Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador virtual box. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador virtual box. Mostrar todas as postagens

Como instalar o VMWare 5 no Ubuntu e no Linux Mint

Nenhum comentário

segunda-feira, 19 de novembro de 2012


Versão 5 do VMWare Player lançado, aprenda a instalar na sua distro

wmwareplayer-ubuntu

O VMWare é uma das ferramentas mais completas de virtualização de sistemas operativos, diferentemente do Virtual Box, que é Open Source, o VMWare Player tem o código fonte fechado. O que não diminui em nada as suas qualidades.
Umas das quais eu mais destaco é a possibilidade que temos de usar entradas USB na máquina virtual sem precisar instalar pacotes extras, como é o caso do Virtual Box.

Instalação do Ubuntu 12.04/12.10 e Mint 13

Primeiramente precisamos instalar algumas dependências, no terminal cole o comando:


sudo apt-get install build-essential linux-headers-`uname -r`
Agora para sistemas de 32 bits use os comandos a seguir para a instalação:


mkdir ~/VMware && cd ~/VMware

wget -c http://goo.gl/qGcHF -O VMware-Player-5.0.1-894247.i386.bundle.tar

tar -xvf VMware-Player-5.0.1-894247.i386.bundle.tar

chmod +x VMware-Player-5.0.1-894247.i386.bundle

sudo sh VMware-Player-5.0.1-894247.i386.bundle
Para sistemas de 64 bits use os comandos abaixo:


mkdir ~/VMware && cd ~/VMware

wget -c http://goo.gl/aoveM -O VMware-Player-5.0.1-894247.x86_64.bundle.tar

tar -xvf VMware-Player-5.0.1-894247.x86_64.bundle.tar

chmod +x VMware-Player-5.0.1-894247.x86_64.bundle

sudo sh VMware-Player-5.0.1-894247.x86_64.bundle
Depois basta seguir as instruções de instalação.
Qualquer dúvida use a sessão de comentários.

Fonte

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


RemoteBox: Gerencie suas VM remotamente

Nenhum comentário

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Conheça o Software

O RemoteBox é uma aplicação com GUI escrito em Perl que permite aos usuários gerenciar VMs (máquinas virtuais), criadas com o VirtualBox, remotamente ou localmente.
Você pode gerenciar a partir de um servidor remoto como se eles estivessem instalados localmente.


RemoteBox com Interface Gráfica 

Caracteríscas

  • Cliente VirtualBox  com interface de GTK
  • Gerenciar contas no VirtulBox remotamente com a possibilidade de criar / editar os hóspedes
  • A instalação do RemoteBox não requer Apache / IIS
  • Iniciar / parar / pausa / salvar as VMs
  • Ver / interagir com VMs usando RDP (Remote Desktop Protocol)
  • Configurar sistema / configurações de tela (processador, monitor de vídeo, pastas compartilhadas, dispositivos de entrada, de áudio, portas I / O, etc)
Se você desejar ver características mais específicas do programa acesse este link A última versão do RemoteBox é a 1.4, e suporta a última versão do VirtualBox 4.2.0. 

Instalação

Para instalar RemoteBox 1.4 a partir do PPA no Ubuntu 12.10/12.04/11.10 ou Linux Mint 13/12, abra o terminal e digite estes comandos:


sudo add-apt-repository ppa:upubuntu-com/virtual
sudo apt-get update
sudo apt-get install remotebox
Depois é só abrir o software pela Dash:

RemoteBox na Dash do Ubuntu 

Virtual Box no Ubuntu

Para outras distribuições, você pode baixar a partir de RemoteBox aqui: http://remotebox.knobgoblin.org.uk/downloads.cgi

Fonte

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Como instalar o Virtual Box 4.2 no Ubuntu

Um comentário

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Novo Virtual Box 4.2 é lançado


O Virtual Box é sem dúvida a melhor opção Open Source para virtualização, e a pouco tempo foi lançada a versão 4.2 do programa que infelizmente ainda não está disponível através do repositórios oficiais do Ubuntu. Mas não é por isso que nós vamos deixar de utilizar essa ferramenta não é verdade?

virtual-box

Instalação

Para instalar no Ubuntu, execute os seguintes comandos no terminal:


echo "deb http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian $(lsb_release -sc) contrib"

sudo tee /etc/apt/sources.list.d/virtualbox.list wget -q http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian/oracle_vbox.asc -O-
sudo apt-key add -
sudo apt-get update

O que há de novo? 


  • Melhorias na eficiência e gestão – O novo Virtualbox permite uma gestão mais eficiente e simples de um numero alargado de máquinas virtuais. A nova funcionalidade VM Groups permite que os administradores e utilizadores, possam gerir várias máquinas de uma só vez, através de uma interface gráfico ou via CLI.
  • Melhorias ao nível da rede: O Oracle VM VirtualBox 4.2 tem agora suporte para 36 placas de rede virtuais (ao contrário das 8 que eram suportadas em versões anteriores). Além disso, uma das funcionalidades mais interessantes é o suporte para VLAN tagging, permitindo assim a operação das VMs em cenários de rede com Vlans. Além disso, o utilizador pode agora também definir a largura de banda para cada máquina virtual.
  • Suporte para novas plataformas: O O Oracle VM VirtualBox 4.2 tem agora suporte para o Windows 8, Mac OS X 10.8 “Mountain Lion,” e Oracle Linux 6.3

Alternativamente você fazer o download através deste link

Fonte


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Atualização do Virtual Box 4.1.20

Nenhum comentário

quinta-feira, 23 de agosto de 2012


Virtual Box
Enquanto os usuários esperam a publicação da versão 4.2 do sistema de virtualização desktop, os desenvolvedores do VirtualBox liberaram a atualização 4.1.20 com correções que melhoram sua estabilidade e retificam várias regressões.
No total, a décima atualização para o branch 4.1.x do aplicativo de virtualização desktop da Oracle corrige mais de 20 bugs; alguns deles poderiam causar travamentos ao, por exemplo, executar máquinas virtuais (VMs) sem virtualização de hardware ou restaurar um snapshot antigo.
Para hosts do Mac OS X, o VirtualBox 4.1.20 inclui adaptações para o Mountain Lion 10.8. O Linux Installer foi atualizado para trabalhar melhor com o Gentoo Linux, enquanto o Guest Additions para Linux traz correções de compilação para os kernels do Linux 3.5-rc1 e 3.6-rc1, e versões 6.3 do Red Hat Enterprise Linux (RHEL) e CentOS. Outras mudanças incluem correções para hosts do Solaris e para o instalador do Solaris. Os desenvolvedores alegam que, para novas VMs, o clipboard foi desabilitado por padrão.
No início do mês, o projeto lançou o primeiro beta do VirtualBox 4.2. O novo branch traz várias melhorias e novas funcionalidades, como um novo “expert mode” para wizards, melhor suporte para Windows 8 e a opção de modificar algumas configurações enquanto uma VM está sendo executada.
Mais informações sobre a atualização, incluindo uma lista completa de correções, podem ser encontradas no change log. O VirtualBox 4.1.20 pode ser baixado para Windows, Mac OS X, Linux e Solaris.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Criando pasta de compartilhamento no VirtualBox - Ubuntu

Nenhum comentário

quarta-feira, 30 de maio de 2012


Continuando na minha jornada com o VirtualBox, precisei de mais uma ajudinha do google… :)
Precisava criar uma pasta compartilhada da máquina real com a virtual, para agilidade na transferência de arquivos.
Bom, segue abaixo as etapas que executei.
Para Windows:
1) Criar uma pasta na máquina real(base). *Só criar, mais nada!
2) No VirtualBox, selecione sua máquina virtual -> clique em configurações -> vá em Pastas compartilhadas.
3) Acrescente uma pasta, coloque o caminho, nome (importante, pois usaremos posteriormente na etapa 6), e marque a opção “Tornar Permanente”.
4) Agora inicie sua maquina virtual.
5) Iniciar -> Executar -> digite: cmd
6) Digite o comando: net use disco \\vboxsvr\nome da pasta
* no lugar de “disco” coloque z: por exemplo, será a unidade mapeada da pasta compartilhada e no lugar do “nome da pasta” digite o nome que você forneceu nas configurações da máquina virtual (da etapa 3).
7) Vá em Meu Computador e pronto!!!
Resolvido!!!

Fazendo o VirtualBox OSE reconhecer pendrives USB no Ubuntu

Nenhum comentário

segunda-feira, 28 de maio de 2012


Quem usa o VirtualBox já deve saber que existem duas versões desse ótimo virtualizador: uma versão open source(OSE) e outra de código fechado. A principal diferença entre elas é que a OSE não suporta dispositivos USB. Em outras palavras, ela não vai reconhecer nenhum pendrive que você espete na máquina hospedeira.
O Ubuntu, como muitas distribuições, traz em seus repositórios apenas a versão OSE. Para quem precisa utilizarpendrives com máquinas virtuais, e não quer instalar a versão de código fechado, isso é um sério transtorno. Mas nada que um “jeitinho brasileiro” não resolva.
Vamos ao caminho das pedras, aplicável para quando o Ubuntu é o sistema hospedeiro:
  1. Na configuração da sua máquina virtual, vá em Pastas Compartilhadas. Ali, compartilhe a pasta /media. O nome da pasta (que é como o sistema convidado irá enxergá-la) fica a seu critério; eu costumo deixar comomedia mesmo;
  2. Inicialize sua máquina virtual. Caso já tenha instalado os adicionais para convidado, poderá acessar seupendrive sob \\vboxsvr\media (caso o sistema convidado for windows) ou sob //vboxsvr/media(sistemas Linux).
O Ubuntu monta os pendrives sob /media, com o nome do rótulo do volume. Portanto, se o rótulo do seu pendrivefor FOOBAR, você poderá acessar seus arquivos no sistema convidado em \\vboxsvr\media\FOOBAR.
Simples, não? :D
Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo