Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Audacity lança versão 2.3.3 com 75 correções de bugs

Nenhum comentário

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Recentemente foi lançada a versão 2.3.3 do editor de áudio Audacity, que conta com 75 melhorias que tornaram o software ainda mais robusto e confiável do que sempre foi.

audacity-lanca-versao-2.3.3-com-75-correcoes-de-bugs

O Audacity é sem dúvidas um dos softwares para gravação e edição de áudio mais confiáveis e leves disponíveis no mercado. Além de ser um software extremamente completo, o mesmo também é gratuito, open source e multiplataforma, estando disponível para Linux, Windows e MacOS.

O quê há de novo?


Recentemente a equipe responsável por manter o software divulgou a lista de correções de bugs e melhorias que estão presentes na versão 2.3.3 do software. A mais nova versão do Audacity não conta com muitas novas funcionalidades, pois desta vez a equipe direcionou os seus esforços a aprimorar o trabalho já feito, deixando o software ainda mais estável e confiável.

Dentre as 75 melhorias implementadas nesta versão, podemos destacar:

• Corrigido bug que impedia o funcionamento correto do “slider” de seleção de qualidade ao exportar arquivos nos formatos .aac e .m4a;
• Os efeitos de “Reverb”, “Repair” e “Paulstretch” foram aprimorados para que sejam aplicados de forma mais rápida em sistemas Linux;
• Resolvido problema que fazia com que o software fechasse ao tentar redimensionar um arquivo de áudio a fim de alterar o seu tempo;
• Resolvido problema de ruído ao utilizar a ferramenta “Punch & Roll”;
• Quaisquer espaços em branco deixados na linha do tempo serão tratados como silêncio, ao invés de serem removidos ao exportar;
• Agora serão exportadas apenas as faixas e trechos que você consegue ouvir ao reproduzir o preview. Anteriormente, todas as faixas do projeto, mesmo aquelas mutadas, eram exportadas para o arquivo de áudio, o que acabava por tornar os arquivos mais pesados.
• O efeito “Equalizador” agora será separado em dois efeitos diferentes, sendo um deles o “Equalizador gráfico”, e o outro o “Equalizador em Curvas”. Anteriormente ambos os modos de equalização estavam agrupados no mesmo efeito, o que acabava por ocasionar bugs.

Instalação


O Audacity pode ser instalado através da loja de aplicativos da maioria das distros. Além disso, o software também está disponível para instalação através de um PPA, bem como nos formatos Snap e Flatpak.

Snap


Para instalar o software via Snap, simplesmente copie e cole o comando abaixo no seu terminal, ou então acesse a página do aplicativo na Snap Store.

snap install audacity --edge

Caso você não saiba o que é, ou como trabalhar com pacotes Snap, este artigo é tudo o que você precisa. 😊

Flatpak


Para executar a instalação via Flatpak, você pode acessar a página da aplicação no Flathub, ou simplesmente rodar o comando abaixo:

flatpak install flathub org.audacityteam.Audacity

Se você não sabe o que é, ou como trabalhar com Flatpaks, confira o nosso tutorial sobre o assunto. Lembrando que após ter instalado o suporte ao Flatpak, será necessário adicionar o repositório Flathub, que pode ser feito com o comando abaixo:

flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Instalação via PPA no Ubuntu e derivados


Para efetuar a instalação através do PPA no Ubuntu e derivados, rode os comandos abaixo na seguinte ordem:

sudo apt-add-repository ppa:ubuntuhandbook1/audacity

sudo apt update

sudo apt install audacity

O Audacity é um dos softwares que utilizo há mais tempo, mesmo na época em que eu nem conhecia Linux já o utilizava no Windows. É incrível como softwares Open Source e gratuitos podem chegar há um nível de qualidade igual, ou até superior há muitos softwares proprietários produzidos por empresas milionárias. Outro bom exemplo de software gratuito e poderoso, é o Blender, sobre o qual já falamos aqui no blog.

Falando em Blender, em breve teremos um curso sobre ele lá no Diolinux Play. E já temos um sobre o Audacity, bem como cursos de Gimp e Terminal Linux. Além de vários outros conteúdos extras sendo publicados todas as semanas.

