Responsive Ad Slot

Tudo o que você precisa entender sobre repositórios PPA: O que é, como instalar, dicas e recomendações

Entenda o que é um PPA e como instalar programas no Ubuntu através deles

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

/ by Dionatan Simioni

O que é um repositório PPA e como instalar um no Ubuntu e derivados


Olá meu amigo, este artigo tem por objetivo ser didático a fim de ensinar você a instalar programas no Ubuntu e no Linux Mint através de um repositório PPA que é uma maneira muito fácil e comum de se fazer as coisas nessas distribuições.

Ubuntu-PPA


Mas afinal, o que é um PPA?


PPA quer dizer Personal Package Archives, os repositórios deste tipo nada mais são do quer servidores na internet onde se encontram os programas que não estão nos repositórios oficias da sua distro.

Mas essa é uma generalização porque alguns programas que estão na Central de Programas possuem PPA, caso do WINE por exemplo, a diferença entre instalar a versão da Central de Programas e instalar via PPA é que a versão que está na Central de Programas e suas possíveis atualizações já foram testadas e apresentam um nível bom de segurança e estabilidade, porém, não trazem os mesmos recursos muitas vezes, das versões mais recentes, coisa que o PPA trás.

Instalar ou não instalar via PPA


Eis uma questão que já foi amplamente discutida por fóruns especializados, assim como outros assuntos polêmicos, não se foi chegada a nenhuma conclusão precisa, há quem defenda o uso, há quem ache que instalar programas de terceiros pode "quebrar" o sistema, mas se pensarmos friamente a realidade é uma só; instalar PPA não oferece nenhum risco eminente, porém, vale a pena ficar atento quanto à procedência do PPA, do seu desenvolvedor etc.
Se você tem dúvidas procure informações sobre o desenvolvedor do software e da procedência do mesmo.

Um dica importante é você sempre consultar a Central de Programas antes de sair procurando PPAs, muitas vezes você encontrará o mesmo software que procura por lá em pleno funcionamento e capacidade de sanar as suas necessidades.

Como instalar um PPA via terminal


Certo, esta é parte que realmente motivou este post, eu sempre sugiro o Linux para os meus conhecidos e amigos, normalmente o Ubuntu ou o Linux Mint porque acredito que sejam as mais acessíveis, instalar Programas pela Central de Programas ou através de arquivos .deb não é das tarefas mais complicadas - Se você quer saber mais sobre instalação de programas .deb clique aqui - mas quando os usuários iniciantes precisam instalar programas via PPA surgem algumas dúvidas, por isso vou dar um exemplo e explicar cada detalhe do processo de instalação de software por este método.


Mas por que só pelo terminal?


Você pode perguntar...

Primeiro porque a maioria dos sites que tratam do assunto pela internet usa esse método, segundo que ele é o mais prático e direto ao ponto, se você veio do Windows e está pensando que vai ser ruim ter que instalar programas pelo terminal, lembre-se que não é difícil, é apenas diferente, muitas vezes é mais complicado crackear um programa pirata na plataforma Microsoft.

Na maior parte das vezes basta copiar e colar, obviamente prestando atenção no que o comando faz para não ter problemas.

Exemplo prático e explicação

Certo, para o nosso exemplo vamos utilizar o PPA do CPU-G, ele é um software que mostra informações do seu Hardware com detalhes, semelhante ao Everest para Windows.

Os comandos para instalar o CPU-G são estes:
sudo add-apt-repository ppa:cpug-devs/ppa 
sudo apt-get update
sudo apt-get install cpu-g
Com estes 3 simples comandos você instalaria o software no seu Ubuntu, os comandos para instalar programas via PPA são sempre iguais, a única coisa que muda é o endereço do PPA da primeira linha, cada qual com um endereço diferente.

Analisemos a primeira linha de comando 


Antes de mais nada, esses comandos devem ser digitados em um terminal, procure no menu da sua distro por "terminal".

O que é "Terminal"?: O Terminal é uma janela onde podemos dar comandos aos sistemas Unix, o Linux inclusive.

Normalmente é dito para que você copie e cole os comandos, pois eles tem que ser certeiros, uma letra ou caractere errado pode invalidar o comando, nada impede que você digite, mas para não correr o risco de escrever errado, a melhor e mais prática maneira de fazer isso é copiando e colando.

Teclas de atalho para copiar e colar no Terminal


Se você tentou dar um bom e velho "CTRL+C/CTRL+V" deve ter percebido que isso não funciona no terminal, não exatamente assim pelo menos, a função de copiar e colar requer a adição de mais uma tecla para que funcione, sendo assim, quando quiser copiar do terminal use: SHIFT+CTRL+C e para colar use: SHIFT+CTRL+V.

Voltando a linha de comando:

sudo add-apt-repository ppa:cpug-devs/ppa
A parte em azul se refere ao comando SUDO, este comando serve para dar permissões de super usuário (ROOT) - Clique para saber o que é Root - temporariamente para que você instale o programa, apenas o usuário Root tem permissão para fazer este tipo de modificação e por isso o acesso é restrito e protegido por senha (comentaremos adiante).

A parte vermelha se refere ao comando propriamente dito, neste caso o comando simplesmente diz que estamos adicionando um repositório, a palavra APT - Saiba mais sobre o APT aqui - se refere ao gerenciador de pacotes de todas as distros baseadas no Debian, inclusive o Ubuntu e Linux Mint.

A parte escura se refere ao endereço do servidor PPA onde se encontra o programa, normalmente ele vem precedido da palavra "PPA" seguido de dois pontos e o nome do PPA.

Depois de copiar o código e colar no terminal a primeira linha, dê "Enter", digite a sua senha de usuário, dê enter novamente, neste instante ocorre a instalação do PPA, o terminal vai lhe pedir se você deseja realmente instalar o programa apenas para confirmar dê mais um "Enter", caso queira cancelar a instalação ( ou qualquer outro processo que corre pelo terminal) apertando a combinação de teclas CTRL+C.

OBS: Não se preocupe se não aparecer nada no campo da senha, é assim mesmo que funciona.

Aguarde um instante e o repositório será adicionado a sua lista de fontes de software.

Segunda linha


sudo apt-get update

A segunda linha é muito mais simples de entender, depois de instalar o repositório precisamos mostrar para o Ubuntu que temos mais uma fonte de software, o comando SUDO tem o mesmo efeito do caso anterior, o comando APT-GET diz ao APT, gerenciador de pacotes do Ubuntu, que o mesmo deve buscar programas novos em suas listas de software e a parte em negro, significa o comando usado para atualizar as listas de software instaladas.

Copie, cole e dê enter, a lista pode demorar um pouco para atualizar.

Terceira e última linha


sudo apt-get install cpu-g

A última linha serve para instalar o programa propriamente dito, o SUDO  e  o APT-GET tem as mesmas funções que foram colocadas anteriormente.

O comando "Install" serve para instalarmos determinados pacotes, o pacote que será instalado vem logo ao lado de "install", no nosso exemplo, o nome do pacote é  o cpu-g ( em verde ).

Copie e cole os comandos como vimos anteriormente, dando "enter" após a cópia, digite a sua senha novamente se for preciso, aguarde a instalação pois agora os pacotes serão baixados da internet, dependendo do tamanho do programa e da velocidade da sua internet essa operação pode demorar um pouco.



13 Passos - Resumo de instalação via PPA pelo terminal

1 - Copiar primeira linha SHIFT+CTRL+C
2 - Colar primeira linha SHIFT+CTRL+V
3 - Dar "Enter"
4 - Digitar senha
5 - Dar "Enter" novamente para confirmar ou CTRL+C para CANCELAR
6 - Esperar processo acabar...
7- Copiar segunda linha SHIFT+CTRL+C
8 - Colar segunda linha SHIFT+CTRL+V
9 - Dar "Enter"
10 - Esperar atualizar
11 - Copiar terceira linha SHIFT+CTRL+C
12 - Colar terceira linha SHIFT+CTRL+V
13 - "Dar" Enter

Neste momento será feita a leitura dos pacotes nos repositórios e será feito a pergunta se você realmente deseja instalar (S/N)

  • - Digite "s" sem aspas para prosseguir ou "n" sem aspas para Cancelar
  • - Aguarde a instalação...

Se todo o processo correu bem, você provavelmente vai conseguir abrir o programa pela Dash, no caso do Ubuntu, ou o MintMenu, no caso do Linux Mint.

Pode parecer complicado à primeira vista, mas como tudo na vida depois que você estiver com mais prática certamente vai parecer muito simples, como o é.

Espero que todas as suas dúvidas sobre os repositórios PPA do Ubuntu tenham sido sanadas.

Até a próxima!


Confira:
Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo