Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador unreal engine 4. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador unreal engine 4. Mostrar todas as postagens

Unreal Engine 4.21 é lançada com suporte para VULKAN e performance em Linux melhorada

Nenhum comentário

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

A Epic Games, dona da Unreal Engine, fez um post no blog oficial do projeto mostrando as novidades da nova versão da Engine, trazendo o suporte ao VULKAN e , algo que para nós, Linux gamers, é muito bom, sem dúvida.

 Unreal Engine 4.21 é lançada com suporte para VULKAN e performance em Linux melhorada






Em seu comunicado, a empresa salienta as qualidades que o update tem a oferecer nessa nova versão (4.21), uma maior eficiência, desempenho e estabilidade em qualquer plataforma em que a Unreal Engine seja utilizada, podendo ser mobile, PC (Window, Linux e macOS), VR (Realidade Virtual) e afins.

A lista de melhorias, aprimoramentos, correções e implementações é gigante e você pode conferir melhor no post deles. Aqui vamos pontuar alguns detalhes interessantes ao mundo Linux.

Linux como destaque


Primeiro, o que chamou atenção foi a chamada deles no Twitter, como vocês podem ver abaixo, colocando o Linux como destaque, coisa muito rara de acontecer, mas que foi muito grata de se ver.


É  muito gratificante ver que empresas do mundo dos jogos estão voltando os olhos para as plataformas open source, como o Linux  e portando as suas ferramentas de criação para ele, assim facilitando a vida dos desenvolvedores na hora de fazer um porte do seu jogo.

Outro ponto que eles melhoraram e muito, foi o tempo de “cozimento” dos projetos, tempo esse que foi reduzido em 60%, um ganho colossal para quem precisa de rapidez na hora de construir o seu jogo.

Vulkan é a nova estrela da companhia


Agora a parte  que vai ajudar e muito quem quiser portar ou fazer os seus jogos para Linux utilizando o UE 4 (4.21). Já começa que eles vão utilizar o VULKAN como renderizador padrão ao invés do “veinho de guerra” OpenGL. O OpenGL só será “chamado” se o VULKAN falhar na hora de inicializar.

Com a adoção do VULKAN, isso torna a vida dos devs muito mais fácil, pois eles podem utilizar o VULKAN em quase todas as plataformas, como Android e iOS, Windows, Linux e macOS, assim poupando tempo, dinheiro e pessoal na hora de fazer um jogo, pois vai ter tudo ali em uma única plataforma, bastando exportar para a plataforma que quiser.

Agora o player de mídia padrão na versão de Linux vai ser o WebMMedia, suportando assim os formatos .webm VPX8/9 para vídeos, cutscenes, por exemplo.Outra novidade é que os desenvolvedores terão uma GUI (interface gráfica com interação) para reportar bugs e crashs no Linux, uma reivindicação antiga dos devs inclusive.. No comunicado, a Epic Games pede para que sejam reportados até a  “exaustão” os bugs, mesmo os repetidos, pois eles querem corrigi-los e entregar uma ferramenta “redondinha” para a comunidade de desenvolvimento. 

Muitas outras coisas foram adicionadas nessa versão 4.21, uma lista muito grande mesmo e que não caberia em um artigo no blog. Mas se você quer saber quais são, acesse o link do artigo deles.

Um novo grande estúdio no Linux?


Isso é muito empolgante de se ver, uma gigante do mundo dos games, a Epic Games, fazendo esse tipo movimento para trazer a sua ferramenta para mais perto do mundo open source e incentivando a galera a contribuir e desenvolver também. Recentemente ela lançou a sua Store, como noticiamos aqui no blog, e deixou em aberto que os jogos e a Store teriam uma versão para macOS e plataformas de código aberto, o que pode incluir o Linux. Isso seria muito bom para a adoção do Linux por mais pessoas, . Bem que a Canonical poderia fechar uma parceria oficial com as duas gigantes do setor né, com a Valve e a Epic Games, seria de “bugar a matrix”.

O que você achou das mudanças da Unreal Engine 4? Acho que a Epic Games pode desembarcar o Fortnite no Linux no próximo ano?

Até uma próxima e um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Mais um jogo de FPS vindo para Linux, o TO4: Tactical Operations

Nenhum comentário

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

O mundo dos jogos para Linux deu uma esquentada nesse segundo semestre de 2018, com a anúncios de alguns jogos que já listamos nesse artigo, dentre eles o Dead Cells que vem ganhando elogios da mídia especializada.


Mais um jogo de FPS vindo para Linux, o TO4: Tactical Operations






Se o seu estilo de jogo é o FPS, tem mais um game nesse estilo “saindo do forno”,  é o “TO4: Tactical Operations”,  jogo esse no estilo do Counter Striker e que utiliza a Unreal Engine, fazendo com que o porte para Linux seja mais simples.

Segundo os desenvolvedores, a versão de Linux não será “totalmente suportada”, onde os updates e correções demorarão um pouco mais para chegarem ao Pinguim. Mas eles explicam na seguinte declaração:

"Nós realmente estamos trabalhando em um versão para Linux do TO4, tanto a versão para “servers” quanto o “client” e a primeira interação entre eles estão completas nas suas execuções. Nós vamos enviar a versão para Linux como uma “versão não suportada do game” (por enquanto), isso quer dizer que se houver bugs e problemas iremos priorizar a versão do Windows primeiramente em relação a versão para Linux (desculpe pessoal do Linux). Muitas pessoas preferem instalar alguma versão de Linux em servidores em relação ao Windows, para economizar custos em relação às licenças referentes a versão Server do Windows. Então estamos muito felizes que possamos fornecer arquivos do Servidor para Linux, isso deve fazer com que o custo de rodar ou alugar um servidor seja mais barato assim que o jogo for lançado. Ainda há alguns pequenos problemas a serem resolvidos, mas no geral ambos estão funcionando melhor do que o esperado para uma primeira interação. O “client” para Linux estará disponível na versão Linux da Steam."

Abaixo você confere uma imagem de gameplay do game rodando no Linux.

Mais um jogo de FPS vindo para Linux, o TO4: Tactical Operations

Interessante ver os desenvolvedores tomarem esse tipo de posicionamento e “jogar as claras” referente a versão de Linux. Cada dia mais "o pinguim" vem recebendo mais atenção de quem desenvolve os games, pensando em fazer uma versão para Linux já no lançamento do título.

Agora conte aí nos comentários, o que você espera desse jogo e se vai jogar também. =) 
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo