Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Audacious 3.4 Beta disponível via PPA para Ubuntu

Nenhum comentário

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Muito leve e agora bonito!

Sempre ouvi falar bem do Audacious, mas confesso que o sempre achei meio feio o visual Winamp dele, o legal da versão nova do programa é a sua nova interface GTK que deixou ele muito mais bonito. Veja:

Audacious GTk

A aparência Winamp ainda está disponível caso você queira usá-la.

Audacious com interface Winamp Skin

Para instalar o novo Audacious no Ubuntu ou no Linux Mint vamos nos utilizar de um PPA disponibilizado pela equipe do Webupd8:

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/unstable
sudo apt-get update
sudo apt-get install audacious
Fonte

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Como criar uma distro Linux baseada no Ubuntu parte 3: Configurações e opções do Remastersys

Um comentário

Vamos conhecer todas as funções do Remastersys

Olá, hora de continuarmos a nossa série de tutoriais que vai ajudar você a criar uma remasterização do Ubuntu, esta é a terceira parte da nossa série e vamos tratar da configuração e das opções do Remastersys. No artigo passado ensinamos como instalar o programa, caso você tenha perdido pedimos que leia o artigo anterior a este primeiro.

ramastersys-logo-ubuntu

O Remastersys

O Remastersys é basicamente um software de backup com muitas opções e uma delas e criar um liveCD ou liveDVD para que você possa compartilhar com os seus amigos ou com quem você quiser; ele funciona em modo texto, mas como vimos no artigo passado possui um interface gráfica, você pode usar da maneira que quiser, porém o tutorial seguirá mostrando o programa em modo gráfico.

A tela principal

Esta a tela principal do Remastersys quando você abrí-lo através do Menu do seu Ubuntu, ou chamá-lo pelo terminal com o comando:

sudo remastersys-gtk
 Na parte superior vemos as três abas principais e as demais opções enumeradas, vamos comentar cada uma delas:




  1. Aba Actions: Nesta aba é que são exibidas as opções de ações do Remastersys, ou seja, é nessa aba que definimos qual o tipo de backup o Remastersys deve fazer.
  2. Aba Settings: Veremos os detalhes mais à frente, mas nessa aba é que podemos mudar o nome do usuário, nome da ISO, etc.
  3. Aba Output: Como o nome sugere, é a aba de saída de comandos, tudo que é feito pelo Remastersys em tempo real em modelo terminal, falaremos dela mais à frente também.
  4. Opção Backup: Quando selecionamos esta opções, o Remastersys faz um backup completo do sistema, incluindo programas e arquivos do usuário e tudo que contiver dentro da pasta /home/usuario. É uma boa alternativa para quem apenas deseja salvar as suas coisas para instalar posteriormente em caso de problemas com o computador, porém, é bom ter atenção pois essa opção pode gerar uma ISO muito grande devido aos seus arquivos.
  5. Dist: Esta é a melhor opção para quem quer modificar um sistema e distribuir, é com esta opção que fazemos o Ubuntu Diolinux Edition também chamado de Diolinux OS, com ela você um backup completo de todas as configurações do seu computador, exceto os dados pessoais.
  6. Distcdfs: É semelhante à opção acima, porém em vez de gerar uma ISO ela cria um sistema de arquivos para que você possa modificar manualmente ou gravar em um CD/DVD.
  7. Distiso: Esta opção é um função auxiliar da opção anterior, com ela você gera uma ISO do sistema de arquivos criado na sessão anterior.
  8. Limpar (Clean): Esta opção serve para Limpar os arquivos temporários que são criados no diretório /home/resmasterys, quando algo dá errado ou você quer repetir o procedimento sempre limpe este diretório para não misturar os arquivos ou sobrepor algo importante, também é possível simplesmente apagar o conteúdo da pasta com o nautilus ou outro gerenciador de arquivos navegando até ela em modo root: sudo nautilus.
  9. Foto do livecd: Nesta opção você deve selecionar uma imagem com resolução 640x480 para servir de plano de fundo do GRUB no liveCD/DVD.
  10. Imagem para Instalação: Nesta opção selecionamos uma imagem para fazer parte do plano de fundo na hora da instalação, caso contrário será usado o wallpaper padrão do sistema.
  11. Usar dados do usuário: Esta é uma das opções mais importantes, com ela você copia o conteúdo da pasta home para o diretório /etc/skel , é este comando que mantem os temas, configurações e ajustes do seu sistema e leva para o LiveCD/DVD e o melhor, sem salvar o seus dados e senhas de usuário, claro que, se você deixar alguma música, ou qualquer arquivo dentro do /home/usuario ele irá junto, portanto, é altamente recomendável que você faça a customização numa partição separada e não copie arquivos desnecessários para ela. Particularmente prefiro fazer a transferência de informações manualmente usando o gerenciador de arquivos em modo root, não esquecendo ( principalmente ) de copiar o conteúdo oculto da pasta do usuário, pois são estes que guardam as definições do sistema; para exibir os arquivos ocultos no nautilus, nemo e marlin use o Ctrl+H , no KDE use Alt+ . ( ponto).
  12. Plymouth Theme: Nesta opção você adiciona um tema plymouth personalizado, para quem não sabe plymouth é a animação que roda durante a inicialização do sistema, no Ubuntu é o logo do Ubuntu com os pontinhos ( dots) que carregam. É possível fazer a mesma instalação usando o synaptic, Central de Programas ou mesmo pelo terminal, mas falaremos de temas do Plymouth mais adiante.


Na aba Settings ou Configurações podemos definir mais algumas configurações que a nossa ISO terá.
Sabemos que o Remastersys foi feito para o Ubuntu, e quando tiramos algumas libs e pacotes que são essenciais do Ubuntu Desktop ele pode ficar um pouco instável, mas mesmo assim e apesar de algum bug ou outro ele funciona, mesmo mudando o gestor de login e o Ambiente gráfico.

Username: Neste campo você define o nome de usuário do LiveCD, nós colocamos diolinux, a princípio se você não colocar nenhum nome o login deve ser automático, assim como é no Ubuntu normalmente, o que acontece é que muitas vezes por conta do gestor de login que foi alterado, ou outra configuração o login fica impossibilitado, coisa que aconteceu no Diolinux O2, sendo possível testar o sistema apenas no modo conta convidado ( guest), esta parte é opcional, faça o teste.

CDLabel: Este é o nome que o CD/DVD terá ao ser aberto em um sistema operacional, é o nome que aparece para o computador no navegador de arquivos. Coloque o nome da sua distro.

Filename: Este é o nome do arquivo gerado, o padrão é custom.iso, mas você mudar facilmente, só não esqueça de colocar a extensão .iso no final do arquivo, para que ele não gere um arquivo "estranho".

Work Directory: Esta é a pasta onde os arquivos são criados por padrão, não aconselho a mudar esta pasta pois ela fica fora da pasta do seu usuário, ficando imune a alterações feitas por você e não vai dessa forma para a ISO gerada.

Files to exclude: Nesta sessão você pode definir arquivos para excluir durante o backup.

URL for USB Creator: Essa realmente é um mistério para mim, já alterei, deixem sem nada e mudei e nada de muito diferente acontece, o padrão vem com o site do Rematersys, e para exemplificar coloquei o do Diolinux, em fim, essa você não precisa dar tanta importância.

Squashfs Options: Nunca alterei esta opção, e não acho que seja necessário, o squashfs é um sistema de arquivos para carregar os modulos e bibliotecas que forma o livecd, esses modulos são escritos separadamente durante a criação do livecd sob (normalmente ) o sistema de arquivos squashfs, juntados posteriormente na hora da instalação através do AUFS (Advanced multi layered unification filesystem).

Show install icon on backup desktop mode: Marcando esta opção você faz com que o ícone de instalação do Ubiquity aparace na área de trabalho do sistema no modo Backup, pode ser útil para facilitar a instalação do sistema.


Na aba Output, você verá a saída de todos os comando que você der ao Remastersys, cada arquivo que ele estiver copiando e trabalhando, no final, no diretório onde a ISO é formada você encontrará um arquivo de log mostrando todos os dados que passaram na janela output do Remastersys.

Remastersys via terminal:

É possível usar o Remastersys pelo terminal, um bom truque  para dar uma acabamento é deixar a sua ISO sem a parte gráfica do Remastersys, para isso você pode simplesmente usar um editor de menu como o Alacarte e excluir a entrada do Remastersys no Menu.
Você poderá chamar o Remastersys com interface gráfica pelo terminal através do comando:

sudo remastersys-gtk
Porém, existem parâmetros para se usar o Remastersys pelo terminal:
Para usar a opção dist:
sudo remastersys dist  
Para usar a opção backup:
sudo remastersys backup
Para limpar o diretório de trabalho:
sudo remastersys clean

Esses são alguns exemplos, você pode modificar as configurações padrões do remastersys via terminal usando um editor de texto como o nano ou usando em modo gráfico com o Gedit ( ou outro ) editando o arquivo remastersys.conf.
sudo gedit /etc/remastersys.conf
E com isto vamos chegando ao fim do nosso tutorial, aguarde a continuação da série onde ensinaremos a fazer os principais Tweaks da distro em diferentes ambientes gráficos.
Até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Rockstar Games pode estar chegando ao mundo Linux: Já pensou em jogar GTA nativamente no pinguim!

Nenhum comentário

Essa frase ilustra o sonho de muitos jogadores

Se muitos tutoriais por aí ensinando a emular o GTA no Linux pelo WINE, mas que tal se ele rodasse nativamente no Linux? E isso pode acontecer.

rockstar-linux


Como assim "pode"?

Depois da Valve muitas empresas tem pensado no Linux como alternativa e como caminho para lançar seus jogos, e EA é uma delas, porém a Rockstar ainda se mostra um pouco desconfiada do caminho a se trilhar. Então um grupo de pessoas resolveu incentivar a RockStar à lançar alguns títulos para a plataforma Linux. O maior medo de uma empresa destas é investir dinheiro no desenvolvimento de uma game como Max Payne, GTA ou LA Noire, no caso da Rockstar, e não ter um mercado para a sua venda, ficando os games encalhados junto com muito prejuizo acumulado.

gta-sanandreas-linux


Sabe-se que a Rockstar não é contra o desenvolvimento de games para plataformas Linux, mas como qualquer grande empresa só dará um passo quando o mesmo for certeiro, a RockStar desenvolve hoje em dia games para Android.
Existe uma petição na internet para trazer a Rockstar para o Pinguím, você pode ajudar acessando esta página.


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Feliz aniversário Diolinux! Dois anos de blog!

Nenhum comentário

terça-feira, 23 de abril de 2013

Muitas águas rolaram por debaixo desta ponte!

Heis que dois anos atrás eu, Dionatan Simioni, registro um blog, com o endereço de "diolinux.blogspot.com", e este foi o seu endereço por muito tempo até criarmos vergonha e comprarmos o domínio, agora o então endereçado "www.diolinux.com.br" vem trazendo todos os dias dicas e tutoriais para quem gosta de informática e tecnologia, especialmente Linux, Android e Games.

feliz-aniversario-2-anos


Sabe de uma coisa, muitas vezes eu olho para este site em que vocês estão e nem acredito na proporção que ele tomou, já é a algum tempo muito mais do que eu pensei um dia que fosse, graças a ele eu fiz muitos amigos, e aprendi muitas coisas que sei hoje, profissionalmente e pessoalmente.
Pra fazer a verdade, o aniversário do blog é no dia 20 de abril, ou seja, sábado passado, mas eu nesta minha vida corrida sinceramente não lembrei de "apagar as velinhas", por isso estou fazendo este post, tardio porém não fora de tempo, especialmente para agradecer a todos aqueles que um dia de uma maneira ou de outra fizeram parte disto aqui, especialmente aos que continuam até hoje, como o meu amigo +Elian Medeiros que vem me ajudando nos últimos meses e também ao +Vinícius Vieira do blog +Seja Livre  que me deu muitas dicas, onde juntos firmamos uma parceria entre os dois blog que já tem uma longa data, muito obrigado aos dois.
Agradeço também aos leitores fiéis que temos, aos que sempre compartilham os nossos artigos com os seus amigos e que sempre comentam as postagens, graças a vocês é que eu me sinto, nós nos sentimos motivados,  a continuar escrevendo e compartilhando o conhecimento.

 Você pode nos ajudar?

Muitas pessoas já mandaram seus artigos para o Diolinux e você pode fazer isso também, basta acessar esta página e usar o e-mail para entrar em contato.
Outra forma de ajudar é doando qualquer quantia para o blog, qualquer quantia mesmo! Doe um real e já estará ajudando a pagarmos as contas, e assim poderemos comprar brindes para sorteamos entre os leitores também. Obviamente você não é obrigado a fazer isso e de forma alguma você será tratado diferente por aqui, mas se de alguma forma tudo que escrevemos lhe auxiliou de alguma forma e você puder, colabore acessando esta página.

Ok, momento esmola passou... =P

Galera, de coração, muito obrigado mesmo, vocês são a razão da gente fazer as coisas por aqui, criar séries e trazer sempre novidades, hoje o blog já tem praticamente um milhão e meio de visitas, coisa que pra mim na minha insignificância é muita coisa.
Continuem ligados por aqui, e acessem os links das nossas redes sociais que ficam aí no rodapé do artigo, e conheçam os nossos parceiros também.

Obs: Obviamente deixei muitas pessoas de fora, e se for parar para agradecer cada o post se tornaria só isso praticamente, você que ficou fora da minha "little pocket list", obrigado também, você ajudou a construir este site. São muitas pessoas mesmo. Valeu!

Um abraço e até o próximo post!

Edit de última hora

Dentre as pessoas que nos ajudaram não poderia ficar de fora o +Orgulho Geek Blog com o Kadu que é responsável pelo logo atual do blog, valeu Kadu! Vocês podem baixar "Ubuntu: Guia do Inciante" dele através da nossa sidebar.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

O que faz o Ubuntu ser tão bom? | Entrevista com Fabio Filho diretor de vendas da Canonical na América Latina [Vídeo]

Um comentário

Entrevista mostra o ponto de vista da Canonical quanto ao Linux e suas aspirações

Olá pessoal, gostaria de compartilhar com o público um vídeo de uma entrevista cedida por Fábio Filho, diretor de vendas da Canonical na América Latina, onde ele aponta e defende o ponto de vista inovador da empresa.
Fabio-filho-canonical


O vídeo não é recente, era na época do Ubuntu 9.10 ainda, onde o Ubuntu One começa a dar as caras como um projeto muito inovador perto de outros sistemas operacionais pagos do mercado. Vale salientar que de velho mesmo só tem a versão do Ubuntu, pois como vocês verão os horizontes e objetivos de inovação da empresa sempre existiram. Confiram e deixem um comentário sobre o vídeo no Final da página, até a próxima:



Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Eliminando arquivos desnecessários e Liberando mais espaço no Ubuntu e derivados [Vídeo]

Nenhum comentário

Hora da faxina!

Atenção: Existe uma versão atualizada e mais completa deste artigo, clique aqui para acessar, o conteúdo abaixo pode ainda ser funcional, porém, é recomendado que você veja a versão mais recente.

Que tal se livrar daqueles arquivos e bibliotecas que você não usa mais e deixar o seu sistema mais limpo e rápido?

garfield-faxineiro

Vamos nos usar o Utilitário de limpeza Bleach Bit para isso. Confira o vídeo feito pelo Julio Miguel, nosso parceiro:



Para instalar o BleachBit diretamente pela Central de Programas do Ubuntu:


Até a próxima! =)


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Games para Linux: Tile Racer

2 comentários

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Um game de corrida semelhante ao TrackMania

Track Mania já fez muitos fãs é um dos games de corridas mais divertidos do mundo para se jogar com toda a certeza, o que você talvez não saiba é que existe um game Open Source que segue os mesmos princípios: Fazer acrobacias, correr como um louco e tentar chegar inteiro até o final da pista!

Tile Racer

Menu do game Tile Racer

Tile Racer é muito bem construído e tem belos gráficos, o único defeito que aponto no game é a impossibilidade de trocar de carro, mas para quem quer se divertir isso não é problema, muitas acrobacias e manobras arriscadas esperam por você, confira mais algumas imagens do jogo:

game-de-corrida-ubuntu

game-corrida-ubuntu-track-mania

tile-racer

Tile Racer no Ubuntu

E o melhor de tudo é que este super game tem apenas 60 MB de download!

O Tile Racer não está nos repositórios do Ubuntu e você deve baixá-lo diretamente do site pelo link abaixo:


Até a próxima pessoal! Boas corridas!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo