante você ver a review que nós fizemos sobre ele.


_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo