Aprenda como instalar o cliente BitTorrent Fragments - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Aprenda como instalar o cliente BitTorrent Fragments

Conheça uma alternativa minimalista ao efetuar downloads de arquivos em torrent.

quarta-feira, 26 de junho de 2019

/ por Henrique AD
A tecnologia BitTorrent nos possibilita uma comodidade ao efetuar downloads, que outras não nos oferecem. Quem nunca deixou “aquele torrent” baixando a noite toda e foi dormir? Ou quem sabe, teve que desligar o computador para depois continuar o download. Nessas horas um cliente BitTorrent é indispensável.

cliente-bittorrent-torrent-fragments-download-linux-ubuntu-mint-flatpak-flathub

Fragments é um aplicativo minimalista e direto ao ponto, uma ótima alternativa para quem não quer perder tempo configurando opções ou até mesmo deseja algo mais “clean”. Com uma interface simplista o software executa sua função “sem rodeios”, baixar arquivos distribuídos via torrent.

cliente-bittorrent-torrent-fragments-download-linux-ubuntu-mint-flatpak-flathub

O aplicativo funciona semelhantemente a outros do gênero, no Ubuntu, a integração foi como o esperado. Podendo abrir arquivos em torrent, armazenados no sistema.

cliente-bittorrent-torrent-fragments-download-linux-ubuntu-mint-flatpak-flathub

Ao iniciar um download, informações, como: velocidade de download, quantidade baixada, restante e uma estimativa até a conclusão. Também possui um botão para pausa do procedimento.

cliente-bittorrent-torrent-fragments-download-linux-ubuntu-mint-flatpak-flathub

Clicando sobre o download em andamento, novas informações serão visíveis. Quantidade de “seeders” (“pessoas” compartilhando o arquivo), os dados anteriormente já informados e detalhes sobre o upload. Um botão para solicitar mais “peers” (pares) e remover o arquivo, também estão presentes.

cliente-bittorrent-torrent-fragments-download-linux-ubuntu-mint-flatpak-flathub

Caso deseje excluir o torrent ou link magnético, uma caixa de diálogo aparecerá. Nela você poderá apenas excluir o torrent, ou os dados do download (se tiver concluído o mesmo).

cliente-bittorrent-torrent-fragments-download-linux-ubuntu-mint-flatpak-flathub

No menu “hambúrguer” as preferências do programa poderão ser acessadas, porém, como a proposta é ser minimalista já adianto que o app não é tão customizável.

cliente-bittorrent-torrent-fragments-download-linux-ubuntu-mint-flatpak-flathub

Em “Preferences”, poderão ser ajustadas a quantidade máxima de downloads simultâneos, pasta destino dos arquivos e a utilização de uma variação dark de seu tema atual (se disponível, obviamente). 

cliente-bittorrent-torrent-fragments-download-linux-ubuntu-mint-flatpak-flathub

Instalação do Cliente BitTorrent Fragments


O Fragments é distribuído via Flatpak, para utilizar o programa, sua configuração é necessária. Acesse esse link e configure o Flatpak em sua distribuição Linux. A loja do Ubuntu possui a capacidade de integração com os Flatpaks. Depois de configurá-la, conforme essa matéria, não será necessário utilizar o terminal para instalar aplicativos no formato. O Linux Mint também possui nativamente tal integração, tanto nele como no Ubuntu pesquise por: “Fragments” e instale o programa, se preferir utilize o terminal.

cliente-bittorrent-torrent-fragments-download-linux-ubuntu-mint-flatpak-flathub

Caso tenha optado por instalar via terminal, adicione o repositório do Flathub (se ainda não o possui em seu sistema).

flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Agora iremos instalar o Fragments:

flatpak install flathub de.haeckerfelix.Fragments

Para executar via terminal (não é obrigatório, pois, o app aparecerá no menu de aplicações de seu sistema).

flatpak run de.haeckerfelix.Fragments

A remoção é através deste comando:

flatpak uninstall de.haeckerfelix.Fragments/x86_64/stable

Conhecia o cliente BitTorrent Fragments? Mesmo simples, achei interessante a proposta do programa. Minha aplicação deste segmento favorita é o Transmission, mas confesso que seu visual é um pouco datado. Outro aspecto que me chamou a atenção foi a facilidade de uso do Fragments, uma ótima opção para usuários mais leigos (ou sem paciência para configurações e ajustes). Muitos podem achar o Fragments simples demais, e essa é justamente sua intenção. Seu maior “defeito” também pode ser sua maior “qualidade” (😁😁😁).

Participe de nosso fórum Diolinux Plus e fique por dentro das novidades.

Até o próximo post, SISTEMATICAMENTE! 😎
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo