Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador vlc. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador vlc. Mostrar todas as postagens

Museeks, o seu player de músicas minimalista e elegante

Nenhum comentário

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Quando pensamos em ouvir as nossas músicas, logo pensamos nos serviços de streaming como Spotify, Deezer, YouTube Music entre outros. Mas muitas pessoas  ainda tem músicas salvas no pc, em algum tipo de armazenamento ou simplesmente não tem acesso a internet é quer ouvir as suas músicas, então precisa de um player offline para isso. Vamos mostrar mais uma opção para Linux.


 Museeks, o seu player de músicas minimalista e elegante






Quando vamos ouvir música offline no Linux, o VLC Player é a primeira opção para essa tarefa, vindo depois o MPV player, SMPlayer, MPlayer, Amarok, Rhythmbox entre outras opções.

O Museeks é feito nas tecnologias Node.js, electron (base atom-shell) e React.js e assim garantindo a possibilidade de ser usado em multiplataforma (Linux, Windows e macOS).

Algumas características do Museeks:

⏺ Reprodutor de música multiplataforma;
⏺ Layout clear;
⏺ Listas de reprodução;
⏺ Gerenciador de filas de reprodução;
⏺ Shuffle, Loop;
⏺ Suporte para capas de álbum;
⏺ Tema escuro;
⏺ Controle de velocidade de reprodução;
⏺ Bloqueador do modo de suspensão;
⏺ Quando minimizado, ícone fica na tray;
⏺ Formatos suportados: mp3, mp4, m4a / aac, flac, wav, ogg, 3gpp.

Para maiores informações sobre o Museeks, consulte o GitHub dele.

Home do Museeks tema claro
Home do Museeks tema escuro
Como adicionar arquivos a Biblioteca

Se você quiser baixar ele para Linux, Windows ou macOS, acesse este endereço aqui.

Agora é só ir adicionando as suas músicas e ir curtindo a “sonzeira”.

Espero você no próximo post, forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


UE vai começar a dar recompensas para quem achar bugs de segurança em projetos Open Source

Nenhum comentário

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Em 2019 uma Comissão Europeia relacionada a segurança cibernética está procurando a ajuda de quem puder para descobrir falhas de seguranças e bugs em 15 projetos Open Source,  o montante pode chegar até €1 Milhão.

 UE vai começar a dar recompensas para quem achar bugs de segurança em projetos Open Source






Anúncio foi feito por Julia Reda, membro do European Pirate Party e co-fundadora do projeto Free Software Open Source Audit (FOSSA), que foi iniciado em 2014 para ajudar a melhorar a segurança geral da Internet.

Em seu blog, ela fez o anúncio em 30 de Dezembro de 2018 e a na última atualização neste ano (10/01/2019) fez o seguinte complemento.

“Em janeiro, a Comissão Europeia está lançando 14 de um total de 15 recompensas para a caça de bugs em projetos de Software Livre que as instituições da UE confiam. Um bug bounty é um prêmio para pessoas que procuram ativamente por problemas de segurança. O montante da recompensa depende da gravidade do problema descoberto e da importância relativa do software. Os projetos de software escolhidos foram previamente identificados como candidatos nos inventários e uma pesquisa pública .”

Alguns programas bem conhecido estão na lista dos “contratos”, como:

- Filezilla, com recompensa €58.000,00, começando em 07/01/19 e terminando em 15/08/19;

- VLC Media Player, com recompensa de €58.000,00, começando em 07/01/19 e terminando em 15/08/19;

- KeePass, com recompensa de €71.000,00, começando em 15/01/2019 e terminando em 31/07/2019;

- PuTTY, com recompensa de €90.000,00 começando em 07/01/2019 e terminando em 15/12/2019;

Outro ponto pertinente levantado pela Julia foi o seguinte:

"A questão fez muitas pessoas perceberem o quão importante é o Software Livre e de Código Aberto para a integridade e confiabilidade da Internet e outras infraestruturas. Como muitas outras organizações, instituições como o Parlamento Europeu, o Conselho e a Comissão baseiam-se no Software Livre, tanto em seus sites, quanto muitas outras coisas ".

Bem que nossos legisladores poderiam ter a mesma postura em nossas prefeituras, governos estaduais e federais.

Para saber a lista completa de aplicativos que participam da campanha, além de saber como você pode participar, acesse o link do blog da Julia Reda.

Iniciativas assim são muito bem-vindas, pois trazem benefícios para os usuários dos aplicativos e assim eleva a qualidade dos mesmos, não só para quem promove a caça aos bugs, como para aqueles que ainda irão usar os aplicativos no futuro que já contarão com correções de bugs, vulnerabilidades e implementações de novas tecnologias também. 

Isso é um dos “poderes” que a comunidade open source tem, poder diagnosticar um problema, pensar e desenvolver a solução e aplicar a mesma em tempo “recorde” em relação aos softwares e sistemas operacionais proprietários.

Espero você até o próximo post, forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Os pacotes Snap mais baixados do ano!

Nenhum comentário

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Na última Quinta-feira de 2018 (27), a Canonical soltou em seu blog uma lista com os Top 10 aplicativos mais baixados no formato Snap, baixados através da Snap Store ou do site Snacraft, site onde você tem todas as instruções para a instalação. A empresa não informou o número de downloads, apenas a ordem de aplicativos mais baixados.


 Os pacotes Snap mais baixados do ano!





Vale mencionar a grande gama de empresas portando os seus aplicativos para Linux e usando o Snap como uma porta de entrada para tal, assim dando uma chance para a plataforma. 

Confira agora a lista dos Snaps mais populares do ano, repare que temos vários nomes famosos na lista! 





O Spotify lidera a lista, o popular serviço de streaming de música foi um dos primeiros grandes do  mercado a adotar o formato Snap como padrão para distribuir o software.

2 - Slack



Na segunda posição aparece o Slack, uma ferramenta que se tornou muito popular nos últimos anos em empresas, como uma forma simples e eficiente de organizar projetos e times.

3- VLC 




O player mais versátil do mundo aparece na terceira opção. Agora com suporte ao formato Snap, as novidades do VLC chegam ainda mais rápido ao Ubuntu e a qualquer sistema que o uso dessa forma.

4 - Discord




O Discord é um dos métodos preferido dos gamers de comunicarem, mas além disso ele se tornou uma ferramenta de fórum muito interessante também, com comunicação via chat, voz e imagem. Um quarto lugar neste Top 5 é mais do que justo.

Aproveite para conhecer a comunidade #L2G que nós temos lá no Discord.




Os desenvolvedores agradeceram a possibilidade de instalar uma ferramenta tão completa quanto essa com um simples clique, fechando o Top 5 de aplicativos Snap mais baixados neste ano, o que mostra o grande interesse de desenvolvedores Android no Ubuntu como plataforma também.


O futuro é o Snap?


A popularidade do formato mostra que o Snap vem se tornando muito atrativo para as empresas que querem portar os seus produtos para um sistema com suporte empresarial, no caso o Ubuntu, ainda que esse formato automaticamente porte o software para todas as distros Linux compatíveis com o Snapd.

Apesar do Snap ser muito atrativo, ele não é o único, formatos como Flatpak e AppImage também vem ganhando maior atenção, esperamos em breve ter dados para poder mostrar um “top” desses formatos também.

A lista acima representa apenas alguns dos Snaps mais populares, outros que fazem parte do Top 10 de Snaps mais baixados incluem também o Next Cloud, o servidor de streaming Plex, o editor de texto Notepad++, o editor de vídeo Shotcut e o game Xonotic.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux

Nenhum comentário

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Nos dias de hoje a produtividade é um fator essencial, tanto no ambiente de trabalho, quanto no pessoal, tornando assim o seu dia a dia mais eficaz. Pensando nisso vamos mostrar 7 aplicativos que vão te ajudar a fazer todas as suas tarefas e otimizar o seu tempo.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.






1 - Primeiro vamos mostrar um complemento para o Google Chrome e outro para o Mozilla Firefox, que são respectivamente Go PiP (Chrome) e Floating for YouTube (Firefox e Chrome).

Esse complemento permite que você assista vídeos do YouTube e NetFlix em uma janela em pop-up, assim podendo continuar os seus afazeres. Fizemos um vídeo lá no canal explicando melhor e nele tem os links para baixar o complemento

              

2 - O segundo aplicativo da lista já deu as caras aqui no blog, estamos falando do Franz, um agregador de serviços de mensagens como Web WhatsApp, Telegram, Slack, Skype, Messenger, Discord, Hangouts, entre outros. Ele pode ser instalado via pacote .deb ou ser utilizado via AppImage (caso você não use uma distro base Ubuntu ou não queira instalar ele no seu computador). Você pode baixar os pacotes do site oficial acessando esse link.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.

3 - O terceiro item da nossa lista é um organizador de "post it" (notas rápidas), que vai ajudar (e muito!) quem precisa ver várias anotações para poder se organizar no dia a dia. Estamos falando do Simplenote ( que já deu uma passadinha aqui no blog) e se mostrou uma alternativa ao Evernote e ao Google Keep. Tendo uma interface simples e intuitiva, você não vai ter problemas em adaptar-se a ele. Para baixá-lo basta acessar esse link e escolher o formato que preferir.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.


4 - No quarto item, temos uma ferramenta para "Screenshots" ("fotos da tela", na tradução livre), que conta com inúmeras ferramentas que vão lhe ajudar a colocar um texto, uma marcação de um item na tela ou o que a sua imaginação quiser. =). O nome deste App é o Shutter, que já fizemos um artigo no site explicando como habilitar a edição no Linux Mint, vale a pena conferir.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.

5 - Você também pode baixar ele na loja de aplicativos da sua distro preferida, basta procurar por "shutter". Se preferir baixar o aplicativo de forma independente, basta acessar o site.

Na quinta posição temos o Dropbox, um dos aplicativos de armazenamento em nuvem mais populares do mundo, ao lado de Google Drive, One Drive, entre outros. Ele é muito simples de se utilizar e possui uma boa integração com os gestores de arquivos mais famosos no mundo Linux.

A instalação não poderia ser mais simples, procure por "dropbox" na loja de aplicativos da sua distro e instale, se você preferir, também é possível fazer o download do Dropbox diretamente do site oficial com pacotes prontos para instalar dando dois cliques nas principais distros Linux.

TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.



6 - Em sexto lugar, temos a dica de um player realmente "campeão" e "polivalente", estamos falando do VLC Player. Esse player literalmente abre qualquer formato de vídeo e áudio, ou chega muito próximo disso. Com uma interface bem simples e intuitiva, você pode além de ouvir músicas e ver vídeos, também usar um link do YouTube e ver nele (via streaming). O VLC tem muitas funcionalidades que fica até difícil de listar, por ser este"canivete suíço" de funcionalidades, ele certamente merece estar nesta lista. Fizemos um artigo de como instalar a ultima versão dele no Ubuntu e no Mint que você pode conferir acessando esse link. Se preferir baixar no site dele, é só acessar esse link.


TOP 7 de aplicativos para a sua produtividade no Linux.


7 - Na sétima e última posição, vamos citar um aplicativo para agilizar as suas buscas tanto dentro do sistema quanto na internet, o nome do aplicativo é CEREBRO. Ele se assemelha muito ao Spotligh do macOS e também ao Synapse. temos um vídeo no canal mostrando como usar o CEREBRO, confira logo abaixo.


             

Bom, espero que tenha gostado da lista e ter ajudado um pouco na sua produtividade. Mas conte aí nos comentários qual programa você acrescentaria nessa lista.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Canonical lança novo site da Snap Store para os seus pacotes snaps

Nenhum comentário

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Snap é um dos formatos de empacotamento de programas que vem ganhando notoriedade, espaço e prestígio no mundo Linux.


Canonical lança novo site da Snap Store para os seus pacotes snaps





O formato é mantido pela Canonical, a mesma empresa que mantém o Linux Ubuntu (que tem versões do seu sistema operacional desde para desktops até para "Internet das Coisas" ou IoT), com isso alguns programas e jogos vem sendo portados para Linux através desse formato como Skype, Visual Studio Code, Slack, Trackania Nations Forever, OBS-Studio, VLC, Discord e muitos outros programas.

No entanto para se instalar esses programas via snap, você precisaria ter um sistema operacional que desse suporte para eles, como o Ubuntu e suas flavours ou instalar o snapd e assim habilitando os seus repositórios, com isso podendo ser instalado na loja de aplicativos da sua distro favorita.


Agora você pode acessar esses programas de uma forma mais simples e organizada por categorias, pois a equipe da Canonical lançou o Snap Store, onde a instalação fica à distância de um click. Para saber como instalar o suporte ao snapd e ao snap, temos esse post explicando

Para você entender melhor como funciona, vamos dar um exemplo: Primeiro vamos escolher o programa, que no exemplo é o OBS-Studio.


Depois vamos clicar em "Install" e depois escolher o método de instalação, se via loja de aplicativos ou terminal.

Canonical lança novo site da Snap Store para os seus pacotes snaps

 Depois é só aguardar a abertura da loja de aplicativos ou o processo de instalação finalizar no terminal e o seu programa vai estar instalado.

Se você quiser instalar as versões diferentes, como candidate; beta ou edge, também poderá ser feito na aba "All Versions".

Canonical lança novo site da Snap Store para os seus pacotes snaps

Conte aí nos comentários o que você achou do novo site da Snap Store, se achou mais fácil e intuitivo de usar, conte-nos. =)

Até uma próxima e um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como transformar o seu celular em um controle remoto do VLC Player!!

Nenhum comentário

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Muitas vezes nos pegamos vendo um filme ou série através do notebook ou PC bem confortável e relaxado, e ai precisamos aumentar o volume, parar o filme ou qualquer coisa do tipo mas o bendito do notebook ou PC está longe e assim tirando a gente do conforto das almofadas, travesseiros e cobertas depois de uma "batalha homérica" para chegar naquele conforto que queríamos. Bom, nesse artigo vamos mostrar como transformar o seu celular, através do navegador, em um controle remoto do VLC Player.







O procedimento para transformar o celular em um controle do VLC é bem simples de fazer. Primeiramente precisamos descobrir qual o IP da nossa maquina, que podemos obter de duas formas.

A primeira forma de obter é através da ferramenta gráfica aonde se configura as conexões do sistema, geralmente chamada de Redes e na aba detalhes ali está o seu IP, que pode ser por exemplo 192.168.1.50.

Já o segundo método é através do terminal, e vamos usar dois comandos bem simples, o primeiro é net-tools, que com ele você vai poder usar o ifconfig.  E para instalar é usado o seguinte comando:
sudo apt install net-tools -y
E depois vamos rodar o comando ifconfig no terminal, e assim obtermos o IP.

Agora vamos configurar o VLC Player, o processo é bastante simples também.

Abrindo o VLC vamos em "Ferramentas/Tools" e depois clicamos em "Preferencias/Preference" para acessar o menu de configurações. 

Feito isso, vamos até o rodapé do programa e colocamos a seguinte opção "Mostrar Configurações/Show Settings" e logo embaixo também marcamos a opção "Todas/All".



Depois de ativar e ver todas as opções, agora vamos entrar na "aba" Interface" e procurar por "Main Interfaces/Interface Principal" e ativar a opção "Web".

E logo abaixo vamos na opção "Lua", e ali no campo password/senha, vamos colocar uma senha simples de se decorar, pode ser 1234 por exemplo.


Depois de termos feito isso, agora vamos para o nosso navegador no celular, e no caso pode ser tanto o Google Chrome como o Mozilla Firefox, e no campo aonde digitamos o endereço de algum site, vamos digitar o IP que "pegamos" nas etapas anteriores seguido da porta 8080, então ficaria assim: http://192.168.1.240:8080 . E assim que aparecer a tela de login, podemos pular a parte do usuário e só colocar a senha que colocamos lá no VLC.


Existem sim outras formas de transformar o celular em controle do VLC, mas ai ia precisar apps de terceiros, mas nesse post gostaria de mostrar como fazer esse processo sem precisar de nenhum app extra.

Conte para nós se deu certo ai para você essa dica e se tem alguma alternativa bem bacana.

Deixe a sua opinião nos comentários pra gente. =)
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Nenhum comentário

sábado, 31 de março de 2018

Sempre que um pessoal novo chega a alguma distro Linux, como Ubuntu ou o Mint (que estamos tomando como base), sempre se perguntam quais programas devem instalar para ter uma certa produtividade ou diversão na plataforma. E nesse post vou mostrar alguns aplicativos que na minha opinião, vão lhe ajudar nessa "jornada". Para facilitar vou dividir em categorias. Então chega mais! 👊😁

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux






Quando terminamos de instalar qualquer distro Linux sempre nos perguntamos quais programas devemos instalar para aproveitarmos ao máximo o sistema que terminamos de instalar, na lista abaixo vou mostrar alguns programas que eu acho bacana ter no computador.

1 - Navegador de Internet


Como não poderia faltar estou recomendando o browser (navegador) mais popular do momento, que é o Google Chrome, onde você vai poder utilizar para acessar praticamente tudo na internet, como Bancos, YouTube, Netflix, Facebook, etc.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Chrome, você pode clicar AQUI.

2 - Multimídia 


Como ninguém é de ferro e precisa se divertir e relaxar, nada melhor do que ouvir uma música e ver um vídeo com a família ou amigos.

Por isso começo com o Spotify, que reúne uma gama enorme de musicas no seu acervo. Ele já aparece nas centrais de programas da maioria das distros Linux, e se não estiver, também é encontrado nos formatos Snap e Flatpak.


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux
Para baixar, basta clicar AQUI.

O próximo da minha lista acho que seja essencial em qualquer sistema operacional, servindo para abrir praticamente qualquer arquivo de vídeo e áudio. Estou falando do versátil e "guerreiro" VLC Player, recomendo ele porque o uso há praticamente 10 anos e nunca me deixou na mão para reproduzir qualquer arquivo multimídia. 


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar ele, você tem duas alternativas, clicando AQUI você a sua Central de Programas e instala ele, ou clicando AQUI e baixando direto do site dele.

Por último um programa que me conquistou pela versatilidade e praticidade em poder baixar vídeos da internet, como Facebook, Dailymotion e YouTube por exemplo, o 4K Vídeo download.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Você pode baixar ele através do site da desenvolvedora, clicando AQUI.

3 - Games e apps complementares


Esta categoria pode gerar alguma discordância ou algo do tipo, mas não podemos negar que temos games e aplicativos complementares para quem gosta de dar uma jogadinha no pinguim.

Primeiro vamos começar pela Steam, que é atualmente a maior plataforma de distribuição e vendas de jogos online, metade do seu seu acervo já tem porte para o Linux, além disso, como já foi mostrado aqui no blog, existem outras 7 plataformas de distribuição que você pode acessar AQUI, além da plataforma da Valve, ou seja, Games no Linux estão se tornando algo muito sério para várias empresas.


Para baixar a Steam, você pode utilizar a Central de Programas da sua distro ou acessar o site da Steam e baixar clicando AQUI.

Também não poderia faltar o Discord, a plataforma de comunicação mais usada pela galera gamer e que também está disponível para Linux.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Discord, você pode utilizar a Central de Programas da sua distro ou acessar o site oficial e baixar clicando AQUI.

4 - Messengers


Nessa sessão vou recomendar dois programas desenvolvidos pela comunidade para os dois messengers mais populares e usados no momento. O Messenger do Facebook e o WhatsApp.

O primeiro foi desenvolvido por Dario Ferrando, utilizando a plataforma Electron,  e conseguiu trazer o messenger do Facebook para qualquer sistema operacional, como você pode ver na imagem abaixo, ele é bem "simpático" e de fácil manuseio.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Messenger, você pode acessar o site deles clicando AQUI. Lembrando que não se trata de um cliente oficial.

O segundo foi desenvolvido pelo Enrico204, também utilizando a plataforma Electron, e assim trazendo a vida uma versão de desktop, do popular WhatsApp. Ele funciona da mesma forma que a versão Web com a diferença de que possui integração com a barra de notificações do sistema.


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o WhatsApp Desktop, você pode acessar o site deles clicando AQUI. No caso do Linux Mint você o encontra na própria Central de Aplicativos da distros.

5 - Produção Audiovisual 


Nesta categoria vou recomendar dois aplicativos que eu uso no meu dia a dia. Quero fazer uma menção "de honra" ao GIMP, que já teve inúmeros posts aqui no site e que você pode conferir AQUI.
Apesar do GIMP ser extremamente versátil e poderoso, para as pessoas que só querem editar as suas fotos de uma forma mais simples em uma interface mais "moderninha", o Pixeluvo se torna uma opção.


Pixeluvo é um editor de imagem extremamente prático e de muito fácil de aprendizado. Ele conta com duas versões, uma Free (que tem algumas limitações) e uma paga que custa até o presente momento US$ 34,00. Você pode inclusive ver o vídeo demonstrativo dele no canal Diolinux.


TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Pixeluvo, você pode acessar o site deles clicando AQUI.

O último aplicativo dessa minha lista, e que não poderia faltar, é o poderosíssimo editor de áudio Audacity. Muitos produtores de conteúdo, tanto na internet quanto na industria "convencional", utilizam ele por causa da sua simplicidade e fácil manuseio, mas não deixando a desejar para soluções pagas.

TOP 10 - Aplicativos que todo mundo deveria ter no seu Linux

Para baixar o Audacity, você pode utilizar a Central de Programas da sua distro ou acessar o site do software e baixar clicando AQUI

E esse foi o meu TOP 10 de aplicativos que todo mundo deveria ter na sua distro Linux, mas me conte você quais aplicativos não podem faltar na sua pós-instalação do Linux, os comentários estão abertos para você! :)

Até a proxima e um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como instalar a última versão do VLC no Ubuntu e no Linux Mint

Nenhum comentário

quarta-feira, 10 de maio de 2017

O VLC Media Player é pra mim o melhor programa da categoria do mercado, sendo uma aplicação que possui versões para todas as plataformas que você puder imaginar (talvez até as que você não consiga) e tem se mantido em meu computador como uma das ferramentas mais úteis ao longo dos últimos anos.

VLC Media Player




O VLC disponibiliza uma versão Nightly para os usuários, essa é a última versão do player e normalmente traz recursos interessantes, ainda que experimentais, como a compatibilidade com o Google Chromecast. 

Usuários do Ubuntu e do Linux Mint podem utilizar um PPA para ter a última versão disponível do VLC Media Player:
sudo add-apt-repository ppa:videolan/master-daily
sudo apt update 
sudo apt install vlc
Se você preferir instalar sem utilizar o terminal, confira este artigo que te mostra como usar PPA em modo gráfico. 
VLC em sua última versão

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Usando um vídeo de Wallpaper com ajuda do VLC

Nenhum comentário

segunda-feira, 27 de março de 2017

Sabe aqueles truques muito loucos que você aprende sem querer? Hoje você vai aprender exatamente um destes. Não consigo lembrar nem o que eu estava pesquisando quando descobri isso, mas o VLC Media Player me surpreende a cada dia.





Pra que exatamente você vai utilizar isso eu não faço a sincera ideia, mas mesmo assim acredito que pode ser bacana, então eu vou compartilhar o conhecimento aqui e quem vai dar utilidade para ele ou não vai ser você, combinado? 😆

Como diz o ditado, "o VLC toca até tampa de Danone" e tem tantos recursos que fica até complicado listar, um deles é este de conseguir reproduzir um vídeo como se fosse um papel de parede.

Do que você precisa para usar o recurso?


O primeiro passo é ter o VLC Media Player instalado, você encontra ele na Central de Apps ou gerenciador de pacotes de qualquer distribuição, ou até mesmo no site oficial do programa.

Para usar o recurso é simples, basta rodar o seguinte comando no terminal:
cvlc --video-wallpaper --no-audio /caminho/do/vídeo.mp4
Por exemplo:
cvlc --video-wallpaper --no-audio /home/dio/Videos/background.mp4
O resultado será mais ou menos assim:


O resultado até que é bem bacana né? O contra é que você perde o desktop, mas se você for o tipo de pessoa que já não usa o Desktop, nada impede que você brinque um pouco.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como alterar Metadados de arquivos de áudio e vídeo no Linux usando o VLC

Nenhum comentário

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Nesta semana um amigo me pediu uma forma simples de alterar metadados de um vídeo que ele tinha no Ubuntu, uma vez que ele conseguia mexer nas informações do arquivo utilizando o próprio Windows Explorer. Pois é, o Nautilus não tem essa função nativamente, mas acho que a maneira mais simples de todas é utilizar o VLC, até porque serve para qualquer plataforma, não somente Linux, independente de distribuição.

VLC Metadata




O VLC é um programa incrível e cheio de funções, algumas delas estão tão rebuscadas que as pessoas nem imaginam, uma delas é justamente alterar as funções de metadados dos arquivos em execução, incluindo uma função de identificar o "Audio Fingerprinting", que também muito interessante.

O VLC está disponível para todos os sistemas operacionais e certamente você vai encontrá-lo na Central de Programas do Ubuntu, ou de qualquer outra distro. Instale ele da forma que achar mais conveniente.

Uma vez estando com o VLC instalado, basta abrir o arquivo que você desejar através dele, uma vez que o arquivo estiver sendo reproduzido, você pode acessar o menu Ferramentas>> Informação sobra a Mídia, uma janela vai se abrir onde você pode fazer todas as edições que desejar:

VLC

Depois de alterar os dados como desejar, basta clicar em "Salvar Metadados" e pronto! Muito simples e multiplataforma, lembra que funciona tanto para vídeos, quanto para músicas.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como transferir músicas e vídeos para o iPhone usando Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

No tutorial de hoje vamos lhe mostrar uma maneira de adicionar mídias do seu computador com Linux para o seu iPhone ou iPad sem maiores problemas, vamos lá?

Como transferir arquivos do Linux para iOS

Como transferir arquivos do Linux para iOS


Este tutorial foi escrito em parceria com o nosso leitor Frater Alpha para auxiliar usuários de dispositivos da Apple e que preferem no Linux em seus computadores. 

Infelizmente a "empresa da maça" não criou uma versão do iTunes para Linux e apesar dos players Banshee, Clementine e Rhythmbox conseguirem ler os dados dos iDevices eles não conseguem sincronizar as bibliotecas. No meio tempo em que eu tentava encontrar uma solução eficaz para transferir os dados do Linux para o iPhone eu recebi várias mensagens e e-mails de pessoas que tinha aparelhos da Apple comentando que o meu tutorial de instalação do iTunes pelo Wine não estava mais funcionando, parece que a Apple mudou bastante o iTunes e agora ele ficou incompatível.

Então graças a um pouco de pesquisa e principalmente da ajuda do nosso leitor encontramos uma maneira de pelo menos contornar o problema, segue o texto.

Usando o VLC para transferir áudio e vídeos para seu iPhone e iPad sem precisar usar iTunes ou Cabos

Que a Apple têm excelentes equipamentos todos sabemos, mas infelizmente sabemos que mais que todas as outras empresas nos força a usar só seus gadget e softwares e no nosso caso que usamos Linux vinhamos tendo muita dificuldade em transferir áudios e vídeos do no pc para nosso iPhone ou iPad, pois já faz um tempo que o iTunes parou de sincronizar via PlayonLinux ou Wine e nem instalando o Windows numa máquina virtual e rodando o iTunes não esta funcionando mais, até o player Banshee que estava conseguindo transferir alguns áudios deixou de funcionar com o novo IOS 9, e ai o que fazer instalar o Windows só para sincronizar?, depois de muito “quebrar a cabeça” consegui transferir áudios e vídeos do meu pc com Linux Ubuntu para meu iPhone de forma muito simples mas deixa de enrolação e vamos ao que interessa.

OBS.: É necessario ter uma rede wifi e seu pc e Iphone ou iPad estarem conectados na mesma rede.

1 -  Entre na App Store usando seu iPhone ou iPad e baixe o Player VLC for iOS; É além de tudo um excelente player pois abre praticamente todos os formatos de áudio, vídeos e vai nos ajudar na transferência dos nossos arquivos.

2 - Depois de baixar e instalar VLC em seu aparelho, abra ele, e de um toque no ícone que se encontra no canto superior esquerdo, em seguida ative a opção Sharing via wifi; note que irá aparecer um número ip e em baixo um nome no caso que foi dado ao seu aparelho.

VLC para iOS

3Abra seu navegador no seu PC e digite na barra de endereços o número ip que apareceu em seu aparelho e pressione a tecla "enter".

4 - Em seu PC irá aparecer uma tela parecida com essa abaixo:

Como passar músicas do Linux para o iOS

Em alguns casos pode aparecer no lugar do botão Upload files simplesmente um botão com o simbolo de mais + ; Agora é só clicar nesse botão Upload file ou no sinal de + se for seu caso que irá abril a opção para selecionar os arquivos que irão ser carregados ou simplesmente arraste e solte os arquivos para essa área e pronto como vemos abaixo:

Como passar músicas do Linux para o iOS

- Aguarde até que tudo seja copiado para o aplicativo no iOS. Dependendo do tamanho dos arquivos, esse passo pode demorar vários minutos. Não desconecte o computador ou o gadget da rede até que tudo seja concluído.

Como passar músicas do Linux para o iOS

Quando a transferência terminar, o vídeo ou áudio deve estar disponível na biblioteca do VLC em seu gadget. 

Pronto agora é só curtir seus vídeos ou áudio em seu aparelho, bom divertimento.

Acessando arquivos do iOS pelo Linux


Se você desejar passar arquivos do iPhone para o Linux o caminho é mais simples, do Ubuntu 14.04 em diante há suporte nativo para os aparelhos da Apple, porém, como a mesma costuma modificar com uma certa frequência pequenos parâmetros de comunicação dos aparelhos com hardwares não Apple poder ser necessário instalar dois pacotes, ambos você encontrar na Central de Programas do Ubuntu ou no repositório de qualquer distribuição Linux, são eles:

- ifuse

sudo apt-get install ifuse
- libimobiledevice4

sudo apt-get install libimobiledevice4
Desta forma você conseguira passar as fotos que você tirar no seu iPhone ou iPad, ou até mesmo os vídeos para o seu computador, basta conectá-los via cabo USB e ele vai aparecer no seu gerenciador de arquivos como qualquer aparelho Android.

Pense bem antes de adquirir um aparelho da Apple, pelo menos por enquanto 

 
Tudo bem, os aparelhos da Apple são ótimos, mas eles também são muito fechados e "individualistas", se é que posso usar este adjetivo, se você comprou o seu iDevice antes de começar usar Linux o negócio é usar o nosso tutorial, por enquanto não tem muito o que fazer, quem sabe no futuro a Apple faça o iTunes para Linux mas é melhor não ficar esperando por isso, afinal você pode cansar...


Se por outro lado, você já usa Linux e pretende continuar utilizando, tenha em mente que o iDevice que você almeja não tem uma compatibilidade perfeita com o sistema e você não vai poder usar ele da mesma forma que os outros usuários de Mac OSX e o Windows, então esteja ciente disto antes de comprar.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




VLC Player 2.1 será portado para QT5

Nenhum comentário

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Mais uma aplicativo investindo na biblioteca QT

O próprio Ubuntu já anunciou que está portanto todo o Unity para as bibliotecas QT e o VLC Media player vai ir na onda também, quer dizer, já foi, a interface do VLC, que é um dos player de maior sucesso do mundo, tanto em plataformas Linux como em sistema proprietários, já usa o QT para desejar o seu laytout.

VLC Media Player Diolinux

A notícia veio via Twitter com a afirmação de que a próxima versão do VLC será mais rápida e com novos recurso de personalização, muito em parte disso o QT5 será usado. Segundo Ludovic Fauvet, desenvolvedor, o novo VLC trará recursos como o suporte a resoluções ainda mais alta como a 4K.

E aí QT Rules?

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo