Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Microsoft Teams está chegando para Linux em breve

Nenhum comentário

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Muitos não imaginariam que um dia, a toda poderosa Microsoft, iria se juntar ao Linux e lançar os seus produtos para ele de forma constante e até incorporar o kernel Linux dentro do Windows, com o WSL. Agora é a vez do Microsoft Teams, podendo aterrissar em “terras pinguistiscas” em breve.


Microsoft Teams está chegando para Linux em breve






Bom, os rumores começaram, quando descobriram um tópico no UserVoice, fórum comumente usado pelas empresas para ouvirem sugestões dos usuários. O post é de 2016, do usuário Angela Sze, pedindo uma versão do MS Teams para Linux. Desta data até o dia 6 de Setembro, sempre tinha algum responsável do desenvolvimento respondendo ao tópico. Os votos nesse período subiram de forma exponencial.

Até que recentemente, vários influenciadores “gringos” de Linux, “acharam” esse tópico e assim que ele foi divulgado, o mesmo está chegando em quase 10 mil votos (9.234 até o momento). Diferente do caso da Adobe, com cobertura nossa neste artigo e que não saiu mais do Status de análise, o MS Teams está sendo trabalhado. A confirmação veio através do desenvolvedor Christopher Scott, em Twitter pessoal.


Dando uma olhada no repositório, packages.microsoft.com, podemos observar quais distros seriam suportadas de começo, como Ubuntu, Fedora, openSUSE e Debian por exemplo.





Podemos então ter muito em breve uma versão do Microsoft Teams para Linux e abrangendo boa parte das distros. Arrisco a dizer, em um futuro muito próximo, que o MS Office e o Edge também “chegarão” no Linux.

Se você quiser votar e aumentar mais ainda os números, basta acessar o link da postagem do VoiceUser aqui.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá no nosso fórum.

Espero você até a próxima, um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Conheça o curso de edição de áudio com Audacity do Diolinux Play

Nenhum comentário
Você já pensou em trabalhar o áudio e criar o seu próprio podcast? O Audacity é uma das melhores ferramentas para você fazer captação e edição de áudio de forma gratuita, e nós preparamos um material especial para você que quer aprender a manipular áudio.

curso-edição-de-audio-audacity






Um dos projetos que eu mais gosto aqui no blog Diolinux é o DioCast, o nosso podcast que surgiu na tentativa de divulgar o mundo Linux e Open Source através de outras plataformas. Atualmente a comunicação através de áudio tem sido uma forma muito efetiva e interessante e conversar com o público.

O que é o Audacity?


Audacity é um software livre de edição digital de áudio disponível principalmente nas plataformas: Windows, Linux e Mac e ainda em outros Sistemas Operacionais. O código fonte do Audacity está sob a licença GNU General Public License. A sua interface gráfica foi produzida utilizando-se de bibliotecas do wxWidgets. O Audacity começou em 1999 por Dominic Mazzoni e Roger Dannenberg na universidade norte-americana Carnegie Mellon University e foi lançado em 28 de maio de 2000 como versão 0.8.

Interface do Audacity


O Audacity é muito popular entre os podcasters pelos seus recursos de edição, sua grande disponibilidade em múltiplas plataformas, suporte e licença aberta que permite ao programa ser gratuito.

Em 10 de outubro de 2011, ele era o 11º download mais popular do SourceForge, com 76,5 milhões de downloads.O Audacity ganhou o prêmio Community Choice Award do SourceForge em 2007 e 2009 na categoria Melhor Projeto Multimídia.

E o nosso curso?


Criado em parceria com o professor de longa data do Diolinux EAD, Julio César, também professor do curso de Blender, o curso de edição de áudio com Audacity é ideal para você que está querendo melhorar a qualidade do seu som com uma ferramenta grátis e open source. Como estamos encerrando o Diolinux EAD e migrando totalmente para o Diolinux Play, nossos cursos e material extra irão todos para o Play.

O curso faz parte do pacote de assinatura de membros do canal Diolinux no YouTube, basta clicar no Seja Membro, e você terá acesso, não só ao curso de Audacity, mas uma série de outros conteúdos já publicados no Diolinux Play, os que ainda virão, acesso a informações extras na aba da comunidade do canal no YouTube e também acesso a emotes e badges que aparecem ao lado do seu nome no YouTube e que você pode usar nas nossas lives.


O curso fala desde captação de áudio e tratamento até a trilha sonora, voltado para quem deseja fazer podcasts especialmente, no entanto, ele pode ser útil para qualquer pessoa que queira aprender a editar som no Audacity. São oito vídeos ao todo que compõem a seguinte playlist:

- Intro;
- Captura de Áudio;
- Microfones, taxa de amostragem e bits;
- Tipos de arquivos de áudio e suas finalidades;
- Edição multipista, cortes e deslocamentos;
- Redução de ruído;
- Trilha sonora;
- Finalização;

A assinatura é mensal, por apenas R$ 19,90, e você pode cancelar quando quiser, como qualquer serviço de streaming.

Bons estudos, e diverta-se com o Diolinux Play!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Como ativar o driver correto para a sua GPU AMD "antiga" no Linux

Nenhum comentário
Você utiliza aquela GPU AMD um pouco antiga no Linux e não está conseguindo rodar jogos com Vulkan, nem obter um desempenho satisfatório? Talvez o quê você precise seja apenas ativar o driver correto. Veja agora como ativar o melhor driver para GPUs das famílias ‘Sea Islands’ e ‘Southern Islands’ no Linux.



As placas de vídeo AMD possuem dois drivers que podem vir ativados por padrão nas distribuições Linux, sendo eles ‘Radeon’ e ‘Amdgpu’. O que define qual deles vem ativado por padrão é o modelo da sua GPU. As GPUs muito antigas geralmente são compatíveis apenas com o driver ‘Radeon’, enquanto os modelos mais atuais utilizam o ‘Amdgpu’. Porém, existem duas das famílias de GPUs da AMD que são compatíveis com ambos os drivers. Estou falando das ‘Sea Islands’ e ‘Southern Islands’.

Nestas GPUs a compatibilidade com o ‘Amdgpu’ está em fase experimental, por isso o mesmo não vem ativado por padrão, sendo necessário ativá-lo manualmente através de um procedimento simples e rápido.

Abaixo está uma lista de todos os modelos de GPUs das famílias ‘Sea Islands’ e ‘Southern Islands’. Caso a sua GPU esteja nessa lista, então o procedimento provavelmente será necessário.



Existe um comando muito simples que nos dirá se a GPU em uso no momento é ou não compatível com o ‘Amdgpu’. Simplesmente copie o comando abaixo, cole-o no terminal e pressione ‘Enter’:

lspci -k | grep amdgpu

Serão exibidas duas linhas semelhantes à essas:

Kernel driver in use: radeon

Kernel modules: radeon, amdgpu

O driver que aparece na linha “Kernel driver in use” é o que está ativado no momento, já o conteúdo da linha “Kernel modules” são os drivers que estão disponíveis para uso. Se o comando acima não retornou nada, então a sua GPU é compatível apenas com o driver ‘Radeon’.

Se no seu caso o driver em uso no momento for o ‘Amdgpu’, então você não precisa fazer mais nada, a melhor opção já está ativada. Porém, se o driver em uso no momento for o ‘Radeon’, e o ‘Amdgpu’ estiver aparecendo como disponível, siga o procedimento abaixo para ativá-lo:

Como ativar o 'Amdgpu' na minha 'Sea Island' ou 'Southern Island'?


Primeiro vamos editar o arquivo de configurações do Grub para que durante o boot o sistema saiba que deve utilizar o ‘Amdgpu’.

sudo nano /etc/default/grub

Você terá uma tela parecida, mas não necessariamente idêntica a esta abaixo:


Ao final da linha “GRUB_CMDLINE_LINUX”, antes do fechar aspas, cole a linha:

radeon.cik_support=0 amdgpu.cik_support=1 radeon.si_support=0 amdgpu.si_support=1

Deverá ficar parecido com o exemplo abaixo:


Agora para salvar pressione a combinação de teclas “Control + O” e “Enter”. Então feche o editor de texto com “Control + X”.

Para ativar as novas configurações, é necessário atualizar o Grub com o comando abaixo:

No Linux Mint, Ubuntu e derivados:

sudo update-grub

No Fedora:

sudo grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg

No Manjaro, Arch e derivados:

sudo grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg

Reinicie a máquina, e pronto!

Se você rodar novamente o comando “lspci -k | grep amdgpu” verá que o driver em uso agora é o ‘Amdgpu’.

Você gosta de Linux e tecnologia? Tem alguma dúvida ou problema que não consegue resolver? Venha fazer parte da nossa comunidade no Diolinux Plus

Por hoje é tudo pessoal! 😉

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Navegador Vivaldi chega ao Android

Nenhum comentário
Com seu famoso slogan “Vivaldi: O navegador que coloca você no controle”, o browser é conhecido por possuir diversas features (que em outros navegadores exigem a instalação de algum plugin) e nestes anos de existência passou a concorrer diretamente com o Opera.

vivaldi-browser-navegador-web-android-google-play-beta-app

O cenário de navegadores web é vasto, seja nas plataformas mobiles ou desktop. O Vivaldi demorou, mas enfim adentrou no mundo Android. Não espere o mesmo número de recursos no Android, comparado a sua versão para PC, ao menos neste primeiro momento.

Veja a entrevista que tivemos há algum tempo com o fundador e atual CEO do Vivaldi Jon von Tetzchner, e saiba mais sobre o conceito/premissa do browser.


Alguns destaques dessa versão mobile são:

  • Sincronização de dados: Mantenha marcadores, senhas, notas e mais. Sincronizados entre seus dispositivos com encriptação ponto-a-ponta;
  • Favoritos em um toque: O “Speed Dial”, assim como na versão para desktops, também está presente. Você pode personalizar as páginas favoritas e sempre ao abrir uma nova aba, o Speed Dial estará presente para acesso rápido;
  • Notas: O Vivaldi permite a criação de notas, sem necessidade de abrir um novo app;
  • Captura de páginas: Você pode capturar apenas as áreas visíveis de um site ou toda página;
  • Navegação privada: Durante a navegação com guias privadas, pesquisas, sites visitados, cookies e arquivos temporários não são gravados pelo Vivaldi;
  • Pesquisa instantânea: Use apelidos no campo de endereço para trocar rapidamente o mecanismo de pesquisa. Por exemplo, digite “w” para Wikipédia ou “d” para acessar o DuckDuckGo (inclusive fizemos uma matéria sobre o buscador DuckDuckGo, acesse e saiba mais).

vivaldi-browser-navegador-web-android-google-play-beta-app

O navegador está em fase beta na Google Play, e você pode adquirir o app gratuitamente por esse link ou via QR-Code.

vivaldi-browser-navegador-web-android-google-play-beta-app

Para mais detalhes, acesse a página oficial do Vivaldi e saiba mais sobre suas features. 

Também escrevemos uma matéria sobre o novo Firefox para Android, caso esteja curioso, segue o link.

Faça parte de nosso fórum Diolinux Plus e não perca nenhuma novidade.

Até o próximo post, SISTEMATICAMENTE! 😎

Fonte: Vivaldi.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


PureOS tem versão estável lançada!

Nenhum comentário
Responsável pelo Librem 5, smartphone com Linux embarcado e laptops com o pinguim, a Purism anunciou o lançamento de seu sistema operacional. o PureOS é baseado em Debian e você já pode testá-lo.

purism-pureos-librem5-debian-linux-gnome-software-livre-open-source

Com o lançamento próximo de seu smartphone Librem 5, que começa a ser enviado aos clientes a partir de 24 de Setembro, a empresa decidiu disponibilizar seu sistema operacional. Anteriormente apenas a versão rolling release estava disponível, enquanto a versão estável passava por diversos testes, até que a Purism tivesse a certeza que o PureOS tinha ficado maduro o suficiente. Com planos de entregar um sistema contínuo, em que você instala uma vez e vai recebendo atualizações indefinidamente e outro estável, o PureOS quer passar solidez e praticidade. Fica ao critério utilizar o PureOS estável ou rolling release. 

“Estamos fazendo o lançamento da versão estável do PureOS e criando uma nova versão rolling release. Além dessa versão estável, estamos adicionando dois pacotes complementares - amber-security e amber-updates - que trabalham juntos para criar uma versão sólida”, diz Jeremiah Foster, diretor do PureOS.

purism-pureos-librem5-debian-linux-gnome-software-livre-open-source

Já fizemos algumas postagens sobre o PureOS e seu conceito que se assemelha muito a convergência, proposta pela Canonical (isso na versão mobile do SO). Acesse este link e saiba mais, também abordamos sobre o “PureBoot”, para maior proteção de computadores com Linux. Caso queira mais informações, acesse essa postagem.

Por se tratar de um sistema rolling release, a Purism informou que o PureOS continuará recebendo as atualizações, mesmo com a release estável. Todavia, a versão rolling release é recomendada para entusiastas e usuários avançados que desejem as últimas versões dos programas pré-instalados no sistema. Ao que tudo indica a versão estável será o foco para usuários finais.

purism-pureos-librem5-debian-linux-gnome-software-livre-open-source

Além de ser baseado no Debian, o PureOS conta com o ecossistema GNOME em sua concepção.

Faça o download da versão estável por meio deste link, os mais “moderninhos” podem adquirir o contêiner do Docker, por aqui.

Lembrando que o PureOS não funciona em hardwares 32bits, para mais informações acesse seu site oficial.

Faça parte de nosso fórum Diolinux Plus e não perca nenhuma novidade.

Até o próximo post, SISTEMATICAMENTE! 😎

Fonte: Purism, Softpedia.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Nova versão do plugin Mate Optimus ganha suporte ao driver 435

Nenhum comentário
Muitos dos leitores do blog Diolinux, vem acompanhando a “saga” do Linux em notebooks híbridos (Intel+NVIDIA), onde já produzimos artigos de como instalar o Ubuntu/Mint até a notícia mais esperada, a compatibilização completa no Linux, que finalmente saiu e você pode conferir aqui.

Nova versão do plugin Mate Optimus ganha suporte ao driver 435






Dentro desses artigos, teve também artigos falando que a NVIDIA estava disposta a trabalhar o Optimus no Linux, como também os anúncios da Canonical, através do Ubuntu, incluindo os drivers da NVIDIA já na ISO.

Por incrível que pareça, a primeira flavour do Ubuntu a se movimentar e começar o processo de suporte, foi o Ubuntu MATE, através do desenvolvedor principal, Martin Wimpress. Tanto que tem um artigo falando sobre o Ubuntu MATE 19.04 e as suas facilidades com as híbridas.

E como não seria surpresa para ninguém, eis que o Ubuntu MATE surge novamente como “pioneiro”  no mundo das híbridas, vamos assim dizer 😁.

Em seu Twitter, Martin fez um anúncio muito positivo e gerou uma expectativa muito boa na comunidade. Ele anunciou uma nova versão do plugin mate-optimus para a versão 19.10 (a mesma do Ubuntu 19.10) e assim compatibilizando-o com as novidades trazidas pela NVIDIA no driver 435, em especial para as híbridas (Nvidia Optimus).



Como demonstra a imagem, agora podemos escolher qual modo utilizar (Power Saving, Performance Mode ou On-Demand).

É ali na opção On-Demand, que “reside a mágica” da Nvidia para as híbridas. No primeiro anúncio, Martin tinha informado que ainda seria necessário fazer o logoff para a troca. Aí perguntei a ele se pretendia compatibilizar a "não necessidade" dessa etapa, e ele disse que ia arrumar. E assim fez.

Também perguntei se essa ferramenta poderia ser usada em outras interfaces ou se ele teria alguma informação sobre. Ele confirmou que sim, e que as interfaces suportadas serão: MATE, XFCE, Budgie, Cinnamon, GNOME, KDE e LXQt. Para conferir a thread completa, acesse o link.

Ele também me falou, que se a pessoa quiser testar fora do Ubuntu 19.10, bastasse clonar o repositório do GitHub e rodar os binários em usr/bin. Se você quiser testar, o GitHub dele é esse aqui.

Isso era questão de tempo, das distros e interfaces gráficas a compatibilizar a solução da NVIDIA e assim ir “quebrando” esse tabu no Linux, que na minha visão, será totalmente derrubado no Ubuntu 20.04 LTS, assim fazendo com que as outras distros e flavours também irão seguir.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá no nosso fórum.

Espero você até a próxima, um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Temos um monte de cupons de desconto da GearBest para você! [Atualizado]

Nenhum comentário

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Nós fechamos  uma ótima parceria com a loja GearBest para trazer excelentes descontos para os leitores do blog Diolinux e assinantes do canal, confira agora os  descontos em produtos disponíveis para você por um preço mais baixo. 

cupons de desconto GearBest





São cupons de desconto com valores diversos e para vários produtos diferentes. Logo abaixo você confere os produtos com maiores descontos e com valores especiais.


Para ter os descontos, basta clicar no link para ir para a página do produto e inserir o código que está lisado ao lado de cada produto na tabela abaixo na hora de finalizar a sua compra na GearBest, alguns chegam 36%.

Aqui eu vou colocar uma série de cupons que são liberados semanalmente com descontos variados para produtos mais vendidos, volte toda a semana para conferir as novidades:

* Os produtos desta lista já estão com descontos aplicados ou são flashsales.
* Caso o desconto não apareça no site ma versão em português, acesse pela versão mobile, assim os descontos sempre aparecerão.


Confira também os descontos que  separamos para você em lojas nacionais 






PRODUTOLINK
Smartphone Xiaomi Redmi Note 7 Prohttp://bit.ly/2KWHd7n
Smartphone Xiaomi Mi 6 http://bit.ly/2ZLfRdD
Smartphone Asus Zenfone Max Prohttp://bit.ly/2ZFYo1n
Smartphone Xiaomi Mi 9http://bit.ly/2KWI87P
Smartphone CUBOT King Kong 3http://bit.ly/322Nrsb
Smartphone OnePlus 7http://bit.ly/308P1ri
Smartphone Xiaomi Redmi Note 7http://bit.ly/3285TzQ
Smartphone Samsung Galaxy A60http://bit.ly/2S6mzDO
Mini PC Beelink J45 http://bit.ly/2ZOuKvP
Tv Box Alfawise A8Xhttp://bit.ly/2JXOIcs
Cartão de memória Alfawise 128GBhttp://bit.ly/2PpSKN3
Tablet PC Teclast X6 Prohttp://bit.ly/2KV1ni6
TV Box Gocomma X99http://bit.ly/2LfdHtD
Mini PC Intel NUC http://bit.ly/306ZuTL
Mini PC MSI CubiNhttp://bit.ly/2ZKaAxV
Mouse Ergonomico http://bit.ly/2UIWlse
Mouse Xiaomi youthhttp://bit.ly/2ZPMBlR
Mouse Minismile M73http://bit.ly/2ZVx58l
Mouse Alfawise WM01http://bit.ly/2Le5eHk
Notebook HUAWEI MateBook Ehttp://bit.ly/2ZvddYy
Notebook AIWO I6 http://bit.ly/2ZZMMpT
Notebook Teclast F5Rhttp://bit.ly/2OiZH5I
Tv Box Original Xiaomihttp://bit.ly/305pZsO
Projetor M18 LCD http://bit.ly/32nMTNO


A próxima lista possui produtos que contém cupons de descontos, aproveite as promoções da GearBest para fazer as compras:



PRODUTOLINKSCUPOM
Smartphone Xiaomi Redmi Note 7http://bit.ly/2ZR9TYLGBNOTE732G
Smartphone OnePlus 7http://bit.ly/2ZRa0n9GBDPBJ256
Notebook Xiaomi Mi Airhttp://bit.ly/306aUHwGBXMNB02
Notebook Xiaomi Mi Rubyhttp://bit.ly/2ZONtaCGBXMRUBY01
Smartphone Xiaomi Mi A3http://bit.ly/2ZN4LozGBA36402
Smartphone ASUS Zenfone 6http://bit.ly/2ZP6OIpGBMPOUZF6
Smartphone Samsung Galaxy A80http://bit.ly/2ZLgOmdGBSMGA80
Xiaomi Mi Bandhttp://bit.ly/305ceKSGBBAND4MI


Basta clicar na categoria e usar o cupom de desconto na hora de finalizar a compra em qualquer produto que pertence a ela.
Eu tenho alguns cupons de descontos para a algumas categorias da loja GearBest, então usando estes cupons em qualquer produto da categoria você ganha uma quantidade "x" de desconto.



CATEGORIACUPOMDESCONTO
SmartphonesGBMBP7%
TabletsGBTPC8%
Computadores e RedesGBCPNT8%
LuzesGB17LED10%
LampadasGBST12%
Fitas de LEDGBStrips12%
CarregadoresGBCHS12%
Acessórios e FerramentasGBLA12%
Acessórios AppleGBWATCH20%

Estes são os que eu tenho por enquanto para vocês aproveitarem, vou deixar este artigo fixo no topo do blog para que fique fácil de todos acessarem, se quiserem algum produto específico com desconto que não se enquadra nestas categorias apenas deixem nos comentários que eu vou tentar conseguir para vocês.

Agora você também pode receber as FlashSales pelo Telegram! Basta entrar neste canal:  t.me/descontosdiolinux

Boas compras!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo