Veja o KDE Plasma para Smartphones funcionando Dionatan Simioni quinta-feira, 10 de novembro de 2016

O mercado de Smartphones parece clamar por um terceiro competidor que seja à altura de Android e iOS. A Microsoft parece ter reduzido o ritmo à este respeito, a Canonical ainda está evoluindo o Ubuntu e até conseguiu ter alguns aparelhos no mercado, depois do fracasso do Firefox OS, e aparelhos com o Tizen ainda não fazerem muito sucesso, o mundo Linux está começando a entregar um novo competidor para o mercado mobile baseado no projeto KDE.

KDE Plasma Mobile Demonstração




A intenção do projeto KDE para trazer o Plasma até o seu Smartphone é "simples": Levar um dos melhores e mais personalizáveis ambientes gráficos do mundo dos computadores com toda a sua segurança e maleabilidade para o seu bolso.

O discurso pode ser belo, mas a tarefa é árdua. A maior parte dos "entendidos" no assunto de telefonia - e acho que posso me incluir dentro dessa turma de palpiteiros - costuma acompanhar essas iniciativas de implementação de novas tecnologias com um certo brilho nos olhos mas sabendo que no fundo não basta apenas ter um bom sistema; ter um ambiente hóspito para a criação de aplicativos e ao mesmo tempo conseguir conquistar um grande público para atingir os objetivos de qualquer projeto do tipo não é uma tarefa simples, no entanto, parece ser algo essencial para o crescimento de qualquer sistema operacional na plataforma móvel.

Confira agora uma demonstração do Plasma Mobile:


O KDE Plasma Mobile tem a habilidade de rodar aplicativos de diversas formas, sem parecer haver um modo "oficial", por assim dizer. Ele tem suporte para os Plasmoids, os mesmos que você usa no seu Desktop KDE e que podem ser utilizados como aplicativos de algumas formas, tem suporte à alguns Apps do Ubuntu Phone, Web Apps e alguns aplicativos do Salfish OS também.

A lista de aparelhos compatíveis não é muito grande, na verdade ela tem apenas dois modelos testados e compatibilidade provável com mais alguns.

As pessoas que quiserem testar o sistema deverão ter um Nexus 5 ou um OnePlus One, ou ainda alguma aparelho com arquitetura Intel, o que pode indicar que os antigos modelos do ZenPhone poderiam ser compatíveis, mas não tenho certeza.

Um dos objetivos colocados pelo projeto KDE Plasma para o segmento mobile é também conseguir a convergência que o Ubuntu está implementando, podendo rodar tanto aplicações Desktop baseadas em QT, quanto em GTK, rodando sobre o servidor gráfico Wayland, como eles vão fazer isso é que ainda não ficou claro, mas é uma boa meta para perseguir sem dúvidas.

Outro objetivo do projeto é disponibilizar ROMs que possam ser instaladas em qualquer aparelho Android, mas mais uma vez, COMO eles vão fazer isso ainda não ficou claro, de qualquer forma, se você tem uma aparelho compatível e gostaria de acompanhar o desenvolvimento do Plasma para Smartphones basta acessar este link e ler mais sobre o processo de instalação.

O que você achou da iniciativa?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Dionatan Simioni
por Dionatan Simioni

Blogueiro, Youtuber, Escritor e Professor, usuário de Ubuntu e Android, apaixonado por games e tecnologia.

Siga-me @ Twitter | Facebook | Google Plus

comments powered by Disqus