Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador temas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador temas. Mostrar todas as postagens

Estilo Long Shadow - Novo tema de ícones para Linux

Nenhum comentário

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Se você estiver procurando uma opção bacana de tema de ícones para a sua distro Linux e pretende colocar um tema bem estilizado e com um conceito um tanto diferente, especialmente se você curtir as famosas “long shadows”, você vai adorar o tema “Shadow”.

 Estilo Long Shadow - Novo tema de ícones para Linux










O Shadow é um tema flat para GNOME 3.10+ e interfaces “filhas” Na versão 4 contém mais de 980 ícones de apps e mais de 2200 ícones para o sistema e afins.




Instalando o tema Shadow


Baixe o tema à partir do GitHub ou do "GNOME Look", ele virá em um pacote compactado (zip), basta extrair o tema do arquivo compactado para a pasta .icons (ponto icons) dentro da sua pasta pessoal. Depois é só fazer a alteração do tema pelo software adequado a sua interface gráfica.



No Linux Mint você pode usar as próprias configurações do sistema e no Ubuntu, use o GNOME Tweaks.

Quem deseja fazer o processo de instalação pelo terminal pode seguir os seguintes passos:

git clone https://github.com/rudrab/Shadow.git

mv Shadow-master /home/$USER/.icons/

Se for pelo Gnome-Look, basta baixar e extrair o .tar.xz dentro da pasta “icons” que você criou

Feito isso, agora você pode desfrutar do novo tema para o seu sistema.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como instalar o tema de ícones e GTK do Flat-Remix no Ubuntu e Linux Mint

Nenhum comentário

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Poder personalizar a sua distro Linux da maneira que você bem entender é uma das vantagens do mundo Linux. Hoje vamos mostrar um conjunto de personalização, o Flat-Remix que se baseia no Material Design.


 Como instalar o tema de ícones e GTK do Flat-Remix no Ubuntu e Linux Mint





O Flat-Remix usa o tema Arc como base para a construção do seu tema, ele é feito pelo usuário daniruiz lá no GitHub. O tema tem 4 modos com variações, que são: Dark e Dark-Solid; Darker e Darker-Solid; Darkest e Darkest-Solid e GTK e GTK-Solid.

Instalação


O tema Flat-Remix tem temas tanto para o GTK quanto para ícones, assim podendo ser instalados separados, entretanto, nesse artigo vamos mostrar como instalar eles juntos e assim usá-los em conjunto também, criando um visual homogêneo. Para instalar o tema no Ubuntu/Mint temos duas formas, pode ser tanto da forma manual (criando pastas), quanto instalando via repositório. Vamos mostrar os dois para você:

Modo “Manual”


Primeiro vamos instalar o Flat-Remix para GTK, ele pode ser baixado aqui. Salve ele em um lugar em que você tenha fácil acesso.

Depois de baixado, você tem que conferir se a pasta oculta .themes existe no sistema, se ela não existir basta criar a pasta na sua home com esse nome, mas lembra-se de colocar o “.” ponto antes do nome da pasta, no Linux as pastas que começam com “.” são consideradas pastas ocultas do sistema e é assim que ela tem que ser. Para poder visualizar as pastas ocultas para pressionar a combinação de teclas “CTRL+H”.

Feito isso, basta abrir o arquivo do tema que você baixou com o descompactador de arquivos e extrair o conteúdo dele na pasta “.themes” que você acabou de criar. O próximo passo é ir na ferramenta de customização da sua distro e aplicar o tema Flat-Remix no sistema. No Ubuntu é necessário usar o GNOME Tweaks e no Linux Mint você deve usar as próprias configurações tema no painel de controle do Cinnamon (ambiente gráfico).

Instalando tema via PPA


A outra forma de instalar o tema GTKé via PPA. Para instalar PPA via interface gráfica veja este artigo do blog. Vamos instalar via terminal, que é bem simples com apenas um comando o processo se resolve, basta abrir o terminal, copiar e colar este comando: 

sudo add-apt-repository ppa:daniruiz/flat-remix -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install flat-remix-gtk -y

Depois de instalado, basta repetir o procedimento para mudar o tema, como mencionado logo acima.

Instalando o tema de ícones


Agora vamos instalar o tema de ícones do Flat-Remix, para baixar basta acessar este link. O procedimento para instalar manualmente é o mesmo que do tema, basta criar a pasta “.icons” ao invés da “.themes” na sua pasta home. Não esquecendo de usar o ponto antes do nome novamente. O resto do procedimento é exatamente o mesmo mesmo, usando as ferramentas já mencionadas para ativar os temas.

Para instalar via terminal vamos usar o mesmo PPA. Se você já o adicionei antes, agora é só rodar este comando no terminal:

sudo apt-get install flat-remix -y

Se você quiser poupar um pouco de tempo, é possível instalar tudo de uma só vez usando este comando:

sudo add-apt-repository ppa:daniruiz/flat-remix -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install flat-remix-gtk -y && sudo apt-get install flat-remix -y

O resultado é esse dos prints do projeto abaixo.


Flat Remix GTK


Flat Remix GTK Darker


Flat Remix GTK Dark


Flat Remix GTK Darkest

Para ver os outro projetos do usuário daniruiz, basta acessar o GitHub dele.

Ter opções de temas nunca é demais né ? =).

Espero você numa próxima, um forte abraço
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como instalar o tema de ícones Azure no seu Linux via Terminal

Nenhum comentário

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Vamos mostrar hoje como você pode instalar o tema para ícones Azure na sua distro Linux e deixá-lo com um tema de ícones mais moderno e bonitão. Esse é só um dos vários temas para ícones que existem, e se você quiser ver um "TOP 10" montamos uma lista neste artigo.

Como instalar o tema de ícones Azure no seu Linux






O tema de ícones Azure segue a linha de temas flat (ou chapada), que faz muito sucesso nos dispositivos móveis, como celulares e tablets por exemplo, esse tipo de tema vem ganhando fãs a cada dia por serem bonitos e amigáveis.

O tema Azure é baseado no tema Arc, feito pelo usuário horst3180 do github. O Azure é compatível com ambientes gráficos que rodem o GTK 3 e GTK 2, como por exemplo: Gnome, XFCE, MATECinnamon e etc.

Para rodar o tema você vai precisar ter o GTK+ 3.20 ou superior e se você estiver utilizando o GTK 2 vai precisar instalar dois pacotes adicionais, que são o GTK2 engine Murrine 0.98.1.1 ou posterior e o GTK2 pixbuf engine ou o gtk(2)-engine package. Para instalar vamos utilizar o terminal, mas nada que seja complicado, ok? 😉

Para abrir ele (terminal) vamos pressionar as seguintes teclas simultaneamente:  "Ctrl + Alt + T" ou procurar por "terminal" no menu da sua distro.

Depois de ter feito isso, você vai digitar (ou copiar e colar) no terminal essa linha de comando (procure observar o processo na distro que você estiver utilizando):

Fedora/openSuse e derivados:
yum install gtk-murrine-engine gtk2-engines

 Ubuntu/Mint/Debian e derivados:
sudo apt-get install gtk2-engines-murrine  gtk2-engines-pixbuf

ArchLinux:
pacman -S gtk-engine-murrine gtk-engines


Depois de ter feito isso, voce vai baixar o pacote do Azure lá no GitHub.

Como instalar o tema de ícones Azure no seu Linux

Depois de baixado o arquivo, você vai precisar descompactá-lo, o que vai gerar uma pasta com o nome do tema. Feito isso será necessaáio acessar a pasta via terminal e assim instalar o tema.

Estando dentro do diretório, você deve rodar o seguinte comando:
./Install
Se estiver usando o Ubuntu 16.04 (ou uma versão acima) ou o Mint e aparecer o seguinte erro  "XMLLINI not set and xmllint not found in path; skipping xml preprocessing", deverá rodar o seguinte comando para corrigir:
sudo apt install libxml12-utils
E se for no Fedora e derivados o comando é o seguinte:
 sudo dnf install glib2-devel
Feito isso, ainda dentro da pasta que voce descompactou,  é só rodar o seguinte comando para instalar os ícones:
./Install-Paper-Azure
Ai é só aguardar o processo terminar, "reiniciar" o seu computador e depois abrir a sua ferramenta de modificação de ambiente, como o Gnome Tweak ou a equivalente do ambiente da sua distro, procurar a sessão de personalização dos ícones, e ativar o tema Azure.


Como instalar o tema de ícones Azure no seu Linux via Terminal


E nesse passo a passo, você vai ter o Tema de Ícones Azure na sua distro. :)

Conte pra gente nos comentários qual é o seu tema de ícones favorito, espero que tenham gostado, até uma próxima e um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Conheça e instale o novo tema do Ubuntu 18.04 LTS

Nenhum comentário

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

A comunidade vem desenvolvendo o novo tema do Ubuntu baseado em alguns padrões do tema Adwaita do GNOME original em parceria com os desenvolvedores da Canonical, o resultado até agora me parece muito consistente. Veja como ficou e aprenda a instalar.

Ubuntu 18.04 LTS GKT Theme and Suru






Parece que finalmente o Ubuntu vai ganhar uma repaginada visual em seus ícones e tema GTK, substituindo os antigos "Ambiance & Radiance" que cunharam a identidade visual da distribuição. O novo tema do Ubuntu é composto do tema "Communitheme" para o GTK e o tema "Suru" para o os ícones, este último um resquício do projeto do Ubuntu para Smartphones.

Na imagem a seguir você pode ver a comparação entre o antigo tema (acima) e o novo tema (abaixo).

Ubuntu 18.04 LTS Theme

Como instalar o novo "Communitheme" no Ubuntu?


Antes de mais nada, o novo tema ainda está sendo trabalhado, então, alguns detalhes podem parecer estranhos, como as"barras de load" com outra cor ao invés do tradicional (e esperado) laranja:

Novo tema do Ubuntu

Mesmo assim, se você adicionar o repositório, assim que surgirem as atualizações e correções você deverá recebe-las com o restante das atualizações do sistema. 

O novo tema só funciona perfeitamente no Ubuntu 17.10 e no 18.04 (versões pré-alfa, como a que eu estou usando para fazer as imagens do artigo), ou seja, precisamos do ambiente GNOME Shell também.

A instalação é feita através de um repositório PPA:
ppa:communitheme/ppa
Você pode adicionar o PPA de forma gráfica:

Veja como adicionar PPAs no Ubuntu sem usar o terminal 

Se você adicionar o PPA desta forma, o pacote que você deve instalar é:
ubuntu-communitheme-session

Obviamente o procedimento também pode ser feito via comandos no terminal:
sudo add-apt-repository ppa:communitheme/ppa
sudo apt update && sudo apt install ubuntu-communitheme-session
Depois disso, você pode utilizar o GNOME Tweak Tool para fazer as alterações no tema, basta deixar com as seguintes opções:

GNOME Tweak Tool

Apesar de parecer ser esta a intenção, não há garantias ainda de que este tema será o padrão do Ubuntu 18.04 LTS, mas eu sinceramente espero que aconteça, pois fazia um bom tempo que a distro não apresentava um design padrão condizente com a sua época de lançamento, não é? :)

Você pode acompanhar o desenvolvimento do "Communitheme" através do repositório no GitHub. 

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Conheça o novo tema de ícones do Ubuntu 18.04 LTS

Nenhum comentário

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

O Ubuntu 18.04 LTS, que sairá em Abril de 2018 e será chamado de Bionic Beaver (jurava que iria ser Busty Blondie 😆😅😂), acabou de receber uma novo tema de ícones. O tema Suru.

Ubuntu 18.04 LTS






Recentemente eu publiquei no canal a review do Ubuntu 17.10, a primeira versão com GNOME do Ubuntu em muitos anos.



No fim das contas o meu palpite de qual seria o novo tema do Ubuntu, quanto aos ícones, estava certo (olha só a minha bola de cristal!), porém, não exatamente o mesmo que eu mostrei no vídeo, é uma variação dele feita pela comunidade.

ícones Suru

Os ícones Suru foram projetados para o Ubuntu Phone e foram utilizados de fato nele, mas como o Unity 8 era convergente, inevitavelmente esses ícones seriam transportados para o Desktop. Como ele já tem uma certa uniformidade e possui um "look & feel" do Ubuntu, faz sentido a Canonical aproveitar este trabalho já feito e com um design muito mais moderno e compatível com os padrões atuais em seu futuro lançamento.

Ubuntu com ícones Suru

Como a quantidade de ícones para serem adaptados ainda é grande, visto que os ícones não estão completos, é bom do tema ser escolhido agora e que assim há bastante tempo até o Ubuntu de Abril do ano que vem para deixar tudo pronto.

Não pode ser qualquer tema


Existem vários temas de ícones disponíveis por aí e existe uma grande chance de você achar um outro mais belo que o Suru, no entanto, não se trata apenas de beleza (apesar de algo importante, sem dúvida). Um sistema operacional não é composto apenas de aplicações nativas (quem vem pré-instaladas), mas também de aplicações adicionais, e não falo somente das que estão na loja de aplicativos, mas sim daquelas que você pode instalar de fora do repositório oficial. É importante que ao instalar um aplicativo qualquer, a identidade do sistema se mantenha.

Isso é uma ótima lição que podemos aprender da Apple e do macOS.

O ícone de uma aplicação é parte da identidade visual de uma marca, de uma empresa, produto ou serviço e ele deve ser respeitado, isso é extremamente importante, sobretudo para parcerias comerciais, ou seja, por mais que você ache bonito, um ícone muito diferente do original descaracteriza a aplicação, como acontece em vários belos temas que temos disponíveis atualmente.

ícones Suru

Apesar do set de ícones ainda não estar completo, você já pode instalá-lo e ter uma noção de como vai ficar, basta baixar ele daqui.

Extraia a pasta Suru para dentro da pasta .icons dentro da sua home e use o GNOME Tweak Tool para modificá-lo no Ubuntu 17.10. Claro, você pode fazer isso no Ubuntu 16.04 LTS com Unity também, neste caso, use o Unity Tweak Tool para fazer a alteração.

O que você achou do novo tema (que ainda vai receber melhorias)?

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Instale este tema moderno no seu Ubuntu 17.10!

Nenhum comentário

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Com o lançamento do Ubuntu 17.10 nós tivemos a volta do ambiente GNOME para o Ubuntu de forma completa, entretanto, o tema tradicional do Ubuntu, o Ambiance/Radiance, assim como os ícones Ubuntu Mono Dark/Light, continuam os mesmos de sempre, somado ao tema para o Shell, eles garantem a aparência tradicional do Ubuntu, que convenhamos, já está ultrapassada.

Tema United no Ubuntu






Ouvi falar que o Ubuntu 18.04 LTS virá com uma aparência melhorada, mas até lá, vamos ver o que podemos fazer com o Ubuntu 17.10, certo? Para tentar "corrigir" a aparência do GNOME Shell no Ubuntu, sem perder a identidade visual do sistema, vamos usar o tema United e o tema de ícones Diolinux Paper Orange.

O primeiro passo é adicionar a extensão para o GNOME Shell que permite que você carregue temas do seu diretório pessoal, então clique aqui e adicione o "user themes".

Outra ferramenta que você vai precisar é o GNOME Tweak Tool, ele permite que você faça modificações mais profundas no seu sistema, incluindo o tema. Você encontra esta aplicação na Central de Aplicativos do seu Ubuntu:

GNOME Tweak Tool Ubuntu

Agora que você já tem as ferramentas adequadas para mudar o tema, resta-nos baixar o tema United, acesse a página no GitHub do projeto e baixe os arquivos indicados.

Download do Tema United

O tema United tem algumas variações, inclusive é compatível com outras distros, no entanto, vamos fazer uma mescla entre eles para ter uma bom resultado final. Baixe o "United Latest" e o "United Ubuntu Alt", serão dois arquivos compactados.

Extraindo o tema United

Bastar extrair as pastas contidas dentro dos dois arquivos que você baixou para a pasta oculta .themes, caso ela não exista você pode criá-la, mas não esqueça de colocar o ponto antes do nome "themes", caso contrário ela não fica oculta. Para exibir as pastas ocultas no Nautilus é só pressionar Ctrl+H, para voltar a ocultar é só pressionar a mesma combinação novamente.

Para instalar o tema de ícones Diolinux Paper Orange, temos um tutorial específico para ele aqui.

Uma vez os temas instalados, agora só falta ativá-los, abra o GNOME Tweak Tool (Ajustes) e na sessão aparência deixe assim:

Gnome Tweak Tool Ubuntu

Claro que existem outras combinações que você pode testar, mas esta foi a que eu achei mais bela, lembra um pouco o design que o "falecido" Unity 8 tinha.

Aproveite a nova aparência e até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como instalar o tema de ícones do Zorin OS no Ubuntu e no Linux Mint

Nenhum comentário

domingo, 13 de agosto de 2017

Recentemente eu fiz uma review do canal Diolinux no YouTube sobre o Zorin OS 12.1, uma distribuição da Irlanda, a mesma terra do popular Linux Mint. Um sistema que tem a proposta de ser uma distribuição Linux fácil e intuitiva para quem vem do Windows e que até mesmo possui uma versão paga.

Zorins OS icon theme download






Recentemente eu visitei novamente o Zorin OS em uma review no canal, e como comentei, a distro tem a proposta de ser amigável para usuários iniciantes, especialmente os vindos do Windows. Parte do ambiente que compõe essa experiência a qual o Zorin se propõem é o tema do sistema, ícones e tema GTK.

Os ícones do Zorin OS especialmente me chamaram a atenção pelo simples fato de derivarem do tema Paper, que é outro que eu gosto muito, mas com uma coloração azulada, que encaixa muito bom, não só com o tema do Zorin, mas com outros também, como o popular Arc.


Como instalar o tema do Zorin OS no Ubuntu ou Linux Mint


A instalação é muito simples, basta baixar os pacotes .deb e instalar dando dois cliques.


Depois de instalado, basta usar um ferramenta como o GNOME Tweak Tool, Unity Tweak ou mesmo as configurações de tema do Cinnamon, no caso do Linux Mint.

Para o caso do tema GTK do Zorin, também é possível instalar via pacotes .deb, porém, o tema tem uma série de dependências que precisam ser instaladas em uma certa ordem. Baixe os pacotes abaixo e instale na ordem em que são apresentados:






Depois de instalado o tema, você pode ativá-lo da mesma forma que faz com os ícones, a diferença que este tema GTK do Zorin possui várias cores diferentes, o que pode torná-lo interessante para utilizar com outros temas de ícone, não somente com o do Zorin.

Exemplos de temas com ícones Zorin OS

Vale a pena testar algumas combinações diferentes até encontrar alguma que você goste mais.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Os 10 melhores temas para desktop Linux (Ícones e GTK)

Nenhum comentário

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Você gosta de personalizar a interface da sua distribuição Linux? Então este artigo foi feito pensando em você! Vamos conhecer e comparar os 10 melhores temas disponíveis atualmente para as distribuições Linux.

Melhores temas de ícones e GTK para Linux




É difícil fazer uma lista de "melhores de qualquer coisa" e agradar a todos, então quero deixar claro que estamos levando aqui vários quesitos em consideração, entre eles, popularidade e constante atualização. Outra coisa que é importante que você saiba é que só escolhemos temas que possuam um "par", ou seja, são projetos que possuem um tema de ícones e GTK ou que combinam muito bem ocm outro, aliás, este é um ponto importante, os temas são GTK e em geral eles costumam funcionar bem em todas as distros que utilizem ele para o desenho dos temas, o que neste caso exclui o KDE Plasma em muitos casos, infelizmente, entretanto, os ícones, mesmo no KDE, deverão funcionar sem problemas.

Dependendo da versão do GTK que a sua distribuição utilize, um tema poderá ser melhor compatível que outro. Em geral, Gnome Shell, Cinnamon, XFCE, LXDE, Pantheon Shell, Budgie Desktop, Unity e MATE costumam responder bem a eles.

Todos os temas terão links para as suas páginas, onde você poderá baixá-los e instalar, nestas páginas normalmente há também instruções para instalar os temas, mas mesmo assim, caso você não saiba como instalar e ativar temas, eu recomendo que você veja este vídeo, ele é um dos mais antigos do canal, mas ainda serve muito bem para estes propósitos. Cada interface tem sua própria forma de fazer a mudança dos temas, então procure entender como a sua distribuição manipula esse tipo de coisa, mas a instalação em si, quando feita de forma manual, é feita da mesma forma em qualquer distro, independente da interface.

- Temas GTK devem ser extraídos para dentro da pasta .themes (pasta oculta dentro da sua home).

- Temas de ícones devem ser extraídos para dentro da pasta .icons (pasta oculta dentro da sua home).

Caso estas pastas não existam, você pode criá-las sem problemas, mas não esqueça do "." (ponto) antes do nome, pois elas devem permanecer ocultas. Normalmente para exibir estas pastas em gerenciadores de arquivos você deve pressionar a combinação de teclas "Ctrl+H", no KDE Plasma temos uma particularidade, a tecla de atalho é "Alt+.".

Os temas aqui listados não estão necessariamente em uma ordem de melhor para pior, "mais feio" para o "mais bonito", ou ao contrário, então sinta-se à vontade para comentar qual é o tema que você mais gosta.

Top 10 temas de ícones e GTK para Linux


Vamos começar a nossa pequena lista com o tema:

1 - Papyrus


Temas de ícone Papyrus

O tema de ícones Papyrus possui algumas variações, inclusive uma versão específica para o elementary OS, e uma versão para temas GTK com interface escura. O tema Papyrus combina muito bem com o tema OSX Arc Darker.

2 - Paper


Paper Theme

O tema Paper é composto por um tema de ícones e um tema GTK, o que garante uma certa harmonia ao conjunto, existe também uma pequena variação de ícones, chamado Paper Dark. Ambos podem ser baixados à partir da página oficial do projeto.

3 - Numix


Numix Theme

Este é um dos temas mais populares do mundo Linux e talvez seja o mais abrangente também. O projeto Numix possui temas de ícones e GTK e ainda possui algumas ótimas variações, como o Numix Circle, que segue o mesmo conceito de design, mas com ícones arredondados. Existem variações de temas escuros também e até mesmo um conjunto de wallpapers e tema plymouth (tela de inicialização do sistema) feito pela equipe do Numix. Tudo isso e muito mais você encontra na página oficial do projeto.

4 - Moka


Moka Theme

O tema Moka é do mesmo desenvolvedor do Paper e também possui um tema GTK e um de ícones, prevalecem as cores claras um tom lilás. Você pode baixar o tema de ícones Moka no site oficial e o tema GTK a partir de um PPA do Noobs On Lab.

5 - Arc Theme


Arc Theme

Assim como o Numix, o tema Arc talvez seja um dos mais populares do mundo Linux atualmente, ele possui variações muito interessantes, como o OSX Arc que eu comentei no primeiro tópico. O projeto também possui um tema de ícones que se encaixa muito bem com a sua proposta. Você pode baixá-lo e obter informações a partir da página no GitHub dedicada a ele juntamente com o tema Arc GTK.

6 - Nitrux/Luv


Nitrux Luv

O tema LUV, provindo do projeto Nitrux, também é um belo conjunto, ele combina muito bem com o tema GTK Adapta, que você verá logo mais aqui na lista. Você pode baixá-lo através de sua página no GitHub.

7 - La Capitaine

La Capitaine

Pra galera que curte o macOS, este é tema que busca várias inspirações no tema de ícones do macOS El Capitan, por isso do nome. Acho este particularmente belo. Ele fica muito bem com o tema GTK Sierra. Você pode baixar o La Capitaine na página do projeto.

8 - Xenlism


Xenlism

Este é um outro belo conjunto de ícones, o Xenlism possui algumas variações de cores também, mas o padrão é este azul que você pode ver na imagem acima. Ele se encaixa muito bem com o GTK Sierra do tópico anterior e com as bordas das janelas do tema ARC, perceba que aqui começam algumas mesclas. Você pode baixar o tema de ícones de sua página oficial também.

9 - Faenza


Faenza Theme

O Faenza é um dos temas clássicos do mundo Linux, ele foi um dos primeiros que eu utilizei ainda no tempo do Gnome 2, e cá entre nós, ele continua muito bonito. O Faenza possui algumas variações para se adaptar aos temas GTK em que está atuando em conjunto, como o Faenza Dark e Darker e adaptações específicas para o temas Ambiance e Radiance, os padrões do Ubuntu até então. Na imagem acima estou combinando ele com o tema Arc Darker. Você pode baixar o Faenza e ter mais informações através de sua página no DeviantArt.

10 - Adapta


Adapta

O tema Adapta tem um visual muito moderno, inspirado no Material Design que a Google usa no Android, uma combinação interessante de se fazer com ele é utilizar o tema Pop, desenvolvido pela System76 para o Ubuntu, que é essa combinação representada na imagem acima. O próprio tema Tema Pop nada mais é do que uma variação do Adapta. Você pode baixar o tema GTK Adapta aqui, ou baixar o tema Pop, com ícones e GTK aqui, a variação não é tão grande.

Finalizando


É claro que existem muitos outros temas de ícones, aqui no blog mesmo você encontra vários temas e vários ícones diferentes para instalar, mas esta é o que eu acredito que seja a seleção principal que temos atualmente. Claro, é interessante observar que você pode fazer uma mescla de todos estes mostrados no post em composição com outros inclusive que não estão aqui neste Top 10.

Sinta-se à vontade para dizer qual é a sua combinação preferida e acrescentar outros que não estejam aqui.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo