Samsung escolhe Ubuntu como distro Linux para o seu novo produto - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Samsung escolhe Ubuntu como distro Linux para o seu novo produto

DeX da Samsung agora pode rodar Ubuntu em seu modo Linux on DeX

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

/ por Dionatan Simioni
Recentemente a Samsung demonstrou o DeX, um produto que deve ser utilizado em conjunto com os Smartphones topo de linha da empresa para entregar uma experiência desktop híbrida para os consumidores, até certo ponto, de forma semelhante ao que a própria Canonical pretendia fazer com o Ubuntu Phone.

Samsung DeX






A "Samsung Developer Conference" que aconteceu em San Francisco (EUA) costuma  trazer novidades sobre as mais recentes tecnologias desenvolvidas pela empresa para serem adicionadas ao portfólio de produtos. No evento a Samsung mostrou a evolução do projeto "Linux on DeX", por sua vez, o DeX é um produto que permite usar um Smartphone atrelado a uma espécie de "dock", mudando a usabilidade para algo mais semelhante a um Desktop tradicional, podendo ser conectado mouse e teclado, dando maior versabilidade para o aparelho.

A ideia por trás do conceito é rodar as aplicações disponibilizadas pela Samsung em uma tela maior, como uma televisão ou monitor, com enfoque em produtividade, podendo também ser usado para entretenimento para assistir filmes, jogar alguns games ou simplesmente navegar na internet em uma tela maior.

A atualização para o DeX traz suporte para distros Linux mais robustas e adequadas para o desktop  ao ambiente da Samsung. A distro escolhida pela empresa Sul Coreana foi o Ubuntu, segundo o blog da Canonical, o Ubuntu foi escolhido por ser uma distro popular entre os desenvolvedores e escolha de muitas empresas ao redor do mundo para seus projetos, incluindo a própria Samsung.


A ideia é simples de entender e o vídeo acima ilustra muito bem. Enquanto o Smartphone estiver desplugado do DeX, você tem um Smartphone normal, como qualquer outro Galaxy da Samsung, plugando ele no equipamento, atrelado a um mouse e teclado, automaticamente você tem um sistema operacional de desktop, simples assim.

Apesar da Samsung possuir uma versão de sistema e interface para o DeX, existem ainda várias limitações, especialmente para atender ao público de desenvolvedores, que é o nicho que empresa parece estar focando nesse momento inicial, por isso a possibilidade de rodar uma distro Linux mais tradicional que o Android se torna interessante.

A Canonical está trabalhando com a Samsung para oferecer uma versão modificada do Ubuntu 16.04 LTS e oferecer uma melhor experiência para os desenvolvedores.

Atualmente o DeX está liberado somente para Beta Testers e desenvolvedores, porém, você pode entrar para essa lista clicando aqui, entretanto, mais do que estar na lista, você precisa de um Galaxy Note 9 ou um Galaxy Tab S4 rodando Android Oreo ou superior.

Você pode ler o anúncio da Samsung de forma completa aqui.

Semelhanças e diferenças com o Ubuntu Phone


Muitas pessoas comentaram que o que a Samsung está fazendo agora é realizar o sonho que Canonical tinha com o Ubuntu Phone e o Unity 8. Na verdade o projeto tem semelhanças e diferenças, eles seguem por dois caminhos diferentes para oferecer produtos semelhantes.


A diferença maior entre os projetos está na forma com que a Samsung está tentando atingir essa condição híbrida de Smartphone e Desktop em relação ao que a Canonical planejava.

A Canonical estava desenvolvendo uma interface única que se adaptava em relação ao dispositivo em que estava rodando, de certa forma, parecido com o modo desktop e modo Tablet do Windows 10, de modo que quando você conectasse o seu Smartphone a um cabo HDMI, por exemplo, a tela do Smartphone se transformasse em um touchpad e você poderia operar o equipamento em um layout diferente, com um visual que seria, dependendo do tamanho da tela conectada, igual ao Unity 8 que seria usado no desktop.

Como sabemos, o plano não vingou, ainda que o projeto do Ubuntu Touch ainda permaneça de forma mais modesta nas mãos da comunidade, entretanto, agora a Canonical pode ajudar a trazer esse conceito com a ajuda da Samsung.

A empresa dona da marca "Galaxy" levou esse conceito de outra forma, acreditando que seria mais viável e eficaz "embutir" dois sistemas em um só, um que funciona no Smartphone tradicional e outro que entra em ação quando conectado ao DeX, porém, permitindo o acesso ao armazenamento normal do aparelho, além de alguns aplicativos específicos que são capazes de rodar em ambos os ambientes.

A grande diferença de um possível sucesso desse projeto é que a Samsung já é uma das maiores fabricantes de Smartphones do mundo e possui uma cartela gigantesca de clientes, coisa que a Canonical não tinha, além disso, a empresa parece não estar com muita pressa de lançar um produto como o DeX, que ainda está claramente inacabado, mantendo ainda essas novidades no canal Beta de seus produtos.

Certamente poderemos aguardar novidades no futuro. Convergência de dados, como faz a Apple em seus produtos ou convergência de produtos, e por consequência de dados também, como está fazendo a Samsung? Quem será que emplacará o novo modelo? Façam suas apostas.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo