Novo recurso do Ubuntu deixa Unity mais leve em computadores fracos Dionatan Simioni sexta-feira, 22 de julho de 2016

Um novo recurso interessante foi adicionado ao Ubuntu com Unity pela Canonical, o "LOW-GFX" permite que o sistema rode melhor em computadores que não tem placas gráficas muito potentes, conheça a mudança e veja como ativar no seu sistema.

Ubuntu Low-GFX



O recurso em si não é novo, nós já mostramos como ativar o "Unity 2D" no Ubuntu, o procedimento é válido para o Ubuntu 14.04 LTS por exemplo, porém, até então não existia uma opção simples para ativar esta funcionalidade, pelo menos até agora. O recurso de "low graphics" também é possível de ser atingido através do Unity Tweak Tool, basta ter um pouco de paciência para configurar tudo direitinho.

A Canonical atendeu ao pedido dos usuários que acham que o Unity é pesado demais para computadores modestos, desta forma, mesmo computadores que não possuem uma boa aceleração gráfica poderão usar o sistema.

Basicamente, o que faz o Unity ser "pesado", são as suas transparências e "fades", então, deixando estas opções opacas, o impacto para uma placa gráfica modesta é muito menor.

Uma modificação no Compiz


Enquanto o Unity 8, que deve ser leve, afinal roda até mesmo em Smartphones, não chega, o Unity 7 continua sendo lapidado. O Unity é na verdade um plugin do Compiz, um compositor de janelas que já foi muito mais popular do que é hoje, especialmente por conta dos efeitos gráficos que o mesmo costuma proporcionar.

Basicamente, a opção "low-gfx", adicionada recentemente como uma opção no Compiz, desabilita todas estas opções que fazem o Unity ser pesado.

Como fazer a modificação no Ubuntu 16.04 LTS?


1 - O primeiro passo é ter certeza de que você está com o sistema atualizado, portanto, use o "Atualizador de programas", que você encontra no menu do sistema, para fazer esta verificação, ou use o terminal se você preferir:
sudo apt update
sudo apt upgrade
2 - O próximo passo é instalar o Compiz Config Settings Manager, ou CCSM, para poder configurar o plugin do Unity, quem prefere instalar pelo Ubuntu Software, basta procurar pelo nome comentado logo acima, ou clicar no botão abaixo.


Para fazer o procedimento pelo terminal, use o seguinte comando:
sudo apt install compizconfig-settings-manager
3 - Depois de instalado, você encontra o programa para configurar o Compiz no menu do sistema, procure pela palavra "Compiz" no menu e abra o CCSM:

Compiz Config Settings Manager

4 - Procure a opção "Ubuntu Unity Plugin", como indicado na figura acima, dentro dele você encontrará a opção "Enable Low Graphics Mode", basta marcar a o "checkbox" indicado na image abaixo, você verá mudanças instantaneamente, porém, é recomendável encerrar a sessão e depois logar-se novamente para ter certeza que tudo estará configurado corretamente.

Unity Low Graphics

É isso, você logo perceberá que o Unity está mais opaco e veloz.

Dicas adicionais para otimizar a velocidade


Existem vários "pequenos truques" que você pode fazer para otimizar a velocidade do sistema, além, é claro, desta configuração.

Se você utilizar o Unity Tweak Tool para fazer alguns ajustes, haverá uma configuração que pode ser feita na sessão "Gerenciamento de janelas", na opção "Geral", que permite a você colocar a qualidade de textura no modo "Rápido" e desabilitar as animações das janelas, isso certamente vai acelerar o seu  Unity. Veja o exemplo na imagem abaixo.


Agora o seu Unity já vai estar mais leve e mais rápido, se mesmo assim não for o suficiente para você, aqui vão mais algumas dicas que podem ser úteis:
7 Dicas incríveis para otimizar o Ubuntu
Conte pra gente se as mudanças deram resultado para você comentando logo abaixo e até a próxima! :)
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Dionatan Simioni
por Dionatan Simioni

Blogueiro, Youtuber, Escritor e Professor, usuário de Ubuntu e Android, apaixonado por games e tecnologia.

Siga-me @ Twitter | Facebook | Google Plus

comments powered by Disqus