Particularmente, não conheço outro programa de edição de áudio que seja tão bom e simples de usar quanto o Audacity, e ao mesmo tempo gratuito. Dito isso, gostaria muito de saber de você, qual é o seu programa de edição de áudio favorito? Conte mais nos comentários! 😁

Você gosta de Linux e tecnologia? Tem alguma dúvida ou problema que não consegue resolver? Venha fazer parte da nossa comunidade no Diolinux Plus

Isso é tudo pessoal! 😉


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


5 aplicativos que quase todo brasileiro usa (importantes para empresas)

Nenhum comentário

terça-feira, 26 de novembro de 2019


Os brasileiros gostam de viver no seu celular e, por isso, não perdem as novidades de aplicativos que vão surgindo para facilitar as suas vidas. Este são alguns aplicativos dos quais o povo brasileiro mais tira proveito no uso diário, eles também são alvos importantes para empresários e marcas que desejam anunciar.

apps-populares-android-brasil






Hoje, o mundo é essencialmente tecnológico e o povo brasileiro gosta de acompanhar essa tendência. A rapidez no avanço do mundo digital tem feito com que muitos dispositivos e aplicações criem raízes profundas na forma como vivemos as nossas vidas e vem alterar, por completo, as rotinas e os hábitos.

A geração Millennial já nem saberia viver sem celular e, mesmo entre as camadas mais antigas da população, começa a existir um maior interesse por todos esses aplicativos e funcionalidades que ajudam a tornar a vida mais simples. Assim, mais do que nunca, os apps entram na vida das pessoas como uma forma de as ajudar a gerir todos os pequenos (e grandes) aspectos do seu dia.

Esta proficiência das aplicações é muito válida para todas as pessoas mas, por vezes, ainda mais interessante para os empreendedores, que fazem o seu uso para fins pessoais e empresariais, servindo-se do potencial do mundo digital para levar mais longe o seu negócio e ajudar a garantir o sucesso.

Estas ferramentas de gestão da vida e da empresa são, sem dúvida, muito procuradas e, talvez por isso, o lançamento de novos aplicativos úteis acontece todos os dias e permeia as experiências cotidianas das pessoas.

Evidentemente, nem todas as aplicações são igualmente úteis, existindo algumas que se destacam face às demais, por serem consensualmente essenciais para a experiência diárias das pessoas.

Existe um sem fim de aplicações úteis para facilitar as pequenas tarefas diárias e a gestão dos nossos negócios, basta circular pela Google Play Store ao longo dos meses para perceber algumas constantes, e também alguns aplicativos que despontam por conta de extensas campanhas de marketing, como é caso de aplicativos de lojas, conforme nos aproximamos da Black Friday.

melhores-apps-smartphones



1. WhatsApp


Uma das aplicações para celular que está, certamente, presente em quase todos os Smatphones brasileiros é o WhatsApp. Este interesse pelo aplicativo não é estranho quando consideramos a forma como este permite as mais diversas formas de comunicação – seja mensagem de áudio, torpedo, vídeo ou envio de conteúdos digitais como música ou imagem – de forma gratuita.

O uso desse aplicativo veio mudar a regularidade da comunicação e fazer com que as pessoas se aproximassem, levadas pela facilidade e vastidão de opções da app.

Além disso, o aplicativo conta ainda com uma versão empresarial – o WhatsApp Business - que é ideal para enviar mensagens na sua empresa, atingindo o público com maior facilidade e tendo ainda a possibilidade de avaliar as estatísticas criadas pelo aplicativo.

Assim, torna-se uma app essencial, tanto para indivíduos como para os negócios e empresas brasileiros, ainda que ele não seja a única e nem necessariamente a melhor alternativa para essa finalidade, sobretudo quando observamos recursos.

Como empresário, mesmo que você prefira outra aplicação, naturalmente as pessoas, os clientes e muitos de seus funcionários, hoje chegarão até você através do WhatsApp, ele se tornou tão onipresente, que até mesmo que opta por não utilizá-lo com frequência, ainda deixa-o instalado no Smartphone por via das dúvidas.

2. Facebook


O Facebook é uma das formas de mídia digitais mais usadas em todo o mundo e o Brasil não foge desta tendência.

No Brasil, o Facebook é um fenômeno e será muito raro um celular que não tenha este aplicativo instalado, ou uma de suas versões, como o Facebook Lite, o Messenger, etc. 

Usando esta rede para comunicar com os amigos, postar ideias e fotos, os brasileiros não deixam de considerar o seu potencial também para o mundo dos negócios.

Em termos empresariais, o Facebook permite a difusão de vários produtos e ideias, bem como a criação de grupos de interesse, a criação e promoção de eventos e ainda a criação de publicações patrocinadas – publicidade – que ajuda a levar as marcas até um número muito vasto de clientes em potencial. 

Apesar de eu ter a sensação de que o pico do Facebook no Brasil, como "o aplicativo preferido" já o passou, com muitos jovens especialmente deixando ele de lado para encontrar uma rede social que se comunique melhor com seus gostos, não há como negar o impacto da rede para vendas e mercado.

3. Uber

O Uber também revolucionou o mundo e, mais uma vez, o Brasil não foi uma exceção. Este aplicativo se revelou como um fenômeno no Brasil e é um app que estará instalado na grande maioria do Smartphones.

Permitindo um serviço melhor e menos dispendioso de transporte, esse aplicativo para carros de aluguel facilita a vida dos brasileiros, possuindo também soluções para empresas.

A minha cidade mesmo veio a ter Uber apenas recentemente, mas eu tenho o aplicativo no meu Smartphone há muito tempo e já o utilizei diversas vezes em viagens. Na ponta do lápis de quem dirige uma empresa, saber com antecedência quanto as coisas vão custar, mesmo que seja "uma corrida" até o um determinado local, faz toda a diferença.

O sucesso do Uber acabou gerando uma grande rede com variações de funcionalidades, com deliveries de todos os tipos, assim como criando concorrentes, o que mais uma vez, aquece este setor de mercado.

Saber trabalhar com o Uber é essencial, especialmente no mundo dos negócios.

4. Instagram


Também é uma rede social e será, talvez, ainda mais importante para os brasileiros do que o Facebook. O Instagram é, sem dúvida, um dos aplicativos mais recorrentes nos celulares brasileiros e um dos favoritos no país.

Permitindo a partilha de fotos, esse espaço funciona como uma montra pessoal ou empresarial e facilita grandemente a exposição de conteúdos visuais.

Além disso, com formas de promoção muito simples e com orçamentos ajustáveis, o Instagram é também uma excelente forma de promover a imagem individual ou a atividade de um negócio online.

Provavelmente 2019 foi o ano do Instagram no Brasil, você pode me seguir por lá inclusive, onde vários negócios se descobriram viáveis através da plataforma, de forma semelhante ao que aconteceu com o YouTube ou a Twitch.

O Instagram conseguiu criar uma nova leva de criadores de conteúdo, que fazem esse material para um formato de consumo muito mais rápido, algo que combina bem com as necessidades de hoje em dia.

5. YouTube


O YouTube é dos aplicativos que dispensam apresentações. Famoso no mundo todo, essa é a maior plataforma de vídeos de sempre e é uma forma de diversão que não costuma faltar no leque de apps do celular dos brasileiros.

O YouTube costuma vir instalado com todos os Smartphones Android, o que facilita ainda mais o acesso a plataforma. É difícil não "chover no molhado" quando o assunto é investimento em publicidade com o YouTube, ele se tornou tão popular que até as emissoras de televisão, tradicionalistas que só elas, aprenderam a criar material para a internet e o publicam no YouTube regularmente.

Você pode seguir o nosso canal por lá também, se quiser. :)

Saiba analisar


Existem tipos diferentes dois tipos diferentes de empreendedores, os que só conseguem trabalhar com dados óbvios, e os que conseguem deduzir informações a partir de dados menos precisos.

A diferença parece ser sutil, mas pode fazer uma grande diferença. O que você, como empreendedor, pode tirar de informação útil de uma lista feita a partir de constatação como esta?

Quando você tem um público a atender, é importante identificar onde ele está, e qual a forma favorita de interação do mesmo, dessa forma você consegue ter uma comunicação direta e confortável com o seu prospect, e oferecer os seus serviços com maior precisão.

Eu convido você para conhecer o nosso curso de "Criação de Conteúdo para Internet e Marketing Digital", ele e completamente grátis e não exige nenhum cadastro, nem nada, está disponível diretamente no YouTube, basta clicar aqui.

Dentre estes aplicativos, qual o seu favorito? Você usa algum App bacana para deixar o dia a dia da sua empresa mais eficiente? Conte pra mim nos comentários. :)

Até a próxima!


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Faça o 2FA do Twitter sem a necessidade do número de celular

Nenhum comentário
A equipe de segurança do Twitter anunciou na última quinta-feira (21/11), a disponibilidade de uma nova funcionalidade que permite aos usuários efetuar a ativação da autenticação em dois fatores, sem a necessidade de informar o número de telefone.

faça-o-2fa-do-twitter-sem-a-necessidade-do-numero-de-celular

A autenticação em dois fatores (2FA) tem se tornado cada vez mais popular ao longo dos últimos anos. Hoje em dia, infelizmente, apenas uma senha já não é o suficiente para manter a segurança das suas contas de usuário internet à fora.

Uma das formas mais populares de 2FA, é aquela via SMS. Esta forma de autenticação em dois fatores consiste em, após o usuário ter digitado o seu login e senha no site em questão, o serviço envia um SMS para o usuário com um código gerado randomicamente. Então o usuário insere esse código como sendo uma segunda senha, o que finalmente concede o acesso ao serviço em questão.

Todavia, essa forma de 2FA tem se mostrado não ser tão segura quanto parece. Após numerosos casos de pessoas que tiveram os seus telefones roubados, números clonados ou foram vítimas de “SIM swap”, ficou bem claro que utilizar o serviço de SMS para enviar códigos de segurança aos usuários, não é a melhor opção para fazê-lo.

Mesmo com o claro baixo nível de segurança, este ainda era o formato de 2FA utilizado pelo Twitter até há apenas poucos dias. Felizmente, este método de segurança que, hoje em dia já pode ser chamado de obsoleto, está sendo deixado de lado pela rede social do passarinho azul.

A partir de agora, a autenticação em dois fatores do Twitter passará a utilizar o protocolo “FIDO2 WebAuthn”, que possui compatibilidade com um maior número de navegadores e autenticadores, e também não mais solicitará um número de telefone para que a funcionalidade seja ativada.

Como você pode observar no tweet abaixo, a funcionalidade foi oficialmente divulgada pela equipe de segurança do Twitter na quinta-feira (21/11), por volta das 13:00 horas.


Eu sou, ou era, um péssimo exemplo de usuário quando o assunto é segurança, e até há poucos dias não utilizava 2FA em nenhuma das minhas contas internet afora. Felizmente “tome jeito” e ativei a funcionalidade em todas elas. Dito isso, fortemente recomendo que vocês não sigam o meu exemplo, e mantenha a autenticação em dois fatores ativadas no maior número de contas possível. Afinal, depois que a “M” acontecer, não adianta chorar. 😐

Ao observar os dados das contas dos usuários no nosso fórum, o Diolinux Plus, pude perceber que um número muito grande de usuários ainda não utilizam o serviço de 2FA. Então largue a preguiça de lado e ative a autenticação em dois fatores no maior número de serviços que puder.

Você utiliza 2FA nas suas contas? Ou existe algum motivo, que eu desconheço, que faz com que não utilizar este tipo de recurso seja a melhor opção? Conte-nos nos comentários! 😁

Para mais informações, você pode acessar o post oficial (em inglês) de divulgação da nova funcionalidade.

Você gosta de Linux e tecnologia? Tem alguma dúvida ou problema que não consegue resolver? Venha fazer parte da nossa comunidade no Diolinux Plus

Isso é tudo pessoal! 😉


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Glimpse, fork do GIMP, é lançado

Nenhum comentário
No meio do ano de 2019, houve uma polêmica envolvendo o GIMP (GNU Image Manipulation Program), exatamente com o seu “nome” ou com o seu acrônimo, que em algumas culturas é uma palavra ofensiva. Tanto que tem uma declaração do pessoal  do GIMP sobre o assunto, dizendo que por hora não vão mudar o nome.

Glimpse, fork do GIMP, é lançado






Feito esse disclaimer, foi anunciado no dia 6 de julho de 2019, um fork do GIMP para se adequar melhor a esta questão de nomenclaturas, podendo ser um impeditivo de uso do programa em algumas culturas. Com isso nasceu o projeto Glimpse Image Editor ou simplesmente Glimpse. Neste link eles explicam melhor a escolha do nome.



Como podemos ver, ele é nesse primeiro momento, o GIMP sem maiores modificações na parte da interface ou com qualquer outra ferramenta ou funcionalidade implementada. A única coisa que foi modificada foi a tela de abertura. Ainda segundo a equipe do Glimpse, todos os updates do GIMP upstream, estarão presente no app deles.

Atualmente, o Glimpse 0.1.0 é baseado no GIMP 2.10.12 ao invés da versão 2.10.14, que é a mais recente. Para ver a nota de lançamento (release note), você pode conferir aqui, e o código-fonte podendo ser consultado aqui.



O Glimpse pode ser instalado tanto em  Windows (a partir do 7) ou no Linux.

No Windows, ele é distribuído no formato .msi, esse formato foi escolhido pelos devs por achar mais fácil a manutenção dele. Para baixar no Windows você acessa este link

Já no Linux, ele é distribuído via flatpak. Se você não tem o flatpak instalado no seu sistema, basta seguir esse tutorial nosso de como fazer isso e partir para a instalação. Se você quiser, pode acessar a página do Glimpse no flathub e baixar por lá ou simplesmente digitar ou copiar/colar esse comando no seu terminal e seguir as instruções nele:

flatpak install flathub org.glimpse_editor.Glimpse

Depois de instalado o Glimpse, basta usufruir o mesmo.

Vale lembrar, que o projeto está no começo e que erros, bugs e coisas do tipo são bem normais de aparecer, por isso, é recomendado reportar-los para os devs, para que eles possam corrigi-los.

Na minha opinião, vale a pena testar o Glimpse por curiosidade por hora, pois agora ele não passa de um GIMP com uma “skin” nova e só, mas quem sabe no futuro não tenha opções e funcionalidades só dele, vamos assim dizer, e se destacar.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá no nosso fórum. Espero você até a próxima, um forte abraço.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Versão 5.4 do Kernel Linux chega recheada de novidades

Nenhum comentário
A versão 5.4 do Kernel Linux acaba de ser lançada, com uma “feature” um tanto polêmica, aprimoramentos para o driver AMDGPU, uma lista de dispositivos periféricos que devem funcionar de forma “plug and play”, e muito mais.

versao-5.4-do-kernel-linux-chega-recheada-de-novidades

A mais nova versão do Kernel Linux acaba de sair do forno, e com ela saiu também a amada e odiada “feature” chamada” Lockdown. Para aquelas pessoas que estão preocupadas com a função Lockdown estar potencialmente ferindo a sua liberdade, a boa notícia é que a mesma não estará ativada por padrão nesta versão do kernel. Todavia, isso não necessariamente significa que a função não estará ativada em todas as distribuições, já que cada distro poderá decidir entre ativá-la, não ativá-la, ou até mesmo removê-la.

Você não sabe o que é esse tal de Lockdown? Então dê uma olhada no artigo que fizemos assim que a notícia veio a público!

Deixando as polêmicas um pouco de lado, a nova versão do kernel também trará várias melhorias referentes as GPUs AMD. A partir desta versão, o driver AMDGPU passou a suportar as famílias de GPUs Navi 12, Navi 14, Arcturus, e as famílias de APUs Dali e Ryzen 4000 que serão lançadas em 2020.

As principais melhorias para GPUs AMD geralmente são lançadas tendo como foco principal os hardwares mais recentes, que fazem uso do driver AMDGPU. Caso você possua uma GPU mais antiga, ou não sabe qual é o driver que você está utilizando (e não estou falando sobre o Mesa Driver), confiram os nossos artigos sobre os drivers AMD no Linux, e sobre como utilizar a melhor opção de driver para a sua GPU AMD antiga.

Partindo para a área dos processadores, o Kernel 5.4 está trazendo suporte para os CPUs Intel da família “Tiger Lake”, e aprimoramentos para o sistema de “color management” para dispositivos utilizando o driver de código aberto da Nvidia, o Noveau.

Máquinas equipadas com hardwares que utilizam a arquitetura ARM, como por exemplo alguns modelos de laptops da Asus, HP e Lenovo, também não foram deixados de lado. Agora o Kernel Linux possui suporte para os processadores Qualcomm Snapdragon 835 SoC, e 850 SoC. Também foi adicionado suporte a alguns processadores utilizados em dispositivos móveis, como por exemplo o Snapdragon 410, que está embarcado em modelos como os Samsung Galaxy A3 e A5. O quê pode ser uma boa notícia para os desenvolvedores do Plasma Mobile e Ubuntu Touch.

Além do que foi abordado acima, várias outras melhorias também foram feitas neste lançamento. Dentre elas, podemos destacar:

• Adicionado relatório de temperatura para processadores AMD Ryzen da série 3000;
• Sistema de arquivos para máquinas virtuais VirtIO-FS foi aprimorado, o que deve melhorar o compartilhamento de pastas entre a máquina real e as virtuais;
• Versões atualizadas dos drivers do sistema de arquivos exFAT;
• O sistema de arquivos XFS agora permite modificações de diretório maiores, e o faz de forma mais rápida;
• Adicionado suporte para dispositivos de rede RTL8125;
• Melhoria no gerenciamento de energia Intel TCC.

Vários dispositivos periféricos foram compatibilizados, e assim entraram para a enorme lista daqueles que funcionam de forma “plug and play” nas distros Linux. Confira a seguir quais são estes dispositivos:

• MobileStudio Pro 13;
• Mouse Logitech G700;
• Mouse/teclado Logitech Lightspeed;
• Receptores Creative SB0540;
• Painel touchscreen Smart Tech;
• Sintonizador de TV Mygica T230C.

Cada nova versão do Kernel Linux sempre traz um número enorme de correções de bugs e novas funcionalidades, desta forma, cobrimos o que julgamos ser mais relevante. Todavia, se você tem interesse em mergulhar mais a fundo no mar de informações disponíveis sobre a nova versão do Kernel do Pinguim, você pode acessar a documentação oficial do Kernel Linux.

Se você for um usuário recém chegado ao mundo Linux, talvez esteja se perguntando se vale a pena atualizar o Kernel da sua distro, a fim de poder tirar proveito de todas as novidades. Não precisa ficar “quebrando a cabeça, jovem gafanhoto”. O vídeo a seguir, apesar de ser do tempo em que o Dionatan ainda tinha mais cabelo na cabeça do que na cara um pouco antigo 😁, ainda é extremamente atual quando o assunto é atualização de Kernel.


Caso você queira se aprofundar ainda mais no assunto, ou simplesmente você é uma pessoa que prefere ler a assistir vídeos, este artigo sobre atualização e versões do Kernel Linux é certamente um ótimo complemento ao vídeo acima.

Sempre fico fascinado em ver o quão longe, e quão rapidamente projetos livres e de código aberto podem crescer. E as proporções colossais que chegam a atingir. É com esse pensamento que estou acabando de escrever este artigo, por isso gostaria que vocês, caros leitores, me dessem a sua opinião sobre o seguinte:

Quais razões vocês acreditam serem as responsáveis por alguns projetos, que inicialmente não possuem grandes equipes ou investimentos financeiros, conseguirem chegar tão longe, e literalmente mudar para melhor as vidas de tantas pessoas?

Você gosta de Linux e tecnologia? Tem alguma dúvida ou problema que não consegue resolver? Venha fazer parte da nossa comunidade no Diolinux Plus

Isso é tudo pessoal! 😉


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Xfce 4.16 entra em fase de desenvolvimento

Nenhum comentário

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Após o Xfce 4.14 passar por 4 anos de desenvolvimento, Simon Steinbeiß anunciou que a nova versão da interface entrou em fase de desenvolvimento, prometendo um lançamento bem mais rápido, programado para ser disponibilizado em torno de junho de 2020.

xfce-4.16-desenvolvimento

Em seu blog, Simon diz que a partir desta nova versão, eles querem voltar a seguir o modelo de disponibilização, que prevê novas versões a cada 6 meses. Outro desejo da equipe é realizar alterações na infraestrutura, migrando do Bugzilla para o Gitlab, porém estas são alterações que levam um bom tempo.

Enquanto a versão 4.14 teve foco na migração do GTK2 para o GTK3, a versão 4.16 do Xfce removerá o suporte para a versão 2 do GTK. Isso acarretará em plugins antigos e softwares que dependem de GTK2 parando de funcionar, necessitando de uma atualização por parte de seus desenvolvedores.

Uma das novidades programadas para esta versão é a adição de CSD (“client-side decoration” em inglês), que é permitir que o próprio software altere a decoração de janela, algo que os programas do Gnome já fazem atualmente. Softwares mais complexos como o Thunar ainda não receberão a adição de CSD nesta versão, porém esta funcionalidade será adicionada gradualmente, melhorando a experiência e a coesão da interface.

O Thunar, gerenciador de arquivos padrão do Xfce receberá algumas pequenas melhorias, e contará com a extensão da sua API para plugins, algumas ações serão ativadas por padrão e será possível salvar o modo de visualização por diretório.

Uma das adições para o painel é o tão amado modo noturno. Agora será possível utilizar o painel em modo noturno mesmo se estiver utilizando algum tema claro no sistema, como o próprio Adwaita. E com a adição do CSD, as bordas do painel ficarão mais consistentes com o resto da janela.

painel-preferencias-xfce-4.16

Outra adição a ser feita no painel, é uma animação quando ele estiver em modo de esconder automaticamente, assim deixando mais claro para o usuário que o painel se escondeu.

Os plugins de lançadores também receberão novidades, como novas ações ao clicar com o botão direito do mouse. A imagem abaixo mostra um exemplo, onde é possível abrir uma nova aba privada diretamente do lançador.

opcoes-lancador-xfce-4.16

Outros plugins também receberão melhorias, como a “Lista de Tarefas” e “Trocar Área de Trabalho”, porém ainda não foi anunciado quais serão as modificações.

O gerenciador de energia irá contar com a ferramenta de Luz Noturna, que aplica um filtro de cor durante a noite para reduzir a tensão nos olhos, da mesma maneira que o aplicativo Redshift faz. 

Comparado com o último lançamento, esta atualização do Xfce é bem mais simplista e focada em deixar o sistema mais coeso. Desta vez não teremos que esperar mais 4 anos por uma nova versão da interface, o que é uma ótima novidade. E você, o que achou das novidades? Conta pra gente aqui nos comentários.

Se você tiver alguma dúvida sobre tecnologia, ou quiser compartilhar conhecimento com a comunidade, o Diolinux Plus é o espaço ideal para isso. Vem fazer parte da nossa comunidade!

Até a próxima!

Fonte: Xfce Blog


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

ZorinOS Lite 15 é lançado com base no XFCE

Nenhum comentário
No mundo da informática, uma hora ou outra, vamos nos deparar com alguns computadores que já não estão mais “aguentando o tranco” dos sistemas operacionais de hoje. Bom, o ZorinOS Lite 15 veio para dar esse fôlego a mais nesses equipamentos 😄.

ZorinOS Lite 15 é lançado com base no XFCE






O ZorinOS Lite vem como uma proposta muito interessante para quem tem aquele "pczinho old school”, que nos dias atuais não daria conta de rodar os sistemas mais atuais, como o Ubuntu.

Em junho deste ano (2019), foi feito uma review no Diolinux, mostrando como seria a versão do ZorinOS 15, que faz uma modificação muito interessante do Gnome e como o pessoal do ZorinOS acha que o Gnome deria ser. O vídeo você pode conferir abaixo.

     

O sistema é muito bonito, mas para os “pczinhos old schools”, não daria muito certo, pois poderia ficar muito pesado e deixá-los lentos. Assim cortando a magia de ter uma máquina novamente funcional e podendo transformar isso em frustração, vamos assim dizer. Mas como eu disse no começo da matéria, o ZorinOS 15 Lite veio para preencher essa lacuna.


Como podemos ver, a interface é muito bonita e chamativa, que ainda segundo o site do projeto, ela foi pensada com base no layout do Windows 7 deixando o sistema mais “user-friendly” para quem estiver chegando do sistema da Microsoft, que chega ao fim no começo de 2020.




O ZorinOS 15 Lite se baseia no Ubuntu 18.04 LTS que o suporte vai até abril de 2023, também já vai com o Kernel Linux na versão 5.0 e o ambiente gráfico que é o XFCE, está indo com a versão 4.14. O sistema já está com os suportes para Snap e Flatpacks habilitados, sendo assim, não é necessário fazer nenhuma “instalação” dos mesmos.

Os requisitos para rodar o ZorinOS Lite, são:

●  CPU : Single Core de 700 MHz (64 ou 32 bits);

●  512 MB de memória ram;

●  Armazenamento de 8 GB;

● Monitor com resolução mínima de 640 x 480.

Para baixar o ZorinOS Lite 15, basta acessar aqui e para saber todos os detalhes desta versão do sistema operacional, acesse este link.





Isso é muito bom de se ver, uma empresa como a Zorin Group, dona do ZorinOS, pensar neste tipo de público, que no ano de 2020 vai perder o suporte total do Windows 7 e que não tem condições para fazer a migração para o Windows 10. Assim ela consegue em teoria, dar mais alguns meses de vida para essas máquinas, e isso é muito bom. Tanto que discutimos sobre como aumentar a participação do Linux no desktop, no Diolinux Friday Show. Vale a pena você conferir 😃.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá no nosso fórum. Espero você até a próxima, um forte abraço.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo